Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Selva de pedras

14 de outubro de 2013 9
Foto: Marcos Porto

Foto: Marcos Porto

Balneário Camboriú vista do alto, com sua imensidão de prédios. Apesar da moratória que impede a aprovação de novos projetos na região central, 1,2 mil novos apartamentos devem ser entregues este ano.

Nesta semana deve ser publicado o edital para contratação da entidade ou empresa que fará o diagnóstico e a coleta de dados para execução de um novo plano diretor para a cidade. Em seguida começam as reuniões nos bairros.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (9)

  • Vilmar Kalbusch diz: 14 de outubro de 2013

    Agora só nos resta lamentar que deixaram Balneário Camboriú chegar nesta selva de pedra que está aí e que não vai parar, pois as construções continuam. E o pior: poucas pessoas moram nesse incontável número de unidades construídas.
    Aproveitem o momento para reavaliar a função social e econômica dessa ainda maravilhosa cidade para se visitar e curtir bons momentos.

  • Eduardo diz: 14 de outubro de 2013

    Sou morador de BC a 10 anos… a cidade hoje é feia, pouco atraente e tirando a praia nada que encante principalmente seu morador. Não há um parque, as flores não existem mais, a Av. Brasil parece a 25 de Março… falando da Av. Brasil ainda, lá existe seu próprio clima, sempre frio e úmido pois o Sol sequer consegue penetrar. A beleza das praias é indiscutível, mas a cidade, principalmente pro seu morador, não é mais o que já foi. Asfalto ruins, ruas mau conservadas, canteiros sem plantas/flores… que saudades da velha BC, a verdadeira maravilha do atlantico!!!

  • PEDRO GIRARDI diz: 14 de outubro de 2013

    EU GOSTARIA DE SABER POR FAVOR ONDE VAI TODO O ESGOTO DE MILHÕES DE PESSOAS?????????

  • Luciano de Blumenau diz: 14 de outubro de 2013

    QUE ISSO SIRVA DE LIÇÃO PARA BOMBINHAS, POIS ESTA INDO NA MESMA DIREÇÃO !!!

  • Bruno diz: 14 de outubro de 2013

    Concordo com o Eduardo e ainda complementando, parece um favelão vertical e a cidade não tem uma lei anti-poluição visual…a avenida Brasil parece aquelas ruas do Paraguai…

  • Gilberto Vanin diz: 14 de outubro de 2013

    Deve ser uma bosta morar no Tabuleiro ou adjacências, e postar comentários
    sobre a cidade, sobre as construções ! Quem pode comprar um apartamento,
    compra, e quem não pode vai continuar morando na periferia, achando que
    não se deve construir mais nada em Balneário ! Os novos edifícios geram renda,
    impostos, empregos (muitos), e quem quiser ver areia, mato, e sujeira, que vá
    morar, por exemplo, em Lages ! (terra do governador)

  • Atilio Pimenta Camargo diz: 15 de outubro de 2013

    ESTA FOTO RETRATA BEM COMO FICARÁ ITAJAÍ, NOS PRÓXIMOS ANOS… QUANTO AO ESGOTO DESTA EDIFICAÇÕES, É CLARO QUE ELE É TRATADO E DESPEJADO NO RIO – É POR ISSO QUE A PRAIA DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ SEMPRE ESTÁ PRÓPRIA PARA O BANHO… AINDA BEM….

  • Schmitt diz: 18 de outubro de 2013

    Gilberto Vanin,

    entendo que a areia da praia central de sua BC é tão suja, que tu confunde com sujeira, mas pare de confundir o ambiente natural, como a restinga ou o mangue, com retardo. por exemplo: o mangue também funciona como um filtro nos cocôs da barra sul, e as cada vez mais raras árvores da cidade, ajudam a depurar o ar poluído pelo excesso de motores que fica afunilado nos cânions de prédios. posso escrever que, sem o pouco de natureza que ainda resta em BC, esta cidade seria pior

  • VILMAR KALBUSCH diz: 19 de outubro de 2013

    Alô Prefeitura e Secretaria do Planejamento: parem de conceder alvarás e reavaliem a ocupação do solo em BC, pois do jeito que está indo qualquer dia desses situações mais graves podem acontecer.
    Já fizeram levantamento para saber quantos imóveis estão à venda no município?
    Repensem rapidamente porque a mobilidade urbana é outro assunto a ser tratado urgentemente.

Envie seu Comentário