Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Crematório incorpora cinzas a cristal

27 de fevereiro de 2014 5
Foto: Divulgação Crematório Vaticano

Foto: Divulgação Crematório Vaticano

O Crematório Vaticano, que tem sede em Balneário Camboriú, agora oferece aos clientes a opção de incorporar as cinzas de um ente querido a uma peça de cristal. O processo, inédito no país, é feito em Blumenau de forma artesanal, em um forno aquecido a 1.500 graus. Durante a modelagem das peças são adicionadas as cinzas, que ganham formatos e cores variadas.

O cristal é mais um no rol de opções oferecias pelo crematório para eternizar a memória de quem se foi. Desde 2009, o Crematório Vaticano já oferece a possibilidade de transformação das cinzas, obtidas do processo de cremação, em diamantes. A fabricação e certificação da joia são feitas em parceria com a Algordanza, na Suíça (www.diamantememorial.com.br).

No ano passado, a empresa lançou o QR Code, que é aplicado nos lóculos onde são armazenadas as cinzas. O QR Code funciona como um código de barras que, ao ser fotografado por tablets ou smartphones, traz informações, fotos e vídeos sobre a pessoa falecida.

 

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (5)

  • Andrea Caballero diz: 27 de fevereiro de 2014

    Muito interessante, eu gostaria de mais informações porque tenho as cinzas de meu pai comigo.

    obrigada

  • Silva diz: 27 de fevereiro de 2014

    Andrea
    larga mão da preguiça, e entre em contato com o Crematório Vaticano.
    O google pode te dar o telefone do estabelecimento. =]]

  • Fantasma8 diz: 27 de fevereiro de 2014

    O que vai ter da “capeta ” virando “anjo” , vai faltar espaço no céu. kkkkkkkkk

  • Fantasma8 diz: 27 de fevereiro de 2014

    Com essa prática todo capeta vai virar anjo. Vai faltar espaço para tantos.

  • Ione diz: 28 de fevereiro de 2014

    Boa noite,

    Gostaria de maiores informações, pois tenho as
    Cinzas de minha filha comigo.

    Obrigada,

    Ione

Envie seu Comentário