Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Luan Santana compra apartamento em Balneário Camboriú

17 de novembro de 2014 9
Foto: Adriel Douglas, Divulgação

Foto: Adriel Douglas, Divulgação

 

O sertanejo Luan Santana, que desde a última temporada é visto com frequência no Litoral catarinense, acaba de comprar um apartamento no condomínio Yachthouse, em Balneário Camboriú.

A venda teria tido a influência de Sorocaba, da dupla Fernando & Sorocaba, que é amigo de Luan e já havia comprado um dos apartamentos do edifício.

Embora a construtora Pasqualotto não revele o valor desembolsado por Luan Santana, sabe-se que o preço dos apartamentos no prédio, que leva a assinatura da Pininfarina (empresa italiana de design e engenharia ligada à Ferrari) custa, na planta, entre R$ 3 milhões e R$ 8 milhões.

Entre os diferenciais oferecidos pela construtora há vagas de garagem projetadas especialmente para receber Ferraris.

Com 57 andares, 260 metros de altura e previsão de entrega para 2019, o Yachthouse tem se destacado no quesito famosos por metro quadrado: a cobertura foi adquirida por Neymar, que já mantém um apartamento em Itapema e pagou R$ 8 milhões pela nova aquisição.

 

 

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (9)

  • Isi diz: 17 de novembro de 2014

    Quem sabe ele cria algum projeto social para ajudar a galera do São Bento, Morretes, etc. Lá nem rua asfaltam, antes de décadas de choradeira. O poder público é um ZERO A ESQUERDA, portanto já sabemos o destaque nas estatísticas policiais, baixo IDH, marginalidade, ecologia zero… Luan vai precisar de altas equipes de segurança.

    Essas notícias são tipo aquelas ufanísticas de Dubai, onde se diz que o superstar W ou Y comprou etc. Uma ditadura onde os sheiks controlam tudo e pagam para vender uma imagem. Depois fica-se sabendo que não passou de conversa. Aliás, lembrem-se que Dubai foi muito marketing. A realidade é outra coisa. Quem quer ir para uma praia como Dubai, onde um casal se beija na praia e vai para a cadeia? Onde uma mulher não pode sair do quadradinho mais seguro para turista ver? Onde uma acusação de adultério põe o cara na cadeia por mais de um ano.

  • RAGE diz: 17 de novembro de 2014

    É isso ae!! Destruição do meio ambiente, desigualdade social, especulação imobiliária!! Tudo financiado por um bando de playboys de outros estados e regiões que tão pouco se lixando se pra construir seus lindos espigões envidraçados tiveram que ser destruidas áreas de preservação permanente!! E tem gente que ainda acha lindo todas essas obras megalomaniacas a beira de rios e mares… Como já dizia a musica do poeta: “vamos celebrar a estupidez humana”

  • Rudolph diz: 17 de novembro de 2014

    E esse bigodinho de cobrador de ônibus? Custou 8 milhões também?

  • pantaneiro diz: 17 de novembro de 2014

    Menos mal, pois, sabe-se, melhor dizendo, com as operações frequentes das autoridades policias/judicias, os ratos dos cofres públicos sumiram do nosso litoral; tem imóvel à venda por preços de banana!

  • ramiro diz: 17 de novembro de 2014

    isso é só dor de cotovelo, de quem não pode ter um igual.Conversa de ambientalista pobre.

  • Marcelo diz: 17 de novembro de 2014

    Peloamor é PININFARINA

  • Joana diz: 18 de novembro de 2014

    isso é o que se chama de recalque. Vocês com certeza fariam diferente né? #pacaba

  • viking diz: 18 de novembro de 2014

    Ramiro, que você coma seu dinheiro quando acabarem com tudo do pouco que resta de natureza

  • RAGE p/ Joana e Ramiro diz: 18 de novembro de 2014

    É com certeza sou recalcado mesmo! Recalcado por querer ter uma natureza exuberante no quintal de casa! racalcado por querer ter praias limpas, com mata nativa e sol o dia inteiro! Recalcado por querer ter igualdade social, onde um acéfalo que canta músicas de temas futeis não ganhe mais por mes que um bairro inteiro ganha!! Pode pegar todo seu “glamour” e $$ e ir bem pra aquele lugar!! Pois o Viking ta é mais que certo: “só quando tudo estiver acabado, que vcs infelizes verão que dinheiro não se come ou se bebe”!!

Envie seu Comentário