Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Entrevista: Hélio Dagnoni, presidente do Sincomércio

14 de maio de 2014 1

O que levou as entidades a pedirem uam conversa séria com o poder público?
Estamos sendo assaltados na rua, nos estabelecimentos, dentro de restaurantes. Adolescentes são vítimas de assaltos a todo momento. E muita gente não está mais fazendo boletim de ocorrência porque o tempo de espera é muito grande. Estamos cansados de pedir e ninguém tomar providência. Ou se toma uma atitude ou as pessoas começam a fazer justiça com as próprias mãos, o que já está acontecendo.

A possibilidade dessa justiça com as próprias mãos é algo que preocupa?
Sim, porque a cidade fica mal falada. E isso já está acontecendo aqui. Uma cidade violenta acaba afastando o turismo.

A cidade tem um alto custo hoje em segurança, com a guarda armada…
Tem que ser feito trabalho compartilhado. Polícia Civil e Militar têm que andar juntas. A missão é proteger a cidade, o patrimônio.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • A Solução Existe diz: 14 de maio de 2014

    A solução para a segurança pública depende de todos nós – precisamos de mais policiais fazendo ronda, mais câmeras de vigilância, mais participação da comunidade (denunciando o comércio e uso de drogas quando testemunhar), evitando facilitar o assalto/furto (há muita gente mal informada) e o grande diferencial que é a educação vinda dos pais, pois se educo meu filho, dizendo pra ele o que é certo ou errado, e dou exemplo, não roubando, não matando, não sendo corrupto, não vendendo drogas, com certeza teremos não só uma cidade melhor, como um mundo melhor… Mesmo sabendo que a lei brasileira é frouxa e protege quem faz o mal, eu não preciso escolher o mau caminho, pois me educaram a sempre optar pelo bom caminho…

Envie seu Comentário