Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Os prós e contras do localismo

11 de março de 2015 1

A opção de trocar os shows nacionais pelos locais na parada da Volvo Ocean Race em Itajaí levou em conta o fator financeiro: os mais populares iriam custar cerca de R$ 100 mil à organização.

Apostar no localismo e valorizar a rica cultura local é sempre uma excelente escolha. Mas resta saber se haverá reflexo na quantidade de público estimada pela organização, que não é pequena: mais de 400 mil pessoas em 16 dias de evento.

 

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • rafael diz: 11 de março de 2015

    Não pensem que querem valorizar o “localismo”, decisão meramente financeira.. os locais servirão como uma válvula de escape.. quando não servirem mais, serão lançados ás trevas.

Envie seu Comentário