Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

MPSC quer obrigar Estado a acabar com as filas para cateterismo

28 de fevereiro de 2014 1

coração

A 6ª Promotoria de Justiça de Balneário Camboriú ingressou com uma ação civil pública para obrigar o Estado de Santa Catarina a realizar cateterismo cardíaco em todos os moradores da cidade que estão na lista de espera. Na ação, o promotor Rosan da Rocha justifica que o município não tem dado conta de oferecer o procedimento e o Estado tem demorado para atender os pacientes, embora o infarto do miocárdio seja uma das principais causas de morte no país. O MPSC pede liminar com multa de R$ 5 mil por dia por descumprimento e bloqueio de contas do Estado se precisar pagar pelo procedimento em clínica particular.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • Joao Leitte diz: 2 de março de 2014

    Mas se der dinheiro para o cateterismo, nao vai faltar dinheiro pra copa do mundo de futebol? a prioridade aqui no pais é esta modalidade esportiva… o resto, que espere… se morrer, foi o destino que quis…

Envie seu Comentário