Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Anúncio de exploração de petróleo em Navegantes reacende briga pelos royalties

28 de outubro de 2014 3

O anúncio da perfuração de um poço de petróleo e gás pela empresa Karoon a 260 km de Navegantes reacendeu a discussão sobre a disputa pelos royalties na região. Ontem o presidente da Associação Empresarial de Itajaí (ACII), Eclésio da Silva, disse que o assunto será retomado e pedirá o apoio do governador Raimundo Colombo (PSD).

Em março o assunto havia sido levantado pelo reitor da Univali, Mario Cesar dos Santos, durante reunião entre empresários e representantes da Petrobras. A Unidade de Exploração e Produção Sul da empresa estatal (UO-Sul), com sede em Itajaí, é hoje a 5ª em volume de operação no país, com uma movimentação de US$ 7,5 milhões por dia. Mas dos royalties não vemos nem sinal.

Aliás, com a definição das eleições presidenciais, outras demandas da ACII com o governo federal devem voltar à pauta. Entre elas o número de fiscais do Ministério da Agricultura e da Anvisa no complexo portuário

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (3)

  • claudio bernardini junior diz: 28 de outubro de 2014

    É impressionante como Navegantes é uma cidade em transformação e em rápido crescimento econômico. Se considerarmos a duplicação da BR 470 (lote 1), a ampliação do canal de acesso aos portos, a ampliação da Portonave, a ampliação do aeroporto, novos supermercados na região central, teremos um investimento na ordem de 1 bilhão de reais para os próximos anos. Sem falar na exploração de petróleo e o crescimento da construção civil na cidade.

  • Roberto diz: 28 de outubro de 2014

    Claudio Bernadini, Navegantes é mega atrasada, só tem o porto e 3 estaleiros mesmo, falar que esta em transformação porque tem um poço a 260 km de distancia desta cidade é uma piada, pode ter certeza que nenhum navegantino tripula esta sonda que trabalha naquele campo.

  • waltencir diz: 28 de outubro de 2014

    Aproveitem este dinheiro e invistam em obras de contençao de enchentes na regiao

Envie seu Comentário