Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Entrevista: "Desmilitarização não resolve"

15 de novembro de 2014 0
Foto: Rafaela Martins

Foto: Rafaela Martins

Comandante do 12º Batalhão da PM em Balneário Camboriú, tenente-coronel Marcello Martinez Hipólito acaba de voltar da Conferência Internacional de Chefes de Polícia em Orlando, nos Estados Unidos, que teve a participação de policiais de 50 países. Em entrevista ao blog, ele fala sobre os modelos internacionais e defende maior poder de atuação à PM.

Como o modelo brasileiro de polícia é visto no exterior?
A percepção que temos é que o modelo de polícia brasileiro é o único no mundo e extremamente ineficiente. No mundo todo, todas as polícias investigam. Os estrangeiros não conseguem entender como trabalhamos assim.

Mas é possível e viável uma unificação com a Polícia Civil?
Defendo que é mais viável a Polícia Militar ficar com crimes menores, aqueles em que a pena é de até quatro anos de prisão, e a Polícia Civil ficar com os mais graves. Desmilitarização não resolve.

Que modelo é considerado ideal?
A polícia do Canadá. Lá há uma Polícia Nacional que faz convênios com municípios, que podem pagar para ter mais segurança. Não é um modelo que funcionaria aqui no Brasil integralmente, mas é interessante.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário