Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 10 novembro 2014

Ação na Justiça resulta em acordo para criação de parque ecológico no Canto do Morcego

10 de novembro de 2014 14
Foto: Marcos Porto/Arquivo

Foto: Marcos Porto/Arquivo

Uma ação civil pública movida em 2012 pelo Ministério Público de Santa Catarina contra o empreendimento Brava Beach, em Itajaí, acaba de terminar com um acordo que inclui, entre outras questões, a entrega ao município de uma área de 28 mil metros quadrados no Canto do Morcego, que deverá ser transformada em parque num prazo de até dois anos.

A ação questionava a continuidade do empreendimento por situações como a incorporação de uma rua. O acordo, formalizado pelo promotor Luís Eduardo Couto de Oliveira Souto, que responde pela 10ª Promotoria de Justiça, foi assinado, além do MPSC,  pelo Grupo Brava Beach, Fatma e prefeitura de Itajaí.

Além da doação da área o documento prevê que o empreendimento construa mirantes e trilhas na área de mata atlântica, um novo boulevard na lateral do condomínio e 75 vagas públicas de estacionamento.

Os termos do acordo têm até 24 meses para serem cumpridos.

A área que será doada pelo Brava Beach ao município fica no extremo norte da praia, e inclui todo a mata à esquerda da Rua José Menescau do Monte. Não inclui, porém, o Canto Norte da praia, que é alvo de disputa entre proprietários e ambientalistas, que defendem a preservação da área.

Em outubro uma decisão judicial suspendeu os alvarás de construções no local e proibiu a prefeitura de expedir novas autorizações.

Mais da metade dos pontos analisados pela Fatma estão impróprios para banho em Balneário Camboriú

10 de novembro de 2014 19
Foto: Fernando Carnevali/Especial

Foto: Fernando Carnevali/Especial

O último relatório de balneabilidade divulgado pela Fatma mostra que oito dos 14 pontos analisados em Balneário Camboriú estão impróprios para banho. Mais da metade.

O resultado diz respeito a coletas feitas no dia 3 de novembro e inclui, além de pontos historicamente, impróprios, como a Lagoa de Taquaras e o Pontal Norte, também pontos nas ruas 1001, 2000, 3000, 4000, 3500 e 2500.

Diretor de Desenvolvimento Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente de Balneário (Semam), Arnaldo Christian Pereira disse que ainda não há uma explicação concreta para que a Praia Central tenha voltado a apresentar pontos poluídos. No ano passado a prefeitura fez uma grande obra de drenagem para levar a água da chuva para os dois extremos da praia, no Pontal Norte e na Barra Sul, o que acabou com as “línguas” que corriam sobre a areia e, em tese, deveria ter mantido a praia em condições próprias para banho.

Os testes de balneabilidade avaliam a quantidade da bactéria escherichia coli em cada amostra coletada. Um local é considerado impróprio para banho quando o número de bactérias ultrapassa o limite do “saudável”.

A Semam pretende reunir-se com a equipe técnica da Fatma para entender o que está acontecendo.

Sob céu de cinema

10 de novembro de 2014 0
Foto: Alberto Sodré, Divulgação

Foto: Alberto Sodré, Divulgação

Balneário Camboriú serviu de cenário para a sessão de fotos do primeiro Azimut 42 fabricado em Itajaí especialmente para o mercado brasileiro. As imagens foram captadas em um trajeto entre a Praia Central e a Praia de Taquaras, em um fim de tarde de encher os olhos.

Enferrujado e perigoso

10 de novembro de 2014 0
Foto: Marcos Porto

Foto: Marcos Porto

É esta a situação do ponto de ônibus que fica na Rua Osmar Gaya, em Navegantes, bem pertinho do aeroporto. A ferrugem é tanta que os pilares parecem a ponto de cair. Precisando de trato urgente.

Café Cultura em Balneário

10 de novembro de 2014 0

O Café Cultura, de Florianópolis, abre franquia em Balneário Camboriú na próxima semana. O conceito, que faz sucesso na capital, é de um café-bistrô, com refeições e cafés gourmet servidos o dia inteiro. Por aqui, a administração será dos empresários Maria Elisabeth Borba e Arthur Portella, de Itajaí.

Gigante estrelado

10 de novembro de 2014 0
Foto: Rômulo Porthos/Divulgação/Museu Oceanográfico

Foto: Rômulo Porthos/Divulgação/Museu Oceanográfico

Está prevista para dezembro a inauguração da mostra do acervo do Museu Oceanográfico da Univali, em Balneário Piçarras. A corrida contra o tempo é para aprontar os aquários, que poderão ser abertos só no ano que vem.

A principal atração promete ser o tubarão-baleia que os pesquisadores do museu conseguiram conservar em formol no ano passado.

Inédito pelo tamanho e pela conservação, o espécime tem sido alvo da curiosidade científica de estudiosos de todo o mundo. Foi amplamente visitado durante o congresso nacional de Oceanografia, em outubro _ e promete seguir como estrela do acervo.

Leis ambientais em discussão

10 de novembro de 2014 0

O encontro do Grupo de Trabalho de Turismo Náutico de SC, coordenado pela Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, levantou o que se chamou de “excesso de leis e órgãos ambientais” no país – que, inclusive, será alvo de um Encontro Nacional no ano que vem.

O turismo náutico é lucrativo, faz bem às cidades que o adotam e não há dúvidas de que é importante. Mas vale lembrar que a Europa despertou o amor de seus cidadãos pelos barcos e pelo mar com leis ainda mais rígidas que as nossas.
Que se reduza a burocracia, mas há de ter prudência e cuidado com o meio ambiente.

Via Expressa Portuária em discussão

10 de novembro de 2014 0

Os encaminhamentos para retomada da obra da Via Expressa Portuária serão assunto da reunião da Câmara de Comércio Exterior da ACII nesta terça-feira.

A apresentação será do secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Luiz Carlos Pissetti.

Representantes do Rali Dakar visitam Itajaí

10 de novembro de 2014 0

Uma comitiva do Rali Dakar desembarca nesta quarta-feira em Itajaí para tratar com o prefeito Jandir Bellini (PP) e o presidente do comitê organizador das regatas, Alexandre Santos, uma possível parceria para a edição 2016 do lendário rali.
Considerado a mais dura prova de automobilismo no mundo, o Rali Dakar é realizado na América Latina desde 2009.

Porto de Itajaí abre mão de guarda no molhe

10 de novembro de 2014 0
Foto: Marcos Porto

Foto: Marcos Porto

O molhe de Itajaí já não tem mais segurança privada. O contrato com a empresa que fazia a guarda no local, em apoio à Guarda Portuária, terminou há pouco mais de um mês e o Porto de Itajaí, que é responsável pela estrutura, não fará uma nova contratação.

Desde então o molhe e a associação do porto, que também fica na Atalaia, têm a presença da Guarda Portuária apenas à noite e nos fins de semana.

A direção do porto afirma não ver problemas na redução da segurança ostensiva do molhe porque o local é monitorado por câmeras. Mas o espaço tem histórico de confusões, o que preocupa os frequentadores. Há poucos dias, inclusive, uma pessoa foi encontrada morta no local.

Com compromisso de reduzir pessoal como uma das medidas para equilibrar as contas, o porto tem déficit de guardas portuários – e não é de hoje. Porém, não há planos para novos concursos.

Recentemente o Porto de Itajaí recebeu da Antaq uma notificação de R$ 50 mil porque os guardas portuários não estão atuando nos gates da APM Terminals, arrendatária dos berços 1 e 2.

Num entendimento diferente da Antaq, o porto alega não ter justificativas para empregar guardas pagos com dinheiro público para segurança em local administrado pela empresa privada.