Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Cobrança do conserto de viatura que atropelou idosa repercute no Youtube

16 de maio de 2014 7

O publicitário Cauê Moura, que mantém o canal Desce a Letra no Youtube, comentou o caso da idosa atropelada por uma viatura da Polícia Militar em Balneário Camboriú, em que o Estado pede indenização à família da vítima, que morreu no acidente. No vídeo, publicado nesta quinta-feira, o vlogger, que usa uma linguagem escrachada, diz que esta foi a notícia mais absurda que já deu:

O pedido do Estado, que exige na Justiça o pagamento de R$ 6 mil pelos danos causados à viatura no acidente, ganhou repercussão nacional nas últimas semanas. A cobrança é prevista em lei por se tratar de um bem público avariado. Mas a polêmica reside no fato de família de dona Irena dos Santos, a vítima, e a Polícia Militar terem versões diferentes para o acidente, que ocorreu em 2007.

De acordo com a família dona Irena estava sobre a faixa de pedestres e o sinal estava fechado para os carros. Mas o Estado alega que o sinal estava aberto para os carros e de que dona Irena não estava na faixa de segurança.

Diante da polêmica, a Procuradoria Geral do Estado acenou esta semana com a possibilidade de desistir da causa, que já foi perdida na comarca de Balneário e agora tramita no Tribunal de Justiça de Santa Catarina. Até a manhã desta sexta-feira os procuradores ainda não haviam oficializado a desistência.

Leia mais sobre o caso:

- – Estado quer que familia de idosa que morreu atropelada por viatura pague pelos danos ao veículo

- – Estado avalia desistir de processo

 

 

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (7)

  • CURTO&GROSSO diz: 16 de maio de 2014

    O Estado que faz de conta que trabalha também poderá ter um povo que irá fazer de conta que acredita !!!

  • FINO&COMPRIDO diz: 16 de maio de 2014

    Primeiro, quem é este Caue, pra tecer qualquer tipo de opiniao? Seria mais um filhinho de papai, rebelde sem causa? Quais fundamentos, argumentos, estudos, este ser adquiriu para ser formador de opiniao? Com relaçao ao acidente, a familia diz que a culpa foi do condutor, pra isso existem os laudos, a pericia… O problema que o condutor é policial – vai mexer com eles, pra ver o que te acontece….

  • Roberto diz: 16 de maio de 2014

    Atravessou fora da faixa e quanto o sinal esta fechado para pedestre, lamentável o acidente e o óbito, mas deve indenizar sim. E que isso sirva de lição para todos nós.

  • Aurélio Bianco Júnior diz: 16 de maio de 2014

    Não tem como o estado ganhar, por se tratar de uma idosa

    A desobediência ao artigo 70 pode configurar uma das infrações de trânsito previstas no artigo 214, que amplia o direito de passagem do pedestre também ao condutor de veículo não motorizado, nas seguintes situações:
    I – que se encontre na faixa própria;
    II – que não haja concluído a travessia mesmo que ocorra sinal verde para o veículo;
    III – portadores de deficiência física, crianças, idosos e gestantes;
    IV – quando houver iniciado a travessia, mesmo que não haja sinalização;
    V – que esteja atravessando a via transversal para onde se dirige o veículo.

  • Aurélio Bianco Júnior diz: 16 de maio de 2014

    Isso quer dizer que portadores de deficiência física, crianças, idosos e gestantes sempre terão preferencia mesmo fora da faixa ou fora do tempo das sinalizações semafóricas, e na CTB tb diz que condutores de veículos são responsáveis pela segurança dos pedestres

  • Walmicio diz: 16 de maio de 2014

    este babaca do Roberto tem que mandar a vó dele e a mãe se cuidar quando atravessar a faixa de pedestre porque se ele tiver no volante na hora ele passa por cima

  • Estado desiste de cobrar família de idosa que morreu atropelada por viatura por danos ao veículo | Guarda-sol diz: 16 de junho de 2014

    […] _ Cobrança do Estado repercute no Youtube […]

Envie seu Comentário