Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Royalties de uma possível exploração de petróleo em Navegantes irão para SP

01 de novembro de 2014 1

A localização do poço de petróleo que será perfurado a partir da próxima semana pela empresa australiana Karoon é uma linha reta a partir de Navegantes, a 260 km da costa.  Mas de acordo com as demarcações feitas pelo IBGE, pertencerá a área do estado de São Paulo.

Isto significa que dos esperados royalties provenientes da exploração, nenhuma gota deve pingar nos cofres de Santa Catarina.

A ação movida pelo Estado para rever as demarcações é antiga, vem do início dos anos 2000. Sustenta que os critérios usados pelo IBGE na demarcação não obedeceram preceitos legais e que, em caso acidente ambiental envolvendo os poços, como um vazamento, por exemplo, Santa Catarina seria diretamente prejudicada.

Itajaí sedia hoje a Unidade de Exploração e Produção Sul da empresa estatal (UO-Sul), a 5ª em volume de operação no país com uma movimentação de US$ 7,5 milhões por dia. A cidade dá nome inclusive a um dos mais novos navios-plataforma em exploração na costa brasileira pela Petrobras. Tudo sem que os royalties passem por aqui.

Esta semana o presidente da Associação Empresarial de Itajaí (ACII), Eclésio da Silva, disse ao blog que vai discutir a questão da briga pelos royalties com o governador reeleito Raimundo Colombo.

 

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • osman do rosario diz: 1 de novembro de 2014

    Por favor, a riqueza é dos brasileiros e deveria reverter para todos os brasileiros, a forma arcaica que os burocratas decidem direcionam os benefícios de acordo com interesses que sustentam o poder e a manutenção da máquina de dominação que envergonham o País resultando em atraso dos investimentos nas áreas vitais no cuidado com a população.

Envie seu Comentário