Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Luto na praia

03 de março de 2014 2
Foto: Marcos Porto

Foto: Marcos Porto

Guarda-vidas do Litoral Norte aderiram ao movimento estadual e trocaram o uniforme por camisetas pretas, em protesto contra o regime de contratação, os baixos salários e as más condições de trabalho. O movimento ganhou força com a recusa do governo em pagar o retroativo das diárias, que aumentaram de R$100 para R$ 125 este mês.

Todos os anos, o Estado contrata guarda-vidas como temporários e os destitui do posto depois que termina o verão. O pessoal quer trabalhar com carteira assinada e garantir direitos que, hoje, não são assegurados.

Reposição salarial e direitos trabalhistas não são os únicos problemas apontados pelos guarda-vidas. Na badalada Praia Brava, em Itajaí, onde o pessoal aderiu à camiseta preta, os postos não têm água e nem banheiro, e os guarda-vidas têm que contar com a boa vontade do comércio local para não passar aperto.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (2)

  • Luan Tunte diz: 3 de março de 2014

    Comida é pasto, bebida é água (do mar) você tem sede de que? Os salva vidas podem fazer as necessidades dentro do mar, já que possuem nadadeiras… Aqueles que nao estiverem contentes, que peçam a conta e arrumem um trabalho de verdade…

  • Joao Felipe diz: 7 de março de 2014

    comida é pasto? bebida e agua (do mar) tas ficando maluco irmao? salvar vidas nao é trabalho? e vc que fica com essa bunda sentada na cadeira ai criticando os outros ja se olhou no espelho e pensou se ja ajudou a salvar uma vida uma vez na sua vida? irmao muito facil sentar a bunda na frente do computador e sair criticando todos, faz a tua parte e nao brinque com coisa seria seu ignorante

Envie seu Comentário