Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Localismo na mira da polícia

28 de agosto de 2014 9
Foto: Marcos Porto

Foto: Marcos Porto

 

A Polícia Federal estuda a possibilidade de reabrir uma investigação arquivada em 2006 sobre intimidação de surfistas em praias marcadas pelo localismo. A apuração foi conduzida pelo delegado Luiz Carlos Korff e apontou a Praia da Atalaia, em Itajaí, como uma das mais violentas do país.

De acordo com o delegado, as investigações não avançaram, na época, por falta de relatos de vítimas.O motivo para que o inquérito fosse revirado foi a agressão a um surfista flagrada pela RBS TV em Florianópolis, no início do mês.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (9)

  • José Luiz diz: 28 de agosto de 2014

    Não sei onde ta escrito,quem falou,ou quem inventou que a Praia da Atalaia é uma das mais violentas do país,frequento esse local à 20 anos,nunca houve essa violência,cfe
    disse a blogueira,com certeza não mora aqui,pra falar essa asneira!!!

  • Leonardo Petri diz: 28 de agosto de 2014

    Aposto que você, José Luiz, é mais um desses surfistas localistas. É óbvio que você jamais iria admitir.

  • Arlan Correia diz: 28 de agosto de 2014

    Em Floripa o cara foi agredido por um policia militar, diga-se de passagem.

  • FABIANO diz: 28 de agosto de 2014

    É Leonardo, você falou tudo. Certamente o José Luiz deve ser um local do Atalaia. Não precisa nem ser surfista (eu sou) para saber da fama daquele local.
    A polícia realmente tem que agir nesses locais e acabar com esse localismo criminoso, pois se não houver uma freada nisto, daqui um pouco começa a morrer gente e os próprios locais.
    Hoje na água não é só aquele surfista das antigas que vivia do mar e para surfar. Na atualidade vocês encontra desde promotor público federal, engenheiros, advogados até ex detentos por homicídio que querem curtir a liberdade que tem e tentar viver uma vida honesta, ou seja, há surfista de todas as categorias e o local não sabe quem é o cidadão que está enxotando da praia e acabando com o seu brio. Eu já ouvi diversas histórias de que alguns “Haoles” (Surfista que não é do local onde estão surfando) colocarem os “manda-chuvas” do pedaço implorando o perdão para não morrer porque estava com uma arma na cabeça.
    Você tem que tratar todos com o respeito que você trataria seu pai, pois hoje se mata por qualquer besteira.

  • Guilherme diz: 28 de agosto de 2014

    a qualidade da onda de Atalaia é internacional, mas infelizmente o localismo é uma cultura forte no local

  • Roberto Certivanis diz: 28 de agosto de 2014

    Tente surfar perto dos moles em Atalaia para ver o que acontece contigo.
    Se não acontecer nada, vai acontecer com teu carro quando chegar nele.
    Existe sim uma turma que não deixa ninguém surfar perto dos moles quando tem onda boa por lá, fora que ficam fumando maconha e se chapando embaixo das passarelas montadas pela prefeitura para os turistas. É uma vergonha e total queimação de filme de quem realmente gosta do surf e não utiliza de porcaria para se dizer surfista.

    E o delegado espera que tenha algum surfista no hospital para dar sequencia na investigação?

  • Cassio diz: 28 de agosto de 2014

    “A apuração foi conduzida pelo delegado Luiz Carlos Korff e apontou a Praia da Atalaia, em Itajaí, como uma das mais violentas do país.”
    Quem disse que a praia é uma das mais violentas do país foi uma apuração conduzida pelo delegado Luiz Carlos Korff.

    Nas suas palavras José Luiz, “Não sei onde ta escrito,quem falou,ou quem inventou que a ‘blogueira’ quem disse isso.”

  • peixeiro realista diz: 30 de agosto de 2014

    a praia da atalaia não suporta mais surfistas ,são muitos locais e um mais um monte de surfistas que migraram de outros estados e cidades do brasil e ja pesam que são locais ,imagina se liberar pra qualquer um surfar ,vira bagunça !!!l local da atalaia é so quem cortou o cordão umbilical no marieta!!! E a policia que vai investigar outra coisa ,tipo os politicos e etc…

  • FABIO diz: 1 de outubro de 2014

    esse peixiero realista só vai surfar ai, com o umbigo colado no marieta, pois como ele mesmo disse se liberar pra qualquer um surfar, vira bagunça!!! pois não queremos que outros estados e cidades do Brasil sofram esse tipo de ignorância.A policia deve investigar sim, o localismo, que por sua vez é extremamente prejudicial ao esporte, aos bons costumes e etc…

Envie seu Comentário