Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Bom senso

08 de novembro de 2012 0

Já falamos duas vezes sobre a menina Isadora Faber, que criou uma página no Facebook para expor os problemas na escola onde estuda, em Florianópolis. Na primeira vez, elogiamos a atitude da jovem. Na segunda, pedimos cautela, pois a coisa começava a esquentar. Esta semana, a casa de Isadora foi apedrejada e sua avó, atingida. Não que ela deva se calar. Não é isso, afinal, sou totalmente contrário a qualquer forma de censura. Sempre fui. Mas a integridade física e mental dela e de sua família devem vir em primeiro lugar. Correr risco de vida já é um pouco demais. É preciso reavaliar tais atitudes. Há segurança para continuar postando? Denunciar, tudo bem. Virar mártir é outra história. Por outro lado, o Estado parece não garantir segurança a quem luta pelos seus direitos justamente para ninguém lutar.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário