Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Licitação do Centro de Eventos é suspensa e não tem data para reabrir

28 de novembro de 2014 2
Foto; Divulgação

Foto; Divulgação

O edital de licitação do Centro de Eventos de Balneário Camboriú foi suspenso novamente, desta vez sem prazo para reabertura. O motivo foram ajustes no projeto estrutural discutidos com a Caixa Econômica Federal, que vão impactar no custo da obra.

A Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte informou que a opção pela suspensão foi para estudar as modificações, que precisam caber no orçamento de R$ 70 milhões.

Esta é a segunda vez em dois meses que o edital é suspenso. Na primeira, em setembro, a concorrência foi interrompida por questionamentos apresentados pelas empresas interessadas em tocar o projeto e pela própria Caixa, que financia boa parte da obra (os R$ 55 milhões do governo federal).

Como o recesso do Estado inicia no dia 20 e a licitação só pode ocorrer 30 dias após o lançamento de um novo edital, já se pode afirmar que a definição sobre a empresa que vai tocar a obra ficará para o ano que vem.

Em maio, quando o governador Raimundo Colombo assinou o lançamento do edital, a previsão era que as obras iniciassem em julho deste ano.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (2)

  • fe diz: 28 de novembro de 2014

    com esse exemplo nota-se a incompetência do reino da dinamarca.

  • HERCILIO diz: 29 de novembro de 2014

    Não devemos ter preocupação porque na próxima administração quem sabe teremos pessoas com mais responsabilidade.

    O Prefeito disse e está gravado que na administração dele não iria aumentar valor IPTU, somente reajuste inflacionário normal, a Prefeitura em meados de agosto divulgou que em uma semana terá início as obras do Molhe Pontal Norte, O Viaduto dos Bombeiros era para começar logo, prolongamento da quarta avenida parou, prolongamento da Martin Luther parou, o engordamento da praia não se tem mais notícias, enfim as grandes obras estão a passos de tartaruga por causa da anunciada roubalheira.
    Então vamos aguardar as próximas eleições municipais, fazer o quê?.

Envie seu Comentário