Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Da Canhanduba para a Câmara de Vereadores

24 de setembro de 2014 2

O vereador Ary Souza (PSD) protocolou requerimento para criação de uma Comissão de Ética, que (acredite!) a Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú ainda não tem. A intenção é avaliar os documentos que embasaram a prisão do então secretário de Obras, Elton Garcia, que é vereador licenciado, e impedir que ele retome a cadeira no Legislativo quando deixar a detenção. Elton foi um dos presos na Operação Trato Feito e já teve um dos pedidos de liberdade negado pela Justiça.

O lugar de Elton Garcia foi ocupado pelo vereador Marcos Kurtz (PMDB) quando o titular se licenciou para assumir o cargo de secretário. Como ele deve ser suspenso pela prefeitura (de acordo com a procuradoria jurídica do município a publicação oficial está para sair), a retomada da cadeira na Câmara seria automática.

A posibilidade de instauração de uma CPI na Câmara está descartada por enquanto. Como o governo tem maioria absoluta na casa e é preciso pelo menos um terço dos votos a favor da investigação, dificilmente seria aprovada com facilidade.

A maioria governista no Legislativo, aliás, é um dos motivos pelos quais as denúncias que pipocaram nos últimos tempos, envolvendo situações que integram o processo do Gaeco, não receberam a devida atenção – e a razão de as prisões terem repercutido tão pouco na casa.

A função da Câmara de Vereadores é fiscalizar os atos do Executivo. Legítimos representantes do povo, os vereadores de Balneário Camboriú perderam a oportunidade de fazer a diferença.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (2)

  • edu diz: 24 de setembro de 2014

    A ex-bela praia de balneário vem mostrar a podridão que tomou conta da sociedade local, não é mais balneário camboriu, virou lavanderia camboriu com desmandos lavando dinheiro sujo da corrupção e trafico de drogas

  • Marie diz: 25 de setembro de 2014

    Infelizmente, com uma vergonha indescritível, ACREDITO! (Pasme!)

Envie seu Comentário