Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Para acabar com reclamation, rodoviária de Itajaí vai trocar placas que viraram piada

19 de fevereiro de 2015 11
Foto: Marcos Porto

Foto: Marcos Porto

 

A administração da Rodoviária de Itajaí informou que vai substituir as placas com tradução em inglês que viraram piada esta semana no Bom Dia Brasil.

Telma Regina Veríssimo, administradora do terminal, diz que as placas têm 15 anos e estão em “inglês antigo”. Segundo ela, até as informações virarem notícia nacional nunca houve registro de reclamação.

A polêmica

A reportagem veiculada no Bom Dia Brasil, da Rede Globo, jna terça-feira, mostrou que as placas que identificam os setores do terminal em um inglês têm  tradução em alguns casos ao pé da letra, e em outros, fora de padrão. O turista encontra “alimentation square” para praça de alimentação, por exemplo.

Os problemas se repetem com o guarda-volumes que, com tradução literal, virou “objects guard” no lugar do adequado “lockers”. O desembarque virou “landing”, que geralmente é usado por aviões para pouso, no lugar de “arrival”.

O grande destaque, porém, fica para o“embarkation” e o “embarking” encontrados em algumas placas ao se referir a embarque, quando o correto seria “departure”.

Na bancada do telejornal a reportagem rendeu comentários dos apresentadores. Ana Paula Araújo alfinetou:

_ Acho que foi o Joel Santana que fez a tradução das placas.

Viralizou

Nos últimos dias, imagens que satirizam as placas estão sendo compartilhadas pelo aplicativo Whatsapp e pelo Facebook.Viraram memes.

 

meme terri 1

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (11)

  • Tocantins Land diz: 19 de fevereiro de 2015

    E ainda se gabam pela ocean race, coitados, nao sabem o que eh turismo, aqui prevalecem os monopolios e obrinhas p encher os bolsos, estamos muito atrasados..

  • André diz: 19 de fevereiro de 2015

    É o mínimo que devem fazer em uma cidade que cada vez mais vem se destacando no turismo. Custa solicitar a ajuda de alguém que saiba o mínimo de inglês para sim fazer placas com a informação correta? Para eles, acredito que sim. Sem esquecer do que foi gasto com as placas. Lamentável.

  • crazy horse diz: 19 de fevereiro de 2015

    Inglês antigo????? De que época? KKKKKK melhor era não ter falado nada.

  • Paulo Roberto diz: 19 de fevereiro de 2015

    Primeiro é a falta de assunto , que ainda estão tocando nisso, muita falta do que fazer para ficarem repetindo assuntos desde terça feira, ou falta de criatividade mesmo.
    Depois é permitir que pessoas que nem coragem de assinar seus proprios nomes, postem comentarios ofendendo uma cidade e sua população, que ja passou de piada para ofensas.
    Lamentável isso, na minha opinião, o site deveria ter mais responsabilidade, pois é muito facil postar um comentario maldoso e não ser homem para assinar seu propsio nome.

  • flavio domeneck diz: 19 de fevereiro de 2015

    por favor Sit And Be Quiet

    muito Mal EDUCADO

    Bando de analfabetos vao para um cursinho de English

  • Zeu diz: 19 de fevereiro de 2015

    O Comentário do Tocantins Land! Você não é de Santa Catarina? Não gostou? Vai falar mal? Volta pro mato maluco… Pega um voô, um ônibus, um jegue e volta pra tua terra…Já estamos cansados de forasteiros que vem para cá reclamar, mas não voltam pra suas ditas adoradas terras…

  • Paulo Roberto diz: 19 de fevereiro de 2015

    Ainda tive meu comentario censurado….
    PARABENS RBS

  • RONALDO diz: 19 de fevereiro de 2015

    Interessante. O pessoal de vocês fizeram a reportagem fazendo chacota de tradução literária das placas e esqueceu de fazer a correção do seu texto. Veja a seguir o erro de vocês. Isso também não seria um motivo de chacota de vocês jornalistas e revisores.
    A reportagem veiculada no Bom Dia Brasil, da Rede Globo, jna (vão alegar que foi erro de digitação igual ao pessoal do Banco do Brasil no caso do cheque de 500 mil que fizeram de 500 milhões?) terça-feira, mostrou que as placas que identificam os setores do terminal em um inglês têm tradução em alguns casos ao pé da letra, e em outros, fora de padrão.É complicado. Quem não tem telhado de vidro que atire a primeira pedra!!!!

  • pseudocrítico diz: 19 de fevereiro de 2015

    Ótimo tema para os críticos de plantão.

  • Mário Mesquita diz: 20 de fevereiro de 2015

    The book is on the table…

  • Visitante diz: 20 de fevereiro de 2015

    E o povo ainda não quer que se toque no assunto. Depois o país está nessa situação e não se sabe porque…

    Parece que não percebem que o caso é mais grave do que se aparenta. Não é só uma placa errada, e sim pessoas DESPREPARADAS gerindo nossas cidades. Gastando dinheiro PÚBLICO (pense no imposto que você paga, em alguns produtos chega a 50%).

    Aqui você compra um tablet por R$300,00, sendo que era para ter pago apenas R$150,00. Metade vai pro governo, pra ser gasto dessa maneira.

Envie seu Comentário