Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Emasa desliga metade dos chuveiros da Praia Central, em Balneário Camboriú

18 de novembro de 2014 6
Foto: Marcos Porto / Agência RBS

Foto: Marcos Porto / Agência RBS

A Emasa decidiu adiantar-se a uma possível falta de água e já desligou metade dos chuveiros da Praia Central em Balneário Camboriú. Há dois chuveirinhos e dois lava-pés em cada um dos 60 totens espalhados pela praia.

A prefeitura anunciou que está estudando um novo modelo de chuveiros, com uso de fichas, para evitar o desperdício e estimular a economia de água. No ano passado, os chuveiros precisaram ser desligados em fevereiro.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (6)

  • Joao diz: 18 de novembro de 2014

    Mais uma obra realizada fruto do “mal planejamento”. Primeiramente os chuveiros foram construídos “sem” a contenção da água que caía dos mesmos, que acabava inundando as calçadas, obrigando o pedrestre a caminhar pelas calçadas molhadas. Algum tempo depois, gastou-se para fazer a contenção, que na verdade não foi feita em toda a área do chão que caía a água. E agora querem “desfazer” essa “obra” para fazer outra? É fácil fazer e refazer as coisas com o dinheiro dos outros, não?! Duvido que isso aconteça em administrações sérias!!!

  • LUIZ ANTONIO ALVES diz: 19 de novembro de 2014

    Concordo com o comentário anterior (João) e além disto, é necessária a constante manutenção das válvulas, pois tenho presenciado vazamentos durante o dia. Fica a pergunta: se por exemplo, tivermos 50 usuários por dia em cada totem e metade destes forem desligados, estes usuários não migrarão para outro? Simplesmente aumentarão as filas naqueles que estiverem funcionando….

  • alberto brasi diz: 19 de novembro de 2014

    A mesma coisa acontece em Itapema- Meia praia, choveiros que ficao pingando o dia tudo, nemgem controla, alias qdo vai ser acabada a obra de pavimentaçao da N. Ramos pois virou pista de carridas, nao da pra o pedestre cruzar a mesma, nao tem lombadas nem sinais de velocidade, uma vergonha de essa administraçao, um descasso a mais pra a poblaçao moradora e visitante da regiao

  • Vaz diz: 19 de novembro de 2014

    A EMASA já avisou que não conseguiu concluir as obras necessárias e só tem capacidade de 85.000.000L e que serão necessários 113.000.000L para a temporada. Então VAI FALTAR ÁGUA!!! – DEVEM DESLIGAR TODOS OS CHUVEIROS JÁ!!!!! CHEGA DE DESPERDÍCIO !!!! CADÊ O MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL???? NÃO ADIANTA CORRER ATRÁS DEPOIS DE HAVER O DESABASTECIMENTO!!!!

  • helio ishida diz: 19 de novembro de 2014

    Ja se sabia da demanda no verao. Como sempre os orgaos publicos nao cumprem aquilo que e a sua obrigacao.A falta de planejamento e uma marca registrada. Passa anos e a desculpa que no ano que vem nao faltara agua e dada.

  • jorge reis diz: 19 de novembro de 2014

    os chuveiros que fornecem agua a custo zero são verdadeiros obelisco da insanidade publica !

Envie seu Comentário