Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

PM usa balas de borracha e bombas de efeito moral para conter ataque à Guarda Municipal em Balneário

04 de março de 2014 26

A Polícia Militar informou que usou granadas de efeito moral e balas de borracha para conter um ataque à Guarda Municipal de Balneário Camboriú esta madrugada, logo após o show do cantor Luan Santana que reuniu uma multidão na Praia Central. A confusão ocorreu na Praça Almirante Tamandaré. O posto da guarda que fica no local foi alvo de lançamento de garrafas e outros objetos.

O grupo responsável pela confusão foi disperso. Parte seguiu pela Avenida Atlântica depredando lixeiras, segundo a PM, e outra parte seguiu até a Rua 1900, onde quebraram o vidro de uma loja e furtaram objetos.

A PM informou que, devido à confusão, será proibido portar garrafas nos próximos shows da programação de Carnaval da cidade.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (26)

  • ADEMIR MEIRA diz: 4 de março de 2014

    È uma pena que sempre tem uma vagabundagem para estragar as festas e eventos…lamentável….

  • Schell diz: 4 de março de 2014

    Gostaria de saber se alguma pessoa foi passar o carnaval em Balneário Camboriú apenas – e por que – pelo show de luans santanas da vida. Ou se alguém deixaria de ir à BC se não houvesse o show. O que dá na mesma. Também, sobre quanto a prefeitura pagou pelo dito espetáculo. Que horas começou e que horas terminou: depois das 22 horas? Quer dizer que a prefeitura é a primeira a descumprir a lei do silêncio?

  • Ademiro Lepolepo diz: 4 de março de 2014

    Pro carnaval, será que foi coerente a contrataçao de um show de sertanejo? Antigamente, no carnaval, lembro das bandas que tocavam aqui na regiao nos bailes e na rua – o repertorio era formado por marchinhas de carnaval, samba, pagode, axe music, frevo, enfim, musicas pertinentes a esta festa…. nao seria muito mais barato e agradaria um numero maior de pessoas este tipo de musica? em varias cidades testemunhamos os blocos de rua, com bandas simples, ou ate improvisadas, que fazem muito sucesso e agradam todas as idades….

  • Carlos Fidelis diz: 4 de março de 2014

    Já deveria ser proibido a tempo portar garrafas……falta organização e gerenciamento.

  • Mauricio diz: 4 de março de 2014

    So algumas informações:
    … A confusão começou bem depois do termino do show e foi na Praça central.
    Realmente e lamentável que as pessoas venham nos lugares para criar badernas e não se divertir; mas vale lembrar que este tipo se violência ocorre quase todos os dias, numa proporção menor talvez, mas que a policia e a guarda municipal fizeram seu trabalho.
    Eram na maioria adolescentes e menores de idade.
    Sou da opinião de que “menor” deve responder pelos seus atos a partir do momento que causam confusões e cometem atos de irresponsabilidade.

  • PEDRO GIRARDI diz: 4 de março de 2014

    é uma pena isso tudo pois estavamos lá no domingo fomos no velóriod aminha cunhada e para aliviar um pouco a tensao fomos andar na praia avenida atlantica,,tudo muito bonito..agora vem meia duzia pra badernar nao é justo á quem sai de longe para ir curitir um baalneário belissimo…

  • Celso Dias Ferraz diz: 4 de março de 2014

    É lamentável vermos cenas como as ocorridas na madrugada da segunda-feira após o show.A pergunta é quem irá assumir o prejuizo da loja saqueada ? Enquanto o povo não se unir e clamar por mudanças, como a alteração da maioridade infelizmente ainda veremos muito destas barbaries, enquanto os meliantes ficam impunes e livres para fazerem tudo de novo.

  • Simone Santos diz: 4 de março de 2014

    Eu presenciei o caos da minha janela, cenas lastimáveis, ver um bando de marginais depredando o patrimônio público, sujando as ruas e a imagem da nossa cidade é desolador, deixando nós moradores horrorizados e certamente as “pessoas de bem” que estavam na rua para curtir o carnaval….Na hora, veio a indignação por ver a Polícia e Guarda Municipal assistindo a cena sem nada fazer, mas depois do susto, e analisando a filmagem de 36 minutos que fiz, aplaudo a atitude dos mesmos, muita gente na rua, as chances de acontecer uma tragédia ou um caos maior seria bem grande….

  • medeiros diz: 4 de março de 2014

    Então vão proibir portar garrafas……
    Brilhante decisão do Comandantes da PM,fica que nem o homem que chega em casa e encontra sua mulher com outro no sofá…..e simplesmente coloca o sofá fora.
    Estes comandantes devem ter estudado muito mesmo pra tomar esta grande decisão.

  • Alexandre Silva diz: 4 de março de 2014

    Fico com a opinião do Ademiro. Quando se contratou este show do Luan Santana, extra-oficialmente a um custo absurdo de R$ 60mil, se pensou que era segunda-feira de Carnaval? Houve alguma preocupação com os incidentes de um show sertanejo com acesso gratuito e de um cantor tão popular, embora muito ruim em termos profissionais? Não seria melhor investir em carnaval de rua, com bandas e trios elétricos ao longo da orla, valorizando a gente daqui? Ainda prefiro o bloco do mexe-mexe do Luan Santana querendo animar festa de carnaval. Uma pena, a Prefeitura errou na escolha.

  • Annye tessaro diz: 4 de março de 2014

    Eu estava no local. A baderna foi muitas horas após o show e bem distante do local do show. Os tiros foram disparados antes de jogarem as garrafas, algumas com coquetel molotov. Foi muito tenso, muitas famílias com crianças de colo. Lamentavel, nem em local publico se pode dirvertir…

  • Carlos S. Siqueira Júnior diz: 4 de março de 2014

    O grande problema fica camuflado ou esquecido:
    A IMPUNIDADE AGRAVA DIA A DIA A SEGURANÇA PÚBLICA.
    Todos procuram culpados, falam de mais policiais, prefeitos criam suas guardas, dizem que deve-se investir mais em educação, etc.
    Porém, o problema são as Leis mal formuladas e muito mal aplicadas pelo Poder Judiciário e Ministério Público, que parecem ser de um mundo diferente e imaginário, não vivem a realidade.

  • Samuel Batista dos Santos diz: 4 de março de 2014

    A polícia deveria agir com maior rigor. Logo após o show, cerca de meia-noite, já havia adolescentes brigando próximo ao Marambaia Hotel. A falta de segurança era evidente. Errou a Prefeitura na organização e segurança. Balneário Camboriú se equipara agora às cidades violentas do país, por culpa de um bando de marginais que andam por aí sem haver quem os controle.

  • Rage agains’t the system diz: 4 de março de 2014

    Que saudade quando o carnaval de BC era só dois trios elétricos saindo das duas pontas da praia… Luan Santana no carnaval??!! piada mesmo…A vagabundagem ta a milhão em BC, culpa também dessa mania megalomaniaca e de ostentação que se criou ao redor de BC e de boa parte do litoral norte!! Especulação imobiliária e ostentação, esses são os grandes males de BC.

  • Carlos S. Siqueira Jr diz: 4 de março de 2014

    A IMPUNIDADE incentivada pela inércia do Poder Judiciário e Ministério Público é muito fácil de ser verificada. Pois toda vez que um grande problema de insegurança aparece na mídia conseguimos ver claramente que os responsáveis (bandidos) já tinham sido presos por outras atuações, mas estavam impunes !

  • Edson diz: 4 de março de 2014

    Quero imagens, me de imagens…..

  • THIAGO MEDEIROS diz: 4 de março de 2014

    Amigos, apenas por uma questão de ordem, informo que meu sobrenome é Medeiros, sou Policial Militar e não coaduno com a mensagem informada pelo cidadão qualificado como “medeiros” no presente site. Confio no comando da corporação PMSC, confio nas decisões dos órgãos de segurança. Estamos todos lutando junto para banirmos essas práticas ilegais. Como podemos legalizar uma barbárie como essa? Devemos confiar e dar sugestões… não apenas criticar e deixar comentários sem fundamento!!! Um abraço a todos.

  • Flavio diz: 4 de março de 2014

    Povo sem cultura, sem educação, sem saúde(mental) é que vai para um show de 5ª categoria, expondo crianças aos trogloditas. Em um concerto de uma orquestra sinfônica tenho certeza que isso não acontece…Realmente é de se lamentar a selvageria de nossos jovens(sem educação), policiais, seguranças(despreparados) e governantes(bandidos e corruptos). E pensar que as crianças que levamos para ver esta “BADERNA”, inclusive musical, serão os “trogloditas”, Jovens, policiais, seguranças, políticos governantes…etc.

  • Psirico diz: 4 de março de 2014

    Bem, concordo também e sou do time que não aprova estas bandas de rock..sertanejo..pixotes da vida..pagodes ou melaçoes de cueca. Me deu sono e bocejos intermináveis, minha mulher queira me bater.
    Parece que realmente não se tem ideia do que trazer aqui pra BC. Ou falta dinheiro? Caramba, vamos trazer bandinhas de carnaval, bandas de axé, ritmos de carnaval que incentivam as marchinhas, os trenzinhos enfim. Algo desse gênero !!!
    ” então…rá-rá-ra-rá-rá-rá-rá….o-lépo-lépo….!!!! ‘é tao gostoso quando..rara….”

  • Noris Santana diz: 4 de março de 2014

    Vandalismo tem m todo o lugar inclusive em BC, agora querer aproveitar para criticar é coisa de IDIOTA. Milhares de pessoas foram ver o Show na barra Norte, e aqueles azedos, sem amigos, descontentes com a vida que só criticam o que é feito para a massa, para turistas e moradores, esses devem voltar para de onde saíram porque não fazem falta em BC. Peguem a 101 para qualquer dos lados e TCHAU!!!!!!vocês não fazem falta.

  • Cezare diz: 4 de março de 2014

    MENORES ?? Infelizmente os nossos políticos e juristas “ACHAM” que os menores de hoje são iguais aos de 50 anos atrás. LEDO ENGANO senhores, hoje tem “criança” de
    12 anos praticando assalto a mão armada. Se uma “CRIANÇA” de 16 anos pode votar e MUDAR o destino de um país, POR QUE não pode ser responsável pelos seus crimes ?? especialmente os “HEDIONDOS” ??? ACORDEM povo brasileiro,o Brasil e o mundo mudaram muito, e infelizmente para pior.

  • Eveton Soares diz: 4 de março de 2014

    Infelizmente a baderna é um dos males dos eventos públicos no Brasil, pois estávamos no Show e ao termino do mesmo a quantidade de lixo deixado pelas pessoa na areia, calçadas e ruas foi uma coisa impressionante, a regra geral que se via era, beba e jogue no chão, isso demostra que pode até haver alguns baderneiros mais a quantidade de pessoas mau educadas (minha opinião são porcos) é bem maior, do que adianta obras, aeroportos, rodovias, estádios se o povo ainda não esta educado suficiente para se comportar em eventos públicos.

    Não adianta cobrar dos políticos e não fazer o minimo que é cuidar da sua cidade ou cidade onde esta se visitando.

    A mesma sacola que levou a bebida pode ser a mesma que leva o lixo até a lixeira mais próxima!!!

    Isso é o que eu penso, minha opinião!!

  • Melissa A. diz: 4 de março de 2014

    Concordo com a maioria dos comentários, que o povo não tem educação, que há impunidade para esse “menores”. Muitos comentaram também que não foi coerente trazer show sertanejo sendo que é carnaval. Também concordo com isso… Mas se fosse bandinha de marchinhas e afins, a baderna não iria acontecer? Foi essa a motivação da baderna, ser show sertanejo?

  • Ney Scheeffer diz: 4 de março de 2014

    A Secretaria de Turismo de Baln. Camboriú foi muito infeliz ( ou incompetente) neste Carnaval. Concordo com o Sr. Ademiro Lepolepo. Foi uma desorganização completa. Um trio elétrico, com um cantor e um cavaquinho na pista (asfalto) e uma turma de parentes e amigos dos patrocinadores dentro, num desânimo , parecendo um enterro. Falta imaginação ou conhecimento para o pessoal que planeja agradar os turistas e moradores desta bela praia. Na sexta-feira fecharam o trânsito por uma meia-hora…um caos…reabriram as ruas e ficou por isso mesmo. Uma pena…

  • medeiros diz: 4 de março de 2014

    Vou tentar esclarecer ao SD da PM/SC,apenas proibir o porte de garrafas seria apenas um paliativo com pouca eficácia,pois estes vândalos iriam utilizar outros objetos como pedras,pedaços de madeira …..enfim poderia enumerar milhares de objetos que podem ser uma arma em mãos erradas,presumo que o sr. como Sd PM deve saber disso.Por isso minha critica ao comando da corporação.Numa situação de grandes aglomerações no minimo deveriam estar preparados com um efetivo,para coibir e proteger as pessoas de bem,que pagam seus salários para este fim.
    Resido em BC,a mais de 20 anos,sou Advogado Trabalhista

  • Leitor registra estrago deixado pelo quebra-quebra na Avenida Atlântica | Guarda-sol diz: 5 de março de 2014

    [...] quebra-quebra em Balneário Camboriú na madrugada de terça-feira deixou como resultado um rastro de depredação e lixo espalhado pela [...]

Envie seu Comentário