Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Itajaí prepara nova licitação do transporte coletivo

23 de julho de 2014 3
Foto: Marcos Porto / Agência RBS

Foto: Marcos Porto / Agência RBS

A prefeitura de Itajaí ainda não foi intimada oficialmente sobre a anulação do contrato de concessão do transporte coletivo da cidade, definida pela Justiça há mais de um mês. Mesmo assim, a administração municipal já bateu o martelo: não vai recorrer da decisão.

Conforme o procurador geral do município, Rogério Ribas, a prefeitura optou por se antecipar à intimação e formou um grupo de trabalho para tratar do assunto.

Essa equipe vai visitar algumas cidades brasileiras para coletar informações e referências para a elaboração do futuro novo edital de licitação – ainda sem data para ser lançado.

A coluna tentou durante todo o dia de ontem entrar em contato com representantes da empresa Coletivo Itajaí, atual detentora da concessão do transporte público, mas ninguém foi localizado até o fechamento desta edição para comentar o caso.

A decisão que anulou o contrato com a Coletivo levou em conta um julgamento do Tribunal de Contas do Estado de março deste ano, que apontou irregularidades no edital. Para o TCE, em posição reafirmada pela Fazenda Pública, a licitação teria favorecido a empresa que já prestava o serviço exigindo itens que outras concorrentes não teriam como cumprir. (Colaborou Maikeli Alves)

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (3)

  • Rosangela diz: 23 de julho de 2014

    Antes tarde do que nunca, finalmente o povo é ouvido e respeitado nesta questão que já vem se arrastando a décadas e só favorece a empresa atual. O usuário merece respeito e atenção, pois a grande maioria do povo trabalhador, usa transporte coletivo e sofre a décadas com a falta de opção e com o monopólio. Finalmente, um motivo para comemorar.

  • Daniel Ramos De Oliveira diz: 23 de julho de 2014

    Espero que a Prefeitura de Itajaí, se expire em cidades como São José dos Campos, Ribeirão Preto, Campinas, Curitiba, e outras cidades, especialmente no Sudeste que mudaram radicalmente os seus respectivos transporte público, e ao menos escolha 2 empresas para operar o serviço na cidade.

  • Itajaí começa a receber pesquisadores do Plano de Mobilidade Urbana | Guarda-sol diz: 10 de dezembro de 2014

    […] lá a concessão dos ônibus em Itajaí deve continuar na fase de recursos para adiar os prazos da decisão que anulou o atual […]

Envie seu Comentário