Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Animais marinhos

25 de março de 2013 0

Visitas de animais marinhos são mais comuns do que se imagina. A afirmação é do professor André Silva Barreto, biólogo marinho e doutor em Oceanografia Biológica. Já visitas de elefante-marinho, como a ocorrida há alguns dias, em Balneário Camboriú, não são tão comuns. Mesmo assim, no ano passado, outro elefante-marinho foi avistado na praia do Atalaia, nas proximidades do Molhe, em Itajaí. Agora, uma coisa é certa. Com cerca de três metros de comprimento e 300 quilos, o animal assusta muita gente quando sai da água. Após virar celebridade em Balneário, ele continua na região. Subiu cerca de cinco quilômetros pelo rio Camboriú e estava, na sexta-feira, no quintal de uma residência, em Camboriú. Está sendo monitorado o tempo todo para evitar que curiosos cheguem perto ou cometam algum tipo de agressão. A torcida dos especialistas é para que o elefante-marinho volte, sozinho, para o mar. Até esta terça-feira, se isso não ocorrer, os especialistas irão levá-lo para uma praia da região para devolvê-lo ao mar. A operação, obviamente, não será nada fácil. De acordo com o biólogo André Barreto, o animal ficou sob forte estresse no sábado em que chegou a Balneário Camboriú. As pessoas não o deixaram em paz e jogavam água, o que o irritou profundamente.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário