Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Liminar obriga Emasa a fazer leitura individual de hidrômetros em condomínios

19 de fevereiro de 2015 1

A polêmica da cobrança de água em condomínios de Balneário Camboriú ganhou mais um capítulo. A juíza Adriana Lisbôa concedeu uma liminar que prevê a cobrança individual de água nos edifícios que têm hidrômetros em todas as salas ou apartamentos. O Sindicato da Habitação (Secovi), autor da ação, deverá entregar à Emasa uma relação dos condomínios que têm hidrômetros individuais e os nomes dos proprietários dos imóveis.

Desde 2006 a lei municipal exige que os prédios tenham leitura individual de água, o que significa que uma boa parcela dos proprietários deverá se beneficiar da decisão.

Nos prédios onde não há hidrômetro individual o impasse continua e as contas estão custando até três vezes mais.
Em novembro um mandado de segurança apresentado pelo Secovi foi negado pela Justiça em Balneário. O sindicato recorreu ao TJ-SC e aguarda decisão.

 

::: Leia mais sobre o caso

Moradores protestam contra aumento na fatura de água em Balneário

Polêmica com mudança na cobrança motiva estudo para definir preço real da água

 

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • MARIA DO SOCORRO ARAUJO CAVALCANTE diz: 19 de fevereiro de 2015

    Para resolver o impasse, deveriam obrigar os condomínios até 20 anos de construídos, instalarem os hidrômetros individuais, imediatamente.Ainda em 2015.
    Os condomínios, cujos encanamentos forem de ferro, dá um prazo maior para instalarem o hidrômetro individual.
    Publicar as empresas habilitadas para fazer esta correção.
    Os novos não precisam porque já tem instalados.

Envie seu Comentário