Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Coruja-bebê é recolhida pela Fundação do Meio Ambiente de Itajaí e está aprendendo a voar

21 de maio de 2014 1
Foto: Rafaela Martins

Foto: Rafaela Martins

Um bebê coruja está sendo preparado para voar com uma mãozinha de um veterinário e de técnicos da Fundação do Meio Ambiente de Itajaí (Famai). A ave foi resgatada do ninho onde estava, numa caixa d`água a 30 metros de altura dentro de um terminal portuário. De acordo com Cristina Freitas, técnica do setor de Defesa Animal da Famai, o ninho precisou ser retirado porque a estrutura estava condenada, e tinha que ser demolida.

A corujinha estava prestes a deixar o ninho _ segundo Cristina, quando o bebê está mais maduro a mãe se afasta e aparece apenas uma vez por dia para alimentá-lo, até que ele esteja pronto para voar. Por isso, os técnicos optaram por levar a pequena coruja para receber os cuidados do veterinário Leonardo Ribeiro de Lima, especialista em animais silvestres, que está cuidando da alimentação da ave e a estimulando a viver sozinha. Assim que estiver pronto o bebê será solto, o que deve ocorrer em três meses.

 

A corujinha é da espécie conhecida como coruna-de-igreja, comum em matas mas também em áreas urbanas, já que se alimenta de roedores. Dias antes do bebê ser recolhido, outra coruja adulta, da mesma espécie, havia sido resgatada em uma casa no bairro Promorar, em Itajaí. Como estava bem de saúde e aparentemente havia parado apenas para descansar no local, foi solta em seguida.

Na segunda-feira, uma coruja foi resgatada por bombeiros em Balneário Piçarras após ficar com as asas e uma das patas presas a um arame farpado.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • Corujinha resgatada em caixa d`água a 30 metros de altura tem as primeiras lições de voo | Guarda-sol diz: 24 de julho de 2014

    […] Leia mais – Coruja-bebê é resgatada pela Famai […]

Envie seu Comentário