Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Corrida nas alturas

01 de julho de 2014 55
Foto: Marcos Porto

Foto: Marcos Porto

 

O gosto dos construtores de Balneário Camboriú pelas alturas não é de hoje. Foi o que rendeu à cidade o inconfundível skyline, facilmente identificável por quem passa pela BR-101, e a fama de praia com hora marcada para se tomar sol. É mais recente, porém, a corrida para alcançar as nuvens . Admitida como estratégia de marketing por algumas das empresas e negada por outras, a aposta em prédios cada vez maiores colocou Balneário na lista dos maiores edifícios do país. São da cidade oito dos 10 projetos das futuras torres mais altas no Brasil, de acordo com o Council on Tall Buildings and Urban Habitat (Conselho de Edifícios Altos e Habitat Urbano). E o céu é o limite.

Duas construtoras disputam o topo e das oito empreitadas, apenas três ainda não foram iniciadas. As demais têm previsões de entrega a partir do ano que vem. A FG, dona de seis dos projetos mais altos do país _ inclusive o One Tower, maior do Brasil _ , prefere não falar sobre o assunto. Através da assessoria de imprensa, informou que o foco das obras não é a altura.

Já a Pasqualotto, que tem duas torres no ranking, admite o desejo de chegar mais alto. As obras da construtora que aparecem na lista são os dois edifícios do condomínio Yachthouse, em 3º e 4º lugar, com 227 metros de altura. Mas a engenharia da empresa informou que conseguiu autorização do município para acrescentar andares. As torres vão chegar a 264 metros, o que deve lhes render em breve o segundo lugar.

Campeão brasileiro no momento, é o edifício One Tower, da construtora FG, está sendo erguido na Avenida Atlântica de frente para o mar. Com 280 metros, ultrapassará o Infinity Coast, também obra da empresa, que até então era apontada como a maior do país, com previsão de chegar aos 237 metros de altura.
Todos os prédios do ranking ainda estão no canteiro de obras ou nas maquetes. Mas Balneário já ostenta o maior residencial do país. O Villa Serena, da construtora Embraed, tem 164 metros de altura.

Para o alto e avante

A escassez de terrenos em Balneário Camboriú é a principal motivadora das alturas vertiginosas. O plano diretor aprovado em 2007 não limita o tamanho das construções, o único condicionante é a metragem do terreno. Ainda assim, as empresas podem aumentar o número de andares em troca de solo criado, transferência de potencial construtivo ou o mais recente Icon/Icad, índices que trocam o pagamento de dívidas antigas do município  com desapropriações por aumento no volume das construções.

Com a mudança nas técnicas construtivas, que permitiram aumentar a altura dos edifícios, a possibilidade de erguer prédios ainda maiores na cidade beira o infinito.

Imensos e vazios

Os gigantes à beira do mar não chegam a causar impacto na quantidade de moradores em Balneário. Perto de 80% dos apartamentos de luxo dos grandes empreendimentos não são usados como moradia, mas como investimento ou segundo imóvel, para a temporada de verão.

Recentemente, lei aprovada na cidade exige que os grandalhões tenham o próprio sistema de tratamento de esgoto.Os gigantes também não chegam a fazer diferença nos números da saúde e educação, por exemplo _ mas não há dúvidas de que provocam o sombreamento da praia e dos edifícios ao redor.

Auri Pavoni, secretário de Planejamento da cidade, diz que essa é uma conta que o município terá que fazer agora, quando vai rediscutir o plano diretor. As primeiras audiências nos bairros ocorrem ainda este mês.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (55)

  • Charles diz: 1 de julho de 2014

    Muito legal a reportagem. Balneário Camboriú será a diva também de engenheiros e arquitetos interessados em torres altas. Espanta a altura das novas torres propostas. Imagina no início do ano que vem, quanto divulgarem o projeto do Embraed Tower, torre mencionada por Rogerio Rosa (in memorian) que terá 81 andares e aprox. 307 metros de altura, também na Barra Sul.

  • Luis diz: 1 de julho de 2014

    Aqui é terra de jogo clandestino, de lavagem de dinheiro, de muito tráfico. Aqui a construção civil manda e desmanda. Aqui sombra na praia é resolvida…com “engordamento” da faixa de areia. Aqui é Balneário Camboriú, terra sem lei, terra do PAVAN. A Sodoma e Gomorra de SC

  • fernando diz: 1 de julho de 2014

    Balneário tem mais de 13 mil imóveis a venda, a oferta já se tornou muito maior do que a procura. Os investidores que se acham muito espertos compram esses imoveis na planta, a construtora enche os bolsos e os investidores passam 2, 3, 4 anos ou até mais pra conseguir vender, muitas vezes por um preço abaixo do mercado. Balneário não tem estrutura pra tanto prédio, essas construtoras não estão medindo nada, é capaz de dar uma crise imobiliária em Balneário já já!

  • Marcello diz: 1 de julho de 2014

    Isto aqui já virou bagunça faz tempo é só pagar, tirar o alvará e construir o que vc quiser aonde vc quiser!! Afinal estamos no Brasil o País da piada pronta e onde a ganância está acima de qualquer outra coisa!!

  • Visitante diz: 1 de julho de 2014

    Nossa quanto exagero do comentário acima, quantos atrativos turísticos a cidade tem, 4º melhor IDH do Brasil, isso para um balneário de praia que era pra ser só mais um entre tantos outros…

    E sabe quem paga essas contas? Os ricos veranistas que compram essas coberturas de luxo e pagam IPTU todo ano.

    Prédios altos tem seus prós e contras, claro, mas prefiro mil vezes 122 apartamentos dentro de um mesmo terreno, do que 122 terrenos desmatados para construir 122 casas uma do lado da outra.

    Gosto desses prédios altos pois deixam a cidade com cara europeia e norte americana, aliás coisa que não se vê no Brasil. Avante BC!

  • ramiro camina diz: 1 de julho de 2014

    Luiz, e a tua dor de cotovelo onde que fica

  • ramiro camina diz: 1 de julho de 2014

    e a tua dor de cotovelo onde que fica,Luiz

  • Visitante diz: 1 de julho de 2014

    Ah, e meu comentário foi para o Luis, e não para o fernando.

  • RAGE diz: 1 de julho de 2014

    Babilônia… E tem gente que ainda acha bonito… Estão acabando com nossa BC ja fazem anos!! Prédios sem limite de altura na beira da praia é uma aberração!! Totalmente descabido!! RIP BC! E a brava ja foi pelo mesmo caminho!! Taquaras tentam a algum tempo, talvez logo infelizmente consigam tbm…Destruam o quanto puderem pois não sobrará muito em pouco tempo…

  • Becker diz: 1 de julho de 2014

    Em breve Dubai tera sua filial…Balneário, sonho de consumo de muita gente que não fala, mas la no fundo morre de vontade de aqui estar e morar…
    Só tem que cuidar com o planejamento, imagina tudo isso ai ocupado, seria um caos total…
    Transito, escolas, saude, nossa, loucuraaaaa.
    Abraços e ótima terça

  • flavio diz: 1 de julho de 2014

    Jà existe uma bolha em balneário….e como trabalho no ramo, digo com certeza que quem compra hoje ali com intuito de ganhar $$$ vai pagar um mico….aliás micão……hoje há em torno de 14 mil imóveis a venda só em imobiliárias.

  • Iago diz: 1 de julho de 2014

    Nossa, impressionante, Balneário Camboriú se destacando em todo o Brasil, terá os maiores arranha-céus do país… Enquanto Rio, SP, BH… permanecem na mediocridade, BC desponta como a cidade mais moderna do país, com um skyline que não deixa a desejar à cidades como Hong Kong, Dubai, Singapura, Xangai… BC é a cidade com mais arranha-céus do mundo, se compararmos com cidades de mesma população. É uma ilha de luxo, riqueza e desenvolvimento nesse país que não sabe ousar. Enquanto as metrópoles do país continuam construindo centenas de edifícios baixos, que ocupam um enorme espaço, expandem ainda mais essas cidades e destroem o meio ambiente. BC segue o rumo das cidades mais modernas e desenvolvidas do planeta, apostando na altura como meio de vencer os problemas de falta de espaço e destruição do meio ambiente. Parabéns à cidade, à prefeitura e às construtoras por apoiarem esse modelo de desenvolvimento seguido nas nações mais ricas do planeta.

  • ivan diz: 1 de julho de 2014

    Quanta ignorancia, vc vai na praia e na melhor hora do dia o sol vai embora…emergentes…nao sabem que o melhor e mais valioso são os momentos na praia, banho de mar ou de esgoto, pq toda essa mer…vai pra algum lugar..mas claro, o pessoal de balneário pode ir pra outra praia no final de tarde curtir um solzinho.

  • Maicon Str diz: 1 de julho de 2014

    Faço minhas palavras do Iago.

    Nossa, impressionante, Balneário Camboriú se destacando em todo o Brasil, terá os maiores arranha-céus do país… Enquanto Rio, SP, BH… permanecem na mediocridade, BC desponta como a cidade mais moderna do país, com um skyline que não deixa a desejar à cidades como Hong Kong, Dubai, Singapura, Xangai… BC é a cidade com mais arranha-céus do mundo, se compararmos com cidades de mesma população. É uma ilha de luxo, riqueza e desenvolvimento nesse país que não sabe ousar. Enquanto as metrópoles do país continuam construindo centenas de edifícios baixos, que ocupam um enorme espaço, expandem ainda mais essas cidades e destroem o meio ambiente. BC segue o rumo das cidades mais modernas e desenvolvidas do planeta, apostando na altura como meio de vencer os problemas de falta de espaço e destruição do meio ambiente. Parabéns à cidade, à prefeitura e às construtoras por apoiarem esse modelo de desenvolvimento seguido nas nações mais ricas do planeta.

  • Melk diz: 1 de julho de 2014

    burros ! os predios fazem sombra na praia, as ruas não comportam o numero de pessoas que ocupam os predios … qual é a vantagem ?

  • andre sousa lima diz: 1 de julho de 2014

    Iago, seu comentário e tosco e típico de quem nunca pasou de Navegantes ou Itapema.

  • Near diz: 1 de julho de 2014

    E, o nosso sol na sacada(pelo menos), já se foi….e o mofo fica.

  • Zarolho diz: 1 de julho de 2014

    Legal, assim as banhistas não precisam mais usar protetor solar para aproveitar bem as praias limpinhas… KKKKKKKKKKKKKK

  • Carlos Andrade diz: 1 de julho de 2014

    Se quiser pegar sol, só no período da manhã! hahahahaha

  • RAGE diz: 1 de julho de 2014

    O cara que me fala que BC tem cara de cidade Européia ta de brincadeira!! Me diz cara pálida qual cidade litorânea européia tem espigões envidraçados a 20 metros da areia fazendo sombra as 14hrs da tarde?? Cannes? Nice? Ah deve ser Barcelona neh??!! piada mesmo… Prédios altos na beira da praia nunca terá mais prós do que contras, em nenhuma cidade do mundo!! As cidades modernas com arranha-céus mundo afora das que muitos falam acima nos países desenvolvidos, nem se quer tem praias e as características que BC tem!! A única explicação para essa corrida megalo-maniaca que ocorre em BC em detrimento do novo plano diretor aprovado em 2006, é o aumento na arrecadação de impostos para que a cidade não perca capacidade de investimentos!! Pois todos sabemos que municípios litorâneos nesse país mau tem $$ pra pagar gari pra limpar o lixo deixado nas praias pela turistada!! e BC infelizmente não é diferente!! Logo Exploram a mãe natureza em troca de $$… Controverso??!! Sim com certeza!! Necessário??!! ainda acho que não… Mas foi a alternativa e a decisão tomada pela gestão… Então, que Deus nos ajude a enfrentar possíveis efeitos colaterais dessas decisões..

  • Maria Merchan diz: 1 de julho de 2014

    sombra eterna p quem mora atras destes espigoes… quanta enfase neste assunto, sera que é merchan? Itajai e BC tem algo em comum: as secretarias de urbanismo sao balcoes de negocios, vc chega la e te oferecem engenheiro, projeto. pedreiro… mas ninguem sabe de nada….

  • Rogério diz: 1 de julho de 2014

    Ótimos comentários à respeito do que estão fazendo com BC:
    Estão esbulhando!

    Comentários de “Visitantes” devem ser recebidos “com reserva”…!

    A ganância e a avareza encontram respaldo político e através do pagamento de “taxas municipais” e/ou “Acordos ambientais compensatórios”, obtêm a liberação de alvarás de construção onde os proprietários lindeiros são totalmente esquecidos e prejudicados no usufruto dos seus imóveis.

    A falta de insolação e ventilação prejudicam a qualidade de vida além do patrimônio ser substancialmente depreciado. Porém tais questões parecem não pesar na decisão dos nossos políticos e empresários…

    Restam aos prejudicados as alternativas de se conformar com a péssima condição resultante ou, na melhor das hipóteses, vendê-lo à preço vil….

    Hoje BC já tem colhido os frutos do que plantou e no futuro não se pode garantir que o resultado seja melhor…

  • Luiz diz: 1 de julho de 2014

    Iago, que comentário besta. Todos sabem que BC é um caos!

  • silvia verona diz: 1 de julho de 2014

    Balneário Camboriú , sinônimo de progresso ,isso teve inicio realmente a tempos atrás. Parabéns pela arquitetura, parabéns pela criatividade. Continuem assim, adoro morar aqui , cidade bonita , tranquila , desenvolvida e de povo educado.

  • Sol Semanal diz: 1 de julho de 2014

    osvizinhos agradecem a sombra… é bom saber que 80% dos imoveis ficam parados, assim os sem teto ficam felizes….

  • Vitor diz: 1 de julho de 2014

    O plano diretor não permite construir so 22 andares ? Como que as construtoras conseguem construir mais do que 22 andares por apartamento ??? Qual o segredo ???

  • Pavan diz: 1 de julho de 2014

    Se e permitido construir 22 andares no plano diretor ??? Como eles conseguem permissão para construir 40 andares ????

  • Evandro diz: 1 de julho de 2014

    Na minha opinião BC é uma linda praia com suas belezas naturais e seus arranha céus imponentes. Deveriam construir edifícios cada vez maiores…. 100…150…200…300… 400 andares. Ficaria lindaço. Quem quizer pegar sol vai para outra praia. Aqui com o aumento da faixa de areia o sol permanecerá até as 18/19:00 horas. Quem não gostar dos arranha céus vai para Navegante…piçarras, Palmas… Ingleses… Canasvieiras… Armação.

  • Becker diz: 1 de julho de 2014

    Quantos comentários, e o que a gente percebe é o grau de instrução dos que estão em sua maioria das vezes criticando.
    Prédios altos, tendencia, economia, sinônimo de economia forte e por ai vai…
    Sombra? Praia sem sombra no calor do verão não rola, BC tem sol de manha e sombra a tarde e é perfeita para uma caminhada no seu calçadão…
    Quem quer sol inclusive a tarde, deve-se dirigir a Estaleiro, taquaras la o sol é constante…Balneário Camboriú tem tem os dois, é completa.
    Sugiro aos donos da verdade aqui, que procurem outro lugar para morar, quem sabe praias mais ao sul do Estado, tem várias que precisam ser povoadas para poder se desenvolverem.
    Continuo a bater na tecla, cidade do sonho de consumo de muitossss recalcados que falam mal mas gostariam sim de estar presente nem que fosse no subsolo de um prédio desses ai citados na matéria.
    Abraços

  • carlos do Brasil diz: 1 de julho de 2014

    Quero ver o dia que começar a cair esses edifícios..E não vai demorar muito

    o mar tem seu lugar
    se cuidem

  • Fernando diz: 1 de julho de 2014

    Quer sombra?
    Existem milhares de outras praias!

    THIS IS BC! Rumo a 300 metros!

  • mario diz: 1 de julho de 2014

    Balneário Camboriú – tem hoje uma estrutura de serviços superior a mais de 20 capitais de Estados do Brasil. Gastronomia variadíssima; comércio dinâmico que funciona de segunda a segunda, das 08 às 22horas (mesmo nas ruas); tem mercado e conveniências 24horas; tem as melhores casas noturnas do país, isto pra juventude; melhor estrutura de atendimento aos mais velhos, aposentados e idosos; escolas de alto nível até na rede pública; faculdades; próxima de um aeroporto de grande aeronaves; dois portos dos maiores do país; está a 200 km de centros importantes como Floripa, Blumenau, Joinville e Ctba. Colada em Itajaí a cidade que já o segundo PIB de SC, com menos de 200 mil habitantes; Bal, Camboriú teve o primeiro crematório do Estado; um teleférico que é uma atração turística.

    Tem uma das mais modernas marinas do Brasil, que é local de encontro de belas lanchas e pequenos “quase iates de luxo”…..

    Tem transporte coletivo que é bom demais, os “bondidinhos” são opção para pobres, ricos….todos…..ninguém tem preconceito pq funciona na cidade.

    TEM OS PRÉMIOS MAIS MODERNOS E LUXUOSOS DO SUL DO BRASIL. Basta conferir. Não em Ctba, POA, Floripa condomínios verticais com tamanho luxo e beleza, compete com SP e RJ.

    Tem gente que prefere morros apilhados de favelas, invasões……

    É UM LUXO MORAR EM BALNEÁRIO CAMBORIU

  • Paulo Roberto diz: 1 de julho de 2014

    UM POUCO TARDE PRA ESSE MIMIMI DE PLANEJAMENTO….BALNEARIO CAMBORIU JA SAIU DAS MEDIDAS FAZ TEMPO, AGORA ENGOLE O CHORO PQ NÃO DA PRA VOLTAR ATRAS.

  • Aldori diz: 1 de julho de 2014

    Parabéns Balneário Camboriu.
    Limpa, organizada, bonita, moderna.
    Com certeza um sonho para a grande maioria das pessoas.
    A gente olha para os morros e ainda vê só o verde, enquanto em outras cidades…..

  • Carlos Alberto diz: 1 de julho de 2014

    Seria razoável que a administração pública estipulasse um índice máximo de utilização do solo urbano, mas isso acho que não é feito. Então, daqui a alguns anos, quando as unidades ora ociosas estiverem ocupadas, a população vai sentir os efeitos dessa verticalização absurda para uma área tão pequena.
    O problema é que o arrependimento só vem depois, como tudo nesse país. Agora é só alegria, só deslumbramento. Quero ver daqui a alguns anos.

  • Luis diz: 1 de julho de 2014

    BC é uma zona! Vielas com prédios enormes, uma praia sombreada pela cupidez dos construtores e seus lacaios e assalariados, os politicos. E tem deslumbrado que diz que isso é chique… Espigão, adensamento populacional… Voces não conhecem Paris, Vancouver. Vocês são o atraso!! BC: menos gente, menos altura de prédio, menos lixo, menos esgoto, menos trânsito, menos lavagem de dinheiro, menos cassino clandestino, menos narcotráfico…menos corrupção. Imundície decrépita e deslumbrada. Que bom que tem gente que goste, aglutina e impede que se dispersem…

  • LUCINEI diz: 1 de julho de 2014

    As vezes chego a pensar,que,quanto mais dinheiro e estudo o homem tem,mais burro ele fica.Pois pra que tanta gente por metro quadrado,se,não tem infra-estrutura,e um trânsito que não sai do lugar.BURROS GANÂNCIOSOS………..certamente que constroe e que vende não mora ali.

  • Eu diz: 1 de julho de 2014

    Quem é contra as altas torres de Balneário Camboriú pode se mandar da cidade e procurar uma vila açoriana parada no tempo há 200 anos, com muita “justiça social” e sol na praia. Vão catar berbigão e pescar tainha, seus atrasados mentais!

    Se não fossem essas construtoras e a prefeitura incentivar a construção de torres altas, BC seria mais uma cidade comum e medíocre desse país. Mas não, ela se destaca, é rica, arrecada milhões em IPTU, investe, ousa. Não fica se lamuriando e arrastando na mediocridade.

    Parabéns BC, continue assim, você é a exceção nesse país!

  • Alan Ferreira diz: 1 de julho de 2014

    Gente ignorante e mal informada, esse edificios poluem menos que um conjunto residencial minha casa minha dilma, eles sao praticamente auto sustentaveis, poucos moradores.

  • Visitante diz: 1 de julho de 2014

    Melk, pra isso que teremos alargamento da praia. E também esse prédio aí de 66 andares sabe quantos apartamentos terá? 122. Sabe quantos apartamentos tem um prédio da Cohab? Mais de 500. E aí, quem faz mais esgoto?

    E o que você prefere, 122 apartamentos dentro de um mesmo terreno, ou 122 terrenos desmatados para construir 122 casas?

    RAGE, todos os municípios que mencionei estão próximos da costa. Só jogar no Google Chigago, bem fácil. Mas se você ainda preferir mais desmatamentos para construir mais e mais predinhos como fazem por aí, principalmente São Paulo (nenhum prédio de lá passa de 170 metros e mesmo assim o trânsito é um dos piores do mundo), beleza. Faço esses mesmos comentários para o Rogério.

  • marquinho alvinegro Balneário Camboriú diz: 1 de julho de 2014

    Natural de Florianópolis, moro aqui a mais de 16 anos, e afirmo, é uma cidade maravilhosa, um povo muito querido, uma cidade atraente, de gente bonita de todos os cantos do Brasil e do mundo, os prédios todos conservados, bem pintados, cidade limpa, ganhou ainda a pouco o premio em 1° lugar em qualidade urbana do Brasil, quanto a praia é só os políticos fazerem a obra de alargamento da faixa de areia que o povo já votou a favor.Esses todos que falam mal acima afirmo, é inveja e briguinha politica, todo lugar tem.Balneário Camboriú a maravilha do atlântico sul.

  • marquinho alvinegro Balneário Camboriú diz: 1 de julho de 2014

    LUIZ ,SE É TÃO RUIM ASSIM DO JEITO QUE TU FALAS, MUDA DE CIDADE, GARANTO QUE DENTRO DE 3 MESES JÁ ESTARÁS AQUI NOVAMENTE, SABE PORQUE?PORQUE AQUI SE RESPIRA QUALIDADE DE VIDA.

  • CONRADO diz: 1 de julho de 2014

    Terra de salafrários.Tem muita gente boa porém,o que não presta também vem tudo parar aqui.

  • CONRADO diz: 1 de julho de 2014

    Terra de salafrários.Tem muita gente boa porém,o que não presta também vem tudo parar aqui.
    Faltou dizer: Se tirarem todos os bandidos daqui,vai sobrar muitos imóveis.

  • Marcos diz: 2 de julho de 2014

    E nem consta o grnade projeto da Embraed que foi anunciado com 85 andares e foi revisionado e comprado mais altura, para construir 96 andares para ultrapassar o Q1 da Gold Coast com quase exatamente 329m!
    Outro projeto de investidores chineses, que está no momento em discussão mas com pouca probabilidade de ser executado no lugar desejado, pois protegindo, é um mixed use que possa chegar a 399m. Como ele traria muitos empregos e potencial para a cidade e cabe bem nos planos que é atrair mais serviços, ainda estamos procurando um lugar alternativo – mas lotes grandes em BC são raros.
    Mais três torres ainda não anunciadas terão 80, 74 e 69 andares.

  • Marcos diz: 2 de julho de 2014

    Por isso que eu vou pra Itapema, pois eu gosto da praia e não de prédio…
    IDH e desenvolvimento, crescimento…. PFFF
    - que papinho babaca de gente que deve estar feliz com o mesmo q o “legado da copa”

    BC esta virando uma porcaria, a praia é suja de água fria e cheia de merda..e agora com essa muralha só piora, deve ter oque uns 20 minutos de sol por dia?

  • Golfinho diz: 2 de julho de 2014

    Já pensou se os moradores de NY, Hong Kong, Chicago, Tokyo ou qualquer cidade de porte global ficasse de mimimi igual a esse povo daqui?

    “Ahh, cidade vendida pras construtoras mimimi sombra na praia mimimi vão acabar com a vista mimimi mercenários capitalistas mimimi”.

    Por isso esse país não presta, gente atrasada, contra o desenvolvimento, contra a riqueza, contra o trabalho. BC faz diferente e faz mais, quem quer sol e praia bonita pode ir pra Bombinhas, Celso Ramos ou qualquer uma das outras 1000 praias desse país. Go BC!

  • Marcos diz: 2 de julho de 2014

    @Golfinho: Concordo com você. Eu não sou o mesmo Marcos que comentou depois do meu comentário.
    Esse mimimi dos brasileiros é um dos motivos por que grande parte do Brasil é o que é. Leis restritivas na maioria das cidades brasileiras deixam as cidades crescerem para todos os lados. Por isso São Paulo e Rio de Janeiro são aquelas cidades montruosas enormes que são!
    No Rio de Janeiro o mais alto possível que pode ser construído é 150m. Mais que isso é impossível. São Paulo tem somente 18 lotes com capacidade de contruir até 160m, mesmo com o novo plano diretor.
    BC está certo em crescer para cima e não desperdiçar os “espaço vertical”. Existem só mais duas outras cidades sem limite de altura: Curitiba que não tem restrições no Centro e nos eixos estruturais, e João Pessoa que liberou grandes partes da cidade para construções verticais sem limite. O único limite que existe naquelas cidades é falta de recursos para construir uma obra tão grande. O maior prédio em desenvolvimento em Curitiba (no bairro Rebouças) terá 56 andares, mas vai ser arranha-céu. Ou seja, vai passar 210m.

  • Jean Franco diz: 7 de julho de 2014

    Meu Deus!!! Como tem Mauricinho deslumbrado (vulgo “coxinha”) nesta tal Balneário… entopem a cidade de arranha-céus sem nenhum tipo de ordenamento e harmonização paisagística, “defecam” a praia toda com esgoto e acham lindo, porque pegam seus iates na barra sul toda “defecada” e vão “curtir/detonar” outras praias por aí, com a especulação imobiliária “dando-lhe pau” … esse é o nível das ditas elites do Brasililil…

  • Pedro diz: 7 de julho de 2014

    Alguns comentário que Balneario teve um grande desenvolvimento e que hoje e uma cidade que tem quase tudo no que diz respeito a infraestrutura, que esta localizada a poucos Km de cidades importantes como Florianópolis, Joinville, Blumenau, etc. Todo mundo concorda. Agora que esses grandes edifícios ( cortiços de luxo , o IMPERATRIZ JA FOI TOP, lembram ) só causam problemas é evidente. Tiram o sol, excesso de gente, de lixo. etc.; Vejam bem a velha Copacabana, ou a nossa Beira mar norte. altura padrão com dez ou doze andares. coisa linda. E me digam, o xixi e o coco da praia, e aquele riacho que corta a cidade, que não corre mais, ROLA, vão fazer o que com eles.

  • Marcos diz: 8 de julho de 2014

    Prezados comentaristas:

    OPs grandes arranha-céus terão seu próprio sistema de tratamento de esgoto. Os edifícios que mais causam poluição são as casas (principalmente as casas simples e irregulares) e os antigos prédios dos anos 1980 a 1990 que foram constuídos com baixa qualidade e que ainda hoje apresentam uma grande maioria na cidade.
    “Cortiço de luxo” me parece um comentário muito invejoso daqueles que não tem condições de adquiri-los.
    Chamar a Copacabana e a Beira-Mar Norte de “coisa linda” também é tendencioso. As edificações tem uma péssima qualidade, fachadas velhas, sujas e com rachaduras. Modernidade não existe. Mas os problemas de esgoto naquelas regiões é bem pior que em Balneário Camboriú. Muitos edifícios na Copacabana de fato são cortiços – e nem são cortiços de luxo! Um prédio de 15 andares em Copacabana tem às vezes mais do que 80 apartamentos, enquanto os de Balneário tem no máximo 2 apartamentos por andar. Se arranha-céu é sinônimo de cortiço, então a população de cidades como Cingapura, Gold Coast, Sidnei, Nova York ou Toronto vive “cortiçada” – mas essas cidades tem os mais altos índices de qualidade de vida!
    Comentários tendenciosos, pouco refletidos e invejosos. Se essas edificações fossem para baixa renda, todo mundo admirava!

  • Carlos Gilberto diz: 10 de julho de 2014

    Por que ninguém falou da praia??? Da qualidade da água do mar???
    Moro no RS e tenho casa em Balneário Piçarras, mas convenhamos, a qualidade da água é outro nível, areia limpinha água transparente, sem esgoto, uma ma-ra-vi-lha!!!
    Quanto a cidade, fascinante, arquitetura moderna, uma blz. Mas assim mesmo, obrigado, não curto!!!

  • Odenir diz: 16 de julho de 2014

    Balneário Camboriú dando show! Parabéns! Cidade que pensa grande! Cidade que busca fazer acontecer!
    Cidades como São Paulo, Curitiba, Belo Horizonte e Rio de Janeiro estão ficando pra trás, porque ficam dando ouvidos à “movimentos sociais” (ou seriam movimentos socialistas? Movimentos que só querem arrastar para o Brasil para o atraso, transformando o país em uma pobre Venezuela, ou atrasada Cuba).
    Balneário Camboriú é mais! Balneário será a vitrine do Brasil para o mundo! Quando o resto do mundo olhar para o Brasil, irá direcionar os olhos para Balneário Camboriú, e não para cidades que hoje estão pensando pequeno, como São Paulo e Rio de Janeiro. Nos jornais do mundo todo, ao se falar de Brasil, irão escrever muito sobre Balneário Camboriú, a “Dubai brasileira”. Isto é fato! Tomara que as outras cidades do Brasil sigam o exemplo catarinense, caso contrário, tanto faz, pois BC (Balneário Camboriú) irá estar nas alturas, uma cidade poderosa que irá olhar as outras “grandes capitais” de cima pra baixo, pois BC será mais alta!
    Balneário é Camboriú, o resto é RESTO!
    Parabéns para esta cidade de pouco mais de 100 mil habitantes, que está se tornando turisticamente mais atrativas que as grandes capitais com mais de 1 milhão de habitantes.
    Vai BC! Cresce! Os habitantes desta cidade que se destaca mais a cada dia que passa estão de parabéns.
    Hoje BC é a Dubai brasileira, daqui uns anos ela será a nossa NY, pois os investimentos estrangeiros ainda terão esta cidade como destino. E tenho dito!

  • Nem o alargamento da faixa de areia vai livrar a Praia Central da sombra | Guarda-sol diz: 2 de setembro de 2014

    […] suspensa até que terminem as discussões de uma nova lei de zoneamento. Ainda assim, a cidade tem oito dos 10 projetos das futuras torres mais altas do país, de acordo com o Council on Tall Buildings and Urban Habitat (Conselho de Edifícios Altos e […]

  • Kowalsky diz: 30 de setembro de 2014

    Dezenas de corretores de imóveis, imobiliárias, construtoras, fornecedores de matéria-prima e material de construção, políticos e futuros-investidores tentando inflar o metro-quadrado e defender a monstruosa verticalização da bela orla praiana de BC.

    Comparar com outras cidades é exercício de futilidade. Dubai, possui área de sobra para construir, 1287 km² (BC 46 km²), 43 estações de metrô, mais de 1 milhão de autos, problemas com congestionamento e segurança próximo de zero e há planejamento de absolutamente todo o urbanismo.

    É possível caminhar nas espaçosas calçadas sem buracos, as pessoas não se amontoam nas praias, as ruas são limpas, os edificios estão bem mais distantes da praia e dado o contorno da orla o efeito da sombra é mínimo. Há centenas de casas construídas sobre as ilhas artificiais, evitando sufocar o centro comercial. E o acabamento dos imóveis infinitamente superior ao de qualquer construtora no Brasil.

    As lojas são refinadas e o imposto para estrangeiros, inexistente. As crianças são educadas em 2 idiomas e até o motorista de onibus é bilingue. Você pode estacionar seu carro na rua que nenhum flanelinha vai te extorquir dinheiro. Pode andar com seu Rolex sem medo de ser sequestrado.

    O metro quadrado em Dubai vale R$ 9.500. Em BC chegam a cobrar mais de R$ 20.000. Corretagem lá varia de 1% a 5%, aqui é de 6%. IPTU não é cobrado em Dubai, aqui 4%, 5%, 6%. Parece que sensato e BACANA MESMO É QUEM COMPRA IMÓVEL EM DUBAI.

    Fazer uma cidade é muito mais do que construir edificios.

Envie seu Comentário