Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Multas de trânsito renderam R$ 2,5 milhões para Itajaí

27 de fevereiro de 2015 1
Foto: Marcos Porto / Agência RBS

Foto: Marcos Porto / Agência RBS

 

As multas de trânsito aplicadas em Itajaí em 2014 renderam aos cofres públicos R$ 2,5 milhões, segundo levantamento da Codetran. A maior parte do recurso (R$ 1,5 milhão) ficou para o exercício fiscal de 2015 porque só foi creditada entre os meses de novembro e dezembro, e deve ser aplicada neste ano.

O último trimestre de 2014 foi o único em que as autuações renderam dividendos ao município. Até setembro, ou o sistema se pagou, ou causou prejuízo.

O motivo é que, se os motoristas têm prazo para quitar a multa (que pode ser paga só no vencimento do IPVA), a mesma regra não se aplica ao município. Além do pagamento de taxas, o dinheiro também é usado para despesas como os Correios – conta que chegou perto de R$ 400 mil nos meses em que os índices de multas foram mais altos.

O que sobra é dividido proporcionalmente com a Polícia Militar e o Detran (50% para o município e 25% para cada uma das instituições em multas manuais, 80% para a cidade e 10% para os demais em caso de fiscalização eletrônica).
As autuações eletrônicas, aliás, são as recordistas. Quase quatro vezes mais do que as manuais.

A expectativa é de que agora o sistema estabilize, já que o número de autuações reduziu _ de 57 mil multas por radar em junho para 19 mil em dezembro _ e os pagamentos entram todo mês.

Conforme o Código Brasileiro de Trânsito, o valor arrecadado com multas só pode ser usado em ações de fiscalização e educação.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • Vitor Martins Anusz diz: 1 de março de 2015

    Seria interessante saber em quais ações de educação em que foram aplicados esses R$ 2,5 milhões arrecadados pelo município. Porque de fiscalização já sabemos. Haja lombada eletrônica para surpreender os coitados dos motoristas incautos.
    (Aposto que tem uma boa quantidade de cargos desnecessários na prefeitura e alhures ocupados por apaniguados políticos que são pagos com o dinheiro arrecadado dessas multas `educativas`.)

Envie seu Comentário