Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Submarino atraca na Delegacia da Capitania dos Portos em Itajaí

15 de agosto de 2014 3
Foto: Marcos Porto

Foto: Marcos Porto

 

Um submarino entrou na manhã desta sexta-feira no canal de acesso ao Complexo Portuário, em Itajaí. Diferente dos navios a embarcação, que pertence à Marinha do Brasil, não precisa de rebocadores para manobrar. Mas é acompanhada pelos práticos, que fazem a escolta até o píer da Capitania dos Portos.

A embarcação é o S Tikuna (S-34), que foi batizado em homenagem ao povo indígena de mesmo nome, e permanecerá por aqui até 18 de agosto. A parada em Itajaí foi para abastecimento, e o submarino não será aberto ao público.

O S-34 foi construído no Rio de Janeiro, inspirado no projeto do submarino alemão IKL-209, e foi lançado ao mar em 2005. É repleto de inovações tecnológicas que garantem melhor desempenho, menos ruído e maior período de operação submersa.

Por ter sido pioneiro no país com essa nova tecnologia, é considerado o primeiro de sua classe made in Brasil. Pode chegar à profundidade de 200 metros e leva a bordo mais de 40 pessoas, entre praças e oficiais.

Privilégio

Construir um submarino é um feito para poucos. No mundo, apenas 15 países têm capacidade tecnológica para fabricar embarcações submersas _ e o Brasil é um deles.

Embora seja considerada o maior submarino já construído no Brasil, a embarcação é pequena: tem 62 metros de comprimento e 12,5 metros de altura. A Delegacia da Capitania dos Portos de Itajaí informou que o motivo para que não seja aberto à visitação é o pouco espaço interno.

Ficha técnica:

Estaleiro – Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro          
Comprimento – 62 m    
Calado médio – 5,8 m    
Altura – 12,5 m
Velocidade máxima – 20 nós na superfície     
Profundidade de mergulho – superior a 200 m    
Raio de ação     – 50 dias de autonomia    
Armamento    - 8 tubos de torpedo de 533 mm    
Tripulação – 41     

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (3)

  • Luco Maganin diz: 15 de agosto de 2014

    Esperamos que em breve que nossa Marinha tenha submarinos mais potentes com tamanho bem maior e armamento mais potente, produzidos aqui. E os submarinos nacionais movidos a energia nuclear quando vão entrar em operação …..

  • suelen novais cardoso diz: 16 de agosto de 2014

    adorei a noticia e bom saber q nossa cidade ta ficando cada ves mais procurada sc ta aparesendo no mapa doo brasill tenho orgulllho de ser sc

  • norberto diz: 16 de agosto de 2014

    Que pena que não abre para visita,pois já construí 8 submarinos em escala e radio controlado,que pena.

Envie seu Comentário