Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Advogado do secretário Elton Garcia diz que ele está "abalado" e "em pânico" na prisão

17 de setembro de 2014 1

A defesa do secretário de Obras de Balneário Camboriú, Elton Garcia, um dos presos na operação Trato Feito esta semana, ainda avalia a possibilidade de aceitar o benefício de delação premiada. Segundo o advogado Gelson José Rodrigues, Elton “não tem o que delatar”.

Rodrigues apresentou um mandado de segurança à Justiça para ter acesso às escutas telefônicas que fazem parte do inquérito. Recebeu ontem as transcrições e está analisando os arquivos. O advogado também entrou com um pedido de liberdade provisória no fim da tarde de terça-feira, que deve ser avaliado pela Justiça ainda hoje.

Segundo o advogado, o secretário de Obras está “abalado” e “em pânico”. Os presos da operação Trato Feito, que incluem quatro figuras do alto escalão da prefeitura de Balneário Camboriú estão na central de triagem do presídio da Canhanduba. Embora não tenham sido transferidos para celas comuns, todos estão uniformizados como os demais presos da unidade.

Demora

Advogados de defesa reclamaram da demora na liberação do processo, que só foi disponibilizado no início da noite de segunda-feira. Como a ação é extensa (tem mais de 700 páginas) os pedidos de liberdade provisória só começaram a chegar na terça-feira.

(Colaborou Maikeli Alves)

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • EDU diz: 17 de setembro de 2014

    Trato Feito esta semana, ainda avalia a possibilidade de aceitar o benefício de delação premiada. Segundo o advogado Gelson José Rodrigues, Elton “não tem o que delatar”.

    ESTA AVALIANDO A POSSIBILIDADE E NÃO TEM O QUE DELATAR?

Envie seu Comentário