Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Sem impacto na hotelaria

10 de fevereiro de 2014 2
Foto: Marcos Porto / Agencia RBS

Foto: Marcos Porto / Agencia RBS

Se o início da alta temporada em Balneário Camboriú foi marcado pela falta de água, ao menos na hotelaria o cenário foi bem mais animador. Os problemas de abastecimento não trouxeram impacto imediato ao setor, que fechou o primeiro mês do ano com uma ocupação de 89% nos cerca de 19 mil leitos – índice 5% maior do que o do ano passado.

Vice-presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Balneário Camboriú e região (Sindisol), Dirce Fistarol relaciona quatro fatores com o resultado positivo. O primeiro é que, como a hotelaria já sofreu com problemas de abastecimento no passado, neste ano a preparação foi maior e evitou “fuga” de turistas.

O calendário também influenciou. Como 2013 teve poucos feriados, muita gente programou apenas uma vinda ao Litoral Norte catarinense, em janeiro. Pela mesma lógica, 2014 é ano de Copa do Mundo no Brasil _ e viajar nas férias de junho e julho não será tarefa fácil.

Por fim (e não menos importante), o forte calor que bateu recordes atrás de recordes por todo o Brasil nas últimas semanas também atraiu muitos visitantes para a região.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (2)

  • Marcelo diz: 10 de fevereiro de 2014

    Em Balneário subiu 5% a procura por hotéis, já em Fpolis caiu mais de 10%.

  • Paula Trazz diz: 11 de fevereiro de 2014

    Esperamos que nas proximas decadas o problema da falta de agua esteja resolvido… Acho que estou sendo muito otimista… No próximo século, talvez….

Envie seu Comentário