Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Acesso consciente

03 de março de 2014 2

Filas intermináveis e um problema crônico de mobilidade durante todo o verão não deixam dúvidas de que Bombinhas precisa de um novo acesso _ e a decisão da prefeitura de fazer uma manifestação para sensibilizar as autoridades no fim de semana foi mais do que acertada. Mas, para uma cidade que estuda uma taxa de controle ambiental como forma de manter suas belezas naturais, incentivar uma obra que foi considerada prejudicial ao meio ambiente por órgãos especializados é um contrassenso.

O esforço do município poderia se concentrar na busca de uma solução. Se o túnel é mesmo a opção mais viável (embora muito mais onerosa), por que não unir esforços para viabilizar a obra?

Talvez o foco da manifestação pudesse ser outro.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (2)

  • Michael Furz diz: 3 de março de 2014

    Prejudicial ao meio ambiente? O que falar das milhares de obras, liberadas pelos mesmos órgãos, em todo o Estado? Este acesso jã deveria estar pronto há 30 anos atrás… Mas, infelizmente, arrecada-se muitos impostos e não executam as obras necessárias ao desenvolvimento…

  • André de Mattos diz: 3 de março de 2014

    Olá,

    Parabéns pela lucidez e pela clareza.
    É isso mesmo! As pessoas tem o costume de primeiro agir e depois, quando os estragos estão consolidados, ficar lamentando…

    Um 2º acesso nos moldes que a Prefeitura tenta viabilizar para Bombinhas hoje, pode significar o início do fim! Afinal, Bombinhas tem sérios problemas de água e de limitação de uso…

    Viabilizar um 2º acesso hoje, sem planejamento, significaria obviamente duplicar os problemas da cidade, trazendo muito mais gente num mesmo momento…

    É preciso refletir bastante, estudar essa questão com mais calma antes de sair por aí colhendo assinaturas!!!

    Parabéns pela precisão!
    Um abraço,
    André

Envie seu Comentário