Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Tarifa do ferry boat fica mais cara neste domingo

06 de abril de 2014 5
Foto: Rafaela Martins

Foto: Rafaela Martins

A travessia do ferry boat entre Itajaí e Navegantes amanheceu mais cara neste domingo. Muitos passageiros foram surpreendidos pelo aumento da tarifa, de em média 4,76% no Centro e de 4,87% no Porto das Balsas.

O reajuste não foi anunciado com antecedência porque a autorização do Deter para o aumento chegou na sexta-feira.

Confira os preços que passaram a valer neste domingo:

Pedestres: R$ 1,20 no Centro ou no Porto das Balsas

Bicicletas: R$ 1,50 (individual) e R$ 2,70 (com passageiro), no Centro e no Porto das Balsas

Motos: R$ 1,80 (individual) e R$ 3 (com passageiro), no Centro e no Porto das Balsas

Carros: R$ 7,20 no Centro e R$ 6 no Porto das Balsas

Carros com reboque: R$ 12 no Centro e R$ 10 no Porto das Balsas

Ônibus e caminhões médios: R$ 10,50 no Centro e R$ 8,10 no Porto das Balsas

Caminhões trucados: R$ 11,70 no Centro e R$ 11,50 no Porto das Balsas

 

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (5)

  • kliferson sancler dos santos diz: 6 de abril de 2014

    Considerando o tempo de travessia e o serviço prestado, essas tarifas estão entre as mais caras do globo terrestre. Cabe uma investigação uma vez que essa empresa recebe verbas do governo. Esses valores são inaceitáveis.

  • Norberto da Silva diz: 6 de abril de 2014

    Vergonha, assalto, o ferry mais caro do Brasil

  • Marcelo Czarnobai diz: 7 de abril de 2014

    É lastimável. O preço é absurdo. Mas não pára por aí.
    Quem quer pegar o passe livre, é escravo deles, colocaram apenas um ponto de passe livre á cerca de 2 quilometros do local e com horário de funcionamento que impede que metade das pessoas possam pegar o passe. Quem usa passe livre, dificilmente possui carro, portanto, o escritório, obrigatoriamente tem que estar bem próximo ao Ferry.

    Não bastasse, se você não pedir, não tem recibo (se é que o que eles emitem é recibo ou se tem algum valor fiscal). O certo é que 90% dos veículos passam sem serem contabilizados. Isso gera uma facilidade enorme de sonegação de tributos.

    Ademais, esta empresa funciona, a muito tempo sem a devida licitação. Quando vai haver uma?

    Os nossos políticos nada fazem porque é cômodo para eles ficar quietos e receber verbas para suas campanhas.

    Infelizmente, quem paga o pato somos nós que temos que atravessar visto que, pela lerdeza e incompetência das duas administrações envolvidas, teremos ponte somente se fizerem um novo aeroporto em Itajaí – daí será ponte aérea Itajaí/Navegantes. Certamente será mais barato que o ferry!!!

  • Cristiano Brandalise diz: 8 de abril de 2014

    Um vergonha para quem utiliza o ferry diariamente, visto que o aumento não foi anunciado com certa antecedencia, precisamos mudar isto com urgência.

  • Justiça determina licitação para o serviço de ferry boat | Guarda-sol diz: 16 de abril de 2014

    [...] ação foi movida pelo promotor Diego Rodrigo Pinheiro após o reajuste do preço das travessias, no início do mês. O argumento usado por ele é de que a Empresa de Navegação Santa Catarina [...]

Envie seu Comentário