Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Sobrou para o município

01 de janeiro de 2014 0

A prefeitura de Balneário Camboriú deve responder nos próximos dias a um ofício da 6ª Promotoria de Justiça da cidade, sobre a viabilidade de um repasse de verbas municipais para construção de ciclovias junto às marginais Leste e Oeste.
O pedido faz parte de um inquérito civil público, instaurado pela promotoria após ter recebido representação assinada pela Associação de Ciclismo de Balneário Camboriú e Camboriú. Questionada pelo Ministério Público, a Autopista Litoral Sul respondeu que não executa nenhuma obra que não consta no contrato de concessão da rodovia sem o aval da ANTT.
O órgão federal, por sua vez, informou que a execução da ciclovia pela concessionária acarretaria em imediato aumento na tarifa de pedágio. Para a obra sair do papel, só com recurso público.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário