Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Falta espaço para pedestres e ciclistas na ponte sobre o Itajaí-açu na BR-101

09 de março de 2015 3
Fotos: Marcos Porto

Fotos: Marcos Porto

 

A proximidade entre as cidades da região faz com que o trânsito de bicicletas na BR-101 seja intenso. E perigoso.
As fotos feitas pelo repórter fotográfico Marcos Porto mostram a situação do trecho da ponte sobre o Itajaí-açu, que separa Itajaí e Navegantes. Sobre a estrutura, a passagem de pedestres, também usada pelos ciclistas, não tem espaço para que andem duas pessoas ao mesmo tempo.

A Autopista Litoral Sul, concessionária que administra a rodovia, informou que a passagem foi construída pelo DNIT e não há previsão de alargamento. Ressaltou que, por ser uma passagem de pedestres, “ciclistas devem andar no local empurrando suas bicicletas e não sobre elas”.

Como bem mostra a foto, ainda assim é difícil passar sem que se enrosquem.

 

ponte BR

 

A situação mais complicada, porém, é quando a ponte termina. Finaliza ali, também, o espaço próprio para pedestres e ciclistas e o acostamento. Restam como opções o mato ou a perigosa rodovia.
Sensação que pode ser descrita em apenas uma palavra: assustador.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (3)

  • Kaosno Portto diz: 9 de março de 2015

    que delicia, eu adogei… sempre passo ali no horario do Paulao e sempre fico entalado, junto com ele… eu fico brabo e digo pra ele: voce tem meia hora pra sair de tras de mim….

  • Isi diz: 9 de março de 2015

    Lá no inferno, com certeza, vai haver uma ala nobre reservada para gente como os Dnits, Autopista Litoral, engenheiros e agentes públicos que nunca pensaram no cidadão.

    Se aqui nesta vida se fizesse justiça, era bem melhor, mas no momento só nos resta apelar pela justiça do além. Cobram pedágio, mas não cuidam para que a estrada seja moderna e decente.

    Dizem que até hoje tem gente esperando indenização pelas desapropriações da BR 101, não é?

    Bicicleta é bacana, mas estes pobres cidadãos se sacrificam desta forma, neste calorão, arriscando a vida, porque o transporte público é uma vergonha. Aliás, para os tubarões do transporte público também deve haver um belo canto lá no inferno. Sem falar dos políticos que ganharam dinheiro deles para campanhas.

    Resta ver se o diabo vai aceitar esta gente por lá.

  • Paulo Roberto diz: 10 de março de 2015

    Ciclista e pedestre nao pagam pedagio, então nao tem direito a qualidade de vida.
    Infelizmente é esse o pais que estamos construindo

Envie seu Comentário