Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Balneário Camboriú concorda em dividir o custo do aterro sanitário com Itajaí

17 de novembro de 2014 2

Oito meses após a prefeitura de Itajaí ter tentado impedir na Justiça que Balneário Camboriú seguisse despejando lixo no aterro sanitário da Canhanduba, os dois municípios estão próximos de um acordo.

A procuradoria jurídica de Balneário informou que a cidade concordou em pagar um montante pelo uso do terreno e auxiliar Itajaí no custeio do passivo ambiental, principal alvo da ação.

Embora o valor pago atualmente pela prefeitura de Balneário Camboriú à empresa Ambiental corresponda a 48% do custo de manutenção do aterro, Itajaí arca sozinha com as consequências do depósito e tratamento de lixo para o meio ambiente.

Imposição aceita, o que está em jogo agora é o valor a ser pago. Itajaí pede o correspondente a 50% do preço do terreno do aterro, multiplicado por 14 anos de uso compartilhado. Balneário não concorda.

Já o passivo ambiental, que prevê cuidados extras com o monitoramento do aterro mesmo após a desativação, quando a capacidade chegar ao máximo, deverá ser dividido pelos dois municípios em partes iguais.

A discussão deverá incluir ainda a operação da usina de biogás instalada no aterro através de uma parceria entre a Ambiental e as empresas paranaenses J Malucelli Ambiental e Tertium Participações.

Como a matéria-prima é o lixo, Balneário não descarta a possibilidade de pedir participação nos resultados.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (2)

  • Ricardo diz: 17 de novembro de 2014

    Bacana isso quardo meu lixo, meus presos e tudo que considero nao prestar no terreno do vizinho depois de anos aceito pagar alguma coisa mais qro participação num possível lucro vindo desse lixo ja esta na hora do jandir começar a fazer algo por itajai nao aceitar mais o lixo de bc, e expulsar a engepasa da cidade seria um começo.

  • Juca diz: 17 de novembro de 2014

    Não irá expulsar a Engepasa, pois a mesma é do Macagnan!

Envie seu Comentário