Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Novo emprego?

28 de fevereiro de 2014 1

Os cidadãos que participaram do concurso público da prefeitura de Camboriú, no último fim de semana, depararam-se com dois candidatos de peso. O secretário de Administração da cidade, Márcio da Rosa, e a coordenadora de Defesa Civil, Carla Krug, inscreveram-se e fizeram as provas. Ele, que é técnico em Vigilância Sanitária e Agricultura, candidatou-se a merendeira. Ela, que tem faculdade de Ciências Políticas, para auxiliar de serviços gerais.

Os dois afirmam que a ideia era verificar a idoneidade do concurso. No ano passado, outra seleção para vagas na prefeitura teve uma série de problemas e as provas precisaram ser repetidas.

O secretário de Administração diz que respondeu menos da metade da prova e tomou o cuidado de não passar. Já a coordenadora da Defesa Civil afirma que, se passar, vai pensar no que fazer.

_ Não tenho problema nenhum em pintar meio-fio.

De acordo com Márcio Rosa, a legislação do município não permite acúmulo de cargo e qualquer um que passe em concurso  terá que passar por estágio probatório de três anos. O salário de secretário em Camboriú é de quase R$ 4,5 mil. Os cargos para os quais se inscreveram os dois pagam um salário mínimo.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • Guilherme diz: 28 de fevereiro de 2014

    Para o cargo que os referidos representantes ocupam no município também deveriam ser passíveis de exame probatório, pois, como ocorre em vários municípios do país, cargos importantes na administração pública ficam a mercê dos companheiros de campanha

Envie seu Comentário