Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Edital do Centro de Eventos de Balneário Camboriú será publicado até quinta-feira

16 de julho de 2014 0
Foto: Marcos Porto / Agência RBS

Foto: Marcos Porto / Agência RBS

Depois de muitos adiamentos, revisão do projeto inicial e pressão sobre o governo do Estado, o Centro de Eventos de Balneário Camboriú finalmente vai sair do papel. Pelo menos essa foi a garantia dada pelo secretário estadual de Planejamento, Murilo Flores, que esteve no gabinete do prefeito Piriquito na tarde de terça-feira.

No encontro, o prefeito assumiu o o compromisso de arcar com os gastos das obras de infraestrutura que precedem a construção do Centro de Eventos. A prefeitura investirá R$ 10 milhões em terraplanagem, drenagem, saneamento, pavimentação dos acessos e outras obras no entorno. Com a posição do governo municipal, Murilo Flores autorizou no mesmo momento a publicação do edital de licitação do Centro de Eventos (com o número 2553/2014).

A publicação no Diário Oficial do Estado sai até quinta-feira. A execução do projeto foi confirmada em duas partes, sendo que a primeira será licitada agora para a construção de 29,7 mil m² do empreendimento. O restante do total de 38 mil m² previstos ficará para uma segunda etapa, ainda sem data para lançamento de edital. A demolição do antigo pavilhão da Santur, local onde será erguida a estrutura, continua em ritmo acelerado.

- Em no máximo 80 dias devem iniciar as obras. O prazo de execução previsto pelo edital, na fase 1, é de 18 meses. Nesse meio tempo devemos lançar a fase 2. Agora vou fazer o estudo do projeto para ver se uma empresa executará a obra, por meio de licitação, ou se a própria prefeitura é quem vai tocar os trabalhos – destacou o prefeito Piriquito.

O edital do Centro de Eventos tem o valor de R$ 69 milhões, sendo R$ 55 milhões de recursos do governo federal e R$ 14 milhões do governo estadual. Além de Murilo Flores, participaram do encontro de terça-feira o secretário adjunto da Casa Civil de SC, Ari Vechi, o secretário de Planejamento de Balneário, Auri Pavoni, e o chefe de gabinete de Piriquito, Edésio Marcelino.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário