Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Só piora

05 de dezembro de 2013 1

Uma afirmação infeliz feita pelo vereador José Alvercino Ferreira (PP) em defesa da organização da Aventura pelos Mares do Mundo, no episódio da interrupção do show da cantora Giana Cervi, reacendeu a onda de protestos que já havia se alastrado nas redes sociais.

Artistas de todo o Estado planejaram uma manifestação hoje à noite, na Câmara. Ontem à tarde o presidente da casa, vereador Osvaldo Guern (PP), cancelou a festa de Natal que a Câmara ofereceria à comunidade, para evitar confusão.

Alvercino usou a tribuna para dizer que Amílcar Gazaniga, que desligou o som, “deveria ter tirado a tomada, dobrado em dois e dado nas costas dela (Giana)”.

Ontem, não foi encontrado para comentar a afirmação, mas enviou uma nota de esclarecimento à imprensa (leia abaixo).

O fato é que, na tentativa de ajudar a organização, usou mal as palavras, incitou a violência e conseguiu piorar a situação.

Nota à imprensa assinada pelo vereador José Alvercino Ferreira:

“Na 82ª sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Itajaí, fiz uso da tribuna para apresentar os dados positivos e relevantes da regata Transat Jacques Vabre em nossa cidade e lamento profundamente a interpretação equivocada de minhas palavras. Caso alguém tenha se ofendido, peço desculpas e reafirmo meu respeito pelo desenvolvimento cultural de todo e qualquer artista.
Esclareço que sempre trabalhei de forma a atender as pessoas sem qualquer tipo de preconceitos e repudio qualquer manifestação dessa natureza.
Contudo, manifesto a minha admiração aos artistas de nossa região, que fizeram um belíssimo trabalho na Marejada: Aventura pelos Mares do Mundo, apresentando a cultura local para o mundo”.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • Joseph Haggiotta diz: 5 de dezembro de 2013

    conheço todas as pessoas envolvidas há mais de 20 anos…não vai acontecer nada… podem protestar, mas quem manda e desmanda em Itajaí são os governantes e legisladores eleitos…. percam mais tempo com suas famílias, vao passear, tem gente que nem conhece o parque da Atalaia ainda…. ou sera que alguém pensa que algo vai mudar? isso é a utopia da utopia… da ate pra fazer uma musica…protestem, como faziam nos anos 60, 70 e 80… através da musica e da arte, é um protesto que não morre nunca….

Envie seu Comentário