Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Projeto proíbe uso de veículos com tração animal em área urbana de Itajaí

10 de fevereiro de 2015 11
Foto: Marcos Porto

Foto: Marcos Porto

O vereador Fabrício Marinho (PPS) protocolou na Câmara de Vereadores de Itajaí projeto de lei para alterar o Código Municipal de Proteção aos Animais. A emenda proíbe a circulação de veículos de tração animal dentro da área urbana. Hoje, as carroças têm permissão para circular em determinadas ruas da cidade com limitação de horário.

A motivação para o projeto, segundo o vereador, surgiu por conta dos maus-tratos a cavalos que viraram notícia em Itajaí nas últimas duas semanas e também pelas dificuldades na fiscalização.

O diretor de Defesa Animal da Famai, Roberto Pereira, informa que neste ano o órgão recebeu 19 denúncias. Sete cavalos foram recolhidos, um não resistiu aos ferimentos e outro teve que ser sacrificado.

– O cavalo não foi feito para andar no asfalto. Há duas semanas encontramos um animal sem o casco, as terminações nervosas estavam expostas, ele pulava de dor cada vez que encostava as patas no chão. Uma monstruosidade – disse.

O projeto terá de passar pelas comissões de Meio Ambiente e Legislação e Redação Final antes de ir a votação em plenário, o que deve levar cerca de 60 dias.

Falta estrutura

A responsável pelo Núcleo de Zoonoses de Itajaí, Raquel Marchetti, que é quem gerencia o Canil Municipal _ local previsto no projeto para abrigar os cavalos recolhidos _, afirma que o espaço não tem estrutura para acomodar animais de grande porte.

– Não estamos preparados para receber cavalos – disse.

Efeito questionável

A Codetran também teria que fiscalizar a prática, junto à Famai. O coordenador, Ewerson Luis Gama, explica, porém, que o órgão não tem poder para notificar. Dessa forma, o agente que flagrasse um carroceiro teria que acionar a Famai para que o ato de infração fosse feito e a carroça e o animal fossem recolhidos.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (11)

  • Carlos Adelson diz: 10 de fevereiro de 2015

    Quais são os as determinadas ruas da cidade e horários que podem circular hoje?
    até pq vejo em qualquer lugar e qualquer horário.

  • Eve Cunha diz: 10 de fevereiro de 2015

    Daí os carroceiros matariam os animais por serem inúteis a eles, tinha que encontrar uma forma de substituir e ainda abrigar os animais, Essa Lei é oportunista, so para virar noticia

  • André diz: 10 de fevereiro de 2015

    Não faz sentido…Itajaí é uma das POUQUÍSSIMAS cidades híbridas do Brasil: tem praia, rio, porto, turismo, comércio, indústria e agricultura…agricultura! Em algum momento, o pequeno produtor terá que se deslocar, a cavalo, ou de carroça, pela área urbana da cidade.
    E daí? Como fica? E o direito de ir e vir??

  • Alexandre Prisco diz: 10 de fevereiro de 2015

    Parabéns ao vereador Fabrício. Espero que a FAMAI também faça a sua parte.

  • Marcelo Souza diz: 10 de fevereiro de 2015

    Espero que seja aprovado logo, é muito triste ver os pobres animais tendo que trabalhar em condições precárias e mal tratados.
    Mas acredito que somente proibir não seja o caminho definitivo, quem sabe um projeto com alguma instituição para dar oportunidade do carroceiro trocar o animal por um carro projetado para tração humana ou alocar ele em outra etapa de trabalho, ou até mesmo outra área.

  • nilson p diz: 10 de fevereiro de 2015

    Esperamos que seja aprovada qto mais rapido possivel.

  • Tatiana diz: 11 de fevereiro de 2015

    Eu vi um agora de manhã (11/02) em plena av. Cel. Marcos Konder, próximo ao camelódromo…. Meu cel estava na mochila e eu andando de bike, senão teria tirado uma foto pra denunciar….

  • Fabricio Marzinho diz: 11 de fevereiro de 2015

    e a lei que obriga o uso de fraldas pelos cavalos? e a merda espalhada pela cidade? quem vai puxar as carroças, os vereadores?

  • silvana lenice moreira dos santos diz: 11 de fevereiro de 2015

    bom quanto ao comentário de que os agricultores usam carroças, é uma grande mentira ,todos os agricultores de itajai tem,carros caçamba,caminhoes menores,quem falou isto nunca foi no meio rural!! heheheh que piada.quem usa carroça em itajai são alguns mal amados que carregam entulhos e extenuam os animais ate a morte!! teríamos que ter um projeto de troca de carroças por bicicletas coletadoras e os animais irem para um santuário e ficarem o resto de seus dias livres!!

  • Pricilla diz: 12 de fevereiro de 2015

    Direito de ir e vir?
    Ok, todos tem direito de ir e vir … COM SEUS PRÓPRIOS PÉS!
    E não com esses pobres animais trabalhando em condições precárias e mal tratados.
    Parabéns ao vereador!

  • Susan Keiko diz: 12 de fevereiro de 2015

    Finalmente alguém está olhando com mais cuidado essa questão de maus-tratos aos cavalos que são verdadeiros “burros de carga” e são explorados muitas vezes até a morte, por vários carroceiros. Esperemos que finalmente esse projeto possa mobilizar os demais membros da Câmara e que ele seja votado o mais breve possível.

Envie seu Comentário