Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

À espera da autorização

04 de julho de 2014 1
Foto: Rafaela Martins

Foto: Rafaela Martins

 

As obras de restauro do prédio da Antiga Fiscalização dos Portos, junto ao Porto de Itajaí, ainda dependem da autorização da Fundação Catarinense de Cultura, órgão do Estado responsável pelos bens tombados. O aval está nas mãos do arquiteto da fundação, que está avaliando o projeto.

Enquanto isso, a empresa Albatroz, que venceu a licitação, não pode tocar a obra. Foram feitos somente trabalhos preliminares, como o escoramento e a instalação de tapumes e luz elétrica.

O restauro do prédio da década de 1930 foi determinado por ordem judicial. A ideia da superintendência do porto era sugerir em audiência pública o destombamento da construção histórica e medidas compensatórias para derrubar o prédio e dar lugar à ampliação dos berços de atracação.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • Ainda não demoliram? diz: 4 de julho de 2014

    taca-lhe pau nesse museu, Marcos!!! Queimar dinheiro com isto, absurdo…

Envie seu Comentário