Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Acesso ao Porto Itapoá é liberado nesta quinta-feira

26 de fevereiro de 2015 1
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O acesso ao Porto de Itapoá foi liberado nesta quinta-feira pela manhã. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do porto através de nota oficial.

O local estava bloqueado desde segunda-feira em função dos protestos dos caminhoneiros, que estavam paralisados na rodovia SC-416. O fim do bloqueio ocorreu após os manifestantes firmarem um acordo com a Polícia Rodoviária Estadual e Polícia Militar.

Com o fim da paralisação o Porto de Itapoá começa a operar normalmente. Cerca de 1.000 caminhões estão agendados para esta quinta-feira.

Leia nota oficial na íntegra:

Os caminhoneiros que estavam paralisados na rodovia SC-416, em Itapoá, liberaram o acesso ao Porto na manhã desta quinta-feira, 26.

A estrada estava bloqueada desde a noite de segunda-feira, dia 23, onde cerca de 50 caminhoneiros impediam o acesso de caminhões de contêineres ao porto e aos terminais retroportuários da cidade, além de veículos de cargas que abasteceriam a cidade.

Nesta quinta-feira, houve um acordo entre os manifestantes, Polícia Rodoviária Estadual e Polícia Militar, onde foi decidido pôr fim ao bloqueio.

Com o fim da paralisação, o Porto Itapoá começa a operar normalmente. Cerca de 1000 caminhões estão agendados para o dia de hoje, e a operação será agilizada para que todos os veículos sejam atendidos dentro dos prazos estabelecidos pelo Terminal, a fim de evitar filas e maiores transtornos aos caminhoneiros e transportadoras.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • Hermerson Ricardo Geaco diz: 26 de fevereiro de 2015

    este protesto tem que servir de exemplo pra todos os brasileiros…. a uniao faz a força – imaginem todos os carros do Brasil nas ruas, protestando, o país para!!!! E como dependemos quase 100% do transporte rodoviario monopolio do petroleo, alguma providencia o governo tera que tomar… chega!!!

Envie seu Comentário