Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

É proibido proibir

28 de maio de 2013 10

O pedido do vereador Claudir Maciel (PSD) para que seja proibida a Marcha da Maconha em Balneário Camboriú, que vai hoje à votação na Câmara, pode esbarrar na lei. Uma decisão do Supremo Tribunal Federal, de 2011, autoriza a realização da marcha em todo país, com base nos direitos constitucionais de reunião e de livre expressão. Advogado do movimento, o carioca André Barros diz que a discussão está ultrapassada e que proibir é descumprir decisão judicial.
Claudir alega que cabe ao município evitar a propagação do uso de drogas. Já o organizador do movimento na cidade, Luciano Nunes, acusa o vereador de estar usando a polêmica como palanque.
A batata quente vai sobrar nas mãos do prefeito Edson Periquito (PMDB). Independente do motivo, o fato é que levantar bandeiras e protestar é um direito garantido a todos, que deveria ser exercido com mais frequência.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (10)

  • Ermelindo Pereira diz: 28 de maio de 2013

    Fazer apologia da maconha e outras drogas é contra a lei. Parabéns ao vereador por sua iniciativa.

  • JOSÉ NASCIMENTO diz: 28 de maio de 2013

    PASSEATA POR MELHORIA NA SAÚDE, SEGURANÇA E EDUCAÇÃO… NÃO SE VÊ!

    PAÍS DE ÍNDIOS MESMO!

  • Daiana diz: 28 de maio de 2013

    Isso é uma vergonha diante de todos os problemas referentes ao uso e tráfico de drogas.

  • Rogerio Felippe diz: 28 de maio de 2013

    Marcha pela maconha, mostre a esses desajustados o que acontece a uma família qdo um jovem se mete com essas porcarias, deveriam proibir sim, pois o assunto em questão é contra a lei, contra os bons pricincipios, contra a segurança alheia e principalmente contra a familia, daqui a pouco vai ter marcha da cocaina, do Crac etc…., indo mais longe os grupos que infrentam a sociedade organizada vão fazer marcha a favor dos estrupadores, dos crimes passionais, dos assassinos etc…chega dessa hipocrisia, é ilegal, e prejudidical tem que ser proibido.

  • edson eduardo savaris diz: 28 de maio de 2013

    é verdade

  • Rodrigo diz: 28 de maio de 2013

    Marcha da maconha não é liberdade de expressão, é apologia às drogas, e isso é crime, ficou claro? eu falei CRIME. Quer discutir a legalização da maconha? pode discutir, existem várias formas de discutir um assunto desses, mas não fazer uma marcha, uma manifestação dessa forma fazendo apologia a algo ilegal. Nós temos congresso federal pra que?

  • Mariana Cunha diz: 28 de maio de 2013

    Um vício que financia tráfico de drogas, violência, mortes, e que influencia o uso de drogas, não deveria ser proibido? Não é esse o tipo de manifestação que eu quero que meus filhos vejam. Isso é um crime contra as famílias e a sociedade. Uma marcha com um fim tão inconsequente como esse consegue reunir tantas pessoas, enquanto a sociedade sofre calada as precariedades na saúde e educação. Isso é BRASIL.

  • Sérgio diz: 28 de maio de 2013

    Direito, que direito estes “cidadãos” estão querendo, a maconha pelo que sei é proibida, e o governo se permitir estas ações estará sendo omisso e negligente, basta ver quantas pessoas dependentes do crack começaram com maconha.

  • Fabio Luz diz: 30 de maio de 2013

    Sr. Rodrigo.

    Se o STF autorizou a marcha pela maconha por considerar essa uma forma de resguardar o direito de livre expressão… que seria você para dizer que a marcha da maconha é CRIME?

    Na verdade eu já sei, é mais um desinformado de plantão na internet.
    A ideia na marcha não é fazer propaganda para o incentivo ao consumo e sim trazer a tona um assunto que é de interesse de muita gente.

    Para mim não me interessa o assunto, mas o consumo da droga sempre vai existir, então temos que encarar o fato e deixar para quem interessa discutir o assunto com seriedade.

  • Ander Sho Nagatamo diz: 1 de junho de 2013

    Só xororô proibicionista… a legalização da maconha acaba com o tráfico da substãncia em questão. Entre a maconha e o álcool, o que devia ser proibido é o álcool que é a verdadeira porta de entrada no mundo das drogas. Cannabis não é uma droga, é uma PLANTA!

Envie seu Comentário