Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Dividindo espaço com as gigantes

28 de agosto de 2013 0
 Foto: Andreia Dalla Colleta/Arquivo Pessoal

Foto: Andreia Dalla Colleta/Arquivo Pessoal

A volta das baleias-francas à região pode exigir mudanças no monitoramento da costa para evitar acidentes. Atropelamentos causados por navios estão entre as principais causas de mortes de baleias no Hemisfério Norte _ o que acende o sinal de alerta no Complexo Portuário do Itajaí-Açu.
_ É um bom sinal que elas estejam voltando, mas nossas preocupações vão ter que mudar _ diz André Barreto, doutor em Oceanologia Biológica e professor da Univali.
O risco de colisões já é uma preocupação em portos como Imbituba, onde as gigantes costumam tomar conta do pedaço nos meses de inverno. Heder Cassiano Moritz, diretor-executivo do Porto de Itajaí, diz que o monitoramento das visitantes pode, sim, entrar na lista de procedimentos de verificação do complexo, em especial nas manobras de entrada e saída dos navios.

 Foto: Andreia Dalla Colleta/Arquivo Pessoal

Foto: Andreia Dalla Colleta/Arquivo Pessoal


Ontem, uma fêmea e seu filhote voltaram a dar o ar da graça em Taquaras, onde já haviam aparecido domingo. Segundo Barreto, é possível que sejam as mesmas baleias que apareceram há 10 dias na Praia Brava, em Itajaí.
É a primeira vez, em cinco anos, que a região registra a chegada de uma mãe com seu bebê.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário