Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Leitura vai diminuir penas na Canhanduba

16 de maio de 2013 0

Foto: Rafaela Martins/Agência RBS

Detentos da Penitenciária da Canhanduba, em Itajaí, vão trocar a leitura de livros por menos tempo atrás das grades. O projeto, que tem base na Lei de Execuções Penais, é pioneiro na região e está sendo viabilizado com verbas de ações que resultaram em penas alternativas.
Dois contêineres estão sendo equipados para servir como bibliotecas e detentos serão treinados para atender os empréstimos de livros. O modelo de remição ainda está sendo estudado pelo juiz da Vara de Execuções Penais, Pedro Walicoski Carvalho, e deve ser definido nos próximos 15 dias.
O magistrado alerta que a ideia não é dar um simples benefício:
_ Não podemos tornar a remição por leitura um privilégio. Ela deve ser um compromisso a mais do detento. O que se busca é o efetivo aproveitamento do preso que está ocioso _ diz.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário