Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de janeiro 2015

Vai ajudar

29 de janeiro de 2015 4
Foto: Altamiro Rosa/Divulgação

Foto: Altamiro Rosa/Divulgação

A prefeitura de Itajaí está construindo cinco escadas de alvenaria na orla de Cabeçudas. A obra vai facilitar o acesso, especialmente de idosos, à faixa de areia. Em alguns pontos da praia, a altura do calçadão dificulta mesmo a descida.

Porto Belo lança licitação para melhorias no acesso ao município

29 de janeiro de 2015 2
Foto: Marcos Porto/Agência RBS

Foto: Marcos Porto/Agência RBS

Reivindicação antiga da comunidade e turistas, parece que as melhorias do acesso de Porto Belo vão começar a sair do papel neste ano. O município lança nesta quinta-feira o edital de licitação da obra que promete transformar a via de entrada da cidade (da BR-101 à ponte do Rio Perequezinho), que ainda possui trechos de lajota e em péssima condições, como se pode ver na foto. O projeto prevê a construção de três pistas, asfaltamento, drenagem, novas calçadas e ciclovia. A obra contempla 4,3 quilômetros e custará R$ 13 milhões.

O prefeito Evaldo Guerreiro afirma que a expectativa é definir a empresa vencedora em 60 dias. A obra deve ser concluída em um ano e meio – para não atrapalhar o fluxo na temporada a repavimentação será executada por trechos e vai ser paralisada no verão.

– Isso vai trazer bem-estar, acessibilidade, valorização da área comercial e também organização para o trânsito. A terceira pista será reversível, podendo ser usada para ir ou voltar, dependendo do fluxo – explica.

Também será assinado hoje o edital para reurbanização da Avenida Hironildo Conceição, que liga Porto Belo a Itapema. O trecho de quase um quilômetro entre a Avenida Colombo Sales e a ponte do Rio Perequê também receberá asfalto, calçadas e ciclovia. Para o restante da via, a prefeitura aguarda aprovação pelo PAC. O custo da obra, que deve ser entregue entre outubro e novembro, é de R$ 2 milhões.

Para execução dos trechos, o governo federal destinou R$ 12,6 milhões; R$ 982 mil virão do Estado e o restante – mais de R$ 1,2 milhão – será investido pela prefeitura.

Itajaí fica sem desfile das escolas de samba no Carnaval deste ano

28 de janeiro de 2015 6
Foto: Rafaela Martins/Agência RBS

Metade das fantasia da Imperador, campeã do ano passado, já estavam prontas no galpão da escola | Foto: Rafaela Martins/Agência RBS

Não vai ter bateria, nem porta-bandeira ou mestre-sala. Neste ano, Itajaí vai ficar sem desfile das escolas de samba no Carnaval. A decisão saiu terça-feira à noite após reunião entre a Secretaria de Turismo e a Superliga, grupo das agremiações que organiza o evento. O cancelamento da programação é fruto de irregularidades e do atraso na prestação de contas dos R$ 400 mil recebidos pela entidade em 2014.

O secretário de Turismo, Agnaldo Hilton dos Santos, conta que a Superliga foi notificada a prestar contas do repasse pela primeira vez em maio do ano passado e que, meses depois, apresentou os documentos, mas havia irregularidades. Somente em 21 de janeiro de 2015 o grupo voltou a apresentar a comprovação das despesas. Os problemas no relatório, porém, se repetiram.

_ Parte dos recursos teria sido repassada para terceiros, o que não é permitido _ explica o secretário.

Se já faltava tempo para que, antes do Carnaval, a prestação de contas tivesse aval da controladoria e então um novo repasse fosse à votação na Câmara (que só retorna em fevereiro do recesso), com o relatório irregular ficou impossível de garantir o recurso para este ano. Além disso, a Superliga precisará devolver R$ 100 mil do montante recebido em 2014.

A Superliga admite os problemas na prestação de contas. O presidente Mauro José da Silva afirma que parte das despesas foi paga com cheques não nominais, o que provocou a irregularidade. A prestação de contas, segundo a entidade, é de responsabilidade de Levi Matos, que foi suspenso da grupo por oito anos em função dos problemas _ ele não atendeu ao telefone para comentar o caso. A escola dele, a Imperador _ campeã do Carnaval ano passado _ também será penalizada: no próximo ano receberá 30% a menos dos recursos.

A Superliga terá agora 25 dias para fazer a devolução dos R$ 100 mil. Caso o pagamento não ocorra, uma comissão vai analisar toda prestação novamente e encaminhar o parecer ao Tribunal de Contas, que decidirá como será feita a cobrança. O presidente da organização afirma que não há saldo em caixa para quitar a dívida, mas pretende fazer eventos para arrecadar recursos com as escolas _ que também vão acumular prejuízo em 2015, já que parte da estrutura para o Carnaval estava pronta.

_ Ainda não decidimos o que vamos fazer para ajudar as escolas, mas pagar a dívida é prioridade _ garante Silva.

Carnaval de um dia

Com o cancelamento do desfile, a programação do Carnaval em Itajaí ficará resumida ao esquenta da sexta-feira, dia 13. A festa vai ocorrer no Mercado Público com animação da banda Volares e uma charanga.

A caminho da natureza

28 de janeiro de 2015 0
Fotos: Divulgação/Famai

Fotos: Divulgação/Famai

Um sagui, uma tartaruga e um papagaio-de-peito-roxo foram entregues por moradores voluntariamente à Fundação do Meio Ambiente de Itajaí (Famai) na última semana. Agora, os três passam pela readaptação ao habitat natural.

O sagui foi encaminhado ao  Centro de Triagem de Animais Silvestres, em Florianópolis, junto a outros dois animais da mesma espécie que já estavam na Famai. A tartaruga passou por avaliação veterinária e já retornou à natureza. O papagaio está no Refúgio das Aves, viveiro particular no Bairro Fazenda, para formação de bandos e retorno ao habitat natural.

Em 2014, a Famai fez uma campanha para estimular a entrega voluntária de animais silvestres criados em cativeiro de forma ilegal. Nesse caso, o infrator fica livre de notificação e multa. Desde então, dezenas de espécies foram recebidas pela fundação. Ainda assim, o número animais apreendidos ainda é maior que o de entregas voluntárias.

Clique para ampliar:

.

Ex-jogador de futebol Rivaldo passa férias em Balneário Camboriú

28 de janeiro de 2015 1
Foto: Divulgação/Parque Unipraias

Foto: Divulgação/Parque Unipraias

Quem esteve nesta semana em Balneário Camboriú foi o ex-jogador de futebol e pentacampeão brasileiro Rivaldo Ferreira. De férias com a família, o eleito melhor jogador do mundo pela Fifa em 1999 visitou o Parque Unipraias, onde foi clicado. Em sua conta no Instagram, o craque também publicou uma foto da passagem pela região, posando ao lado do músico Rodolfo Abrantes (ex-Raimundos), na Praia Central.

Itajaí vai ganhar novas antenas 3G da Tim

28 de janeiro de 2015 0

A Tim vai instalar nove antenas para melhorar a transmissão de sinal de tecnologia 3G em Itajaí. Os investimentos vão ocorrer ao longo de 2015 no Centro e nos bairros Espinheiros, Cordeiros, Dom Bosco, Fazenda, Limoeiro, Cidade Nova e São João (duas).

Epagri lança novo arroz em Itajaí

28 de janeiro de 2015 1

A Epagri lança dia 5 de fevereiro uma nova variedade de arroz na Estação Experimental de Itajaí, na Itapaiva. Batizada de SCS121 CL, a semente é tolerante a certos tipos de herbicidas, permitindo maior produtividade e competitividade em função do menor custo.

Alexandre Pires e Nego Joe gravam clipe juntos em Itapema

28 de janeiro de 2015 1
Foto: Thiago Dias/Divulgação

Foto: Thiago Dias/Divulgação

Itapema uniu um dos seus mais famosos moradores, Alexandre Pires, ao músico da região Nego Joe. Os artistas gravaram juntos clipe de Tons Azuis, nova música de Nego Joe.

A produção em que dois homens disputam o amor da mesma mulher foi filmada na luxuosa casa usada pela Revista Caras no Canto da Praia. O lançamento está programado para depois do Carnaval.

Governador sanciona lei que reduz repasse do ICMS de exportação aos municípios portuários

27 de janeiro de 2015 2

O governador Raimundo Colombo (PSD) sancionou a lei que muda o Índice de Participação dos Municípios (IPM) no ICMS de exportação. Na prática, a nova determinação reduz a 10% o repasse às cidades portuárias, que antes ficavam com 100% desse montante devolvido pelo Estado, e destina os outros 90% às produtoras.

Aprovada em 16 de dezembro pela Assembleia Legislativa, a nova lei foi publicada no dia Diário Oficial em 20 de janeiro e já está em vigor. No entanto, os impactos da medida, que atinge, além de Itajaí e Navegantes, Itapoá, São Francisco do Sul e Imbituba, só serão sentidos nos cofres municipais em 2017. Isso porque o IPM em vigor é sempre referente a dois anos atrás. Ou seja, o índice de 7,2% válido para Itajaí neste ano, por exemplo, foi calculado com base no movimento econômico de 2013.

Prejuízo

Apesar da redução do repasse devolvido às cidades portuárias, o secretário da Fazenda em Itajaí, Marcos de Andrade, calcula que arrecadação total do ICMS – cerca de R$ 24 milhões ao mês – diminua apenas R$ 300 mil. Isso porque o IPM considera tudo que é movimento na cidade, e não apenas exportações.

Temor jurídico

O que preocupa os municípios portuários em relação à nova lei do ICMS é especialmente o precedente jurídico que essa mudança cria. Os portos de Itajaí e Navegantes, por exemplo, movimentam cargas de todo país, o que deixaria espaço para que Santa Catarina tivesse que fazer também essa devolução para municípios de outros estados.

Briga na Justiça

Assim que o projeto foi aprovado na Assembleia Legislativa, a prefeitura de Itajaí anunciou que entraria com mandado de segurança contra a lei. Nesta terça-feira, o procurador-geral de Itajaí, Rogério Nassif Ribas, informou que o município ainda estuda os argumentos para ingressar com ação no Tribunal de Justiça, o que deve ocorrer em 10 dias.

Apelo sem efeito

Há duas semanas, antes de a lei ser sancionada, Itajaí, Navegantes, São Francisco do Sul, Itapoá e Imbituba enviaram uma carta ao governador Raimundo Colombo pedindo que o proposta fosse vetada. O documento partiu reunião comandada pelo prefeito de Itajaí, Jandir Bellini.

Entenda

ICMS é o imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias (de alimentos e bebidas a produtos de alto valor), prestações de serviços e comunicação. Hoje a distribuição em SC ocorre da seguinte maneira:

75% – fica com o Estado

25% – é distribuído para os municípios

15% sobre esses 25% são distribuídos igualmente entre os municípios (0,05% para cada um), enquanto que os 85% restantes são distribuídos para as cidades de forma proporcional ao movimento econômico de cada cidade. Dessa forma é determinado o Índice de Participação dos Municípios (IPM)

O que muda com a nova lei é a composição do IPM, que no caso dos municípios portuários vai perder uma grande parcela da movimentação de exportação. O índice em Itajaí, por exemplo, era de 7,4% em 2014, que correspondia a cerca de R$ 24 milhões mensais de retorno _ R$ 300 mil relacionados à exportação

Fabricante de tanques de combustível de Balneário Piçarras abre novas unidades no país e no exterior

27 de janeiro de 2015 2

Com matriz em Balneário Piçarras, a Arxo projeta crescer 36% em relação ao ano passado, chegando a faturar
R$ 196 milhões em 2015, com a abertura de novas fábricas no país e no exterior.

A fabricante de tanques de combustível e líder de mercado no segmento vai abrir unidades em Vitória do Santo Antão, na Grande Recife, em Araguari, em Minas Gerais, e em Hernandarias, no Paraguai.

A estratégia de crescimento inclui também investimentos em novas matérias-primas e processos para atender a indústria com produtos em aço carbono, inox e alumínio.