Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Sem prazo para a Via Expressa Portuária

29 de abril de 2014 3

O deputado federal Marco Tebaldo recebeu do governo federal uma resposta desanimadora sobre a Via Expressa Portuária de Itajaí: não há data para reinício, e muito menos para a conclusão da obra, paralisada em junho de 2012.

A informação é resultado de um requerimento apresentado por Tebaldi  na Câmara dos Deputados. As respostas vieram do DNIT, assinadas pelo engenheiro André Nunes, coordenador de Obras Delegadas. Segundo Tebaldi, ele afirma que “existem empecilhos relacionados aos valores de indenização que a população habitante deverá receber pela desapropriação da área. O município de Itajaí não consegue firmar um acordo com a população”.

De acordo com as informações do DNIT o investimento federal na Via Expressa até agora foi de R$ 7 milhões em dois quilômetros de obra.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (3)

  • Inacreditável!!! diz: 30 de abril de 2014

    Não dá pra acreditar que por causa de algumas indenizações de meia duzia de casas mantenha a obra parada e ainda sem previsão… Quanta cara de pau….

  • Saia-justa na Via Expressa | Guarda-sol diz: 1 de maio de 2014

    [...] informação divulgada pelo deputado federal Marco Tebaldi, de que segundo o DNIT as obras da Via Expressa Portuária de Itajaí estão paradas por demora nas desapropriações _ que são responsabilidade da prefeitura _ provocou uma saia-justa. Isto porque o município tenta [...]

  • Chama o Piriquito. diz: 1 de maio de 2014

    Desde o governo do Macagnhan que vem esta embromação… Falta decisão de governo… Desapropria e depois paga via precatório. O prefeito Jandir “amarelou” o sorriso nestas duas ultimas e cambaleantes administrações, encostou-se no barranco e ninguém quer assumir as “buchas” do passado. E outras mortes virão neste trânsito caótico, pois o tal Instituto de Planejamento ficou no rol das promessas… Consulte-se, então, o prefeito ao lado para desatar mais este imbróglio.

Envie seu Comentário