Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Movimento separatista quer "plebiscito" para independência do Sul

12 de março de 2015 939

O Movimento O Sul é Meu País anunciou que fará uma consulta pública para medir o apoio dos moradores de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul à proposta de separação do restante do Brasil. A ideia foi apresentada pela regional de Brusque e aprovada por lideranças dos outros dois estados.

Os separatistas querem que o “plebiscito” _ que em tese não poderia se chamar assim, já que não se trata de uma consulta oficial _ ocorra paralelo às Eleições municipais de 2016. Já fizeram consulta ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina e afirmam que, se ficarem no lado de fora dos locais de votação, a prática não seria ilegal.

A consulta deve ocorrer apenas nos municípios onde há sede do movimento, incluindo cidades como Itajaí, Balneário Camboriú, Blumenau, Florianópolis e Joinville. Segundo Celso Deucher, presidente da regional brusquense, o Litoral catarinense concentraria o maior número de adeptos do separatismo.

Amostragem

A proposta do movimento é ouvir um milhão de pessoas _ na prática, um número bem pequeno diante dos 18 milhões de eleitores presentes nos três estados.

_ Queremos compr0var que existe esse sentimento entre nós _ diz Deucher.

Com o resultado do plebiscito os separatistas pretendem procurar a UNPO (Unrepresented Nations and Peoples Organization) _ Organização das nações e povos não representados, em tradução livre. O que, segundo Deucher, seria o primeiro passo para o “reconhecimento” de uma “nação sulista”.

Movimento é inconstitucional, diz especialista

Professor da Univali, especialista em Direito Público, Constitucional e Administrativo e Mestre em Direito, Henrique Gualberto Bruggemann diz que o movimento é inconstitucional: a Constituição não admite ações que tenham o objetivo de desmantelar o Estado.

Segundo ele, a tese do Movimento O Sul é Meu País também não encaixaria nos preceitos da UNPO:

_ A princípio, a UNPO defende direitos humanos e culturais. Não conheço alegações no movimento que encaixem nisso.

 

E você, o que acha?

 

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (939)

  • Eduardo diz: 12 de março de 2015

    Eu acho que….tem nazismo bom ai.

    “Separar” é bem desse tipinho.

    …Tamo de olhoOO

  • Marcelo diz: 12 de março de 2015

    Essa notícia poderia estar em algum blog de comédia.
    Não só ridículo mas um belo disfarce para a criação de um novo nicho de poder, articulado por uma direita derrotada, antidemocrática e preconceituosa.

  • Regina diz: 12 de março de 2015

    Será que esta meia dúzia de pessoas não tem mais o que fazer na vida???!!! Nem pensar em separar o Sul do Brasil. Tenho orgulho do meu povo e de ser brasileira!Graças que temos uma Constituição para “barrar” este absurdo!!!!

  • HUMBETO diz: 12 de março de 2015

    Tem o meu total apoio, essa ideia esta ganhando corpo, em virtude dos últimos acontecimentos, no cenário nacional. Nossa região Sul é alto sustentável, grande poder econômico além de cultura muito diferente das demais região do pais. Sei que é inconstitucional, mas temos que abraçar esse ideal, acho que a grande maioria é à favor da separação por vários motivos. Sou um multiplicador desse ideal, e julgo ser o caminho mais provável para o bem.

  • joana diz: 12 de março de 2015

    Ah tá, e o sul vai sobreviver sem SP???? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Sandra diz: 12 de março de 2015

    Bom dia a todos,

    Nasci em Curitiba e moro em Blumenau, sou totalmente sulista, mas apesar disso não concordo com o movimento. Não existe mais momento neste planeta para que as pessoas se separem. O momento pelo qual passamos, é o momento de unir forças e não nos separarmos. Acho esse movimento ridículo e preconceituoso. Afinal de contas querem se separar para que? Por acaso pensam em sobreviver sozinhos? E as famílias vão ser separada porque?
    Sandra.

  • Alex J. diz: 12 de março de 2015

    Eu penso que é, no mínimo, ridículo, descabido, fruto de uma pseudo organização composta por pessoas em sua maioria preconceituosas, bairristas e ignorantes. Pensam que os 3 estados do sul são “melhores” que o restante do país. Pensam que os 3 estados do sul tem diversificação econômica suficiente para auto sustentabilidade. Não é possível que pessoas assim raciocinem logicamente sobre isso. Me parece mais um grupo com conceitos deturpados sobre democracia e civilidade. Não entendo nem porque dão valor midiático a isso, sinceramente.

  • Ivanilde diz: 12 de março de 2015

    Se tivermos a oportunidade de criar um novo país livre, apoio totalmento o movimento, Chega de sustentar os outros estados!!

  • Wagner Motta diz: 12 de março de 2015

    Aceito, desde que não carreguemos a herança maldita dessa politica de Brasilia. Um pais com nossas leis do nosso jeito.

  • Adriano diz: 12 de março de 2015

    Concordo. Ou muda a forma de eleições ou separa o sul. Estado que produz deve ter prioridade

  • Ricardo diz: 12 de março de 2015

    Totalmente a favor. Já demorou para isso acontecer.
    Chega de carregar o Brasil das costas!!!

  • Becker diz: 12 de março de 2015

    É um tema bem polêmico, mas com certeza eu votaria sim.
    O Sul é o nosso País.

  • Elisandro Luiz Nunes diz: 12 de março de 2015

    Inconstitucional, É SERMOS ROUBADOS, ANO APÓS ANO!!
    Inconstitucional, É VERMOS NOSSAS CRIANÇAS SEM EDUCAÇÃO, SEM CRECHES, SEM ESCOLA, SEM SAÚDE, SEM TRANSPORTE, SEM FUTURO!!
    166 BILHÕES ENVIADOS EM 2014,
    33 BILHÕES NOS VOLTARAM, E O PIOR, DESTES INVESTIMENTOS, O QUE CUSTA 1 BILHÃO, É RE-TAXADO PARA 3, DEVIDO A CORRUPÇÃO!!
    DEIXE-NOS CUIDAR DA NOSSA GENTE!!
    VIVA O SUL LIVRE DE BRASÍLIA, E O RALO SEM FUNDO QUE ELA REPRESENTA!
    SE QUEREM COMENTAR O MOVIMENTO, SEJAM SÉRIOS, DEBATEREMOS NA MESMA SERIEDADE DE QUE SOMOS ROUBADOS, ONTEM, HOJE E SEMPRE!!

  • salva florypa diz: 12 de março de 2015

    JÁ DEMORO….

  • Marilena diz: 12 de março de 2015

    Concordo com o movimento. Aonde é que eu assino?????

  • Celso Deucher diz: 12 de março de 2015

    O nobre professor está totalmente equivocado e mostrou desconhecimento de causa. Em primeiro lugar o Movimento não é ilegal e existe inclusive registro legal, CNPJ etc, o que de fato demonstra sua total e irrestrita legalidade. Segundo o nobre entrevista também esqueceu que a UNPO tem como principal função a defesa das Nações que não tem Estado, por isso sua formação é pura e simplesmente de Nações que almejam formar um estado. Em outras palavras, Movimento separatistas, espalhados pelo Mundo. Me preocupa sobremaneira que o professor esteja em sala de aula sem que alguém lhe cobre um mínimo de conhecimento sobre estes assuntos, já que é imprescindivel que um professor conheça a base do direito constitucional, em especial o direito de pensar, de defender o que pensa e de se organizar para defender este pensamento.

  • Johnny Demarch diz: 12 de março de 2015

    Aprovadíssimo. Não é do hoje que o sul sofre consequências devidas de outras regiões do país. Mas como de costume do governo brasileiro, tenho certeza que não vai dar nada.

  • Leandro diz: 12 de março de 2015

    Passou da hora de separar, mas ainda da tempo!!

  • Marcos diz: 12 de março de 2015

    Concordo com a separação sim. Quanto a constitucionalidade do movimento isso teria de se resolver de outras formas, pois nenhuma constituição admitiria tal possibilidade.

  • GloboSonega diz: 12 de março de 2015

    I-N-C-O-N-S-T-I-T-U-C-I-O-N-A-L. Deu pra entender? Querem um desenho? Parem de perder tempo e achem alguma coisa útil pra fazer.

    O BRASIL É O MEU PAÍS.

  • carlos pessoa diz: 12 de março de 2015

    Só a favor da separação

  • Kamylla diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente a favor!! O Sul é o meu país!

  • Alechandro diz: 12 de março de 2015

    Certamente é inconstitucional. Que país que quer ver parte do seu território desanexado?.
    O Brasil, assim como outros países criam leis “pétreas” que proíbem a independência de parte de seu território.

    Leis assim, são totalmente anti democráticas, e o Sul sempre teve menos população que as demais regiões (planejamento familiar será?) logo não temos representatividade no congresso. Entretanto não recebemos nem metade do imposto que geramos. Essa é a grande causa. Sem falar no desleixo de nossa cultura que é ridicularizada país a fora.

    Sou a favor de criar um novo país, direi SIM no plebiscito. Não só eu, mas todos os que conheço. Abraço

  • CESAR ERICO MORAES diz: 12 de março de 2015

    Não existem regras que perdurem para sempre, principalmente quando não incidem em dados como a distribuição justa de riquezas!

  • Roger Tonon diz: 12 de março de 2015

    Acho uma possibilidade a ser estudada pela sociedade da região sul, com muita serenidade, porem na hora que fossem formalizar um Divórcio com o Brasil, seria como um casal brigando pela partilha dos bens, quem iria fica com o que, e no final ninguém iria querer sair perdendo.
    Um Exemplo é a Usina de Itaipu.

  • Alan Machado da Silva diz: 12 de março de 2015

    Meu voto é sim. Quanto menor for um país, mais fácil de administrar. As riquezas e frutos do trabalho humano desses 3 estados ficariam aqui, para ser usado em prol da sociedade, é assim que se constroem uma nação.. Com relação a impostos, aqui se paga de mais, e recebe de menos.

  • Júlio diz: 12 de março de 2015

    Amplamente favorável ao processo separatista e independência do sul, desde que exportem os políticos sulistas para o outro lado!!!!!!!!!

  • Deivid Faust diz: 12 de março de 2015

    Espero que o sul entenda a importância desse passo que podemos tomar, depende de nós mesmo.

  • nelson neis junior diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente a favor da separação, temos que dar um basta!!!
    O SUL É O MEU PAÍS.

  • Alexsandro Witkowski diz: 12 de março de 2015

    Finalmente, uma reportagem séria, com ponto e contraponto, sobre um assunto polêmico, mas reflexivo e necessário.

    Sou favorável a autodeterminação dos povos!

    Sou favorável ao Sul Livre!

  • Mauro S. Costa diz: 12 de março de 2015

    Sou Totalmente a favor da autodeterminação dos povos dos três estados do Sul, já estamos maduros o suficiente para caminharmos com nossas próprias pernas e construirmos uma nova nação sem os erros do Brasil. Respeitamos todos os demais estados sem desmerecer nenhum, mais procuramos nossa Independência dentro da Verdade, Liberdade e Prosperidade,

  • Josimar diz: 12 de março de 2015

    Tem que mudar e para haver uma real mudança terá que ter essa separação sim. Indiferente que seja inconstitucional ou não. É injusto que ”1 trabalhe para 10 que estão sentados na sombra recebam”. Eu apoio e faço parte do ’1′ que trabalha.

  • Luan Ricardo Schmidt diz: 12 de março de 2015

    Eu apoio essa idéia , nossos estados vai avançar muito com isso

  • Tiago moser diz: 12 de março de 2015

    Concordo plenamente

  • JOHNY GRASEL diz: 12 de março de 2015

    Sobre o comentário do Prof. da Univali, dizendo que o Movimento é inconstitucional perante a Constituição, não concordo e pergunto: existe algum artigo ou lei constantes na CF que são realmente aplicados no país? Neste país o que manda é o dinheiro e não a CF.

  • mauro pinheiro diz: 12 de março de 2015

    Sim com certeza estou de pleno acordo com a separação desde que seja só o RS a se separar, se o paraná tambem quizer não tem problema ai é só juntar com o pessoal do oeste de santa catarina que mora mais odeia nosso estado com certeza ficariam um belo pais. Tambem votaria a favor de expulsar todos os gauchos de santa catarina e cortar relação com esse novo e belo pais. ADEUS GAUCHOS.

  • Maira diz: 12 de março de 2015

    Proposta descabida. Inconstitucional. Não há o que perguntar.

  • Ismael Possamai diz: 12 de março de 2015

    Sou favorável, acho que muita coisa iria melhorar se fossemos um país separado. Somos autosuficientes em praticamente tudo, nossa industria e nossas universidades. Além da agricultura.

  • mendes diz: 12 de março de 2015

    Mais uma palhaçada do circo Brasil

  • Gabriel diz: 12 de março de 2015

    O movimento pela separação da Catalunha também é inconstitucional na Espanha, e mesmo assim houve plebiscito. A ONU e a carta sobre os direitos humanos (no qual o Brasil se inclui) garante o direito de auto-determinação dos povos.

    O plebiscito é apenas o primeiro passo para a separação do Sul, coisa que alguns especialistas dizem ser inevitável.

  • Aline Cristine da Silva diz: 12 de março de 2015

    Vamos fortalecer essa idéia sim…
    O Sul está cançado de pagar tantos impostos e não ver retorno para a população.
    O Governo nos massacra e sustenta vagabundos e faz obras em paises de guerrilheiros com o nosso dinheiro.
    Literalmente cançada dessa palhaçada!!!

  • Anidria diz: 12 de março de 2015

    Sim, o Sul é o Meu País!

  • Pedro Antonio Cardoso diz: 12 de março de 2015

    Antes era a favor da separação, agora não mais. Desisti. Não importa se vão unir ou separar, o que vejo é que não haverá conserto. Portanto, fuuuuiiiii. Estou indo embora. Mas prometo, vou continuar lendo suas publicações lá de fora.

  • Ernesto diz: 12 de março de 2015

    Vejo a separação como a melhor solução para o Sul.
    Hoje estamos de mãos atadas e ao sabor das decisões alheias de deputados e senadores que são de muito maior número nas outras regiões.

  • JBorba diz: 12 de março de 2015

    Acredito sim no movimento não por motivos que enfatizam que lá ou aqui seria o melhor local para se viver, ou que no sul ou nordeste fossem um estado melhor e mais desenvolvido, Apenas acredito na melhor gestão com a divisão, afinal quanto menor melhor para se governar…..

  • Alan Heesch diz: 12 de março de 2015

    Tá mais do que na hora de pararmos de sustentar vagabundos…

  • Viviane Cristina Vicenti diz: 12 de março de 2015

    Eu acho que seria saudável para o Brasil em si.

  • Juan Carlos Kuhnen da Silva diz: 12 de março de 2015

    sou militante a favor do movimento separatista

    Sul é Meu País!!

  • Edna diz: 12 de março de 2015

    Acredito que agora seria o momento ideal para fazer este plebiscito. Com a bandalheira e a farra em todos os setores do governo. O sul conseguiria, tranquilamente, ser auto-suficiente. Votaria a favor e conheço muitos que também votariam. Vai chegar o dia que nos separaremos do “Brasil”. #VERGONHADESERBRASILEIRO

  • Victor Motter diz: 12 de março de 2015

    Antes que digam que é inconstitucional , leiam a carta de principios do movimento . Art. 4, item III, (Direito a autodeterminação dos povos), no Art. 5, itens IV, VII, XVI, XVII, XIX, XXI (Direito e liberdade de pensamento e direito de organização para expressar e divulgar o pensamento) da Constituição Federal e nas Resoluções das Nações Unidas especialmente na Resolução 1514 (XV).

    Alem do mais , estou cansado de tanta corrupção sabe .. pagar pagar pagar e não ver resultado algum . Para tudo temos que pagar dobrado ,desde escola até a nossa segurança . Coisas que seriam de responsabilidade publica , digo pagar dobrado porque já pagamos caríssimos impostos para custear isso , porem temos que pagar por uma segurança privada , escolas privadas ..

    Chega de ser colonia de exploração .

  • Giovani diz: 12 de março de 2015

    As pessoas a consultar tem que ser daqui.

    Pois com a quantidade dessa gente já impregnada na nossa região o resultado vai ser comprometido e não vai mostrar a vontade de separar ou não do povo daqui.

    Eles não irão votar a favor de separar o lugar que nunca deviam ter saído do lugar onde hoje vem viver.

  • Mauro Pinheiro diz: 12 de março de 2015

    É obvio que existe e eu conheço muitos gauchos gente boa, esse a gente aceitaria morar no Bras il, o resto a gente expulsa para o paraiso. Engraçado que tudo de bom é lá pelas bandas do sul, só não entendo porque vem morar aqui, será porque não voltam, será que a BR 101 esta fechada e não sei?,

  • Dúlcio ulysséa Júnior diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente a favor,pois quando se sabe onde esta os erros.Pode se formular algo novo e melhor.

  • Mateus A. diz: 12 de março de 2015

    Meus parabéns à iniciativa. É muito bom ver que existem pessoas cientes da danosidade desse falso sistema federal do Brasil e que defendem a única verdadeira solução para ele: A separação em unidades menores com uma história, valores e desenvolvimento comuns. Sou de Minas Gerais e tenho grande desejo que minha nação mineira também se torne independente do Leviatã de Brasília. Quanto a dizer que é inconstitucional a secessão, tenham todos ciência que esse é um direito universal e inalienável,oriundo de uma fonte muito superior a esse mero decreto humano, contigente e cheio de erros chamado constituição brasileira. A soberania da comunidade política de autodeterminação e devinculação de outra faz parte do direito natural, válido em todos os tempos e lugares.

  • Janesilton F. Beppler diz: 12 de março de 2015

    É importante declarar a maneira que isto se fará, como por exemplo, que tipo de constituição caberia aos 3 estados, sistema politico econômico, leis trabalhistas, qual dos estados seria nova base de governo. São questões muito imporantes a serem apresentadas juntamente com a possibilidade de uma nova república.

  • Régis Eduardo Korb Pedroso diz: 12 de março de 2015

    Já passou da hora de nos tornarmos um Estado Unificado Independente e admnistrarmos nossas riquezas com distribuição de recursos direto ao povo e para o povo. Parabéns pela iniciativa. Foco, Força & Persistência!

  • Wilmar Warmling diz: 12 de março de 2015

    Quando você faz uma divisão para crescer ela é salutar e precisa ser defendida.

  • Henrique Lunkes diz: 12 de março de 2015

    A favor

  • stauer diz: 12 de março de 2015

    Claro que vai ser ilegal.

  • rodrigo diz: 12 de março de 2015

    sou a favor.

  • Lúcio Silveira diz: 12 de março de 2015

    Sul nosso país! Vamos se separar do resto da merda.

  • Mauro Pinheiro diz: 12 de março de 2015

    Com relação a constituição, com certeza poderiamoa abrir uma exeção com maior prazer, poderiamos alegar que estariamos extirpando um cançer no Brasil. Já pensou Floripa sem gauchos bunda mole, meu DEus é um sonho muito bom.

  • eder diz: 12 de março de 2015

    Bando de fdp, manipuladores.. embusteiros! Separar jamais!

  • Claudio diz: 12 de março de 2015

    Inconstitucional, não me faça rir. Se um povo realmente quer ser independente, este desejo deve ser respeitado, porque se não um dia pegaram em armas para fazer valer o seu lugar no mundo.

  • joao Carneiro diz: 12 de março de 2015

    Uma ótima idéia. Eu sou morador de Santa Catarina e adoraria que fosse separado.

  • Raphael diz: 12 de março de 2015

    Que consultem apenas RESIDENTES NASCIDOS nos três estados.

  • Jane da Sivla e Oliveira diz: 12 de março de 2015

    Não entendo nada de leis, mas se é possível , e acredito e quero que seja, tem mais é que procurar os órgãos competentes e fazer mesmo esta separação…..eu apoio totalmente….sabemos das dificuldades mas o que nos impulsiona serão as vantagens…………..e dou a sugestão de fazer um site com esta opção de voto pq aqui na minha cidade não haverá como votar, votando on line todos poderão dar a sua opinião….meu voto é sim.

  • Kaue Koschitz Roratto diz: 12 de março de 2015

    Temos duas alternativas plausíveis para nosso país devido a extensão geográfica:
    Ou damos maior poder as federações, similar ao que ocorre nos estados unidos,
    Ou separamos em paises menores.

    Acredito que e o único jeito de se tratar questões complexas.

  • Nego Albino diz: 12 de março de 2015

    Olha, eu acho um absurdo esses brasileiros quererem se separar de Portugal. Eles acham que são melhores do que a gente? E digo mais, a constituição claramente diz que o Império Português é indissolúvel e governado pelo Rei, cujos poderes foram concedidos por Deus. A argumentação contra a secessão aqui aprensentada é análoga a essa grande bobagem ;D

  • mariana Martins diz: 12 de março de 2015

    Acho que já demorou muito para nos tornarmos um país.
    o sul concentra as maiores riquezas em relação ao resto do pais. Praticamente sustentamos toda essa corja que tem pra lá. Todos esses escandalos de corrupção são em cima da maioria do dinheiro produzido no sul! E estamos aqui com falta de tudo.
    O sul é meu país sim! É meu país já!

  • JOHNY GRASEL diz: 12 de março de 2015

    TODOS OS POVOS TÊM O DIREITO À AUTODETERMINAÇÃO (Resolução 1514 – VX da ONU). Mesmo o especialista dizendo que é Inconstitucional sobre ações de desmantelar o Estado, seria interessante analisar se mesmo os artigos da CF88 são aplicados neste país, pois aqui o que manda é o dinheiro e não a CF88.

  • Denis Augusto diz: 12 de março de 2015

    Naturalmente que a lei do dono do cativeiro é que o sequestrado não pode sair. Nòs que queremos separação, sejamos sulistas ou aqui em São Paulo, onde há três movimentos pela formação do novo país paulista, queremos desligamento total de Brasília, inclusive das leis. Quem quer sustentar Brasilia que fique com eles.

  • Mönica Riffel diz: 12 de março de 2015

    Concordo com o movimento e assino o abaixo assinado se tiver.
    O Sul é Meu Pais.

  • Pedro diz: 12 de março de 2015

    Eu sou grngo ,mais acho que nao tem que dividir brasil, vcs, tem un muito grande pais ,nao concordo con esso, duisculpas ,por minha opinion .

  • Saulo Job de Sousa diz: 12 de março de 2015

    Acho ótimo.

    Chega de carregar o Norte, Nordeste e parte do Centro Oeste nas costas.

    Tenho certeza que o sul se transformaria em um páis prospero, competitivo e de primeiro mundo em muito pouco tempo.
    Saulo

  • Bruno diz: 12 de março de 2015

    Sou a favor não só separação do sul mais como do Brasil inteiro, o país é muito grande e mal administrado, não existe controle sobre nada, é uma terra sem leis. Com a divisão de regiões aonde as mesmas seriam independentes, o controle de cada uma seria mais eficaz.

    Ou formamos um novo país ou outra opção seria dar autonomia para cada estado ter suas próprias leis, deixar o governo federal apenas controlando instituições federais de segurança como forças armadas, polícia federal, abin, etc.

    Cada estado seria dono de seus recursos e iria destinar X% para o governo federal manter tais instituições, estradas, escolas, universidades, etc ficaria a cargo do estado assim extinguindo universidades federais, rodovias federais, policia rodoviaria federal, etc.

    São idéias que deveriam ser discutidas com mais tempo mas é mais ou menos isso.

    Abs,
    Bruno

  • Maycon – FNS diz: 12 de março de 2015

    Como assim? Quer dizer que pesquisar 2002 pessoas para um universo de 200 milhões em pesquisa para presidente é válido, mas consultar 1 milhão no universo de 18 milhões não seria? menos né, não forcem com nossa inteligência, ou estudem mais!

  • Gilnei Santos diz: 12 de março de 2015

    Buenas Tchê!

    Nós do Movimento União Pela República Riograndense
    Somos a favor de uma federação da região Sul.

    Sds

  • Rafael Valmir de Souza diz: 12 de março de 2015

    Vamo separa o sul do resto da merda de Brasil

  • João de Moliner diz: 12 de março de 2015

    Temos tudo pra isso, o Sul é mais produtivo e competente em todos os aspectos que as outras regiões, temos as fronteiras necessárias para um bom mercado externo! Ensino, Saúde, Pavimentações, Segurança, entre outros setores só não melhoram porque o repasse dos ladrões de Brasília é menos de 30% do arrecadado! A conta é simples povo!

  • Ivan diz: 12 de março de 2015

    Eu queria votar! E votaria a favor da separação do Sul do Brasil. Sei que, com base na atual constituição, datada de 1988, tais movimentos são inconstitucionais, mas nada que uma nova Constituição não resolva …

  • Rodrigo Amaral diz: 12 de março de 2015

    O caríssimo professor esqueceu apenas do Direito natural e inalienável de autodeterminação dos povos, que ao que me consta é supraconstitucional!

    E VIVA O SUL LIVRE !!!!!!

  • Luiz Fernando Ferraz diz: 12 de março de 2015

    Acho uma ideia ótima a partir da qual poderia se criar um país com constituição e regras novas. Não ficaríamos mais reféns de uma reforma política que nunca viria pois atrapalharia o movimento dos que já estão na “carreira”…
    Um novo país sem carreira política é uma das maiores bandeiras do movimento.

  • salvador loreci esper diz: 12 de março de 2015

    Os nossos atuais políticos não respeitam a constituição mas 200 milhões precisam respeitar, e quem escreveu esta constituição nunca penssou em democracia…, na vontade de um grupo de pessoas…, constituição é contrato, e contrato devem ser quebrados quando uma das partes sentir-se prejudicada.

  • Alessandro Martinello diz: 12 de março de 2015

    O Sul é meu País!

  • Claudio Cassaro diz: 12 de março de 2015

    Veja o exemplo da Escocia, que teve um plebliscito contra ou a favor da independencia da Inglaterra e foi de forma democratica. Assim, podera ser o sul que quer mostrar que sua cultura e sua forca(forsa) e de forma unica e nao eh possivel continuar sendo donimado por brasilia, que nos roubam e nao nos da nada em troca dos nossos esforcos.O Sul tem vida propria e somos diferentes, por isso queremos ser independentes…..Moro em Londres, sou Paranaense e Sulista com orgulho mas vergonha de ser chamado Brasileiro.

  • Douglas diz: 12 de março de 2015

    Eu acho que é válido, afinal a constituição não permite, mas ela é falha em vários temas. Quer dizer que nós do Sul temos que pagar pela péssima votação dos demais estados? A vitória da oposição foi expressiva no Sul, mostramos insatisfação com o atual governo e o que recebemos? O mesmo governo por meio de votos, fomos nós que elegemos essa desgraça de governo? Não, não fomos, e porque devemos engolir isso a seco? Democracia? Então… Os que não estão contentes que se retirem… que se separem! Sou Brasileiro e Patriota… Mas até mesmo o melhor dos generais há de reconhecer quando não há mais solução. Se os militares se calaram diante de tantos crimes administrativos, a própria Dilma já passou por cima da constituição. O que resta aos cidadãos de bem é separar, afinal de contas, somos pagadores de impostos, não precisamos da União para sobreviver. Passar bem.

  • Radamés Orsi diz: 12 de março de 2015

    Já demorou.
    Aprovo totalmente !!!!!

  • Iara Fernandes Faraco diz: 12 de março de 2015

    Eu acho que seria uma ótima para os 3 estados porque o dinheiro que enviamos para Brasilia nunca vem para nós como devia pelo fato de ser uma fatia bem gorda…a anos desde os anos 80 eu conheço essa proposta, os nossos políticos nao veem com bons esse separatismo, mas penso que seria muito bom…seriamos um País muito melhor que esse! espero que consigam.

  • Ernani G. Caillot diz: 12 de março de 2015

    O Brasil por sua extensão territorial, deve ser desmembrado sim. O movimento o Sul é o meu país começou a muito tempo atrás, devido a representação e quantidades dos representantes de seus estados; o sul do Brasil com somente 3 estados, ficam com a minoria na Câmara Federal e Senado Federal, ao contrário do Nordeste Brasileiro que tem a maioria dos representes , ficando o Sul sem a força representativa, a mercê do restante do país. A região sul brasileira é auto-suficiente em quase tudo que produz, exportando a maioria dos produtos. Acho eu, que chegou a hora de pensarmos seriamente neste assunto, pois com os últimos governantes deste país, estamos cada vez mais, vendo o futuro deste país indo água abaixo, devido as corrupções dentro do Governo do PT. A hora é agora e dia 15 já, em todo o Brasil o movimento pra derrubar o PT, deveriamos tbem brigar por um plebiscito, para não cairmos juntos com o resto do Brasil …

  • Felipe Dalbosco diz: 12 de março de 2015

    Temos que ver isso com naturalidade, como os ingleses viram quando os escoceses fizeram um plebiscito para que o povo escocês decidisse se haveria separação do Reino Unido ou não. E a Inglaterra se comprometeu em respeitar o resultado, seja lá qual fosse. Além do mais, não é o fim do mundo, nem do nordeste, nem de ninguém! Não há nada demais nisso, é só uma opção. E separatista não deve ser insultado, e sim respeitado. Nós que moramos aqui deveríamos ter o direito de decidir sobre isso.

  • Biné diz: 12 de março de 2015

    Eu apoio e na verdade seria um sonho… A pesquisa vai ser interessante mas o SIM vai ganhar de lavada … Pelo menos no meu meio de convivência não existem pessoas opositoras ao movimento separatista …

  • Wesley Ferreira diz: 12 de março de 2015

    É uma grande ideia. Acho que é uma saída viável para o Sul e também para os demais estados e/ou regiões, poderiam abraçar a ideia. Paz e liberdade para os povos do mundo todo.

  • Daniel Vitor Bertoti diz: 12 de março de 2015

    Como posso fazer pra montar um comitê do movimento na minha cidade?

  • André diz: 12 de março de 2015

    Se uma população não é reconhecida pelo Governo Central,
    se esta mesma população gera riquezas que não são devidamente valorizadas,
    se esta população é excluída da possibilidade de continuar se desenvolvendo com o pretexto de que não precisam de mais recursos…

    Onde os recursos do estado são direcionados para regiões menos favorecidas com o pretexto de desenvolvê-las…
    Mas infelizmente estão dando o “peixe” (bolsa família) e não ensinando a “pescar” (Treinamento, formação técnica e emprego)…

    Num país onde um de seus maiores líderes populares defende que o voto se consegue pelo “estômago”…
    Onde outro forma um exército de pessoas simples com o pretexto de defender a terra, porém poucos deles sabe realmente trabalhar com uma enxada.

    Então acredito que algo está errado e isto precisa mudar!!!

    E qual a melhor forma de mudar, senão por uma revolução popular.
    Pois esperar por nossos políticos… vamos cansar em esperar.

    Tenham todos uma boa tarde!

  • Marcos Roberto Antunes diz: 12 de março de 2015

    Viva o Sul Livre! Podemos cuidar melhor de nossos problemas sem a interferência nefasta de Brasília! Vamos deixar de enviar o cheque no final do mês e aplicar o fruto de nosso trabalho em prol da população do Sul, claramente mais ordeira e trabalhadora!

  • joão carlos shinya diz: 12 de março de 2015

    já estamos atrasados em nos separar

  • Juliano Stancke diz: 12 de março de 2015

    Apoio o movimento e não concordo com tal “constitucionalista” aí, pois se.fosse ilegal o movimento este não teria CNPJ e decisões judiciais favoráveis a constitucionalidade do movimento, inclusive com julgamento no RS. O Brasil em sua constituição diz que a União é indissolúvel, mas também é signatário de tratados internacionais, sendo que um dos.princípios acatados é o da autodeterminação dos povos, ou seja, se uma certa população mostra-se inclinada a se autogovernar ela tem esse.direito.

  • Marcos Lopes de Chaves diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente favorável a separação do Sul.

    Já é hora de darmos um basta a toda esta corrupção.

    Temos um momento favorável para fazermos história, começando um novo país do Zero.
    Com novas regras, criando um novo modelo. Um modelo que impeça todos os erros cometidos até agora no Brasil.

  • Sulista diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente a favor!

  • Rhuan Dienstbach B. Fernandes diz: 12 de março de 2015

    O Sul tem que ser livre de Brasilia,Separação já!!
    Estamos cansados de tanto roubo,somos a região que menos tem retorno financeiro do governo!!
    Temos um PIB semelhante ao da Polônia,população do tamanho do venezuela,e um IDH alto.
    Temos plenas condições de fazer uma nova nação!!!!!
    O Sul é o meu país.

  • José Fabrício diz: 12 de março de 2015

    Eu acho uma maravilha. O Brasil tem um território muito grande para ser apenas 1 país.

  • sidnei r. leite diz: 12 de março de 2015

    Se não conseguirmos uma intervenção militar para reescrevermos o Brasil, então só nos resta a separação! Não pretendo ficar a mercê de um legislativo e de um judiciário corruptos, alinhados às idéias comunistas. Ah! Juristas já estão dizendo que é inconstitucional: mas cotas, msts, etc., etc. Também são! Onde estws mesmos juristas para por ordem no galinheiro? Se querem assim, assim vai ser! É melhor morrer como homem do que ser apontado pelos descendentes como alguém que viveu como um covarde!

  • Alberto da Silva diz: 12 de março de 2015

    O SUL É MEU PAIS……
    Queremos nos ver livre do jugo de Brasília. Um País pequeno será mais fácil de ser governado. Não desmerecendo o resto do Brasil, somos sulistas e com características e peculiaridades próprias. Temos o direito de autodeterminação conforme resolução da ONU. Estamos somente exercendo este nosso direito.

  • junior diz: 12 de março de 2015

    Olha eu sou a favor.de separar. mas.. temos que ver as leis que serão estabelecidas. mais eu sou a favor o Brasil e muito grande impossível controlar a corrupção.

  • Francisnei diz: 12 de março de 2015

    Sobre a questão de a UNPO defender direitos humanos não vou entrar na questão, mas em relação a defesa da cultura dos povos acredito que a UNPO tem muito a agir no Sul do Brasil. Estamos perdendo nossa identidade e assumindo uma identidade global brasileira, a cultura gaúcha já não tem mais a importância que tinha a anos atrás nem dentro da própria região Sul, cidades do interior onde em décadas passadas ao invés do português se ouvia falar um dialeto da Itália ou do alemão hoje em dia prevalece apenas o português e pra piorar com sotaque paulista ou carioca. Até os índios sulistas que deram origem a muitos dos aspectos culturais dos sulistas, hoje vivem marginalizados em beira de estradas quase sem nenhuma caracterização indígena. Os negros que também são um dos maiores grupos étnicos sulistas já não tem uma identidade cultural própria do Sul, suas manifestações hoje são aquelas importadas de outras partes do Brasil.
    Pela preservação cultural sulista eu defendo que esse plebiscito ocorra e sirva mesmo como mecanismo forte para alcançarmos nossa independência.

  • Gilmar Arion Fontoura diz: 12 de março de 2015

    Sou favorável, hoje no mundo todo vemos os movimentos separatistas, porque não aqui também?!
    O Brasil, fazendo parte da ONU, não pode negar este direito.
    Temos cultura, costumes bem diferentes do restante do país.

  • Mario diz: 12 de março de 2015

    Considero um movimento sem legitimidade. O Brasil tornou-se um País homogêneo, apesar da diversidade cultural, que caracteriza cada região, entretanto, todos falam a mesma língua e possuem praticamente os mesmos costumes, com pequenas variações. As diferenças que existem nesse País são de ordem social e esse aspecto se estende por todos os estados. Assim, o sul protagonizará, além da separação territorial das demais regiões, uma estratificação social interna, que se tornará ainda mais evidente, reforçada pelos ideais que inspiram esse movimento. É uma perda de energia que poderia ser aplicada para eventos mais importantes e necessários.

  • Daniel Rodrigues diz: 12 de março de 2015

    Eu sonho com este dia.
    Claro, que eu quero.
    O Sul é meu país.

  • Edgan Cortez diz: 12 de março de 2015

    Sou paulista, para um sul forte tem que ter São Paulo junto, pois nãoe Brasilia que segura o Brasil, não é o sul que tem quase 80 por cento de toda economia do pais, então tres Estados, sem o Estado de São Paulo e pedir para passar fome.

  • Celso Zamarchi Cenci diz: 12 de março de 2015

    Com todos os desrespeitos à constituição, essa consulta ao povo é o caso menos pior. Temos que livrar-nos dessas corjas o quanto antes.

  • Adelmir Junior diz: 12 de março de 2015

    O Sul é o meu país… É uma pena ser inconstitucional… Mas num País que o próprio governo não respeita a Constituição… Há possibilidades…

  • Vinicius Padilha diz: 12 de março de 2015

    Sou de total apoio a um plebiscito claro e objetivo sobre a separação do Sul, e também deixo aqui meu apoio a esse movimento, acho que não e justo pagarmos tantos impostos e estarmos sujeitos a toda essa bandalheira do atual governo.

  • Francisnei diz: 12 de março de 2015

    O objetivo nesse plebiscito não é verificar se a população apóia a ideia da separação pois isso nós já sabemos que sim, são 73% a favor sem contar os indecisos. A questão agora é mostrar para o mundo essa vontade e com isso fazer valer nosso direito de sermos independentes.

  • Mauro Bento diz: 12 de março de 2015

    O pacto federativo sempre foi péssimo ao Sul, muito pagamos e nada temos em retorno. Temos ainda um povo diferente, uma gente trabalhadora e capacitada. Cabe a nós, sulistas, lutarmos por algo melhor para essa região que amamos.

  • Jucelio diz: 12 de março de 2015

    Totalmente a favor

  • Elio diz: 12 de março de 2015

    Lá vem o mesmo blá blá blá de novo pra pegar os incautos e desviar as questões …com esse eleitorado que só vota por favores e essa canalhada que topa qualquer coisa para se eleger e meter a mão no erário (infelizmente, isso já prolifera até entre os cargos concursados), não vai fazer diferença nenhuma se é no sul independente, ou sudeste ou nordeste….

  • israel Francisco diz: 12 de março de 2015

    Nada é impossível, mas temos que ter 99% de aprovação.

  • Stanislaw Wrzesowski diz: 12 de março de 2015

    O Sul logo sera independente ! Viva o SUL !

  • JOHNY GRASEL diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente a favor! E participo ativamente no Movimento, inclusive participo do Diretório Municipal

  • Stanislaw Wrzesowski diz: 12 de março de 2015

    O Sul logo sera independente ! Viva o SUL !!

  • Clovis A. Scheibler diz: 12 de março de 2015

    Passa da hora na verdade, que se comece a discutir esse tema. Sou favorável ao separatismo, desde que congregue pelo menos os Estados do RS, PR e SC.

  • Júlio Cézar Sampaio Teixeira diz: 12 de março de 2015

    A atual Constituição Brasileira é uma verdadeira colcha de retalhos.
    Criou muitos direitos e muito poucas obrigações.
    Ao não permitir a separação tornou-se uma constituição fascista de um regime totalitário.
    Sou favorável à separação. Com os três estados do sul unidos (SC,RS e PR), constituiremos uma nova nação. Uma nação desenvolvida, próspera e livre das ideias retrógradas do socialismo bolivariano que hoje se dissemina país afora. A nova nação saberá seguir e respeitar os princípios básicos republicanos. Uma nação de primeiro mundo e não essa cloaca que hoje vivenciamos no país. Forma Republicana e Sistema de Governo Parlamentarista.

  • Paulo Roberto da Silva diz: 12 de março de 2015

    Já esta muito tarde, deveria ter feito essa separação muitos anos atraz….APOIOOOOOOOOOOOOOOO

  • Guilherme diz: 12 de março de 2015

    Mais do que justo
    Se eles inventam que é inconstitucional é pq sabem que a maioria quer a separação.

  • herob diz: 12 de março de 2015

    Apoio!!

  • Alfy diz: 12 de março de 2015

    1° Sou favor de separar sim!!! 2° Como diz o especialista em constituição, Henrique Gualberto Bruggemann diz que o movimento é inconstitucional: a Constituição não admite ações que tenham o objetivo de desmantelar o Estado. Agora eu te pergunto? Que Estado? Esse que eles mesmos (os Políticos) não respeitam a Constituição? Separação já!

  • Luciano Pereira diz: 12 de março de 2015

    Basta dar uma olhada nos comentários, para ver o quanto é bem vindo a ideia. Não sou especialista no assunto, mas na ordem econômica, teríamos que importar uma parte do petróleo. Mas como o barril lá fora não está com os preços tão exorbitantes, a exemplo do preço dos combustíveis nos países vizinhos, tiraríamos de letra. Matriz energética vamos ter de sobra: Usina de Itaipu, Machadinho, Campos Novos e por ai vai, além dos parques eólicos no Rio Grande do Sul e da energia Fotovoltaica em Tubarão, embora ambos estão em fase de teste.

  • WT diz: 12 de março de 2015

    Eu apoio, viva o SUL livre….

  • Ronaldo diz: 12 de março de 2015

    Gostaria e faria questão que nosso sul fora um Pais independente de outros estados Brasileiro, incluindo apenas Paraná Santa catarina e Rio grande do sul.

  • Mauricio diz: 12 de março de 2015

    Separação já!!!!!
    Está na hora de formarmos um país digno, onde as leis e os serviços realmente funcionem… Espero que a separação aconteça o mais rápido possível, na verdade é minha única esperança de viver em um país digno, caso contrário, vou me formar e me mudar para outro país….

    Gaúcho de coração, brasileiro por obrigação…. Viva o Sul!!!!

  • Lopez diz: 12 de março de 2015

    Acho pertinente a consulta, existe essa possibilidade de separação? Mas se um dia isso se realizar é prudente que não se deixe misturar essas bandidagens atuais, esses bandidos tem que ser banidos da vida pública. Ai sim podemos fazer um País melhor para todos e por que não começarmos pelo sul.

  • Hercio Dias diz: 12 de março de 2015

    O Sul é o meu país. Ficou muito claro na ultima eleição presidencial de que somos dois países.

  • Juliano diz: 12 de março de 2015

    O movimento não fere a constituição, uma vez que não apóia nem aceita o uso de armas ou qualquer tipo de levante contra a ordem pública vigente.
    A idéia é consultar a população e verificar se, como acreditamos, existe uma identidade nacional sulista, divergente da brasileira.
    Nesse caso, buscaríamos, dentro dos preceitos do direito internacional, aos quais o Brasil, inclusive, está submetido, demonstrar que a chamada “cláusula pétrea” da Constituição da República “Federativa” do Brasil fere nosso direito universal à autodeterminação.

  • junior diz: 12 de março de 2015

    nenhuma constituição do mundo permite a separação do estado, esse movimento tem que partir da vontade do povo em querer viver em uma nação livre, o povo do sul tem motivos muito relevante s para querer a separação, um deles é o fato de termos retorno de apenas 20% do que arrecadamos!

  • Alessandro Cesar Antunes dos Santos diz: 12 de março de 2015

    Eu apoio totalmente, pois é onde seencontra o trabalho no pais.

  • Rafael diz: 12 de março de 2015

    Cara, todos são a favor, o que estamos esperando????

  • Marcos Fernando diz: 12 de março de 2015

    Eles não querem o sul independente pois sairão no prejuízo…de onde vão tirar a grana que vai la pra cima caso nos separemos???São Paulo, Rio de janeiro, vão suportar este peso todo sozinhos???É muito melhor começar do zero e fazer direito do que tentar consertar o que ai está, esta ladroagem que parece que nunca tem fim, e que com certeza vai terminar em PIZZA….ao menos aqui no sul comemos churrasco….kkkkkk….Sul separado já..!!!

  • Rafael diz: 12 de março de 2015

    Chega de sermos roubados por brasília!

    Se conseguirmos a separação, temos tudo para virar um país de 1° mundo.

  • Luilson diz: 12 de março de 2015

    Sou advogado e apoio a nossa independencia. Apoio o plebiscito.

  • Adriano Angst diz: 12 de março de 2015

    Sou a favor da separação do Sul. Sou a favor que levem a gaúcha Dilma Roussef pro lado de vocês. Irão muito longe.

  • Jader Ivan Sardagna diz: 12 de março de 2015

    Estados contribuindo para uma confederação e não o inverso.
    O governo federal já provou sua incapacidade e ineficácia, temos que constituir uma confederação dos Estados do Sul e acho que todos os Estados no Brasil deveriam fazer o mesmo.
    Reduzir para crescer! Viva todos os Estados livre de Brasília!

  • Fábio diz: 12 de março de 2015

    Eu apóio. Ja passou da hora disso acontecer

  • Eder Rothermel diz: 12 de março de 2015

    Óbvio que há muitas diferenças culturais, políticas e sociais que justificam a separação. Foda-se a constituição. Os políticos também não respeitam a constituição. A ONU há de nos apoiar.

  • Nei diz: 12 de março de 2015

    SOU 900% a favor de o nosso SUL ser um novo país, um país que tem tudo para crescer, “O SUL é e sempre será o meu país”.. Apóio e faço campanha se precisar..!!

  • Fabiano Massaneiro diz: 12 de março de 2015

    Sou a favor do plebiscito por conta da liberdade de expressão, durante muitos anos fui contra qualquer movimento separatista, porem, ano a ano, eleição a eleição vem se desenhando bem claramente que os pensamentos, objetivos e cultura do povo do sul difere muito do resto do Brasil, Hoje sou a favor ! O Sul é meu País!

  • joao ricardo ziegler diz: 12 de março de 2015

    boa tarte .sou de gaspar sc . tem todo nosso apoio, tenho comigo aproximadamente 25 votos a favor

  • jean diz: 12 de março de 2015

    os nossos políticos do sul já são envolvidos em corrupção como estado,imagina dando poder a eles como republica kkk!

  • Edson diz: 12 de março de 2015

    Sou favorável a separação, pois o países continentais tem sempre problemas de desigualdade politica e sócio-econômica…

  • Trágico diz: 12 de março de 2015

    Nossa forma de governo e constituição são piadas de muito mau gosto. Salário condizente? Garantia de meio ambiente sadio? Os constituintes devem ter fumado muito para viajarem tanto assim na espinha dorsal de todo o nosso ordenamento jurídico. Conclusão: o lugar do Brasil é no buraco mesmo! Terra de milionários que tudo podem, da classe média que todos sustenta e de pobres que podem sobreviver à base de bolsas e vales, tudo amparado pelo nosso sistema legal.

  • Evandro Neiva diz: 12 de março de 2015

    Vá se catar povo racista …

    Sou de SC ! amo esse estado, porém somos do mesmo pais. Vcs sabem quem quer isso?? Uma cambada de estrangeiro que veio refugiado de guerras e expulsos de seus países de origem agora não querem se misturar..

    Vão trabalhar, vão estudar para ampliar o conhecimento evoluir a cabeça e deixar de ser racista e também autossuficiente…

    O Sul depende do resto do Brasil assim como o restante depende do SUL.

    Não somos ninguém sem os paulistas que na sua metade são Nordestinos que construíram SP, portanto antes de terem uma idéia ridícula dessa viagem, tomem conhecimento do que estão falando.. Garanto que mais de 80% desse povo que quer isso jamais saiu do próprio Estado..

    TO FORA DESSA IDÉIA DE DEBIO MENTAL…

    Evandro Neiva

  • Eduardo Castro e Silva Queiroz diz: 12 de março de 2015

    Será uma grande iniciativa. Temos que ter o direito de nos manifestar. E existem sim fortes diferenças culturais entre nossa região e outras do Brasil. Temos que ser tolerantes mas os outros tem que reconhecer nossas diferenças. Temos todo direito de querer uma nação independente.
    #SULÉMEUPAÍS

  • Vicsalin diz: 12 de março de 2015

    É triste dividir, separar, não ser mais parte do todo; é nostálgico; para fazer isto só tem que pensar com a cabeça. Não temos que seguir orientações dos outros para sermos e fazermos nossa liberdade e democracia. Sempre se tem lutado pelos direitos e cumprido os deveres. Os governos tomaram conta do governo como uma ditadura toma o poder, os nossos povos estão cansados de sempre ter que pagar a conta de tudo. a região sul é a que sempre trabalha e não descansa, e sempre vira o ombro de tudo. Realizações e melhorias são todas para os outros incluindo Rio de Janeiro, Brasilia, São Paulo, Bahia, e Minas Gerais; para nosso lado pouco é feito. porque sempre somos os que reclamamos, sempre colocamos em pauta este indiferença socio-econômica; portanto temos que decidir para evoluir como nação, seja a nossa nação então onde os malfeitores políticos da maioria que são do outro lado do Brasil não venham fazer parte do nosso novo grupo sócio-econômico. Muitos povos tomaram esta ação pelo bem de seus cidadães e futuro de seus filhos. somos um povo respeitador e cheio de vontade de ser um pais progressista capaz de se situar nos primeiros níveis de qualidade de vida do mundo. Não sigamos carregando os irmãos folgados, preguiçosos e cheios de vida fácil.

  • Arildo C. Fraga diz: 12 de março de 2015

    Para o governo federal, permitir que o tema do separatismo sulista seja debatido, é respeitar a democracia e os direitos dos povos decidirem sobre seu próprio destino!
    Para os sulistas que entendem a importância de lutar (pacificamente) pela autonomia, é uma questão de amor próprio, dignidade e de não compactuar com o sistema político, corrupto brasileiro! SUL LIVRE JÁ!

  • Roy diz: 12 de março de 2015

    Vamos a luta e seremos livres. Não há Constituição no mundo que vença sangue, suor e lágrimas (se for o caso)

  • Alessandro Zelma diz: 12 de março de 2015

    Sou completamente favorável, acredito que a redução de fronteiras não se trata de descriminação de povos e sim independência dos povos , haverá ganhos para todos os estados brasileiros que em minha opinião também devem seguir esse exemplo, nossas fronteiras são muito vastas isso dificulta a administração pública federal e facilita a ação de políticas mal intencionadas Brasília é o centro do país ou seja , longe de tudo……. dos olhos do contribuinte essa divisão pode ser até algo adiavel porém inevitável.

  • Gabriela Caroline Vieira Santana diz: 12 de março de 2015

    Separação já!

  • Macho Velho Baiano diz: 12 de março de 2015

    TÍTULO I
    DOS PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS

    Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Esta (…).

    Há animal capaz de comparar a realidade britânica com a nossa tupiniquim.
    Vão estudar um pouco de Direito Constitucional suas antas.

  • Leonardo diz: 12 de março de 2015

    Serie uma boa! SUL é meu país!

  • Gustavo Beilfuss diz: 12 de março de 2015

    Como faço para montar um comitê?

  • Rene Bruch diz: 12 de março de 2015

    eu Deus seria um sonho se ver livre de quem so sabe mamar e mamar ja to ate imaginando uma Europa no sul do Brasil olha pre ficar melhor so se realmente acontecer

  • Paulo Müller diz: 12 de março de 2015

    Já estamos atrasados. Apóio a idéia!

  • Galeno de Souza diz: 12 de março de 2015

    Valida a ideia sim! Acho que não só Sul, mas também qualquer Região que se sentir prejudicada ou diferenciada, devem sim, pedir uma manifestação sobre este assunto. Já vimos que as diferenças são diversas, e a tolerância está por um fio. Com orgulho somos Brasileiros, porém os Próprios dirigentes desta Nação, puseram barreiras, provocando o distanciamento entre os VERDES E AMARELOS. Com cautela e planejamento, um dia este imenso País terá divisão, pra melhor. Atitude

  • Charles diz: 12 de março de 2015

    “Perguntar não ofende”…

    ou será que ofende Brasília que não quer perder as tetas que mais dão dinheiro ?

    Sou totalmente a favor. Mas para a separação ocorrer de fato teremos que pegar em armas, tal qual nos séculos passados.

  • Gilmar Robson diz: 12 de março de 2015

    Isso só está acontecendo pelo desmando de um governo desenfreada em corrupção.
    Acho que o estado de SP deveria rever seus objetivos e entrar nessa briga, pois a maior arrecadação do pais sai daqui e não volta 20% em benefícios.

  • Jean Baggio Badziak diz: 12 de março de 2015

    ja passou da hore de nos tornarmos independentes

  • Fabio Lahr Peiter diz: 12 de março de 2015

    Os constituintes de 1988 erraram feio ao deixar o sistema político brasileiro com tantas brechas para roubar. Como está o político tende a ser desonesto, ainda mais o brasileiro. É preciso uma grave reforma no sistema. Mas como fazer isso se o político não quer se concientizar? Como fazer isso se somente a região sul tem consciência política e procura votar nas pessoas certas? Ao meu ver o único modo é nos separando e fazermos a nossa própria constituição porque o Brasil vai continuar neste ciclo vicioso até seu inteiro colapso.

  • RAGE diz: 12 de março de 2015

    Sou a favor do movimento, porém não resolve o problema de imediato. Apenas estariam separando os corruptos e safados no sul do resto do país. O pior é ter que ouvir isso de zé povinho que nem seu lixo separa e quer separa o país. Primeiramente vão aprender a ser cidadãos antes de querer opinar em um tema complicado como esse. POrém a pesquisa é válida, pois todos nós sabemos que a região sul e SE sustentam esse país.

  • Tuca Lopes diz: 12 de março de 2015

    Eu sou a favor por um simples motivo: O Brasil, apesar de ser uma terra que amo é gigante e extremamente difícil de ser administrado além de culturas muito opostas. Algumas leis que funcionam aqui não funcionam em outros lugares e vice-versa.

  • Tamiris diz: 12 de março de 2015

    Os comentários são ótimos! Sou 100% a favor. Há vários movimentos separatistas pelo Brasil, inclusive no nordeste. É o caminho para um sistema de governo mais eficiente, com países menores e melhor qualidade de vida. Sigamos o exemplo da Europa, que cada país tem o tamanho de um estado do Brasil. Viva o Sul livre. Viva a nossa pátria sulista amada!
    Dia 02/10/2016 teremos o plebiscito, vamos nos esforçar e trabalhar nessa causa!

  • Rodolfo Almeida diz: 12 de março de 2015

    Com certeza. Maior apoio. Plebiscito ja!

  • Tony De Vargas diz: 12 de março de 2015

    Sou Gaucho nascido em Rosario Do Sul e meu voto e >>>Sim<<<<< Esse e meu grande s9nho Rio Grande Do Sul, RS

  • Walter Santos diz: 12 de março de 2015

    Realmente, também sou favorável a separação, pois como uma região do país tem que agregar a maior taxa tributária de todos os tempos, e ainda assim ficar quieta, temos a região mais forte e de maior desenvolvimento. E na hora da partilha sempre a menor parte do bolo é destinado a região sul.

    Sabemos também que com há diversos políticos, estão se aproveitando do momento, para colocar sua cara como defensores dos contribuintes, mas acredito que a Constituição a ser regida para uma nova democracia tem o dever de rever questões de diversos partidos com cabides de emprego, estabelecendo somente duas convenções, os de direita e de esquerda, com mesmo numero de votantes e estes com grau de instrução minima para atuarem no governo, fora a questão de altos salários que hoje se tornou uma mamata, onde deveria se estabelecer uma tabela e esta não ultrapassar 10 salários mínimos, para os mais importantes da escala hierárquica.

    Separa Sim!!!! Do jeito que ta não dá!

  • Juliana Berri diz: 12 de março de 2015

    Apoiado chega trabalhar sustentar vagabundos …..

  • Joice Pirolli diz: 12 de março de 2015

    O Sul é o meu país!

  • Pimentel diz: 12 de março de 2015

    Estamos juntos nessa!

  • Ana diz: 12 de março de 2015

    Não sou sulista, sou alagoana, portanto este assunto não é meu. Mas gostaria de dizer que concordo com o separatismo do Sul (concordo com qualquer separatismo). A constituição de 88 nada mais é do que uma carta para reger o Estado brasileiro, uma instituição ideológica e bem recente, que assim como foi criada por mortais, pode e vai um dia se extinguir, como todos os outros territórios do passado e suas formas de governo. O que é o Estado vista a história da humanidade? Constituição não é uma instituição natural ou sagrada. Natural e sagrado só o direito que uma população tem de governar a si mesma e ao território que habita. Ninguém tem o direito de ditar regras sobre a terra, a cultura e os recursos alheios.

  • Jackson diz: 12 de março de 2015

    Seria o nascimento de um País totalmente falido, já que as dívidas de RS, SC e PR, estão totalmente no vermelho, segundo levantamento da folha, só penso que as pessoas precisam se informar mais e melhor, pouco tempo atrás o nosso governador, na secretaria de segurança, pagaram por 2 bloqueadores de celulares R$ 582 mil reais, quando o custo de mercado não passava de R$ 19 mil cada, segundo o Ministério Público

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/02/1590453-contas-no-vermelho-forcam-governadores-a-promover-ajustes.shtml

  • Valmir Fiorio diz: 12 de março de 2015

    Sim concordo, devemos nos separar de um pais enorme cheio de “sangue-sugas”, onde a raiz do pais que é o sul, trabalha e manda recursos para o pais com um retorno minimo.
    se aqui se faz , aqui se deve receber.

  • Daniel diz: 12 de março de 2015

    A gente tem que admitir que o Brasil não deu certo, quem sabe por ser muito grande e heterogêneo. O modelo atual, de concentração de poder de Brasília, já provou que não funciona. Ou se muda totalmente o sistema político e tributário, para um semelhante ao dos EUA, com estados/regiões independentes, ou se cria novos países, menores e mais eficientes.

  • Felipe Guidolin diz: 12 de março de 2015

    Não somente a autodeterminação dos povos é um princípio fundamental do direito internacional mas como também a ONU tem reconhecido o direito de secessão de nações que não violem leis internacionais, como no caso de Kosovo. Dizer que é inconstitucional é a desculpa mais esfarrapada (resguardando os devidos respeitos aos Farrapos) para um pais que só sabe olhar para o seu próprio umbigo.

  • Cristhiano Daniel Fritzen diz: 12 de março de 2015

    Desde “piá”, quando conheci este movimento, tornei ele um dos meus sonhos. Se a tal mobilização ocorrer, e ainda mais se o SIM realmente ganhar, começamos a encorpar essa ideia.

    O Sul é meu país!

  • Rodolfo Pires diz: 12 de março de 2015

    sempre fui,sou e serei sim á separação do restante do País,desde qe haja sim,sensates,equilíbrio,prudencia e cumplicidade dos tres estados!!Esse Teorema,é primordial á um rumo produtivo,ponderado e prudente para todos aqi do sul e extremo sul.

  • Ernesto diz: 12 de março de 2015

    Sou completamente a favor!

  • Jackson diz: 12 de março de 2015

    Digo, as contas, porque se são dívidas, no vermelho seria redundância rsrsrs

  • Gustavo diz: 12 de março de 2015

    Essa votação tem que ser muito bem planejada pra dar algum resultado.

    Primeiramente, ela só dará certo se contabilizar somente votos de pessoas que nasceram no sul. Muita gente de outros estados migra todos os anos pro sul com perspectivas de melhora de vida. Essas pessoas nunca iriam votar a favor da separação, pois tem laços fortes com seu local de origem.

    Além disso, uma campanha muito grande tem de ser feita no ano da votação. As pessoas tem de se conscientizar dos benefícios que isso geraria para os 3 estados e, infelizmente, deixar o amor pelo país “Brasil” um pouco de lado e começar a pensar numa nova nação.

    Ou seja, isso não vai ser fácil, mas não é impossível.

    Todos queremos que o país mude. Isso sim seria uma mudança grande e chocante para todos! Imaginem um país em que a mentalidade da maioria da população seria NÃO votar numa Dilma!

  • nei diz: 12 de março de 2015

    Eu sou a favor da separação. Penso que seria melhor pra população do sul.

  • Marco Antônio Benaci diz: 12 de março de 2015

    Demorou! Já fiz parte deste movimento nos anos 90. Porém fomos contaminados por uns poucos e pior, pegaram um racista como bode expiatório, jogando um balde de água fria em todos os adeptos. Mas acho que se desta vez agirmos em cima de uma agenda e de maneira organizada e unida, teremos muita mais força contra qualquer oposição. E olha que nunca na “história deste país” houve um tempo tão favorável.
    Obs.: Mesmo que o resto da nação se manifestar contra, penso que devemos nos organizar de forma pacifica e discreta até obtermos o apoio do maior número de pessoas e de algumas nações estrangeiras.

  • Ralf diz: 12 de março de 2015

    Muitos falam apenas das divisas comercias, mas vai muito além. Acredito que o Mestre de direito se equivocou, provavelmente não leu estatuto do movimento. Apesar de todos falarmos português, culturalmente há tantas diferenças que praticamente temos 4 países no Brasil. Se vou para o pantanal, me deparo com um povo diferente, com Cultura diferente, se vou para Manaus me deparo com outro povo diferente e outra Cultura, se vou para Bahia, novamente outro povo com outra Cultura. Até há dificuldade de entender o português falado nessas diferentes regiões, temos que nos esforçar para compreender. Não.acho que somos.melhores ou piores, só acredito que pequenos territórios são mais fáceis de administrar.

  • Ariel diz: 12 de março de 2015

    APOIADO!!!! Passou da hora de fazer isso

  • MILTON ORO diz: 12 de março de 2015

    Na verdade não existe nenhuma inconstitucionalidade em querer a separação.

    A Opção de separar ou não vem do Plebiscito, formal, constitucional, legítimo e decisivo.
    Não é necessário motivação legal, pois o legal é a vontade da maioria. Se estamos descontentes com os rumos da economia, da ética, da moral, dos bons costumes, se entendemos que o Brasil virou o país da proteção aos criminosos, traficantes, bandidos, gays, índios, quilombolas, menor infrator, etc., não podemos continuar assim, mas, assim querem os mandatários e nunca se consegue mudar porque existem regiões do país que querem permanecer assim, porque nós trabalhamos e produzimos para o sustento da nação, então não há nada de ilegal ou inconstitucional O SUL É O MEU PAÍS SIM.

    A maioria vence. E essa maioria é de mais de 98,5 %. Duvido que mais de meio por cento dos sulistas optem pela manutenção do Brasil do jeito que está.

  • ADRIANO DE MELO SILVA diz: 12 de março de 2015

    “Já é hora de darmos um basta a toda esta corrupção@”.
    Não sei vc esta sabendo Marcos Lopes mais a maioria dos envolvidos na operação lava- jato, são do sul do país.
    acho bacana essa valorização e respeito que vocês tem pela sua cultura

    mais seria essa a melhor solução pra combater a corrupção ?

  • Thiago diz: 12 de março de 2015

    Acho isso uma bobagem. Coisa de gaúcho modista pseudo intelectual que não tem o que fazer. Não está satisfeito com o Brasil, faça como eu: vá morar no exterior e para de encher o saco.

  • Daniel Santos diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente a favor, mas não por preconceito a qualquer outro estado do Brasil, mas sim por entender que somos auto suficientes para tal proposta!F5HR

  • marcio diz: 12 de março de 2015

    eu apoio!!!!

  • Alyne diz: 12 de março de 2015

    O sul é o meu país.
    Independência já, se o Canadá conseguiu pq não podemos também.

  • Rafella Bart diz: 12 de março de 2015

    O SUL É O MEU PAIS!

    Secessão já!

  • Cláudio diz: 12 de março de 2015

    Pode ser inconstitucional para os nordestinos, para nós é uma questão de sobrevivência.

    O especialista acima, deve ser do nordeste.

  • Berloque Gomes diz: 12 de março de 2015

    De uma coisa tenho certeza: o que quer que aconteça, eu não gostaria de morar no mesmo lugar que os babacas que propõem esse tipo de coisa. Se o problema é corrupção, o Sul está tão atolado quanto o restante do país. Aliás, o maior escândalo de corrupção da história do país é o do Banestado, no Paraná. O operador do escândalo era o mesmo do escândalo da Petrobras: Alberto Youssef, que é paranaense de Londrina. O PP do Rio Grande do Sul está enlameado até o pescoço nos casos de corrupção da Petrobras. E por aí vai. Essa história de se achar superior por ser do Sul é coisa de gente ignorante.

  • Denise Magno diz: 12 de março de 2015

    Sim queria muito a separação, apesar de ser paulista, queria muito que São Paulo, se separasse do resto do país, infelizmente sei que isso não é possível, São Paulo o estado mais rico do país, também teria o direito de ser independente, o Brasil teve o direito de se livrar desse modelo de governo e preferiu continuar na mesmice, na roubalheira e com um modelo de governo que já se sabia que não era eficiente, agora temos que aguentar e pagar a conta, por aqueles que escolheram continuar na mesma!!!!

  • Venício diz: 12 de março de 2015

    É uma boa alternativa, porém não adianta separar o Sul para formar um novo país e continuarmos com estes políticos corruptos que também existem aqui no Sul.

  • am diz: 12 de março de 2015

    Isso é só mais um sonho para nóis do sul do brasil, já temos o sonho da pena de morte, o sonho da redução da maioridade penal e agora um sonho novo de separar o sul dos parasitas. sabe quando isso vai se tornar realidade? nunca, o sistema não vai deixar.

  • EU SOU DO SUL diz: 12 de março de 2015

    SOU A FAVOR CHEGA DE TRABALHAR PRA ENFIAR DINHEIRO NO TRASEIRO DESSES POVOS QUE NAO TRABALHAM E AINDA LASCAM COM NOS AQUI VOTANDO NESSA MERDA DE PT.

  • Ezequiel diz: 12 de março de 2015

    Apoio totalmente. Já estava na hora. O Brasil não deu certo. Já está provado. Brasília é um curral de corruptos.

  • marco diz: 12 de março de 2015

    E pra onde mandamos os nossos corruptos? Brasilia?

  • Carlos Recoba diz: 12 de março de 2015

    Que se ferram igual aos farroupilhas do Rio Grande do Sul.

  • Edna de Vargas diz: 12 de março de 2015

    Acredito que agora seria o momento ideal para fazer este plebiscito. Com a bandalheira e a farra em todos os setores do governo. O sul conseguiria, tranquilamente, ser auto-suficiente. Votaria a favor e conheço muitos que também votariam. Vai chegar o dia que nos separaremos do “Brasil”. #VERGONHADESERBRASILEIRO

  • Gilson Luiz Friedrich diz: 12 de março de 2015

    Acho que esta separação já deveria ter acontecido a tempos, pois não é admissível a forma como o governo federal trata e vê estes 3 estados, o Sul é tratado apenas como uma fonte, de onde se retira a água uma vida inteira sem nunca precisar investir nela, pois a aguá da um jeito de brotar no poço sozinha, uma verdadeira falta de respeito e consideração com estes 3 Maravilhosos estados e de uma cultura tão diferente e bela como temos aqui.

  • Marco diz: 12 de março de 2015

    Acho ridículo esse povo que não tem sequer cultura própria!

    Primeiro: Catarinenses se acham a última bolacha do pacote, votam mal e tratam mal aqueles que sustentam as suas vaidades. Ora, se não estão satisfeitos com o Brasil que acolheu bem os seus antecedentes, vão morar na Alemanha e na Itália! Ou então façam melhor, lutem por uma reforma política decente ao invés de querer mudar o mapa do Brasil!

  • Gustavo diz: 12 de março de 2015

    plebiscito já! Está mais do que provado que é impossível governar um país tão grande e diversificado culturalmente. Cada povo pode e deve autodeterminar seu destino! Viva a República do Sul!

  • Julio Zarnitz diz: 12 de março de 2015

    O advogado Henrique Gualberto Bruggemann tem razão quando diz que o estado brasileiro não permite ações para secessão. Mas qual estado permite? Nenhum quer dividir seu território, Portugal certamente não queria também.
    No entanto, o Art. 222 da Constituição Federal permite a liberdade de expressão, desde que seja pacífica. É por isto que o movimento O SUL É O MEU PAÍS é legal e tem assegurado seu direito de fazer consultas ou plebiscitos consultivos.
    A separação acontecerá um dia, por meios legais também conforme a legislação internacional do qual o estado brasileiro é signatário.

  • Ricardo diz: 12 de março de 2015

    Apóio seria ótimo

  • Heitor diz: 12 de março de 2015

    Eu ja não me considero brasileiro,tenho vergonha, por isso eu moro em um pais que deveria ser so nosso. SOU DO SUL.

  • Marcelo Rosa diz: 12 de março de 2015

    Totalmente a favor da Republica Sulista. Chega de tanta robalheira em Brasilia. Chega de ver nosso dinheiro ganho com o suor de nossa gente indo para outros Estados do norte e nordeste. Viva o Sul ! Sem preconceito com outros Estados, apenas a favor do nosso lindo Sul

  • Eduardo Bastos diz: 12 de março de 2015

    Com certeza é possível e existem mecanismos para separar o Sul, da Nova Cuba. Especialistas que vivem em outro país, como a Presidente Dilma. Neste país tomado pelos vermelhos a Constituição é respeitada só para proteger ladrões, corruptos, e vagabundos de toda espécie!

  • Ciro Gemelli Junior diz: 12 de março de 2015

    Plenamente de acordo. Nasci em Santa Catarina e moro no MT, outro estado com impostos altíssimos, alta produção agrícola e retorno em infraestrutura zero…se sair, volto para o sul…. felicitações pela atitude e boa sorte a todos!!

  • Alexandre Freitas diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente CONTRA, quando um navio está à deriva, a fuga do capitão não ajuda em nada. Nasci e moro até hoje no sul do Brasil, tenho minha empresa e sei das dificuldades que enfrentamos. Se for para lutar por algo justo, vamos lutar por educação pública, integral e de qualidade, é a única maneira de deixar o país competitivo em todos os estados. O nosso país desperdiça a maior riqueza do mundo, “o potencial humano”. De norte a sul temos uma miscigenação fantástica, uma riqueza incalculável que pode alavancar qualquer economia, e a única forma de potencializar é através da educação, pensar o país a longo prazo.

  • Dino Souza diz: 12 de março de 2015

    Sou a fovor da separação. Sul livre já!!!

  • Eduardo H. F. diz: 12 de março de 2015

    Não é inconstitucional.

    A constituição no art.60 – 4° diz que é inconstitucional ABOLIR a FORMA FEDERATIVA do Estado.

    Ora, o Brasil não irá abolir nada! Este continuará sendo um Estado Federado.

    A proposta aqui é criar um NOVO país. Sendo assim não há de se falar de violar uma regra a qual ainda não foi criada.

    O Sul é meu país!

  • Anilson Tadeu Martins diz: 12 de março de 2015

    Seria muito bom sim, mas como quem tem os pés no chão sabe que isso aqui iria virar um campo de batalha para quem sabe anos depois conseguirmos nos libertar do resto do país e sermos o país que queremos implantar !

  • Luciano Amorim diz: 12 de março de 2015

    Só espero que a Dilma fique pro lado de cima (já que o Nordeste votou em peso nela!!!!)

    Luciano

  • Genova Kelly diz: 12 de março de 2015

    Demorou!!!

  • João sincero da Silva diz: 12 de março de 2015

    Isso mesmo, sabemos votar, tanto que elegemos a maior bancada de políticos que aparece na lista do Lava-Jato. Com a separação, nós, do Sul, poderemos derrubar nossas “imensas florestas” para utilizar a madeira na construção civil, fabricação de móveis, entre outros. Vamos aproveitar nossas “imensas” reservas de petróleo, de sal, de minérios, entre outras. Báh. De fato, só nós que trabalhamos, o restante do país vive fazendo festa!!! Sou contra a separação e pronto!

  • Emerson diz: 12 de março de 2015

    Concordo que o movimento é inconstitucional! Mas tantas outras coisas, piores, estão acontecendo e ninguém diz nada e para completar sempre estamos pagando a conta no final. Então que se cumpra a CF ou que se rasgue.

  • Carlos Augusto diz: 12 de março de 2015

    Eu sou de SC e apoio a separação do restante do País, seria muito melhor para nosso povo do Sul, poderíamos nos desenvolver economicamente e culturalmente como países de primeiro mundo, a gente não aguenta mais levar o país nas costas, além disso se livrar dessa corja do PT.

  • Orestes diz: 12 de março de 2015

    Hoje em dia no Brasil infelizmente nosso governo é inconstitucional em seus atos, em grande parte dos casos por incompetência deles mesmos. Nada mais sábio do que pensar no bem de que quer uma situação melhor para viver em termos uma política que luta pelo bem estar, e não para o estar bem ilusório de uma minoria. Se esta ideia não tiver segundas intenções em seu plano, pra mim ta valendo!

  • Marcos diz: 12 de março de 2015

    Sou contrario ao movimento, mas não veria problemas em uma consulta ampliada da vontade popular. Acredito que o futuro se dirige para um mundo globalizado e sem fronteiras, não há porque defender regionalismos ou reprimir movimentos democraticos.
    Mas, acreditar que o sul não é corrupto ou dependente economicamente “de brasilia” me parece mta ingenuidade.

  • Gilson diz: 12 de março de 2015

    Viva a República Branca, Racista, Preconceituosa, Cristã e Hipócrita do Sul do Brasil.
    Sou branco, sou catarinense, mas não compactuo com esses sentimentos.

  • Cleber diz: 12 de março de 2015

    Concordo com a separação. O Brasil é um pais muito grande, mas não tem condições politicas e cultural de administrar algo dessa grandesa, como se faz nos estados unidos. Um pais menor seria mais facil de se controlar e fiscalizar.

  • Rudi diz: 12 de março de 2015

    100 % a favor. Não precisamos de Brasília para nada. Somos livres, temos nossa cultura ,nosso povo é trabalhador e sabe votar. O Sul é o meu País !

  • rudmar alves diz: 12 de março de 2015

    Apoiado totalmente!

  • Edilson diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente favoravel, incialmente perderiamos o mercado externo(Brasil), porem conseguiriamos sobreviver com recursos proprios, utilizando mercado interno(sul) e tambem de paises vizinhos como Uruguai, Argentina e Paraguai e mesmo se estes comercios fossem fechados para nós, iriamos conseguir andar com as proprias pernas.

  • Gustavo Hoffmann diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente favorável! Acredito que temos condições de nos desenvolvermos muito melhor sozinhos.

    Movimento totalmente apoiado!

  • Fabiano Kubaski diz: 12 de março de 2015

    Realmente o Brasil é Muito Grande, e como vivemos em um sistema colonilista fundamentado sobre a Lei de Gerson “levar vantagem em Tudo” os índices de Corrupção associados a má distribuição de Recursos oriundos da fonte que produz é extremamente desigual e como Gaúcho estou cansado de pagar as contas de quem não está muito preocupado em Produzir (Trabalhar). Tudo isso seria diferente se o General Neto na Revolução Farroupilha tivessem aguentado um pouco mais… Foi uma Pena, pois seríamos uma Nação Livre e Independente. Nossa história foi montada em cima de um modelo separatista da Federação, pois naquela época pagavam mais pelo charque estrangeiro, para não comprar o Charque Gaúcho. A desvalorização do Rio Grande ou mesmo da Região Sul vem desde a época dos Farrapos, quem sabe agora chegou a Vez de fazer isso acontecer. O Sul é Minha Nação Libertação Já.

  • Valdecir Soares diz: 12 de março de 2015

    Acho uma ótima idéia por se tratar de um pais muito grande e onde mais se produz menosganha ssão três estado muito produtivo e pouco visto pro retorno em melhorais assim com a separação se investia mais por tem menos território pra se preocupar

  • math diz: 12 de março de 2015

    Essa é a linha, acredito que o país no tamanho que é, é impossível de governar. E mais provas do que temos, pra que? A solução a longo prazo é segmentar o país, e não entendo porque outros Estados são contrários a isto.

  • Tiago Agostini diz: 12 de março de 2015

    Quem quiser saber mais sobre as propostas pode acessar http://www.meusul.net.br para maiores informações.

  • João do Bico Grande diz: 12 de março de 2015

    TAMOS JUNTOS……………..
    SE OS FUTUROS POLÌTICOS ESCOLHIDOS CONTINUAREM COM A ROUBALHEIRA,
    ESSE DINHEIRO PERMANECE AQUI NO SUL.

  • Mauricio Ramos diz: 12 de março de 2015

    Apoio totalmente e a alegação do do professor em direito constitucionalista de que isso iria desmantelar o pais é balela pois o país já foi desmantelado por esta corja que assumiu o poder.
    Indicaria ainda São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goias para comporem o novo país.

  • Rogério Riberio diz: 12 de março de 2015

    Acho que tem que separar mesmo!
    E para o tal sulista ir para o Nordeste, curtir o clima quentinho das belas praias; além de fazer contato com o povo mais bacana de todo o Brasil, deve antes passar pelo Consulado do Norte e Nordeste e conseguir um visto e ter um tempo de permanência nos verdes mares de águas quentes e areias brancas e gostosas de pisar. Além disso, tem que pagar pedágio para entrar; bem como fazer uma declaração que não pretende fincar sua bandeira sulista em nenhum boteco e nem ficar cantando o Hino Sulista em bares e nem ficar impondo suas ideias bairristas de auto-afirmação e narcisistas. E também pagar taxas de importação pelos derivados de petróleo e sal produzidos na parte de cima.
    Assim sendo, separa já essa desgraça!

  • Lucas diz: 12 de março de 2015

    Fico aqui me perguntando:

    Como seria a balança comercial desse novo “país”? Até onde sei, produtos com valor agregado (bens industrializados como eletrônicos, e boa parte do que se encontra nos supermercados) vem tudo do Sudeste do Brasil, em especial São Paulo, sem considerar a zona Franca de Manaus (produz boa parte dos eletrônicos brasileiros). Seria uma enxurrada de impostos de importação.

    Não vou nem comentar o buraco em que se encontram as contas públicas do RS. Quem pagaria essa conta? SC e PR? Catarinenses e paranaenses estão dispostos a pagar a conta dos gaúchos? Ou melhor, teriam condições de pagar esse rombo de décadas?

    Na verdade, o que se percebe é um bairrismo de gente que não entende nada de economia, nada de organização territorial, nada de identificação cultural, e menos ainda, conseguem imaginar um cenário REAL do que aconteceria com essa “emancipação”.

    É como dizem, “mente vazia oficina do diabo”

  • Gino Martinello diz: 12 de março de 2015

    A principal causa da independencia Norte americana foi o o excesso de impostos e a pouca representatividade politica…Alguem ve alguma semelhança com o Sul do Brasil???Isto para não falar das diferenças culturais entre o Sul e o restante do pais….

  • Joel Bento Carvalho diz: 12 de março de 2015

    Nos ensina Jayme Caetano Braum: “Hoje o tempo demudado, Meu coração continua, O velho tigre charrua, Das andanças do Passado, Sempre de pingo encilhado, Bombeando Pampa e Coxilha. A Pátria é minha família, Não há Brasil sem Riogrande E nem tirano que mande Na alma de um Farroupilha”…

  • Valdecir Tavares diz: 12 de março de 2015

    Sempre ouvi dizer que o Brasil é um gigante deitado em berço esplendido e que quando levantasse daria paços largos rumo à prosperidade, e não é que ele acordou mesmo?
    Bêbado, desorientado e mau humorado com os sulistas. Suas ações vão de Passadina a Petrobrás, Mensalão, Valerioduto, etc etc etc e nós do Sul enviando uma boiada de Nelore da melhorar qualidade e recebendo de volta um bifinho de carne de pescoço. Dinheiro aos milhões em dólar são enviados à Brasilia para encher os bolsos dos empreiteiros, corruptos de toda espéia, propinas e o escambau mais…Liberdade ao Sul, basta a Brasilia, queremos a tirar de nosso bolso definitivamente, o Paraná está com o movimento e não abre.

  • Roberto Alves diz: 12 de março de 2015

    O Brasil possue um extenso território que comparado a Europa comportaria varias países.Com a diferença cultural , os diferentes climas e outras diferenças mais torna-se quase impossivel que uma mesma lei consiga satisifazer os povos do extremo sul e extremo norte, é complicado fazer uma gestão única. Por isto p/ o bem de TODOS penso que a separação deveria existir…seria melhor para todos.Deixem nós Sulistas escolhermos com a RAZÃO nossos represenatantes e o outro BRASIL continuar vendendo seus votos.

  • Luiz Renato Darolt diz: 12 de março de 2015

    Eu apoio esse movimento, isso ja deveria ter acontecido muito antes na revolução farroupilha. A maioria daqui do extremo Sul de Santa Catarina aprovamos a iniciativa. E creio eu, que seria uma excelente país.

  • Rafael diz: 12 de março de 2015

    Pessoal tá delirando. É muita ingenuidade deste movimento. Que interesse o governo federal, Brasília, teria de perder sua região industrial?

    A Escócia se separou da Inglaterra há séculos atrás, através de guerra. Esse tipo de separação só ocorreria com revolta armada, e o brasileiro não tem estômago, tradição nem coragem pra este tipo de coisa. Vocês pegariam as armas para lutar por sua independência?

  • Koeber diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente a favor da separação, chega de nosso dinheiro ficar sustentando política assistencialista, vamos colocar a cara na rua, isso sim deveria ter uma manifestação nas ruas do sul do país, camiseta e bandeiras azuis. Se fizer plebiscito vai 90% de aceitação.

  • Jonatha Dalberto diz: 12 de março de 2015

    Eu sou morador da cidade de Sarandi – RS, e apesar de aqui ainda nao haver representante do movomento, ha muitos anos existe esta vontade, muitos de nossos antepassados deu a VIDA acreditando nesta possibilidade, então é no minimo hipocrisia minimisar ou taxar este movimento legítimo que defende os anseios da sociedade sulina alegando inconstitucionalidade. Aqui em Sarandi, posso afirmar com toda certeza 99% dos cidadãos sonham com isso.

  • Mirian Martinez diz: 12 de março de 2015

    Acho que é válido! O Brasil é um país imenso e não dá conta de administrar todos os Estados. Prova disso é esse caos, que diante de tantos roubos não tem condições de se reestabelecer. Eu sou do Sim!!!!

  • Cadu diz: 12 de março de 2015

    Brasil do jeito que está, mais do que confirmado que não deu certo. Outras possibilidades precisam ser implantadas, sendo que essa penso ser a mais racional.

  • Pedro diz: 12 de março de 2015

    100% a favor

  • Zóio diz: 12 de março de 2015

    São “movimentos” como esses que me fazem clamar por um nível cada vez maior de federalização dos estados da União. Se não querem respeitar os preceitos legais da nação descritos na CF de 1988 e sua União indissociável, então que cada estado ganhe maior de autonomia para ver como se viram com a “bucha” local e ver se o problema realmente está (apenas) em Brasília ou se reproduzimos e refletimos localmente nos estados problemas estruturais de contexto nacional como a corrupção, a desigualdade social e o atraso estrutural. Desconfio de que o resultado não seria o esperado pelos nobres separatistas, como se separar-nos fosse uma forma de fugir desses problemas ou sua solução e se resolveriam por passe de mágica. É incrível essa “inclinação brasileira” (eufemismo cortês para preguiça de pensar e concretizar) de querer pular as etapas do desenvolvimento com milagres instantâneos (o último “milagre” econômico nos levou a uma bancarrota pré-abertura democrática). Com todos seus defeitos, não vejo um estado querer separar-se da União dos Estados Unidos da América, esta nação tão apreciada por quem muitas vezes se identifica contraditoriamente com esse tipo de movimento . Só não vale pedir ajuda para a União brasileira depois, aguenta a bucha sozinho!!!

  • Guilherme diz: 12 de março de 2015

    Sabe de nada inocente!!! SE O PLEBISCITO FOR VOTADO COM URNA ELETRÔNICA certamente o NÃO ganhará com 51%. Nossas urnas são totalmente corruptíveis assim como todo nosso pais…

  • marco antonio cascaes diz: 12 de março de 2015

    é a coisa mais certa a ser feita! não vejo a hora de termos estradas duplicadas cortando de fora a fora os tres estados, uma ferrovia rápida cortando o sul de norte-sul/leste oeste…. impostos justos … e sem contar que temos tudo de mais lindo da natureza, desde praias, serra campo e neve… seriamos um pais desenvolvido e teriamos que dar um basta na pobreza que vem se desenvolvendo tambem no sul. se não podemos combatê-la a nivel de brasil podemos fazer isso a nivel de sul. temos petróleo… temos terra temos mar! e que vivam os ESTADOS UNIDOS DO SUL

  • Renato diz: 12 de março de 2015

    Atualmente isso é impossível. Só se houvesse uma nova constituinte. O artigo 1º proíbe.

    Vejamos: Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamento.

    Seria algo a se pensar, mas atualmente, sem conflito, acho impossível.

  • Sergio diz: 12 de março de 2015

    Concordo plenamente, é imposto a outras regiões a necessidade de aparelhamento político que não lhe é necessária, dada a dimensão continental do país. A separação viabilizaria uma melhor eficiência do ponto de vista administrativo e por que não, mesmo separado, estes grandes blocos não poderiam defender seus interesses econômicos frente a outras nações?

  • Mateus diz: 12 de março de 2015

    Já demorou para nos separar!

  • Carlos Fernando Fagundes diz: 12 de março de 2015

    Com certeza isso seria a melhor coisa se fazer, afinal o Sul, paga os maiores juros, maiores taxas de energia entre outros e ainda precisa trabalhar pelos outros Estados…liberdade Já!!!!!

  • susete diz: 12 de março de 2015

    Concordo com a separação dos três estados do sul.

  • Charles diz: 12 de março de 2015

    Apoiado.

  • Jack Doug diz: 12 de março de 2015

    Vergonha de ser “Brasileiro”…
    ORGULHO DE SER SULISTA!!!

    O SUL É O MEU PAÍS!!!

  • Susete diz: 12 de março de 2015

    Apoio a separação dos três estados do Sul.

  • Nei diz: 12 de março de 2015

    Sou a favor, nao precisamos de Brasilia no nosso bolso!

  • EUROPA DO SUL diz: 12 de março de 2015

    Discordo completamente da opinião do Professor que seria inconstitucional. Cláusula pétrea só é petrificada quando ainda existe estabilidade institucional e quando o povo a ela submetido assim a enxerga. Pelo andar da carruagem rumamos para um verdadeiro desequilíbrio político-institucional. E sob a ótica do direito, o que mais vemos são insconstitucionalidades e ilegalidades beneficiando outras regiões do país em detrimento do SUL, nos mostram que temos argumentos de sobra para legitimar essa separação.
    Leiam: http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2048

  • LUIZ diz: 12 de março de 2015

    Olô?
    Alguém avisa o “””constitucionalista””” aí que o positivismo dele não vai levar à nada.

  • Leonel Antonio Veronka diz: 12 de março de 2015

    Eu apoio sim a esse movimento pois o sul é que tem maior riquezas e leva o Brasil nas costas tem que separar mesmo O SUL É MEU PAIS…

  • Thomas Zimmer diz: 12 de março de 2015

    Marco – “Ora, se não estão satisfeitos com o Brasil que acolheu bem os seus antecedentes, vão morar na Alemanha e na Itália!”

    Acolheu bem? Me diz quem acolheu bem? Os botocudos? Se não conhece a história da colonização do Sul, se resigne à sua ignorância.

  • Felipe diz: 12 de março de 2015

    sempre fui a favor, mas precisa ser muito mais estudado, tem que lembrar que primeiro, pra ser um pais, precisa ser aceito pela comunidade internacional, se os outros países não reconhecerem o sul como pais, não adianta nada. Teríamos que rever todos os contratos de empresas internacionais instaladas nos 3 estados (lembrando que esmpresas de outros estados seriam consideradas internacionais) já que os contratos vigentes geralmente são fechados com o país e não com a cidade ou estado. Temos que ver que atrativos os 3 estados (na sua maioria agrícola e um pouco industrial) temos a oferecer para fecharmos acordos internacionais como a cidade de São Paulo fecha em questões de desenvolvimento com Israel, Estados Unidos, China. por exemplo. Temos que lembrar que apesar de termos um idh bom, temos um mercado fraquíssimo em termos de tecnologia e desenvolvimento comparado a outros estados. Não temos sede da maioria das embaixadas internacionais. enfim, não conheço o projeto a fundo, mas gostaria de ler o “projeto” pra saber quais as soluções quanto a isso. qualquer um que fuja do Brasil do PT sai ganhando, mas fico receoso quanto a essa separação.

  • Felipe diz: 12 de março de 2015

    Concordo com o Mauricio Ramos

    “Indicaria ainda São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goias para comporem o novo país.”

    Mas acho impossível de acontecer.

  • ADALBERTO SCHATTENBERG diz: 12 de março de 2015

    O SUL É O MEU PAIS

  • Thomas diz: 12 de março de 2015

    Essa briga não é de hoje…

  • Shika diz: 12 de março de 2015

    Isso com certeza é idéia de gaúcho… Separa sim, o Rio Grande do Sul, do resto do pais… creio que não vai fazer falta! Idéia tosca!!!

  • Ilhos diz: 12 de março de 2015

    Apoiado, eu particularmente não conheço nenhum sulista contrário ao plebiscito e muito menos a separação do brasil !!!

  • Mauricio de Lucca diz: 12 de março de 2015

    O problema do Brasil não é a extensão territorial, mas sim os brasileiros. Lendo estes comentários tenho mais certeza disso. É igual proibir o carro para se evitar acidentes com bêbados. Acho que este pensamento egoísta é pela colonização do sul por italianos, alemães e poloneses, os principais, intimamente ligados à segregação pessoal. Infelizmente falta patriotismo e autocrítica. A culpa sempre é dos outros e não de nós.

  • Luis Dagmar da Rocha diz: 12 de março de 2015

    Acho que devemos explorar as diferenças culturais dos três estados em relação ao resto do país. Não estamos tendo reconhecimento de nossa cultura já a muitos anos, não só a gaucha, mas a açoriana também, não tenho conhecimento quanto ao Paraná, mas morei em Florianópolis e só conheço boi de mamão por ter morado lá, não é possível que uma banda da competência e qualidade do Dazaranha por ex, não seja conhecida no Brasil. São exemplos da repressão cultural, além da econômica já muito citada aqui, que nos fazem caminhar sem volta no sentido de separarmos do Brasil.
    Temos que encontrar um meio legal, para que não aja guerra civil ou algo deste tipo, pois embora não sejamos covardes, mas começar um país com as mão sujas de sangue não me parece uma coisa boa.
    Que eu possa deixar este legado para minhas filhas.

  • Marcelo diz: 12 de março de 2015

    SOU TOTALMENTE A FAVOR, MAS ME AVISEM ANTES PARA QUE EU POSSA PULAR PARA A PARTE DE CIMA DO MAPA… KKKKKKKKKKKKKKKK

    VÃO CAPINAR UM LOTE….

  • JANETE ANGELI diz: 12 de março de 2015

    Hoje temos uma legislação para todo o País, o qual devido a grande extensão territorial, diferenças culturais, na maioria das vezes torna-se obsoleta e retrógrada ás nossa necessidades. Acredito sim que com a separação, teremos uma nova chance de crescimento e ainda mais…trabalharmos por ideais justos a região Sul .
    Sim apóio na integra e vou me juntar ao movimento assim que conseguir.
    Parabéns ao líderes que tiveram esta iniciativa e sei que começou somente pela vontade de meia duzia!!!!

  • JOÃO SILVESTRE diz: 12 de março de 2015

    Creio que nos separarmos do restante do País, não seja a melhor saída, por excelentes que sejam os argumentos. O RS, JÁ NÃO É MAIS AQUELA REFÊRENCIA DE ANTIGAMENTE, VIVE ATUALMENTE UMA CRISE MORAL E FINANCEIRA… O PR, POR SUA VEZ, É MAIS ESTRUTURADO… NÃO ACREDITO QUE GOSTASSEM DE DESVINCULAR-SE DE SP. QUANTO A SC, A MAIORIA DO NOSSO POVO NA HORA H, FARIA COMO A ESCÓCIA, NÃO ENTRARIA NESSA ONDA. QUEM SERIAM NOSSOS GOVERNANTES, OS DO SUL ENVOLVIDOS NO PETROLÃO? DEUS ME LIVRE! SEM CONTAR QUE TEMOS OUTROS ESTADOS QUE PRODUZEM MUITO: SP, MG, MS,MT,GO E MUITO MAIS… PORTANTO, NÃO É SÓ O SUL. SEPARAR NÃO É A SOLUÇÃO, E SIM JUNTOS LUTARMOS POR UMA PÁTRIA MELHOR…

  • Marcos diz: 12 de março de 2015

    Quem ainda tem dúvida de quão benéfico o separatismo pode ser para o Sul, veja o exemplo do Uruguai, o segundo melhor país da América do Sul, atrás apenas do Chile, ou seja, duvido muito se estaria nessa posição se ainda estivesse submisso a brasília.
    Sul livre! Chega desse patriotismo idiota!!

  • alexandre de liz padilha diz: 12 de março de 2015

    Apoiado,o Sul é o meu país

  • Jaime diz: 12 de março de 2015

    Uma nova terra, com respeito à todos que gostam de trabalhar e viver do nosso jeito. Parabéns à essa luta séria, que não separa o que nunca esteve junto. O restante do povo brasileiro também precisa se organizar e lutar pelo direito de serem respeitados como tal. Nós apenas demos o primeiro passo. O SUL É MEU PAÍS.

  • Germano Streese diz: 12 de março de 2015

    Vamos deixar de brincadeira! Que proposta mais ridícula!

  • Hilson Carlos Kuerten Costa diz: 12 de março de 2015

    É da natureza de qualquer grupo de pessoas, manter laços com seus semelhantes, é na natureza de qualquer nação a identidade cultural; caso não exista mais afinidade entre os agrupamentos, nada há que ser feito a não ser a separação ou reunião com seus semelhantes. A felicidade não é alcançada pela união forçada, a democracia não sobrevive às custas da satisfação de um determinado grupo de pessoas em detrimento de outros. Não há nada de mais, nenhum impedimento (nem constitucional) em saber a opinião a respeito das pessoas. A militância – que tanto se fala e tem medo, é o último recurso para quando a voz e a vontade das pessoas não é respeitada.

  • Eder diz: 12 de março de 2015

    Com certeza eu apoio.
    Vamos ter uma economia somente nossa.
    Um país pequeno e com estrutura forte .

    Estou nessa!!!!! Eu apoio!!!

    O SUL E O MEU PAIS!!!

  • Marcos Antonio Felisbino diz: 12 de março de 2015

    Se o povo não recebe retorno do que produz. Se o provo não é respeitado por este país. Se o povo não esta feliz com o que ocorre com este país! Se o povo daquela região quer a separação é pelo menos direito deve povo ser ouvido e dever deste país respeitar isso! Isso não é democracia! Além do mais, se o movimento é pacífico não legislação, lei federal que vá contra isso! A própria constituição diz que se não for incitado ou levantar armas tá tudo bem!
    Quer dizer que se você não esta feliz, satisfeito com o serviço prestado, irá se calar!
    Isso é direito de qualquer nação livre! Que eu saiba moramos em uma! Por enquanto!
    SOU A FAVOR!

  • João Winter diz: 12 de março de 2015

    Com certeza esta seria uma grande saída. Contudo, desde o início deste processo há que se ter um ideal, pois separar por separar não trará prosperidade. O Sul é o meus país, pela VIDA, LIBERDADE E PROPRIEDADE.

  • Richard Radtke diz: 12 de março de 2015

    eu adicionaria o Mato Grosso do Sul e expulsaria a Luciana Genro

  • Sandra Parma diz: 12 de março de 2015

    Sou incondicionalmente à favor!!! Já deveríamos ter feito isso à muito tempo, e provavelmente, nao estaríamos nesta situação deplorável que o país se encontra.

  • Sergio Luis da Silva diz: 12 de março de 2015

    Eu e toda a minha família apoiamos o separatismo, somos residentes e domiciliados na Cidade de Canoas/RS., gostei do que comentou o FELIPE DALBOSCO, tratar o separatismo e os separatistas com o respeito devido, não estamos contra ninguém ou nenhum Estado Brasileiro, apenas gostaríamos de ter a opção e o direito de opinar e decidir democraticamente.

  • Guilherme diz: 12 de março de 2015

    Acho uma idiotice tudo isso aí, a alguns anos eu era a favor da separação do Sul, mas é só olhar pra lista dos envolvidos do petrolão a maioria é sulista, sem contar que vamos virar um Uruguay da vida ou talvez pior porque nossa agricultura e pecuária está cada vez mais desvalorizada comparado à 20 anos atras. Temos que ter consciência que para mudar um país devemos começar pelo povo, eliminando os corruptos, ter uma legislação igual ao dos EUA. Antes disso não será possível mudar nada!

  • Eligioluis diz: 12 de março de 2015

    É tudo o que o PT deseja: dois países – BRASUL E BRASCUBA!

  • Celso Deucher diz: 12 de março de 2015

    A matéria da Jornalista Dagmara é digna de elogios. Muito bem trabalhada e claro, como manda o bom jornalismo, ouvindo ambos os lados. Parabéns a nobre colega de profissão. Não entendi, no entanto, por que meu comentário não foi publicado e o comentários de vários amigos meus também não o foi. Infringimos alguma regra do site? Caso não, peço a gentileza do editor publica-lo, em respeito ao bom jornalismo, bem como a

  • Wellington Marques diz: 12 de março de 2015

    Viva o Sul livre!!!! Vamos trabalhar para que esse sonho se torne realidade.

  • Cris diz: 12 de março de 2015

    Um verdadeiro sonho!

    Espero que essa ideia ganhe força, e que em breve tenhamos condições de formar o nosso país, longe dessa corja de Brasilia e dos sangue-sugas de uma certa região (a qual não se pode citar para não ser acusada de genofobia)

  • Ricardo diz: 12 de março de 2015

    Com toda a certeza ja passou da hora de pararmos de sustentar esse país falido e corrupto, vamos pra rua, gritar e levantar nosso punhos em honra à nossa região, a nossa família!!! O povo não suporta mais ser explorado e pagar a conta da corrupção que consome o país!!!!
    #sullivre

  • jean diz: 12 de março de 2015

    Temos uma forma melhor de separar, buscando fervorosamente nossa cultura, ensinando nossas crianças como eramos criados, melhorando nossa educação, saúde, segurança, e claro cobrando de nossas lideranças politicas daqui, nosso governador, nossos deputados, a consequência se elegermos e cobramos dos nossos, criaremos um país diferente com ações, o problemas e que nossos políticos estão fazendo o mesmo que os outros estados, incentivando ocupações desordenadas pelo voto fácil, criando bosões de pobreza. Vamos impor nossa cultura. Que como foi comentado, nossa colonização foi feita de alemães, italianos, e açorianos. E temos muito orgulho disso, vamos ergue nossas tradições, fazer diferente do resto do Brasil, e deixe que eles se entendam nos outros estados.

  • Anderson diz: 12 de março de 2015

    Perdoe-me o nobre profesor da UNIVALI, mas nenhum “novo país” jamais encontrou amparo na constituição do país no qual ele se “desprendeu”; nem por isso, ao longo da história, deixamos de ter a criação de vários países, menores, e que se demonstram mais fáceis de serem organizados politica e economicamente.

  • Elissandro dos Santos Follmer diz: 12 de março de 2015

    Esse plebiscito mostrará a nossa indignação com o que está acontecendo no País nos últimos anos… Carregamos um fardo muito pesado e chegamos num momento em que precisamos nos libertar de um sistema fraco de governo… Temos condições suficientes de sermos uma nova Nação, mais forte e rica, de um povo trabalhador, que sabe o que quer… Praticamente a cada ano surge um novo País no mundo… Esse nosso movimento é pacífico e legal… Queremos SIM a nossa independência e sermos um exemplo à outros Estados…

  • Emerson diz: 12 de março de 2015

    Separação jÁ. Urgente. Chega de mandar dinheiro pra Brasilia. O SUL É MEU PAIS

  • João diz: 12 de março de 2015

    Ja temos um inicio de dados de opinião.
    Dos 98 comentários aqui publicados, pelas minhas contas foram apenas 10 comentários contra a separação do pais e 88 comentários a favor da separação do sul.Pode haver erro de 1 ou 2 comentários pra mais ou para menos, pois fiz a contagem manual.
    Traduzindo temos que:
    10,20% dos comentários é CONTRA a separação
    89,80% dos comentários é a FAVOR da separação.
    Sou a favor sim desse divisão do estado brasileiro, inclusive dividindo em 5 países, acredito que todos sairiam ganhando e se conseguirmos fazer isso de forma pacificas seria ainda mais produtivo para TODOS.

  • Aristides Pokrywiecki diz: 12 de março de 2015

    Segundo informações, os três estados do Sul, somados aos quatro estados do Sudeste e o Estado do Amazonas, são os oito estados superavitários que precisam contribuir para sustentar 18 estados deficitários (9 do Nordeste, 3 do Centro-Oeste, 6 do Norte), além do Distrito Federal.

    Mas, a conta vai ficar maior. Projeto da família de Jader Barbalho (ficha suja) pretende dividir o Estado do Pará e criar os estados do Carajás e do Tapajós. Ou seja, mais , governadores, secretarias, câmaras de deputados, assessorias e uma parafernália de repartições públicas. Em resumo, mais estados deficitários para sustentar.

    Nesse cenário, a separação da Região Sul provavelmente é o único caminho para, algum dia, termos uma economia com padrões de “primeiro mundo”.

  • Alexandre diz: 12 de março de 2015

    Tem uns retardados que falam que isso é racismo, bando de ignorante, além dos que falam que é inconstitucional, deve ser os mesmo ignorantes que falam que impeachment é inconstitucional sendo que esta na nossa constituição.

  • Jose Bentin Figueira diz: 12 de março de 2015

    Acho interessante, acredito que viveriamos melhor, sera mais facil de controlar os corruptos, e os impostos que pagamos podera ter uma taxa menor da que se paga atualmente.Mandar impostos abusivos pra Brasilia e ser aproveitado indevidamente; chega.

  • Jair diz: 12 de março de 2015

    Minha ideia é de que cada estado seja totalmente independente, ou seja, um país.
    Seríamos uma Europa, com vários países, alguns ricos, outros nem tanto.
    Quanto menor a fronteira, melhor será administrá-lo.

  • Samuel diz: 12 de março de 2015

    Estamos cansados de pagar coisas de que não precisamos…. temos o direito de querer continuar na escravidão de brasilia ou não.

  • José M. Souza Junior diz: 12 de março de 2015

    Já pararam pra pensar por 1 seg a consequência que isso agravaria no “País” inteiro? quem iria reger os 3 estados como à uma nação? Temo recursos necessários para não precisar importar da nossa “antiga terra”? Quantas fronteiras não gostariam ou simplesmente esperam uma oportunidade de fraqueza por nossa parte? E O PRINCIPAL ( TAMBÉM SERIA DEMOCRACIA COM CORRUPTOS DE TODOS OS PARTIDOS NOSSO QUE HÁ NO ATUAL PODER DO PAÍS? Minha humilde opinião. PAREM DEACHAR PULGA EM CACHORRO DE RICO. ^^

  • Center Half diz: 12 de março de 2015

    Ah tá……separados não teremos mais corruptos, não teremos capital (pois se Brasília é a causa de todos os males melhor não ter capital aqui), campeonato Sulino seria mole, ir ao Rio ficaria pendente de passaporte, mas daí é só entrar no mercosul né? Dívida ? É só fazer que nem no banco imobiliário….fecha a banca e vamos tomar refri. Energia elétrica talvez fosse um problema, mas como a gente vai ficar rico poderemos pagar as termoelétricas movidas a carvão tb será fácil. Lógico….haveria um sem número de questões de infraestrutura, mas daí tem esse gênios de Brusque, Bagé e Antonina que tiram a gente do atoleiro em 2 segundos. E a bandeira ? Quais serão as cores? Mais de 3 a turma de Laguna e Pelotas vai requerer patente. E o hino ? Teixeirinha ? E a turma do contra que mora aqui ? A gente exporta ou prende ? Bahhhh….guri…que beleza !!!!

  • Orli Alves diz: 12 de março de 2015

    Totalmente a Favor!
    Hoje os impostos arrecadados aqui no Sul, quase não retornam em investimentos e melhorias. Mas sim é distribuído e embolsado por outras regiões as quais sobrevivem do nosso suor.

  • Celso diz: 12 de março de 2015

    Esse movimento é um bando de racistas sem vergonha! Deveriam é ser expulso do Brasil. Quando vejo um imbecil desses falando em separatismo me dá nojo da sua ignorância. BANDO DE BABACAS!

  • Frederico diz: 12 de março de 2015

    Tem que separar mesmo! Moro no sul e apoio a separação! E também há de mudar o sistema de governo, políticas populistas não funcionam e jamais funcionaram na historia do mundo – vide Alemanha nazista, Coreia do norte, Cuba, Venezuela, União Soviética, Brasil -, essas políticas apenas trouxeram baixos salários, desemprego alto, mercado internacional fechado, desvalorização do câmbio,etc. É necessário que o Estado pare, efetivamente, de criar leis e querer mandar na produção e vida da população. Estado apenas deve garantir a propriedade privada.

  • Edemar N. Kuhn FIlho diz: 12 de março de 2015

    Isso mesmo chega de servir Brasilia com nossos impostos, o que pagamos deve ser investido aqui e nada melhor do que a separação.

  • Juliana diz: 12 de março de 2015

    Quem é aí q falou q não ia ter mais roubalheira no RS? O PP da Ana Amélia, do Heinze, do Goergen e da turminha deles, são campeões de denúncias da lava jato. Tanto a nível nacional como a nível Estadual. O Rio Grande do Sul, por conta desta turma é o Estado com mais envolvidos na roubalheira!!!!

  • Carlos Andrade diz: 12 de março de 2015

    É interessante, se não dê certo vamos ter mais feriado, igual ao farroupilha!

  • Juan de Souza diz: 12 de março de 2015

    Na minha opinião o separatismo deveria ser não apenas direito, mas deveria estar escrito na constituição que qualquer estado em que pelo menos 60% da população tenha interesse em separar, tem o direito de se tornar um país independente. Um país do tamanho do Brasil é um prato cheio para a corrupção e para a incompetência administrativa.

  • Karine diz: 12 de março de 2015

    Sou catarinense e totalmente favorável a separação.. Sim o Sul é meu país, não somente porque tem corrupção em Brasília, pois isso já é histórico neste país, porém trabalhamos e não temos o devido retorno em investimentos. O Brasil é um continente, sim com culturas diferentes entre si, contrates e com esse modelo de político, econômico e social, sempre será um país em desenvolvimento. Todo povo tem o direito de autodeterminação e isso não é coisa de Sulista orgulhoso pois existem movimentos em diversas partes do país porém censurados pela máquina central. O Brasil como está não dá certo, estaremos contribuindo para a melhoria com um país menor para governar.

  • Márcio Salazar Braga diz: 12 de março de 2015

    Totalmente a favor…

  • Elivelton diz: 12 de março de 2015

    Sou do sul, mas não sou nem um pouco a favor da separação. Olhem um minuto ao redor, a crise estadual que acontece pelo sul, PR estava em greve, RS com manifestos, SC com o magistério em greve a partir de dia 24. O problema não está só no sudeste, nordeste. Quase um quinto dos investigados do lava jato são dos 3 estados.
    O novo “país” iria a falência em pouco tempo. Esta terra colonial onde tem seu PIB concentrado na extração de matéria prima, e em parte na indústria metal mecânica irá se tornar grande importador, e falir. Se morasse em qualquer parte do país estaria apoiando o separatismo, pois o Brasil restante se tornaria exportador para essa região racista e hipócrita.
    Sou contra o plebiscito!

  • Franceli diz: 12 de março de 2015

    penso ser uma otimo ideia, pois o Sul carrega muitos estados nas “costas”, com certeza outros países irão precisar da nossa produção. Se o nosso vizinho Uruguai sendo menor consegue pq nós não conseguirimos

  • Zé do Povo diz: 12 de março de 2015

    Que movimento é este que exclui as demais regiões do estado? Só o litoral catarinense?…Curioso, não? Puro preconceito, paranóia e esquizofrenia dessa gente…Que se dane! Sou serrano e não gostei disso! Portanto, votarei contra nesta m…

  • VANESSA PIES diz: 12 de março de 2015

    Já passou da hora de nós tornarmos independentes, afinal os estados do Sul (RGS, SC e PR) mandam mais recursos do que recebem.

  • Ross diz: 12 de março de 2015

    Eu apoio o movimento o sul não pode trabalhar, gerar riquezas e voltar migalhas de um governo que prioriza principalmente bandidos e políticos coruptos ja passou da ora de separar o SUL E MEU PAÍS

  • Adelar José Tolfo diz: 12 de março de 2015

    Boa ideia, mas penso que temos muitas pessoas dispostas em auxiliar o movimento para que possamos colher informações, também, em municípios do interior dos três estados.
    Não chamo de separação, mas de ajustes de um território muito vasto e com diferenças regionais consideráveis e que acabam atrapalhando o desenvolvimento sócio, econômico e cultural do nosso povo. Assim teremos duas nações fortes e amigas. Uma nação composta com os três Estados do Sul é o ideal e mais justo para as duas nações resultantes.

  • Clenio Delazeri diz: 12 de março de 2015

    Da pra se dizer que samos auto suficiente. Gostaria de poder falar p/ meus netos que fiz parte desse ato. Os políticos que estão mamando não querem, mas quem decide é o povo. Seríamos um País muito Rico.

  • João Alberto Mariano Pereira diz: 12 de março de 2015

    joana diz: 12 de março de 2015

    Ah tá, e o sul vai sobreviver sem SP???? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    São Paulo que vive do resto do pais, produtos agricolas, mao de obra dos nordestinos que vao pra sampa em busca de um cinturao de miseria pra morar, O Sul nao precisa do resto pra viver, Nossa industria nossa agricultura nao é dependente do resto!!!!!!!!!!!!!!

  • João Alberto Mariano Pereira diz: 12 de março de 2015

    joana diz: 12 de março de 2015
    Ah tá, e o sul vai sobreviver sem SP???? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Aos ignorantes acima de plantao: o sul é auto suficiente tanto na agricultura como na industria do resto do pais, sao paulo que necessita do resto do pais

  • Logan diz: 12 de março de 2015

    Teremos democracia?
    Se sim, NÃO elegeriamos o mesmo presidente, como ocorre com o governador.
    Iria ser uma experiência boa se conseguirmos isso. Porém muitas coisas seriam necessárias para sermos independente do Brasil.

  • Gilmar Correa da Silva diz: 12 de março de 2015

    Quem precisa de São Paulo,Rio,Minas,Bahia,Espirito Santo,Pernambuco,Ceará,Maranhão e o resto? Sou a favor da separação,mas ficaria melhor se fosse Rio Grande do Sul,Uruguai e Argentina

  • Joseph Maranhaum Sarnein diz: 12 de março de 2015

    óxente, num concordo, quem vai nos sustentar aqui no norte e nordeste? aqui ta bom demais, ganhamos bolsa assistencialista, jogamos o esgoto no rio, junto com o lixo, temos forro, cachaça e mulher… continuem nos ajudando, cambada do sul, eu gostcho é mutcho….

  • Rubens Dos Santos Filho diz: 12 de março de 2015

    Sou de Joinville, sou do sul. NÃO GENERALIZEM! Muita gente do sul não concorda com este movimento ridículo e mesquinho! Meu país é o BRASIL e não o SUL.

  • João Alberto Mariano Pereira diz: 12 de março de 2015

    Evandro Neiva diz: 12 de março de 2015
    Vá se catar povo racista …

    DEVE SER UM FILHINHO DE PAPAI SUSTENTADO QUE NAO TRABALHA, NAO SUSTENTA CASA, E NAO PAGA IMPOSTOS, E MUITO MAIS NAO ENTENDE DE POLITICA E USA NOTE E INTERNET PAGA PELOS PAIS, ALIENADO

  • paulo flores diz: 12 de março de 2015

    Sobre a separação da região sul do Brasil, sou desfavorável,pois nosso estado alimenta muitas famílias por este brasil a fora…pela pavorosa vergonha de ser brasileiro hoje em dia de conviver com nosso governo que so se mete em escandalos e mais escândalos..seria ate uma boa…ah !!! Nosso estado tem poder para formar-se num país de economia sustentável…

  • Jeca Tatu diz: 12 de março de 2015

    Concordo que o Brasil é imenso, e a política brasileira do jeito que está não vai fazer com que o país melhore, infelizmente. Ter que ler comentários do tipo “SOU A FAVOR CHEGA DE TRABALHAR PRA ENFIAR DINHEIRO NO TRASEIRO DESSES POVOS QUE NAO TRABALHAM E AINDA LASCAM COM NOS AQUI VOTANDO NESSA MERDA DE PT.” – “… devemos nos separar de um pais enorme cheio de “sangue-sugas”, onde a raiz do pais que é o sul, trabalha e manda recursos para o pais com um retorno minimo” – “Apoiado chega trabalhar sustentar vagabundos”, entre outros, só demonstra a ignorância e mediocridade de um povo que sequer conhece o seu país. Não se esqueçam que quando o desastre de 2008 aconteceu, o ” resto do país que é sustentado por vocês” ajudou e muito mandando mantimentos e doações para tentar amenizar os estragos causados pelo desastre. Não se esqueçam também que “o resto do país” gasta rios de dinheiro com o turismo e faz girar a economia de uma boa parte das cidades do Sul. Não precisamos separar o país, precisamos sim e urgentemente de uma REFORMA POLÍTICA.

  • Geraldo diz: 12 de março de 2015

    Esse povo não tem mesmo o que fazer, será que se tocaram que dos 52 politicos citados na lista do Janout 70% são do Sul? Isso não nos libertará da corrupção!
    Além do mais Santa Catrina é meu país, por favor não sou gaúcho e não sou cocha branca, se for pra ter indempendência criem o país Santa Catarina hehehehe

  • Daniel diz: 12 de março de 2015

    sou a favor sim, vivemos em mundos diferentes, o pessoal do sul é muito mais educado, não é arrogante como a maioria dos que moram no sudeste, muito mais trabalhador que os do nordeste, aqui no sul já seriamos um país de primeiro mundo se não fosse o nosso dinheiro roubado em Brasilia, independência sim!

  • lorival pasquali diz: 12 de março de 2015

    Na constituição também diz que educação e saúde é um direito de todos e a pergunta é temos isso?

  • Diogo diz: 12 de março de 2015

    Já está passada a hora de termos nossos impostos investidos em nossa terra, já passou da hora !!!

  • Alex thomaz diz: 12 de março de 2015

    Não sei porque alguns dizem que e racismo, acredito que no momento questão de inteligência .

  • Tiago Kelbert diz: 12 de março de 2015

    As pessoas confundem separar o sul do Brasil com criar um segundo muro de Berlim. Na verdade o que buscamos é apenas uma nova forma de governo e não separar os cidadãos de suas famílias. Na verdade na minha opinião, eu sou totalmente a favor de extinguir a atual politicagem e sermos governados pelas forças militares. Pra que criarmos uma hierarquia com governadores, senadores, presidentes e outros e gastarmos milhões com seus salários e lambanças se já possuímos toda essa hierarquia dentro de nossas forças armadas?!…

  • julio diz: 12 de março de 2015

    Totalmente a favor!!
    Não deixaram a constituição de lado para não penalizar a Dilma com o estouro nos gastos públicos!!! Então para separar uma região que não quer mais participar de uma país caótico com um governo ganancioso e que não faz a parte dele, seria fácil!!

  • Teo Camara diz: 12 de março de 2015

    Se meia duzia se acha mais Sulista do que Brasileiro e quer se separar do eesto do pais por que só olha para o próprio umbigo e está pouco se lixando para o resto do pais, pode tentar a vontade.
    Acho uma vergonha se tamanho e até infantil.
    Imagina se São Paulo resolvesse fazer o mesmo?

  • Matias diz: 12 de março de 2015

    100% a favor!! “A secessão é o teste final de uma democracia enquanto regime político genuinamente baseado no consentimento das partes governadas”

  • Aline Bica diz: 12 de março de 2015

    Acredito que seria muito mais viável se houvesse essa separação, com certeza teríamos condições de participar mais ativamente das demandas do nosso país. Até porque não acredito mais, na possibilidade de um Brasil melhor! O SUL É O MEU PAÍS.

  • Tatiana Vasco diz: 12 de março de 2015

    Totalmente a favor.
    E por favor, sem essa de “inconstitucional”, a Constituição já foi rasgada há muito tempo!

  • IBSEN JOHNNY DA LUZ MAIA diz: 12 de março de 2015

    E u acho tão estranho quando surgem estes movimentos eleitoreiros e ocasionistas! Quem está por trás (além da RBS claro!) Quem orquestra este tipo de desavença entre o povo Brasileiro? Quem vai ganhar com a divisão territorial assim como quem vai ganhar novos contratos com o novo “Governo”? Com tantos nomes “Gaúchos” envolvidos até o pescoço em casos de corrupção tanto no RS quanto no resto do Brasil, fica muito difícil e até muito simplório acreditar que isto resolveria algo já enraizádo! Temos é que ter consciência e não votar por um favorzinho, aterro, vaguinha no governo,vaguinha em empresa de amigo de fulano. Nós gaúchos caímos na falácia que somos “superiores”, “cultos”,”educados”, mas as notícias provam e comprovam o contrário. Somos RACISTAS muitas vezes, somos IDIOTAS muitas vezes,PROVINCIANOS por demasiado(vide o movimento separatista). Temos é que cobrar a punição severa sim de TODOS os corruptos, mas também fazer cumprir nossos direitos, obedecer os deveres e crendo que alguns deveres estão ultrapassados ou não se aplicam mais devemos fazer com que se mudem os mesmos. Cobrar severamente que elegemos e o mais importante é LEMBRAR a quem elegemos que nós somos o PATRÃO e os ELEITOS os EMPREGADOS!

  • Carlos diz: 12 de março de 2015

    Sou sulista e por princípio sou contra o separatismo, mas não acho que seja uma atitude absurda ou racista, também não vejo,como alguns comentaristas que o Sul não sobreviveria sem São Paulo, mesmo reconhecendo a força econômica do estado, que também é dependente de outras regiões; a região Sul é uma região bastante equilibrada com uma indústria e comércio forte e uma agricultura rica em produção e tecnologia, possui boas universidades e escolas e seria a segunda economia da América do Sul em tamanho e um PIB per capta superior as outras regiões do país, mas ainda acho que é preciso lutar por maior autonomia dos estados, melhor distribuição dos recursos e principalmente descentralizar a indústria, levar desenvolvimento e riquezas para todas as regiões do país e não concordo com ofensas regionais sejam quais forem, como também me preocupa movimentos como esses que podem mergulhar milhões de pessoas em uma aventura perigosa. Outra observação seria: qual é a linha de pensamento política dos líderes desse movimento? Defendem o quê? Quem? Não podemos esquecer que o Sul, assim como o restante do país, é formado por uma diversidade de raças, credos e pensamentos políticos…

  • Pedro Vissotto diz: 12 de março de 2015

    Aos que acham que “tem nazismo no meio” “como vão sobreviver sem São Paulo” isso não pode, isso e aquilo e aquele outro…

    Sinto muito, mas estão absolutamente desinformados. Procurem se informar em http://www.meusul.net.br, antes de sair falando tanta bobagem por aí.

    Somos autossuficientes na maioria dos insumos e os outro podemos importar. Caso essa alegação fosse falsa, a seria o país mais pobre do mundo. Pois mal tem áreas agricultáveis e sequer tem costa marítima para construir um porto.

    Temos água (viva o aquífero Guarani), energia elétrica (viva Itaipu), só o Paraná tem a 4ª maior produção de grãos do Brasil, Rio Grande é top em gado de corte e Santa Catarina além da fabulosa exploração do turismo, tem grande produção avícola e suína. Então lhes digo, não se preocupem conosco. Conseguiremos viver muito bem, obrigado!

    O SUL É O MEU PAÍS!

  • Airson diz: 12 de março de 2015

    Boa Tarde!!

    O sul têm o PIB maior que o da maioria dos países da europa, e o maior produtor do Brasil, queremos o fim deste sistema político, defasado e ridículo. Queremos sim nossa separação política e territorial! se analisar por ano são formados 2 novos países, não é algo fora da realidade mas sim uma tendência mundial! Somos autosuficientes, financeiramente, culturalmente e politicamente ! O Brasil é uma coisa que nunca deu certo e que não é bom para nenhum de seus estados, chega de sustentar políticos !

  • Luciano Cypriano diz: 12 de março de 2015

    Existem países na Europa menores que Santa Catarina em muito melhores condições, principalmente financeiramente, que o Brasil inteiro. Um país menor que contempla-se somente os três estados do sul seria muito mais fácil de controlar e, começar do zero sem essa cultura corrupta predominante.

  • Pedro Vissotto diz: 12 de março de 2015

    Aos que acham que “tem nazismo no meio” “como vão sobreviver sem São Paulo” isso não pode, isso e aquilo e aquele outro…

    Sinto muito, mas estão absolutamente desinformados. Procurem se informar em http://www.meusul.net.br, antes de sair falando tanta bobagem por aí.

    Somos autossuficientes na maioria dos insumos e os outro podemos importar. Caso essa alegação fosse falsa, a SUÍÇA seria o país mais pobre do mundo. Pois mal tem áreas agricultáveis e sequer tem costa marítima para construir um porto.

    Temos água (viva o aquífero Guarani), energia elétrica (viva Itaipu), só o Paraná tem a 4ª maior produção de grãos do Brasil, Rio Grande é top em gado de corte e Santa Catarina além da fabulosa exploração do turismo, tem grande produção avícola e suína. Então lhes digo, não se preocupem conosco. Conseguiremos viver muito bem, obrigado!

    O SUL É O MEU PAÍS!

  • Elisabett diz: 12 de março de 2015

    Esse movimento existe a muito tempo, lembro dele ainda em minha infância em santa cruz do sul no RS onde era promovido por Hirton Marx,alguns chamava ele de maluco, mais tinhas muitas pessoas que levavam a sério a ideia, sinceramente, não é uma má ideia nos dias bicudos de hoje.

  • Jean diz: 12 de março de 2015

    Totalmente a favor, chega de sustentar o Nordeste !!! Viva o sul Brasil Pampa.

  • Tiago Kelbert diz: 12 de março de 2015

    Uma outra observação que eu gostaria de fazer…
    Reparem que o tamanho da maioria dos países de primeiro mundo muitas vezes não chegam ao tamanho de um de nossos estados brasileiros.
    Isso só prova que países menores conseguem ter um controle maior sobre seu território.
    Atualmente tira-se muito dinheiro do sul e ao contrário do que se pensa, não é dividido igualmente entre os demais estados em situações precárias más sim entre os bolsos de políticos corruptos que governam nosso país.

  • Felipe Steudel diz: 12 de março de 2015

    São várias as vantagens da separação:
    - Maior retorno em serviços para a população, uma vez que o dinheiro dos impostos serão gastos apenas no sul;
    - A administração pública estará perto do povo, facilitando o entendimento das reais necessidades da população;
    - Diminuição da carga tributária, pois impostos federais serão retirados;
    - O Sul será uma potência Sul americana com PIB e IDH altos, atraindo investidores internacionais que hoje se concentram em estados como São Paulo e Rio de Janeiro;
    - Possibilidade de criação de uma nova Constituição concisa e realmente feita para o povo;
    - Libertação de um um sistema política viciado, sem controle e institucionalmente corrupto centralizado nos confins do Brasil Central;
    - É mais fácil administrar países pequenos, como comprovação, a maioria dos pais mais ricos do mundo possuem território pequeno;

  • GUILHERME C. A. diz: 12 de março de 2015

    Eu apoio a separação sim.

    Brasil tem dimensões continentais e é mais fácil de desviar a verba que sai do sul e não retorna.

    PR fica em 12 BILHOES negativos
    RS com 13 BILHOES e
    SC com 8 BILHOES

    fonte:
    http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=682

    País pequeno fica melhor de organizar e cuidar dos orcamentos…

  • Jefferson diz: 12 de março de 2015

    Ótimo, assim leva boa parte dos envolvidos na Operação Lava Jato de reboque. Sou do Sul, mas acho que esse movimento é completamente sem fundamento. Antes lutemos por um federalismo de verdade, com maior autonomia para os estados.

  • Carlos diz: 12 de março de 2015

    O cara falou em Nazismo? Nazismo é estatizante. Quanta ignorância.

    Secessão faz parte de qualquer povo livre. Constituição? Essa mesma que deixa o Brasil do jeito que é? Em um país novo ela não valeria, simples.

    Totalmente a favor da ideia, LIBERDADE!!!

  • Acacio diz: 12 de março de 2015

    Antes de falarem que é nazismo e racismo e bom procurar no Wikipedia sobre o movimento, até porque fazer isso sem provas e crime previsto em lei. Botei aqui link da Wikipedia sobre o movimento para o pessoal parar de falar o que não sabe!!!

    Link:http://pt.wikipedia.org/wiki/O_Sul_%C3%89_o_Meu_Pa%C3%ADs

  • Leonardo diz: 12 de março de 2015

    De todo o dinheiro que os estados do sul enviam pra brasília, menos de 20% volta, sou seja, somos ROUBADOS ano após ano pelo resto do país. Apoio o movimento. Estamos no limite já, sustentando corruptos e aquela corja do governo federal

  • Edson diz: 12 de março de 2015

    Isso nunca irá acontecer, apesar de ser bom … Mas como seria, teria uma fronteira no Paraná, teríamos que ter passaporte para ir passar as férias na Bahia.
    Eu acredito que deveria ter uma reformulação nas contas de cada estado,o que é produzido gera divisas, essas vão para Brasilia para depois talvez um dia quem sabe voltar para nosso estado como forma de verbas para melhorias(isso quando não é desviado).
    O Sul é forte, o dinheiro que aqui é produzido deveria ser revertido em melhorias no próprio Sul. Em poucos anos teriamos um estado Rico e de primeiro mundo, mas temos que manter outros estados considerados pobres, sem indústrias,comércios, com apenas turismo.

  • Cesar diz: 12 de março de 2015

    Onde eu assino?? POR FAVOR!!! Onde eu assino??
    Quem gosta do Brasil que fique com ele. Sul é meu pais. RS é minha vida!

  • André A. diz: 12 de março de 2015

    Bom que teria libertadores todos os anos!!!! kkkkk Agora sério, boa parte dos eleitores da Dilma tb são daqui. Alguns políticos envolvidos nos escândalos tb são do Sul. Os índices da nossa educação (RS) estão cada vez piores e por aí vai……. Não tenho tda esta certeza q seria tão melhor assim.

  • Davisson (Dadá) Westphal diz: 12 de março de 2015

    O Sul é altamente prejudicado por ter que bancar outras partes do Brasil. Temos cultura própria, costumes próprios, e um povo que está cansado de pagar muito e não receber nada.
    O sul é meu país!

  • carlos r diz: 12 de março de 2015

    Separar o sul, SP e MS do resto do país vai benefiar muito mais a região do que tirar a presidente ou continuar como está.

    E adicionando: A contituição não pode proibir regiões do país a obterem independência pois viola leis internacionais.

  • Luiz Cláudio Altenburg diz: 12 de março de 2015

    São tantos motivos para não separar o sul do Brasil.
    1) É inconstitucional. Somos a República Federativa do Brasil. Sugiro os integrantes do movimento estudarem um pouco de direito constitucional;
    2) Não irá resolver o problema da corrupção, desvios de dinheiro, péssimo uso dos recursos, pois na região sul também temos corrupção, desvios de dinheiro e péssimo uso de recursos;
    3) As bases do exército, bases aéreas e navais, sediadas nos três estados do sul, ficarão no lado de quem? Hein? Do Brasil é claro!
    4) Falam que o sul é independente e que gera muitas riquezas. Pois bem, as matérias-primas das principais indústrias do sul vem apenas do sul? Não vem de outras partes do Brasil? Jamais seríamos independentes.
    5) Qual seria a capital do sul? Nova briga.
    6) Vocês acham que o Brasil irá perder Itaipu? As fronteiras com a Argentina e o Uruguai?
    7) Para mudar o nosso país, precisamos de pessoas éticas na política, a moralização precisa passar em todos os setores da sociedade. Não é separando o sul que irá resolver isso.
    8) No sul existe trabalho infantil, favelas, prostituição, corrupção, muitas mazelas. O sul não é perfeito como pensam.
    9) Só mais um lembrete: é inconstitucional!
    10) Liberdade de expressão é uma coisa, vocês podem falar à vontade sobre isso. Se vai acontecer, são outros quinhentos! E com certeza não acontecerá sem uma guerra.
    11) O Brasil é o meu país!

  • Ligia Dutra diz: 12 de março de 2015

    Plebiscito JÁ!

  • Ricardo diz: 12 de março de 2015

    Se chegamos a esse ponto é por causa da desilusão política que vivemos todos esses anos no Brasil e não vemos mais esperança de melhora no futuro. Alguém em sã consciência acredita que o país vai mudar? Todos já sabemos a resposta. Não nasci no Sul do Brasil, saí do RJ com 16 anos de idade com destino a Bsb, lugar em que vive por mais 24 anos, conheci boa parte da população desse Brasil por lá. Quando conheci o SUL a cerca de dez anos atrás, fiquei maravilhado com a qualidade de vida desse povo, com a sua seriedade e determinação, como eram tão diferentes na forma de ser em relação aos demais. Fiz a minha escolha pessoal por essa Região, mesmo podendo me fixar em qualquer outro estada da Federação. Acredito nesse povo, na sua força, no ideal coletivo de prosperidade pela ordem e trabalho. Não vi isso no restante do Brasil. Se a determinação é forte em romper com o Estado Brasileiro visando o bem comum da nossa população, então, vale a pena discutir o assunto, com seriedade, serenidade e responsabilidade.

  • Denise diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente à favor . Não por me achar melhor, mas por achar que um país menor,com objetivos mais focados,com uma cultura mais parecida, ficaria bem mais tranquilo de administrar .

  • Frédi diz: 12 de março de 2015

    Concordo plenamente.. O SUL É MEU PAÍS…

  • André Silva diz: 12 de março de 2015

    Quem fala q tem nazismo e preconceito provavelmente não é do sul e nem conhece, pois quem é sabe que no sul não tem nazismo e nem preconceito, tanto é que os estados que mais recebem Haitianos são os estados do sul e o sul é tão bom que teve estrangeiros da Africa que vieram assistir os jogos da Copa no sul e não quiseram voltar!
    E a constituição no tal Brasil não serve PRA NADA, se prestasse não teríamos políticos corruptos e tanta desigualdade, ou seja essa constituição do Brasil ta com a moral bem ruim, alias, um dos principais motivos para querer separar é a corrupção em Brasilia que é mantida graças a constituição!

  • Alex diz: 12 de março de 2015

    Passou da hora de exigir que o que se produz de riqueza em nossos estados, fique aqui. A alegação de que os demais estados do Brasil precisam dos nossos recursos para se desenvolver já não nos convence, convenceria se não houvesse tanta incompetência e desmandos de quem está no poder. Chega de tanta roubalheira ! Viva O Sul Livre !

  • Maicon diz: 12 de março de 2015

    Apoiado, mais independência nas nossas decisões, maior controle, mais respeito aos sulistas.

  • ……. diz: 12 de março de 2015

    Quando esta ideia foi apresentada pelos Gaúchos no passado disseram que ELES estavam loucos,mas agora que Santa Catarina deu o braço a torcer a esse movimento, dizem que a ideia surgiu da Tal rsrsrs essa conversa já é antiga d+….Admiro os Catarinas aceitarem a separação se na verdade eles odeiam os GAÚCHOS?!?!…Isto só pode estar ligado há uma Córdia governamental visando seus orgulhos e egos visando a busca da aquisição do TAL dinheiro ilícito aos seus bolsos…..,Seria Bom para o povo de ambas as partes? JAMAAAAIS pois as maças podres continuarão no nosso meio.

  • pedro diz: 12 de março de 2015

    Em 1920 havia no mundo 63 países. Hoje há 194. Todos protegidos com leis pela integridade territorial.
    O território é menos importante que uma nação.

  • Lucas Alves diz: 12 de março de 2015

    Já passou da hora de isso se tornar realidade!

    Nós do Sul não merecemos mais sustentar essa gentalha que é o resto dessa piada travestida de país!

    Não somos nem piores e nem melhores, apenas diferentes, o povo do Sul não é brasileiro!

    Viva o Sul livre!

  • Nego Dito diz: 12 de março de 2015

    Estou indeciso…
    Se nos separarmos deste antro de corrupção que é o Brasil, o Pizzolati ainda será nosso representante?

  • Gabriel Garcia diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente a favor.
    Mas se vamos separar esse Brasil e criar o Brasil do Sul, acredito que todos que citaram acima ser contrários a essa separação, provavelmente estão satisfeitos em ganhar 11% de retorno de seus impostos.
    No ano de 2013, só nós Catarinenses arrecadamos a União, absurdos 133 bilhões de reais.
    Sabem o quanto de retorno tivemos desses impostos?
    Miseros, Míseros 33 bilhões.
    Considerando os desvios de dinheiro público até chegar ao povo,
    Recebemos cerca de 29 bilhões.
    Isso se repete com os estados do Rio Grande do Sul e Paraná.
    Agora pergunto à vocês.
    Você é a favor dessa atitude do governo federal?
    E não adianta, juntar São Paulo, RJ, MG.
    Tem que ser só o sul.
    E aqueles que estão contentes e aceitam tudo isso e ainda não favoráveis a separação.
    Me desculpem mais vocês estão morando no lugar errado e merecem esse Brasil de merda que estamos vivendo.

  • Marília diz: 12 de março de 2015

    Tô dentro…

  • adonis roger fernandes diz: 12 de março de 2015

    Sou a favor, imaginem o quanto vai de dinheiro para Brasilia e o quanto sobra para o sul.
    o Sul é quem sustenta o Brasil por que aqui o povo é trabalhador. A maioria luta pelo seu sustendo não fica dependente do governo com suas bolsas.
    Agora imaginem se o dinheiro que antes ia para la fica se aqui no sul, talvez não teria tantos impostos absurdos como os que nos cercam ultimamente.

  • César Paes diz: 12 de março de 2015

    Seria muito bom se fosse possível… Só uma nova constituição poderia prever isso, pois o a “Federação Indissolúvel” é cláusula pétrea da carta que está em vigor, o que significa que não pode sofrer emenda… Portanto não pode haver plebiscito sobre essa matéria, infelizmente.

  • Lucas diz: 12 de março de 2015

    Quem fala que a separação dos estados do Sul do todo do Brasil não é inconstitucional não deve nunca ter lido a Constituição Federal de 1988, pois já no primeiro artigo está expresso isto, basta ler.

    O movimento certamente é constitucional, pois essa mesma Constituição assegura a liberdade de expressão, mas entre manifestar uma opinião favorável ao separatismo e o ato de separar algum estado do resto do país há diferença.

    Ou seja, de acordo com a norma constitucional vigente, é possível defender o separatismo, mas é proibido separar.

    Quanto ao argumento de que o Sul é autossuficiente ou mesmo que sustenta o resto do Brasil, é certamente de quem não tem o mínimo conhecimento sobre economia.

    Mesmo que a Constituição permitisse tal separação, no outro dia todas as grandes empresas daqui do Sul mandariam suas fábricas para o Brasil. Praticamente toda a matéria prima que elas usam vem de outras regiões do país, e mesmo que seja importada de outros países, o Brasil teria influência econômica o suficiente para promover um embargo econômico a essa hipotética pátria sulista e ainda evitar que ela fosse aceita em blocos econômicos como o Mercosul ou firmasse acordos comerciais com outros países. Em resumo, um risco desnecessário para quem quer saber de produzir, faturar e lucrar.

    Se as lideranças do Congresso, que ajudaram a atual Presidente da República a ser eleita, jogam contra ela buscando benefícios partidários, e com isso prejudicam todo o país segurando, por exemplo, a aprovação do orçamento, não é necessário ser nenhum gênio para imaginar o jogo político que imporia a um país separatista.

    Proposta totalmente sem fundamentos essa aí, em poucos anos seríamos um país de economia agrícola, pois a única coisa que o Brasil não conseguiria tirar de nós seria a terra, sem a mínima importância no cenário político internacional, saco de pancadas toda vez que tentasse se aventurar no mercado. Querendo ou não, o Brasil hoje é um país com condições de duelar na OMC e garantir a nossa indústria uma concorrência justa, como os conflitos com o Canadá e os Estados Unidos tem demonstrado. Se o produtor de uma pátria minúscula, para que outro país não sobretaxasse seu produto na alfândega ou concedesse ao produto local concorrente subsídios, dependesse da influência desse seu país para ter mercado, estaria quebrado.

  • Alexandra diz: 12 de março de 2015

    Já começou errado, os votantes são a maioria do leste do estado, o oeste não pode opinar, eles não contam? querem mudar ou se favorecer? tem alguma coisa de muito errado nisso. Então vamos produzir os carnes e leite, mas nossa opinião é indiferente? Que maravilha de movimento
    meu voto é NÂO

  • Francisco diz: 12 de março de 2015

    O Brasil é um país de proporções continentais e por isso muito grande para ser governado, ainda mais por políticos corruptos e despreparados como os nossos, Sou totalmente a favor da criação de um novo país! Quanto a sobreviver sem SP é muita falta de conhecimento falar que o Brasil é sustentado por este estado!!

  • Rafael diz: 12 de março de 2015

    Tenho certeza que a curto prazo seríamos um país excelente e serviríamos de exemplo a outras regiões do Brasil. Catarinense com orgulho e sulista, chega de ser explorado!!!!!!!!!!!!

    O SUL É MEU PAÍS

  • Rodrigo diz: 12 de março de 2015

    Estou TOTALMENTE DE ACORDO !!!
    E TEMOS MAIS BONS INDÍCIOS DO QUE NEGATIVOS.
    Aqueles que são contra, são os que de alguma maneira “mamam na teta” dos 3 estados. Estamos cansados dessa política brasileira e injustiças !
    Chega de, juntamente com o Sudeste, o SUL sustentar o resto do país e ser tratado de maneira irracional e a margem dos demais estados. Eles que caminhem e deixem Brasília sugar deles !
    Nossa região é sempre punida com maiores impostos que os demais, porque aqui há desenvolvimento, trabalho, educação e segurança se comparado ao restante do país, além de uma INVEJÁVEL beleza natural e respeito a colonização !
    O segredo ? Aqui se trabalha, se estuda, se preserva !
    Chega de contaminarmos nossa região com “gente de fora” que só deixa nossa região pior, sendo sempre esta a última alternativa pra gente sem qualificação e com má índole na sua maioria das vezes.
    Não devemos NADA pro resto do país e temos sim AUTONOMIA E ATÉ BASE LEGAL para esta separação. Quem não gostar é simples: SE MUDE PRA OUTRA REGIÃO !!!
    Ficaremos sempre nesse subdsenvolvimento se juntos ao Brasil.
    MOVIMENTO SEPARATISTA JÁ ! O SUL LIVRE !
    NÃO VOU SUSTENTAR VAGABUNDO, SEJA ELE NO PODER OU QUE ESTEJA ALI NA ESQUINA NESSE PAÍS CHAMADO BRASIL !!!

  • Alexandre N. Freitas diz: 12 de março de 2015

    Uma vez apresentei um trabalho sobre a desintegração da URSS e, aproveitando algumas questões desse grande acontecimento geopolítico do séc. XX, sempre penso em algumas coisas quando surge o assunto da possibilidade do separatismo do Sul, como: o governo central (Brasília) permitiria uma hipótese dessas? Caso contrário, há instituições sólidas e com DEVERES CONSTITUCIONAIS de manutenção da integridade territorial do Brasil, como as Forças Armadas, o Judiciário, Polícias,… Como ficaria a situação de quem é aposentado pelo INSS (Brasília) ou está contribuindo há muitos anos para isso? Teríamos uma economia suficiente para bancarmos toda a máquina federal SULISTA, como aposentadorias, saúde, segurança, educação (em todos os níveis), defesa e reservas cambiais? Como seria a moeda (e seu câmbio)? E a infraestrutura: portos (temos dois poderosos, mas com muitos projetos federais em prática), aeroportos (Salgado Filho incapaz para grandes aeronaves) e geração de energia (um grande problema atual)? E onde seria a capital?? Estaríamos isentos de uma guerra civil pelo controle do poder, pois temos conflitos no campo (sem terra, índios, latifundiários) e nossas cidades tomadas pela violência urbana? Quem seriam os líderes políticos e quais partidos? Creio que essas questões, e muitas outras, devam ser pensadas e apresentadas para o amadurecimento de uma possibilidade, pois do contrário, não passa de mera utopia!

  • MARCOS diz: 12 de março de 2015

    nao guento mais ser roubado por essa corja!… o sul tem totais condicoes de ser um pais, nao precisamos do Brasil… quando brasil era colonia de portugal o povo pagava menos impostos… parece piada, mas nao eh!

  • SARA diz: 12 de março de 2015

    Desculpem os que não concordam, mas o país é grande demais e com muitas diferenças regionais para um só governo, ainda mais incompetente e corrupto. Esta claro aqui que quem é realmente do SUL apóia, os que são contra estão com medo da separaçao, pois com certeza estão no Norte e Nordeste, onde a maioria não trabalha e vive as custas do Sul e Sudeste. DESCULPEM tá, todos que conheço apoiam, O SUL Ë O MEU PAÏS com muito ORGULHO…

  • Mansfield diz: 12 de março de 2015

    Eu apoio. Assim são menos três estados para São Paulo sustentar. Sulistas, vocês tem todo apoio de nós Paulistas. FORÇA

  • Camila diz: 12 de março de 2015

    Vão se enxergar….tem coragem, ridículos!!!! se acham melhor que os outros! e olha que sou gaucha, não aceito essa palhaçada!

  • Jucemar da Luz diz: 12 de março de 2015

    Um povo de um determinado território tem direito de opinar. A discussão através de um plebiscito é possível e viável. Temos todas as condições territoriais, climáticas, econômicas, culturais e sociais para sermos um país com qualidade de vida superior ao que temos hoje, principalmente se a riqueza aqui gerada, for redirecionada para a região. Devemos sim discutir o assunto em âmbito regional (PR – SC – RS) só assim saberemos realmente as vantagens e desvantagens desta atuação. Por isso a proposta é mais do que válida, é urgente.

  • Mônica Pereira diz: 12 de março de 2015

    ótimo! Aqui nós somos superiores, inclusive temos a maioria dos políticos que aparecem na lista dos investigados pela “lava jato”. Que orgulho!

    Só que são eles que não sabem de nada, nem votar.

    No mais,para que ter em nosso país a maior cidade da América Latina?

  • mateus diz: 12 de março de 2015

    Dentro do mesmo movimento, existem pessoas que pensam em separação mesmo, mas também existe aqueles, que como eu, querem apenas uma autonomia maior dos estados. É totalmente errado os municípios e estados arrecadar e mandar a maior parte para a União. Eu penso que os municípios e estados deveriam ter autonomia para usar no mínimo 80% dos fundos arrecadados, creio que 20% do arrecadado no território nacional é mais que suficiente para os corruptos brincarem de fazer leis e embolsarem boa parte, e ainda daria para ajudar as regiões afetadas qualquer tipo de fatalidade e ainda os “menos favorecidos”.

  • Paulo Mannes diz: 12 de março de 2015

    Totalmente aprovado e neste dia 02/10/2016 irei até uma urna e depositarei meu VOTO pelo SIM.

    Nossa Constituição prevê também a Auto-Determinação dos Povos. Pelo que sei esse Movimento vem estudando a independência há mais de 20 anos. Já tem até jurisprudência nesse sentido e se for por meios democráticos e pacíficos é possível SIM a secessão dos estados ou regiões.

    O império Romano durou 1.000 anos, mas uma hora teve que abrir…

    Só espero que esta nova Nação do Sul da América Portuguesa adote o regime democrático e estado mínimo.

    Acredito também que este novo país, tão logo consiga a independência, estará entre os mais desenvolvidos do mundo.

  • Ricardo Fernando Sens diz: 12 de março de 2015

    É impressionante como tem gente que emite comentários sem o mínimo de conhecimento, principalmente esses “entendidos” em Direito Internacional e Direitos Humanos.
    O Movimento é legal, a causa é totalmente legal. O que não nos é permitido, é a elaboração de um PLEBISCITO OFICIAL, pelo menos por enquanto, até porque a Constituição é papel e isso pode ser alterado, mesmo sabendo que não nos darão esse gostinho, por isso mesmo, estamos trabalhando no Plebiscito Consultivo, nos mesmos moldes da Catalunha.
    O que se faz nesse momento, falando no juridiquês, é dar forma, dar vida ao SUJEITO DE DIREITO.
    Posterior á isso, o caminho será via ONU.
    Deixo abaixo nosso embasamento jurídico para que aprendam um pouquinho mais.
    E se quiserem conhecer mais sobre o assunto, fiquem antenados nas reuniões que continuarão acontecendo ao longo do ano.

    FUNDAMENTAÇÃO JURÍDICA:
    Fundamenta-se no Art. 4, item III, (Direito a autodeterminação dos povos), no Art. 5, itens IV, VII, XVI, XVII, XIX, XXI (Direito e liberdade de pensamento e direito de organização para expressar e divulgar o pensamento) da Constituição Federal e nas Resoluções das Nações Unidas especialmente na Resolução 1514 (XV).

    FUNDAMENTAÇÃO UNIVERSAL DO DIREITO À AUTODETERMINAÇÃO:
    Respalda-se na regra do milenar do Direito Natural de que os povos tem direito a sua autodeterminação, desde que a população emancipada expresse democraticamente sua vontade soberana. A Resolução 1514 (XV) da ONU é muito clara neste sentido quando diz que “Todos os povos têm o direito à livre determinação; em virtude deste direito, determinam livremente o seu estatuto político e orientam livremente o seu desenvolvimento econômico, social e cultural”. Regra considerada “divina”, existente desde os primórdios das democracias exercidas nas cidades/estados gregas e no antigo Senado Romano, onde afirmava-se que o direito à autodeterminação é uma lei natural, que não precisa ser escrita, e depois pelas modernas e crescentes doutrinas sociológicas, este princípio é acatado por todas as nações democráticas do Planeta, entre elas o Brasil, através do art. 4o. de sua Constituição. Países como os Estados Unidos, a Inglaterra e outros que possuem uma constituição com pouco mais de vinte artigos, reconhecem expressamente e dedicam capítulo especial a este preceito do direito natural. A ONU adotou o direito à autodeterminação como principio basilar, de onde deriva e sustenta-se sua existência.

  • Danielle diz: 12 de março de 2015

    Totalmente a favor
    O Sul há tempos demostra interesses e ideais diferentes do restante do país.

  • Jean diz: 12 de março de 2015

    TOTALMENTE APOIADO ESSA SEPARAÇÃO…

  • Franceli diz: 12 de março de 2015

    quem NÃO CONCORDA se mude, pois nós estamos pagando pelo erro do nordeste que elegeu essa corja
    ngm é obrigado a ficar aqui

  • Luiz Carlos Cunha de Almeida diz: 12 de março de 2015

    SEPARAÇÃO JÁ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Estou de saco cheio de brazileiros. Tchê, que povo burro! É um povo que não raciocina … isto dá dor de cabeça! Não analisa nada. Só acredita no que ouve no rádio ou vê na TV. Agora uma novela diz que dar o c# é bonito! E o brazileiro ACREDITOU!!!
    Entre muitos motivos eu não quero esta cultura para mim, para meus filhos e principalmente para minhas netas!!!

  • Alzemi Machado diz: 12 de março de 2015

    Aí separatistas:

    Aproveitem e anexem a Argentina. Ah, óbvio que a capital separatista será Porto Alegre e A RBS vai ser a TV Educativa. Tô torcendo que aconteça a separação , aí tenho motivos de sobra para ir morar no outro Brasil.

  • Mauro diz: 12 de março de 2015

    Que separar Beleza, só que pague os 10 bilhões de dívida primeiro uhauhahu

  • Fabrícia Schmidt diz: 12 de março de 2015

    Completamente a favor!
    Onde assino?

    O SUL é o meu PAÍS!

  • Alexandre Faria diz: 12 de março de 2015

    Olá ! Tem tanto intelectualzinho que se acha o bom, mas não sabe de nada, ou finge que não vê o que o governo tá fazendo com o país.
    O movimento de separação do Sul cresce a cada dia e será uma realidade em breve.
    Quem quiser continuar sustentando Brasília, os corruptos e os bandidos desse país, que continue.
    E viva a nação Sulista.

  • ailton Sergio Mora diz: 12 de março de 2015

    Caros Senhores, Dividir o Pais não resolverá nossos problemas, dividir o Brasil e entregarmos seculos de trabalho e dedicaçao de nossos antepassados, sulistas para fazer o Brasil que é hoje. O que precisamos e ir as Ruas protestar exigir dos mandatarios eleitos por nós que sejam honestos e façam o que deve ser feito que é servir o cidadão.Ha muito fico estarrecido quando ouço pessoas reclamando dos mandatarios, mas quando sao convocados para uma manifestaçao, preferem ficar em algum boteco enchendo a cara, este mesmo cidadão reclama de tudo mas vende o voto. Então amigos o que precisamos e maturidade, politica, exercer nossos direitos ir as ruas manifestar. Os Estados unidos tem extensão territorial maior que o Brasil, e porque tudo funciona la? Porque tem Educaçao cultura. Enquanto tivermos um governo incentivando o sujeito cmprar carro e as escolas caindo as pedaços, nada vai mudar, e quem incentiva estas açoes dos governos? O eleitor, ele prefere ser analfabeto, mas andando de carro……

  • sander diz: 12 de março de 2015

    SIM! o Sul é meu páis…. chega de sustentar um páis corrupto e ser mos humilhados com absurdos e ainda pagamos pelo roubo deles e pelo povo brasileiro sem intrussao nenhuma q vota por um par de sapatos por um saco de farinha… SIM o sul é o meu pais.

  • William diz: 12 de março de 2015

    Deveríamos estudar muito bem o caso antes de criar uma opinião, pois dependem de muitos fatores. Hoje sim, o sul é uma região pouco priorizada, cada um pode comprovar isto olhando a arrecadação de impostos e distribuição, já que arrecadamos muito e não recebemos de volta meros 30% do que é arrecadado. Uma solução seria estipular um PL que garantisse no mínimo 50% do que é arrecadado, deve ser investido dentro do estado onde é arrecadado.

    Outra coisa referente ao movimento ser inconstitucional. Tem tanta coisa que é inconstitucional neste país e mesmo assim o fazem, que eu me pergunto para que serve uma constituição, senão para ser levada A SÉRIO? (O que não é o que está acontecendo atualmente no Brasil) Pois bem, quando se tem algo inconstitucional o que o governo faz? vai lá e cria uma medida provisória, alterando alguma lei, e pronto a mágica está feita e o cambalacho agora é constitucional.

    PS: Vejam o lado bom de separar o sul, pelo menos vamos ser estrangeiros, e a gasolina vai voltar a ser vendida mais barata kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk (isso é ironia pra quem não entender ok?)

    Agora vamos para o verdadeiro Slogan do Governo: BRASIL UM PAIS DE TOLOS.

  • Darlei diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente a favor. Não é nem questão de sustentar os outros estados, o problema é sustentar a corrupção que está cada vez maior. E viver sem SP? Acho que será o contrário, SP é que terá que viver sem o Sul. E não é questão de separar as famílias, não haverá um muro no norte do Paraná como havia em Berlin. Separar o Sul é muito melhor do que criar mais estados por aqui para ter mais representatividade no Senado, que é o que querem fazer no norte.

  • ADRIANA TORMENA diz: 12 de março de 2015

    O SUL É MEU PAÍS…… ESTAMOS NESSA…..

  • Arthur Cordeiro diz: 12 de março de 2015

    EU APOIO!
    Chega de sustentar politico vagabundo e povo preguiçoso que esta tao acomodado com tantas bolsas que nem quer saber de trabalhar e estudar!
    O sul arrecada muito menos do que produz e ainda assim eh uma potencia no Brasil, se arrecadassemos tudo, seriamos um pais de primeiro mundo!
    Eu sou Sulista!

  • Daniele diz: 12 de março de 2015

    Eu apoio sem duvida nenhuma a separação do sul. Poderia enumerar aqui vários motivos, mas não serei repetitiva porque aqui nos comentários já foram citados muitos. Plebiscito já! O Sul é o meu país!

  • jade Mariano diz: 12 de março de 2015

    O Sul é o Meu Pais. Ontem Hoje e Sempre!!!
    Não nascemos para ser lacaios dos Canalhas de Brasília.
    SEPARATISMO JÁ.

  • Elaine Silva diz: 12 de março de 2015

    Penso que a separação do sul seria ótima, e acredito que incluir São Paulo na separação será melhor ainda, seremos uma potência!!!

  • Débora Reis diz: 12 de março de 2015

    Separação já!!!! E para quem ainda não entendeu, é só escutar os discursos da nossa presidenta. Pagamos por falta de recursos dos outros estados. Somos sim, auto sustentáveis!!! Apoio totalmente.

  • Dega diz: 12 de março de 2015

    Aos entorpecidos e nus (pois já levaram até as cuecas sem terem percebido): VOTEM NÃO e pronto. Podem voltar para retirar o resto do escalpo e do couro. Perpetuem a esfolação e condenem os seus filhos à servidão maquiada.

    SUL LIVRE!!!!!!!!!!!!
    Depois será hora de arrumar a casa, colocando gente decente no poder, pois aqui no sul, infelizmente, também tem um monte de sanguessuga.

  • anonymous diz: 12 de março de 2015

    Penso que seria bom para um lado, porém se acontecer teríamos bons vizinhos???
    Em anos o Brasil se transformaria em uma Venezuela e o Sul um País que levaria algum tempo para se estruturar politicamente e economicamente….

    Penso que o mais sensato seria arrumar tudo.

  • Marcos diz: 12 de março de 2015

    Dizer que é inconstitucional, em relação ao Brasil, não vale muita coisa… Alguém já leu o artigo 5º? Tudo que é constitucional é cumprido?
    Um pequeno exemplo é o inciso XI do artigo 5º:
    XI – a casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para prestar socorro, ou, durante o dia, por determinação judicial;
    Avisaram os “amigos do alheio” (vulgo ladrões) disso? Pois é INCONSTITUCIONAL mas acontece TODOS OS DIAS!!!!

    Não tenho nada contra nordestinos ou nortistas. Quando fui para lá sempre fui muito bem recebido. Mas é uma questão de valores, princípios, identidade! (Na verdade acharia ótimo dividir o país e colocar os de direita em uma metade e os de esquerda em outra e aí ver qual país funciona melhor, mas isso é outro papo…) Não me identifico com micareta ou bumba meu boi e muito menos com o carnaval da Bahia, Rio ou São Paulo. Simples assim!

    Gostaria, sim, desta configuração de SUL como um país. O povo é soberano. Se o povo decidir, que assim seja.

  • Otavio diz: 12 de março de 2015

    Sou Contra!!! O Sul sem os demais estados da federação não é nada!!! O desenvolvimento econômico da nossa região só ocorre graças aos recursos naturais abundantes que são trazidos para cá em especial das regiões Norte e Centro-oeste… Caso fosse outro pais teria de fazer importação… E para vender teria de Exportar… O que tem de ser visto e buscado é uma maior independência dos Estados sobre tudo na reforma tributaria… Onde o maior parte que se arrecada em cada estado fique neste estado para beneficiar a sua população…

  • Sergio Lucio Farias diz: 12 de março de 2015

    Quando a discussão é assim tão antiga, digo isto vem lá dos anos 1830 e alguma coisa… MAIS CEDO OU MAIS TARDE ISSO SE FARÁ ACONTECER! Não será eu ou você que impedirá. Quanto ao fator “constitucional ou não constitucional”, dentro ou fora das LEIS DO BRASIL COMO NAÇÃO… EU RESPONDERIA… SENHORES…rsrsrs ACASO VÓS NÃO SABEIS DOS DIREITOS INTERNACIONAIS??? Qualquer povo tem o direito à emancipação DE ACORDO COM A ONU… (e que o Brasil assina em baixo…) E sem preconceito, pois TENHO AMIGOS NORDESTINOS E PAULISTAS… MAS “O SUL É MEU PAÍS” Abraço amigos!

  • waltencir josé da silva diz: 12 de março de 2015

    a única opção de nós do sul se salvar de um país falido chamado brasil é esse, a separação, pois o brasil definitivamente é um país que não deu certo e não tem jeito, estamos pagando pelos erros do pessoal la de cima, que não se prepararam para uma estiagem e agora quem paga luz e água cara é o pessoal do sul, que tem seus reservatórios em dia, estamos pagando pelo povo do norte e nordeste que não sabe votar e acabou deixando a quadrilha petista mais 4 anos no poder, separação é a única maneira de fazer o povo do sul parar de sofrer com um país chamado brasil que tem um sistema falido, até o futebol brasileiro faliu, separação já.

  • Michel Cardoso diz: 12 de março de 2015

    O Rio grande é meu país!

  • Gilberto Dorneles da Rocha diz: 12 de março de 2015

    Quem quer deixar de ser parte do brasil tem esse direito.
    E quem quer continuar também, é só sair do Sul e ir pro Brasil.

  • José Augusto diz: 12 de março de 2015

    Eu consegui ler aproximadamente 1/3 das opiniões e desconheço a quantidade de comentários que outras reportagens recebe, mas depois de ver a quantidade de pessoas interessadas no assunto acho que merecíamos no mínimo abrir o debate organizado em algum lugar ou meio onde as pessoas realmente interessadas pudessem se olhar e demonstrar seus argumentos. Depois disso e de verificadas as quantidades mínimas de interessados (democracia) tomadas as providências necessárias .

  • Rodrigo Deganello diz: 12 de março de 2015

    Se não tivermos uma reforma política seria feita por pessoas especialistas e não políticos neste Brasil, sou a favor da separação, não podemos mais sustentar este governo com politica corrupta e eleitoreira pelo assistencialismo. Quatro leis q poderiam mudar o Brasil: 1-Corrupção seja crime hediondo sem direito a fiança e tratado na Justiça Comum sem foro privilegiado, 2-CPF eletrônico para todos, 3- Para ser político ter no mínimo ensino médio em gestão pública e 4-Retirada de todos os benefícios dos politicos tais como auxílio moradia, auxilio terno, cargos comissionados, aposentadoria por mandato, foro privilegiado, aumento de salário votado por eles mesmos, etc

  • Ricardo Fernando Sens diz: 12 de março de 2015

    Luiz Cláudio Altenburg vou tentar responder ás suas perguntas (EM CAIXA ALTA)

    São tantos motivos para não separar o sul do Brasil.
    1) É inconstitucional. Somos a República Federativa do Brasil. Sugiro os integrantes do movimento estudarem um pouco de direito constitucional;
    R:DÁ UMA LIDINHA NO ART 4º DA CF/88 E NA RESOLUÇÃO 1514 (XV) DA ONU;

    2) Não irá resolver o problema da corrupção, desvios de dinheiro, péssimo uso dos recursos, pois na região sul também temos corrupção, desvios de dinheiro e péssimo uso de recursos;
    R: VAI RESOLVER SIM, NOS MOLDES EM QUE O NOVO PAÍS SERÁ ORGANIZADO, JUNTAMENTE COM UM JUDICIÁRIO, REALMENTE, EFICIENTE E EFICAZ. QUER SABER SOBRE ESSA QUESTÃO? SINTA-SE CONVIDADO A PARTICIPAR DE ALGUMA REUNIÃO, CERTAMENTE NA SUA CIDADE OU REDONDEZA TEM UM GRUPO;

    3) As bases do exército, bases aéreas e navais, sediadas nos três estados do sul, ficarão no lado de quem? Hein? Do Brasil é claro!
    R: QUEM LHE GARANTE QUE FICARÃO AO LADO DO BRASIL? ELES CONTINUARÃO PERTENCENDO AO TERRITÓRIO QUE SE ENCONTRAM HOJE, OU SEJA, NAS TERRAS DO SUL;

    4) Falam que o sul é independente e que gera muitas riquezas. Pois bem, as matérias-primas das principais indústrias do sul vem apenas do sul? Não vem de outras partes do Brasil? Jamais seríamos independentes.
    R: COM A RIQUEZA AQUI PRODUZIDA, TEMOS CAPACIDADE DE BUSCAR ESSES SUBSÍDIOS EM OUTROS PAÍSES.
    LEMBRAMOS QUE NO NOSSO NOVO PAÍS, HAVERÁ IMPOSTO ÚNICO E NÃO ESSA FARRA QUE TEM NO BRASIL;

    5) Qual seria a capital do sul? Nova briga.
    R: LAGES – SC, POR SER BEM CENTRALIZADO PERANTE A REGIÃO. AS 3 CAPITAIS EXISTENTES HOJE, CONTINUARÃO SERVINDO DE REFERÊNCIAS ADMINISTRATIVAS;

    6) Vocês acham que o Brasil irá perder Itaipu? As fronteiras com a Argentina e o Uruguai?
    R: A ITAIPÚ PERTENCE AO TERRITÓRIO DO PR, LOGO, CONTINUARÁ SENDO DO SUL.
    O QUE TEM AS FRONTEIRAS COM ARGENTINA E URUGUAI? ESSES SERÃO DOIS PAÍSES PARCEIROS COMERCIAIS;

    7) Para mudar o nosso país, precisamos de pessoas éticas na política, a moralização precisa passar em todos os setores da sociedade. Não é separando o sul que irá resolver isso.
    R: NO SISTEMA QUE SERÁ IMPLANTADO, VOCÊ PODE TER CERTEZA DE QUE CHEGAREMOS BEM PRÓXIMO DISSO. POR FALAR EM SISTEMA, ESTE SERÁ PARLAMENTARISMO PURO;

    8) No sul existe trabalho infantil, favelas, prostituição, corrupção, muitas mazelas. O sul não é perfeito como pensam.
    R: DE FATO, O SUL TEM SUAS MAZELAS, PORÉM, A MAIORIA DELAS, FRUTO DA CORRUPÇÃO E DO DESCASO COM QUE OS GOVERNANTES BRASILEIROS TRATAM O POVO.
    VOCÊ PODE TER CERTEZA DE QUE AS PESSOAS DAQUI, QUEREM E NOS APOIAM NAS MUDANÇAS;

    9) Só mais um lembrete: é inconstitucional!
    R: DE FATO A CONSTITUIÇÃO NÃO NOS PERMITE, AINDA. MAS VAMOS POR OUTRAS VIAS. VIAS INTERNACIONAIS E QUE O BRASIL, DEVE RESPEITAR AS DECISÕES POR SER MEMBRO DA ONU E PAÍS SIGNATÁRIO DE CERTOS TRATADOS;

    10) Liberdade de expressão é uma coisa, vocês podem falar à vontade sobre isso. Se vai acontecer, são outros quinhentos! E com certeza não acontecerá sem uma guerra.
    R: NÃO PRECISAREMOS PEGAR EM ARMAS PARA OBTER SUCESSO. O QUE TEMOS SÃO FORTES ARGUMENTOS E INÚMEROS FATORES QUE NOS FARÃO OBTER SUCESSO.

    11) O Brasil é o meu país!
    R: O SUL É MEU (NOSSO) PAÍS.

    AHHHH E NO FUTEBOL, SE PREPARE PARA OUTRA SURRA DE 7 X 0.

  • Zé Germano ( O Analista de Cacupé ) diz: 12 de março de 2015

    Manda essa raça lá para a clínica marcar terapia comigo. Semana que vem não tem agenda porque vou para a Alemanha, faço parte de um grupo de psicanálise da Escola de Frankfurt. É!… Lá para aquelas bandas onde vai, no dia 15 deste março, o governador de Santa Catarina, não sabemos o que fazer, Colombo. Os outros dois também viajam tanto assim ? Não sei, quem souber que responda.
    Pode ser semanal ou mensal mas o programa de terapia é de 15 seções.
    Não atendo convênio nenhum nem SCsaúde. Tem que ser dinheiro vivo. Nem cheque pré-datado, nem cartão de crédito. Só de débito.
    Pode agendar com a secretária. Não tenho assessores nem assessoras. Mas ela é simpática, bonita e bem jovem.
    O preço da consulta é de R$ 580,00. Não aceito moedas estrangeiras. Nem dólar nem Euro.

  • Amilton Freiner diz: 12 de março de 2015

    Demorou. Aonde é que eu assino?

  • Lucimari Furtado diz: 12 de março de 2015

    Eu concordo com a separação do SUL do restante do Brasil. Só pena que aqui na minha cidade que é MAFRA-SC , não vou poder dar minha opinião em voto….

  • marcelo aquiles diz: 12 de março de 2015

    Olha eu acho uma boa ideia, por que os três estados juntos são fortes e autor suficientes, um exemplo bem claro é o da agua e da energia elétrica, energia elétrica não falta, agua não falta, ai vem pessoas criticar uma ideia tao boa dessas… Se isso fosse realmente loucura a Escócia não teria feito um peblicito recentemente, coloco aqui o meu total apoio!

  • Gumpa diz: 12 de março de 2015

    Se quiserem ficar com a região sul do Paraná, tudo bem. Ninguém ligará. Mas se tentarem incluir a região norte, daí sim terão uma briga.

  • claudeonir diz: 12 de março de 2015

    Acho uma boa ideia mas temos que ver a indrone das pessoas que estão por traz desse movimento para depois não perdermos nossas riquezas,fale apena lembrar que não teremos o apoio do resto do país contra uma invasão da Argentina já que eles se diziam que o RS pertencia a eles e dai oque faremos entregar ou lutar,pensem bem.

  • Danilo cardoso diz: 12 de março de 2015

    Tem que separar!!!! Nós (o sul) somos uma nação que carrega nas costas uma coisa que ja foi uma nação…

  • Déia diz: 12 de março de 2015

    A Separação vai nos trazer melhorias? Menos impostos, energia elétrica mais barata, gasolina com preço justo, melhor educação, saúde, e mais punição para criminosos?

    Se isso tudo mudar eu voto SIM, caso contrário não adianta discutirrmos ou nos iludirmos com esta história.

  • Virsolla diz: 12 de março de 2015

    totalmente a favor. isso é a vida tomando seu rumo!! ou vcs acham que novos países brotam de ilhas??? em 1990 o planeta tinha 150 países e agora são mais de 200.
    se o Uruguai se auto sustenta que é do tamanho de um ovo, quanto mais o sul!!

  • José M Souza junior diz: 12 de março de 2015

    Deletaram meu ultimo post. Acho que se não aceitam opniões contraditórias não merecem meu respeito nem meu apoio. ^^.. Relaxa que aqui vcs podem excluir. mas tem outro lugar que A sua ditadura pessoal não pode e vão ficar sabendo ^^.

  • Irmgard Rupp diz: 12 de março de 2015

    O SUL sobrevive sem S.Paulo, com certeza… Aqui nós temos muito e, temos muito a oferecer aos nossos, cultura, educação, um povo que sabe cuidar da terra e colher o que cultivou, também temos princípios!

  • Anderson diz: 12 de março de 2015

    Nossa região sempre lutou pela autodeterminação, a história não me deixa mentir. Hoje, este desejo ainda continua, e posso explicar as causas: No ano de 2013, o Sul arrecadou 166 bilhões de impostos, sendo que retornou cerca de 33 bilhões. Imagina quantos investimentos deixaram de serem feitos aqui por conta de uma coisa que se chama “pacto federativo”? Alguns afirmam: O que seria do Sul sem São Paulo? Bom, somos mais do que autossuficientes, meu amigo.
    Algumas decisões a nível federal não correspondem com as reais demandas, exemplo: A COPEL (empresa que produz e distribui energia no Paraná) foi contra este aumento abusivo nas tarifas de energia, mas nada pôde fazer pois a decisão é federal.
    Não nos identificamos com a imagem que o Brasil passa para o exterior, como o pais do samba e carnaval, que não se preocupa em trabalhar (essa é a realidade).
    Eu tenho visto alguns comentários que supõe que nós somos preconceituosos, nazistas e etc, o que não condiz com a realidade. Quando conseguirmos separar nossa nação, não vamos expulsar e/ou matar negros e judeus por exemplo, independente de religião, etnia e condição social serão recebidos de braços abertos.
    Brasília não nos representa, esta corrupção desenfreada não nos representa, nenhum dos atuais partidos políticos não nos representa. Não temos problemas com os demais povos, tais como os nordestinos ( que a maioria imagina que temos ódio deles).
    O movimento não surgiu depois da última eleição presidencial, pois o movimento já está com 22 anos (inclusive mais velho que eu).
    Portanto, espero que alguns que sejam contra não venham utilizar de argumentos infundados (que tentam desmoralizar a causa) supondo que nós somos preconceituosos, afinal são estes mesmos que estão sendo!

  • Márcio rodrigo abreu diz: 12 de março de 2015

    O povo deve estar louco os maiores beneficiarios do esquema lava jato são daqui, os pólos são daqui e sem falar que as grandes empresas vão continuar neste dois estados falidos RS e PR, quem vai ajudar floripa e Parana quando houver enchentes que todos os anos assombram aquele povo? Deve ser piada!

  • Marciano Martins diz: 12 de março de 2015

    O Brasil é um pais continental e possui diferenças culturais, estruturais , sociais e extremamente significativas , talvez isso seja um dos fatores que dificulte uma gestão de qualidade! Acredito que o desmembramento seria mais produtivo para todos , Além de melhorar da pressão da sociedade sob os gestores público ,por uma administração mais profissional e honesta.

  • Antonio Vivian diz: 12 de março de 2015

    Poderia ser um país desenvolvido, sem corrupção e com melhores condições de oferecer serviços de saúde, de educação, de segurança pública, de infraestrutura, de saneamento, etc. O SUL É MEU PAÍS.

  • Joneson diz: 12 de março de 2015

    O SUL É MEU PAÍS!!!!!!
    Aos leitores que não conhecem a proposta, leiam a Carta de Princípios do movimento (link a baixo) e passem a acompanhar o movimento nas redes sociais:
    http://meusul.net.br/principios/
    SUL LIVRE JÁ

  • Joaquim Antonio diz: 12 de março de 2015

    Ha algum tempo vejo falar deste movimento,sou paulista e vejo em boa hora retornar esta ideia em realidade,mas com a inclusão de Sp ai ficaria um pais forte, neste momernto o propio governo está fazendo esta separação, jogando o pobre contra o rico, o preto contra os brancos.os heteros contra os gay,os trabalhadores contra os patroes, e os nordestinos contra os sulistas então acho que chegou a hora desta separação tornar-se realidade antes de todo pais tornar-se uma Argentina, Depois Uma Venezuela, e Tornar-se uma Cuba, sou a favor

  • Roberto diz: 12 de março de 2015

    Total Apoio!

  • valde pakuszewski diz: 12 de março de 2015

    Certamente nos seremos uma naçao de primeiro mundo ,Imaginem o nosso dinheiro sendo administrado dentro de cada cidade sem essa cambada de chupas sangues Deputados Senadores. Prefeitos e veriadores sugando .como a nossa qualidade de vida seria melhor ,Antes de criticar vamos procurar informaçoes sobreo asunto. Existe pagina www o sul e meu pais .estuden sobre o asunto depois critiquem

  • Shiterson diz: 12 de março de 2015

    Alguém realmente acredita que um estado social-democrata, multicultural e fisicamente vasto, com mais de 200 milhões de pessoas, com interesses econômicos, sociais e culturais bastante diversos, pode realmente ser gerenciado para sempre por burocratas localizados em uma cidade isolada, sem que isso gere conflitos sociais e disputas econômicas?

    Alguém realmente acredita que podemos nos unir sob um estado que faz de tudo para nos dividir? A retórica é sempre a de ricos contra pobres, brancos contra negros, homens contra mulheres, conservadores contra progressistas, cristãos contra agnósticos, gays contra tradicionalistas, pagadores de impostos contra beneficiados por impostos, sul e sudeste contra nordeste, e políticos corruptos contra todos?

    Sem mais para o momento, subscrevo-me.

  • JOÃO SILVESTRE diz: 12 de março de 2015

    AOS RADICAIZINHOS SEPARATISTAS, QUE NOS MANDAM IR EMBORA DO SUL, A QUESTÃO É O CONTRÁRIO… DEIXEM VOCÊS O SUL E VÃO PRA ONDE QUISER… ARGENTINA, URUGUAI, ETC… COMO SE SEPARAR RESOLVESSE TODOS OS NOSSOS PROBLEMAS… UM PUNHADO DE METIDOS A INTELECTUAIS SE ACHANDO AGORA, IMAGINEM DEPOIS… CADÊ AS OUTRAS REGIÕES DE SC? VÃO PLANTAR BATATAS! PRESTEM ATENÇÃO: O BRASIL NUNCA IRÁ SE SEPARAR… GOSTEM VOCÊS OU NÃO. CUIDADO PRA NÃO SE JUNTAREM AOS TERRORISTAS… OBS> RESPEITO OPINIÃO CONTRÁRIA SIM, MAS AS DE DESAFORADOS… NÃO!

  • Rodrigo diz: 12 de março de 2015

    Assino e voto “Sim, por favor” aonde?

  • Eliane Schmatz diz: 12 de março de 2015

    Já deveria ter feito isso a muito tempo, estão brincando com o sul do país.Vergonha mesmo, os estados que mais arrecadam e os que menos recebem.O sul é meu país.

  • Dalton diz: 12 de março de 2015

    A ideia é boa desde que pessoas Honestas governem a nova Republica.

  • Claudio diz: 12 de março de 2015

    Apoio total!!! Aliás, já demorou para sair este plebiscito! Como diz a música do Engenheiros do Hawaii:
    “Nós falamos outra língua
    Moramos em outro país”

  • Brenno diz: 12 de março de 2015

    Incostitucionall ??? ENTÃO OS QUE TÃO DEFECANDO AE

    Os espertão entendidos ( esse tá de Henrique Gualberto Bruggemann Prncipalmente , Vai ler leis de verdade .. ÚNICA acima da constituição Brasileira
    As Leis regras da ONU
    Sp vai separa do Brasil e o Sul Também
    chega de ser escravos
    aliás é tão incostitucional que é registrado com uma Entidade Social, como muitos ae (Bem umas nem Isso é .. nem Empresa é .. né MST )

    Se fosse incostituçional nem seria registrada
    sim O Sul é meu país tem CNPJ
    A o Sul vive sem Sp sim .. a muito tempo .. mas Sp não vive sem o Sul …
    já imagino se cortar tudo que eles dependem de compra do sul ,incluindo a LUZ
    Mas Sp e irmão do PR Sc e RS na campanha por evolução de um país livre

  • Emerson diz: 12 de março de 2015

    Totalmente a FAVOR!

    Na hora em que se fala, ou se houve falar deste movimento de SEPARAÇÃO, os contrários a ele, “Autoridades Políticas” lembram em primeira mão que existe a constituição, a qual põe certas “barreiras”.

    A nossa constituição perdeu sua integridade a muito tempo, hoje ela protege CORRUPTOS, permite, e facilita atividades inescrupulosas, criminosas, e da inúmeras brechas para IMPUNIDADE, principalmente a “Autoridades Políticas” de má Índole.

    Separando os estados do SUL, re-escrevendo / adaptando uma constituição para estes estados, e consequentemente havendo uma fiscalização “ATIVA” nesses quesitos, é uma ideia muito INTERESSANTE, e tem tudo para que possa ser realizada, isto aconteceu com vários países, o BRASIL não seria o primeiro.

    Sem contar que unindo os ESTADOS do SUL do BRASIL, tudo seria mais fácil de organizar, fiscalizar, e principalmente realizar, no que tange também ao retorno ao POVO, o que é do POVO, (Saúde, infra-estruturas gerais) que nós pagamos e não temos.

  • Fabio diz: 12 de março de 2015

    1) os políticos que fazem bobagem em Brasília são de todo o Brasil, inclusive do Sul, inclusive os 6 do PP/RS que foram indiciados no inquérito do Petrolão. Com a separação eles todos retornarão ao novo país de vocês;
    2) Dilma ganhou no RS. Sim, lá o PT foi maioria nas últimas eleições. Se forem se separar, é bom expulsar todos esses gaúchos, ou então deixem o RS de fora do novo país;
    3) vamos trabalhar que a gente ganha mais.

  • Joao Ricardo diz: 12 de março de 2015

    Sou muito a fovor, chega de sustentar o Brasil e nao receber nada de volta
    O SUL E MEU PAIS, qto a sobreviver sem Sao Paulo vc ta de Brincadeira
    somos auto suficiente em tudo.

  • Já temos uma prévia diz: 12 de março de 2015

    Me dei o trabalho de fazer uma contagem.
    Levando-se em consideração os comentarios com amostragem temos:
    A favor = 71%
    Contra = 29%

    Insconstitucional ou não, viável ou não… ….é estatística pura.

  • Adilson diz: 12 de março de 2015

    Acredito que não chegarei a ver o sul separado, pois é algo a ser muito discutido e definido com muita responsabilidade, porem sei que temos nesta região pessoas com potencial para tratar deste polemico assunto . Mas sonho em que isto aconteça. Como já morei em um pais muito menor em proporções geográficas que o Brasil, acompanhei a facilidade que seu povo (digamos, bem de pertinho) tem em fiscalizar as tomadas de decisões de seus governantes, na maioria acertadas pois não tinham o problema que este gigante tem no congresso e senado com as indiferenças culturais, pois representantes de uma determinada região pensam assim e de outra assado, sempre criando conflitos e definições mesmo somente acordos em benefício de sua região ou próprio.

  • Haroldo Lampert Schmitt diz: 12 de março de 2015

    Meus amigos! acredito que chega de EXPLORAÇÃO, o Sul ou seja os três Estados juntos formaremos um Pais de primeiro Mundo logico que algumas pessoas interessadas não acham conveniente como dizia o saudoso ex. Governador Brizola há INTERESES,então meus amigos VIVA O SUL LIVRE, e NAZISMO isto já era só PESIMISTAS pensam assim ou iteressados em que o SUL não seja livre. Abraços a todos.

  • Luís diz: 12 de março de 2015

    O Brasil não tem mais jeito, enquanto formos presos à brasília seremos reféns da corrupção e da incompetência. E falo isso em nome de todos os brasileiros, não só do Sul. Portanto o caminho é cada região se desligar o mais rápido possível desse Estado gigante, centralizador, burocrático, corrupto e incompetente. Queremos a descentralização do poder, queremos a diminuição do Estado, queremos autonomia para nossos estados e municípios, queremos ver aonde estão indo nosso impostos. Nada disso será possível enquanto formos reféns desse país e dessa constituiçãozinha estatizante.

  • Heinrich diz: 12 de março de 2015

    O sul é meu pais!
    Com certeza esses do contra não são do sul… Fora forasteiros.

  • Marcio diz: 12 de março de 2015

    Eu vou além, apoio a separação de Santa Catarina do resto do país em primeiro lugar, mas a separação do sul também é uma boa idéia.

  • José Braz da Silveira diz: 12 de março de 2015

    Sou a favor, mas sugiro que o movimento altere o foco. Ao inves de falar em “separatismo” vamos dizer “Independência do Brasil do Sul”.

    Tenho um artigo sobre isto. Posso enviar?

    A quem devo encaminhar?

    Aguardo retorno.

  • Sidnei diz: 12 de março de 2015

    Concordo, pois sera bem mais fácil de controlar um pais que já temos uma cultura um pouco diferenciada, não que em outros não haja uma grande fatia,mais vivem diferente.Com um pais pequeno podemos pegar com mais facilidades os bandidos, corruptos,gerenciar os políticos mais de perto,que ai pode ser que tenhamos melhores colégios,para uma boa educação,saúde que esta faltando em todo o país,saneamento muito a ser feito,claro que juntos seria ótimo,mais esta difícil ,precisamos tentar mudar não mandar para Brasilia o dinheiro para depois voltar uma merreca para nosso estado que tanto ajuda esta nação.

  • Juliano diz: 12 de março de 2015

    Não seria mais viável e correto lutar pela autonômia – principalmente financeira – de cada unidade da federação?

  • Separatismo Jamais diz: 12 de março de 2015

    Separatismo?Jamais, Brasil verde e amarelo com suas 27 unidades indissolúvel soberana. Separatismo modinha que só ganha notoriedade na internet, vão a merda bando de descendentes de fugitivos da segunda guerra, o território é nosso, logo a logo a PF vai intervir nessa merda que vocês estão fazendo.

  • Denise Araujo diz: 12 de março de 2015

    Esse povo tá embruxado , só pode . Oremos :

    “Treze raio tem o sóli, treze raio tem a lua,
    Sarta diabo pró inferno questa alma não é tua.
    Tosca marosca, rabo de rosca,
    Vassoura na tua mão,
    relho na tua bunda e aguilhão nos teus pés.
    Pôr riba do silvado e pôr baixo do tehiado!
    São Pedro, São Paulo e São Fontista
    Por riba da casa, São João Batista.
    Bruxa tatara-bruxa,
    Tu não me entre nesta casa nem nesta comarca toda.
    Pôr todos os santos dos santos. Amém!”.

  • paulo diz: 12 de março de 2015

    Antigamente já houve um movimento assim,era capitaneado pelo RS e PR e só não foi adiante quando os militares frearam o processo e deram um fim ao apelo.mas sou favoravel agora como fui no passado,pois a roubalheira é muito grande e o estado tambem

  • Nestor Roussenq Junior diz: 12 de março de 2015

    eu aprovo a separação do SUL vejam a europa com seus pequenos países funcionam muito bem aqui também daria certo quanto a sobrevivermos sozinhos como diz alguns comentários seria normal pois teríamos o poder de compras dos outros países com nosso trabalho e respeito que nós do sul temos. Quanto a legalidade teríamos que criar por meios
    da leis internacionais.

  • Tiago Mateus Melchiades Fernandes diz: 12 de março de 2015

    Absolutamente a favor da separação! Votarei SIM em prol da realização desses eventos.
    VIVA O SUL LIVRE.

  • Carolina Albano diz: 12 de março de 2015

    Conheço o movimento há algum tempo e sei que ele expressa um sentimento de muitos, se não a maioria dos sulistas. Atualmente a independência dos estados é inconstitucional, mas a constituicao não é estática, ela se molda historicamente conforme a vontade do povo. É hora de pensarmos, discutirmos este assunto com seriedade. Quem conhece os princípios deste movimento sabe que não tem nenhum traço fascista, nazista e muito menos racista. Queremos uma pátria proba, que tenhamos orgulho de viver. Podemos fazer história. Grandes mudanças começam com grandes sonhos.

  • Marcus diz: 12 de março de 2015

    Devido ao pouquíssimo repasse de verbas para os estados, sou a favor.
    O Sul pode não ser auto suficiente em tudo, mas com agricultura forte e hidroelétrica e usinas eólicas de grande proporção, da pra negociar energia em troca do que falta.
    Além de dois portos excelentes: Rio Grande e Itajaí.

  • Carlos diz: 12 de março de 2015

    Acho a ideia excelente!

  • Egard Charles diz: 12 de março de 2015

    É no mínimo frustrante ver maioria dos comentários aqui criticando o movimento.
    Chamam os organizadores de “preconceituosos”, “nazistas” e “ignorantes”, bem, ignorante é aquele que não tem conhecimento e fica óbvio que estes que criticam o movimento não tem a menor idéia do que se trata. Sugiro ler mais e se informar antes de criticar.

    Disseram que o movimento é “ridículo”, pois bem, para aqueles que acham “ridículo” tentar proporcionar um bem-estar social melhor para quem faz parte de sua comunidade peço que reconsiderem seus conceitos ou procurem ajuda psiquiátrica.

    Seria muito mais fácil administrar e cobrar resultados de governantes se tivessemos um país de menor extensão territorial. Porém imagino que estes que criticam o movimento vivem muito bem no momento e estão de acordo com a situação atual desse país. Acho que separar o Sul é uma ótima idéia!

  • SULISTA OESTINO diz: 12 de março de 2015

    BOM MESMO deve ser continuar com essa merda, para os idiotas e energumenos, saibam o que esse movimento quer. Que é a descentralização de brasilia, criação de uma nova republica pelos 3 estados, onde o que cada um arecada fica com sí, para investir para si mesmo. Quer meritocracia melhor que essa? Só otario nao aceita, para para pensar o governo so repassa devolta 20% do que SC arrecada.. com certeza esse numero triplicaria no minimo. Isso significa, BOAS ESTRADAS, BOAS CRESHES, BOM FUNCIONALISMO PUBLICO, BONS DENTISTAS, BONS MEDICOS. Melhor remuneração para Professores e outros. Voces so sabem falar merda sem conhecer o propósito do movimento. Eu quero, eu sou o SUL É MEU PAÍS. Chega de impunidade e heroi terrorista metendo a mao no meu dinheiro.

  • Roberto diz: 12 de março de 2015

    TCHÊ!
    JÁ DEMOROU PARA SEPARAR DO BRASIL!
    QUEM NÃO É A FAVOR, PEGA A SUA MALA E SE MUDA!!! OU PREFERE FICAR SUSTENTANDO O RESTO DO BRASIL????

  • Jair Martins diz: 12 de março de 2015

    Adriano Angst, a Dilma é mineira.
    Sou totalmente a favor.

  • Carolina Albano diz: 12 de março de 2015

    Conheço o movimento há algum tempo e sei que ele expressa um sentimento de muitos, se não a maioria dos sulistas. Atualmente a independência dos estados é inconstitucional, mas a constituicao não é estática, ela se molda historicamente conforme a vontade do povo. É hora de pensarmos, discutirmos este assunto com seriedade. Quem conhece os princípios deste movimento sabe que não tem nenhum traço fascista, nazista e muito menos racista. Queremos uma pátria proba, que tenhamos orgulho de viver. Podemos fazer história. Grandes mudanças começam com grandes sonhos. O MOVIMENTO “O SUL É MEU PAÍS” É ANTIGO E MUITO BEM ESTRUTURADO. QUEM NÃO CONHECE DEVE CONHECER PARA PODERMOS DISCUTIR DEMOCRATICAMENTE.

  • Marco diz: 12 de março de 2015

    Não né! Isso é ideia de meia duzia que quer ter a mesma oportunidade dos corruptos que ai estão. Sem contar que é mais despesas em construir sedes, eleger presidentes, senadores, deputados e mais uma imensidão de mamadores de tetas que se criará ao longo dos anos… Fora o fato e o orgulho que é pertencer a um território como o nosso. O que está errado são as pessoas e suas intenções. Será qual intenção dos que promovem o separatismo? Boa coisa não é com certeza… Lamentável!

  • Ricardo diz: 12 de março de 2015

    Eu acho cômico que existam pessoas que acham que o Sul está acima de outras regiões.
    Como se aqui não houvesse violência, corrupção, pobresa, gente mal caráter, problemas de mobilidade, cidades sujas, um abismo social entre ricos e pobres, falta de escolas e hospitais e todo qualquer problema comum ao resto do Brasil.
    Só pensa assim quem nunca saiu do Sul ou quem é cego por esse tradicionalismo e orgulho sulista, que não enche a barriga de ninguém.

  • clair antonio carvalho vargas diz: 12 de março de 2015

    sabe eu acho engraçado todos os comentarios uns poucos gatos pingados sao contra mas nao enxergam ou nao querem emxergar ou nao querem ver brasilia nao tem politico honesto so ladrao so corrupto vamos votar pra separar depois agente comversa melhor que acham porque vejam quantos impostos pagamos retorno quase zero todo onosso dinheiro pra brasilia praque pra aquela corja de usurpadores do povo repartir entre eles vejam arroubalheira da petrobras alguem recebeu algum real eu nao recebi muito pelo comtrario paguei gasolina mais cara EU SO SEI DE UMA COISA QUERO O MEU SUL LIVRE E PRONTO

  • Fabrícia diz: 12 de março de 2015

    Aff… RIDÍCULO! Vão cuidar da educação e saúde pública dos 03 estados, que vocês aparecem muito mais!!!

  • shika diz: 12 de março de 2015

    Olha, sou catarinense de Floripa, e acho que isso é a maior besteira! Ideia de gaúcho… Por mim, podiam voltar para o estado deles e se separar do resto do mundo!

  • Daniel diz: 12 de março de 2015

    Apoio totalmente. Creio que um país menor seria melhor governado, já que o governo brasileiro e maioria do plenário e senado sempre estão envolvidos em alguma falcatrua. e querendo ou não o país sempre vai se arrastar enquanto for tirado dinheiro dos estados do sul, sudeste e Mato grosso e Mato grosso do sul para sustentar os outros. que só vivem de festa praticamente o ano todo.

  • Marcio diz: 12 de março de 2015

    Seria perfeito mas mas não vai dar certo. Vão lutar com unhas e dentes para continuarem sobrevivendo a nossas custas… Pois não sabem trabalhar e nem faz parte da cultura deles….

  • Diggo diz: 12 de março de 2015

    Não devemos tratar como uma briga partidária. Não queremos separar de determinado governante e sim do resto do Brasil. Temos diferenças sociais e culturais que justificam nossa vontade e direito de autodeterminação. Nada contra ninguém, é apenas um direito que queremos exercer.

  • vergilio diz: 12 de março de 2015

    Sou a favor sim,pois ja ta mais que na hora de da um basta,nessa situação aonde uma presidenta vai a tv implora pela vd de um traficante e sendo que nesse mesmo pais aonde familhas são destruidas pelas drogas aonde filho mata pai e tem muita gente que ainda vem me fala em respeita a constituição o respeito deveria vim dos nossos governantes aonde os cidadões de bem que lutam com todas a dificuldades pra paga seu impostos que so servem pra roubalheira,e tem mais se um dia for preciso derrama o meu sanguem por essa causo faço com muito orgulho; o sul é meu pais!!!!!

  • Raimundo Loch diz: 12 de março de 2015

    Sul e nosso, sempre levamos derrotas para outros lugares que elegem governos, por balelas, aqui nos somos empreendedor. Sul Ja

  • O SUL é nosso diz: 12 de março de 2015

    Meus amigos sulistas! Pode ser até inconstitucional a separação do sul do Brasil, mas convenhamos, o Brasil não serve de exemplo pra ninguém, ações inconstitucionais praticada por políticos são comuns nesta nação, agora me responda: Por que não separar? Que vantagem o sul do Brasil tem em relação aos outros Estados do Brasil? Acho o seguinte, quem defende tanto a politica brasileira pode ficar do outro lado, fica com o Brasil, se é que ama tanto assim esse BRASIL DE CORRUPTOS, fique do outro lado, se você é contra a separação pode passar para o outro lado, fique com o BRASIL. Com toda a certeza não iremos precisar da sua ajuda ou sua rara inteligência.
    Separação já, procurando os meios legais, ou seja, ONU.

  • milton antonio spada diz: 12 de março de 2015

    A favor sim ! Vamos deixar bem claro nossa insatisfação.
    Querem saber se o Sul vive sem São Paulo ? Que piada ! São Paulo e o Nordeste é que vão tremer nas bases sem o dinheiro e a produção do Sul.
    Chega de sustentar sanguessugas . Vão trabalhar ! Acordem cedo. Mexam-se .
    Temos agronegócio, indústrias, turismo, cultura . . . Deem-nos a independência e viramos uma país de primeiro mundo na hora.
    Sul livre já !!!

  • Jair Dransfeld diz: 12 de março de 2015

    Em primeiro coloco minha opinião nesta pauta em favor da separação.
    Vi muitos comentários contrários, e raros aqueles com consistência suficiente para depater com o autor uma idéia, debater como pessoas civilizadas e esclarecidas. Infelizmente o que vemos ao qual direciono meu comentário ao Sr. Evandro Neiva. O Sr. Evandro comenta que somos um “bando” de estrangeiros ou descendentes que não queremos nos misturar, ora, desculpe-me mas não lembro de telo visto antes, como poderia saber como sou, e como é minha família racista, pois minha esposa gaúcha, negra casou-se comigo branco de Santa Catarina, tendo nossa filha no Paraná. Misturamo-nos pouco.
    E para finalizar, como nos mandou procurar o que fazer, reservo-me no direito de responder-te no mesmo tom, mas sugiro que estude um pouco mais os motivos, se sentir-se com preguiça de ler, aprenda pelo menos a escrever Débil.

  • Samuel diz: 12 de março de 2015

    Eu concordo pois os 3 estados são auto suficientes, hoje o nosso capital vai pro governo federal e retorna uma pequena quantia, essa é melhor oportunidade de crescer-mos e sair dessa roubalheira que esta em brasilia

  • Claudio Rotava diz: 12 de março de 2015

    Concordo. Vamos separar. Aqui poderemos ser um dos Países desenvolvido e mais ricos do mundo em todos os sentidos.

  • Delano diz: 12 de março de 2015

    Tem que separar sim.
    Só assim pra melhorarmos.
    Como um amigo do nordeste me confidenciou; aqui é outro país, muito diferente de onde moro.

    Portanto basta formalizar.

    Separa sim

  • sidnei diz: 12 de março de 2015

    totalmente a favorável a idéia, quem não aceita q vá morrar em outro estado

  • Bernadete diz: 12 de março de 2015

    A situação dos estados do Sul não é tão melhor do que de alguns outros estados. Muitos governos ruins no sul contribuiram para essa situação. No caso do RS, com situação econômica difícil, ainda escolheram um governador que não sabe o que fazer… já pensaram, Sartori presidente???? Os políticos do sul são tão corruptos quanto os de muitos outros estados – vide lista PP gaúcho, caso Detran, etc. Os grupelhos que querem separar (Litoral de SC, etc) visam conquista de poder, não se iludam. Não sejam inocentes úteis sonhando com utopias.

  • Adriana Loss diz: 12 de março de 2015

    Sou a favor! O Sul é meu país!

  • clodualdo gonçalves laurindo diz: 12 de março de 2015

    Temos que nos erguer perante o resto do país , pois somos muito diferentes culturalmente, temos outra mentalidade sobre vários e vários assuntos , temos uma outra origem cultural , temos que lutar para que sejamos reconhecidos como povo independente, pois temos uma cultura totalmente diferente do resto do país . Parabéns pelo movimento , e que tenhamos exito em nossa luta , eu não sou brasileiro ,o SUL É MEU PAÍS, já tentei comprar camisetas , não consegui , por favor espero resposta.

  • Flaris Gonzaga Melo diz: 12 de março de 2015

    Muitos comentários contra sem mesmo ter conhecimento de causa, o Movimento não tem nenhum, nenhum tipo de preconceito, é um movimento pacífico, foi criado por pessoas dos três Estados do Sul com a finalidade de criarmos um novo País, eficiente no Legislativo, Executivo e Judiciário, acessem o site do movimento, leiam sobre o assunto, participem ou peçam uma palestra em sua cidade e com certeza darão razão a finalidade do movimento. http://www.meusul.net.br, acessem e leiam o estatuto e outros documentos importantes, sou a favor sim. Abraço a todos os Sulistas.

  • clodualdo gonçalves laurindo diz: 12 de março de 2015

    Onde assino

  • Paulo Mannes diz: 12 de março de 2015

    Não é só a RBS que quer se ver livre de brasília. Pelas declarações acima tem muitos sulistas que são a favor. Eu apoio e votarei pelo SIM no Plebiscito.

    Já nos livramos uma vez de Portugal… passou da hora de nos livramos de Brasília.

    As futuras gerações vão agradecer a todos que agora se engajam pela independência desta nova Nação do Sul da América Portuguesa.

  • junior padilha diz: 12 de março de 2015

    Tem meu total apoio. Hoje não passamos de uma colônia do brazil, só usurpam o suor do nosso povo e nos deixam com migalhas, vamos recordar que o mundo um dia foi chamado de Roma, então a separação não é nada que nunca aconteceu, vejo esta causa a única maneira do sul voltar a ser um lugar melhor para seus cidadãos. E com relação ao ignorante que fala em nazismo, antes de falar besteira pega um livro e vai ler a história do nazismo, era um partido que se dizia dos trabalhadores e tinha como princípio o socialismo, e como sua jornada emparelhando os poderes do governo colocando em todas as esferas de poder um dos seus de confiança, isto te lembra algo??? Vamos nos informar antes, porque já basta de sermos enganados e roubados todos os dias, basta da escravidão do sul.

  • Abraço aos sepatistas sulistas e ao Brasil diz: 12 de março de 2015

    Um dos motivos pelo qual eu apoio a separação do sul é o de que a nossa cultura não tem vez, praticamente, em quase toda televisão, mídia nacional. São raras as vezes em que se aparece alguém com o sotaque paranaense, catarinense, sul-rio-grandense; ou quando se aparece um pouco de nossa cultura. Isso faz com que aconteça um processo de degeneração na minha sociedade sulista.
    É estranho perceber que músicas, talvez até costumes, de outras culturas tem se sobreposto com extremo às originais daqui; enquanto os nossos costumes de raiz estão se perdendo, como as músicas de gaita ponto, elementos culturais dos colonizadores europeus, até o consumo do chimarrão de repente.
    A questão é que outras culturas de outros estados, regiões, estão sendo impostas aqui, degenerando a identidade cultural do pessoal do sul. Isso por via da mídia nacional em geral.
    Há também a questão da tributação sanguinária, mas a meu ver, o principal, que é a nossa identidade – a base de uma sociedade – já foi, praticamente, muito engolida pela mídia nacional brasileira.
    O principal é ter o sul dentro de nós.

  • Neri Soares diz: 12 de março de 2015

    Dividir o Cruzeiro do Sul em Cinco Partes, ou Cinco Nações, o Sul é a Primeira !

  • João diz: 12 de março de 2015

    Cláusula pétrea, nem adianta discutir isso. O sul pensa que pode seguir seu caminho sozinho, mas é totalmente dependente das demais regiões do país.

  • PROCORIO ELVECIO PEREIRA diz: 12 de março de 2015

    Sou a FAVOR, e ponto final.
    Vou responder algumas das questões aqui apresentadas pelos que são CONTRA.
    Primeiro: Todos os que se manifestaram contra desconhecem nosso Movimento, não sabem que Ele é uma ONG legalmente constituída e que tem uma Carta de Princípios que nos impõe parâmetros de atuação. Dentre eles não há preconceito algum, nem religioso, nem racial, nem social, nem cultural. Nazismo é coisa de quem sonha com o passado. Nós pensamos no futuro dos nossos filhos, netos…
    Segundo: Nosso Movimento é pacífico, democrático, organizado e determinado.
    Terceiro: Quem é contra é porque se conforma com a desordem econômica, social, moral que impera desde o descobrimento. É porque concorda que um cidadão igual a nós possa roubar centenas de milhares de R$ e depois devolve (na marra) R$ 100 milhões e acha que está tudo certo. É contra porque acha que o RS com mais de 10 milhões de eleitores pode ter o mesmo número de senadores que o Acre com 500 mi eleitores. É contra porque concorda que SC envie para Brasília (2014) R$ 45,4 Bilhões e recebeu de volta R$ 7,4 Bilhões, deixando para o IMPÉRIO a bagatela de R$ 37,9 Bilhões. Se para Você isso tudo está certo, muito bem, fique com seu jeito fácil de ser.
    Quarto: Houve quem dissesse que não viveríamos sem São Paulo. Isso é a maior prova de que não conhecem a nossa realidade. Somos autossuficientes tanto quanto São Paulo. Fomos COLONIAS de Brasilia (como fomos colônia de Portugal) com a única finalidade de abastecer o cofre da CORTE. Nós podemos reduzir nossos impostos em até 50% (os 3 Estados) e ainda teremos o dobro do que nos sobra hoje em dia. Quem é contra é porque tem preguiça de pensar.
    Quinto: Quem é contra é porque acha bom que o Brasil seja a 8ª economia do mundo e ocupe o honroso 86º lugar na educação. Acha bonito que o Brasil nunca tenha ganhado um Prêmio Nobel, enquanto nosso vizinhos Argentinos já ganharam 5.
    Sexto: Você é contra porque acha bonito não poder sair a noite sem o risco de ser assaltado. Acha bonito de cada 100 homicídios somente 7 serem elucidados. Acha lindo perante o Mundo que uma ladrão de colarinho branco roube milhões comprovadamente de depois de julgado seja solto 7 meses após uma branda condenação.
    A TODOS VOCÊS QUE PREFEREM ESSE ESTADO DE COISAS LHES DESEJO BOA SORTE.
    DE NOSSA PARTE VAMOS CONTINUA FAZENDO DE TUDO PARA CONSTRUIRMOS UMA NOVA NAÇÃO DESCENTE, JUSTA, EDUCADA, DEMOCRÁTICA DE VERDADE, SEM PRIVILÉGIOS QUE QUALQUER ORDEM.
    aproveito para convidar os incrédulos para uma apresentação do Movimento na cidade de Schroeder SC dia 14 de março as 13h30. Ou então em Joinville, Barra Velha, São Joaquim, Taió, e outras dezenas de cidades. Nos acompanhem pelo site ou no facebook “o sul é o meu país – nome da cidade”
    Em vez de criticar o que não conhece, procure conhecer e nos critique com argumentos, no mínimo, razoáveis.

  • E pluribus unum diz: 12 de março de 2015

    Separatismo? Estados Unidos da América curtiu isto.

  • Robson diz: 12 de março de 2015

    Apoio total a esta plebicito, nós sulistas que sustentamos este brasil, enquanto somos segregados por um bando de preguiçosos nortistas;um governo que nos oprime e suga o fruto de nosso trabalho. Sulistas! não vamos deixar que um bando de analfabetos e corruptos tirem a nossa coragem e direito de lutar; temos apoio da ONU vamos lutar pelo futuro de nossos filhos.

  • Mola diz: 12 de março de 2015

    Vai bando de cornos, aproveita e leva sao paulo junto!

  • Rodrigo diz: 12 de março de 2015

    Para os ignorante que falam é “inconstitucional”, um lembrete: quando o Brasil conseguiu sua independência de Portugal, era constitucional? O país que você mora hoje, já foi como o novo país que será criado, isso é apenas uma questão de tempo e que os conservadores anti-mudanças acreditem mais no SUL. Ou você quer ser roubado pra sempre? Ser roubado e ficar queto? Se é isso que você quer, você é bem brasileiro mesmo.

    Fica a dica.

  • José Henrique da costa diz: 12 de março de 2015

    Sem dúvida, sempre fui a favor desse movimento. Quanto menor a casa, mais fácil é sua administração. Da mesma forma, fica mais fácil de se identificar o corrupto e coloca-lo na geladeira para sempre. A sociedade terá mais voz e os políticos diante das circunstância, também, terão mais responsabilidade,

  • fabio junior de oliveira. diz: 12 de março de 2015

    Devemos sim separar, os paises mais ricos da europa são pequenos em expansão territorial, mas grandiosos em economia. Podemos sim ser um país de primeiro mundo, nosso povo é um povo trabalhador, que sofre com a má distribuição de renda.. O sul é o meu pais!!

  • Marcus Duarte diz: 12 de março de 2015

    Li um bocado de mensagens aqui comentando sobre inconstitucionalidade na separação das unidades da federação. Bem, é importante seguir as leis, e estas devem valer para todos, o que representa o princípio de igualdade entre as pessoas e justiça. Porém digo que as leis devem sempre servir para regularizar e melhorar a vida dos cidadãos numa sociedade qualquer. Portanto, se uma determinada lei prejudica o convívio entre as pessoas de uma sociedade, ela deve ser alterada imediatamente. O que acontece aqui no sul (sou morador de Joinville / SC) é que observamos os tributos gerados pelo nosso trabalho não serem utilizados para o benefício de nossa gente/região. Esses impostos são direcionados para estados “não lucrativos” (Maranhão, Pará, Amazonas, Acre, Roraima, Distrito Federal, etc…), e também para estados que não pertencem à federação (Cuba, Nicarágua, Bolívia, Lula, Dilma, José Genoíno, etc…). Trocando em miúdos, representamos os “burros de carga” em um país que não se auto-sustenta. Daí vem a pergunta: Você gostaria de ir trabalhar todos os dias para ter de sustentar um vadio que leva 2/3 dos seus rendimentos? Eu não quero, e é por isso que sou a favor da separação.

  • Pedro ALves diz: 12 de março de 2015

    Eu apoio desde que não aconteça como está a politica do país, e principalmente vendo os 3 estados como grandes produtores e sustentando outros que nada fazem e só tem vantagem em quase tudo.

  • Rogerio de Oliveira diz: 12 de março de 2015

    Separar é ridículo? Então eu voto para devolvermos o Brasil para Portugal!!! Afinal, eram só 20% de imposto.

  • Marco Mainardes diz: 12 de março de 2015

    O SUL livre!!! Apenas uma questão de tempo!!! Quem viver verá!!!

  • MARCELO C PEES diz: 12 de março de 2015

    Se o teu amor pelo pais não ta bancando a onda de corrupcao (e não te culpo por isso) va pra outro pais, mas nao desmantele o Brasil pq tem mto sulista q por mais bairrista que seja, ama o pais como ele é. Va estudar a nossa historia.

  • Fábio Herr Maschine diz: 12 de março de 2015

    A separação é necessária e urgente, por motivos desde tributários a culturais.
    Analisando os comentários do contra, vejo com as pessoas estão muito mal informadas, por favor leiam o manifesto. Mal informadas ou… mal intencionadas, quem mama nas tetas dessa republiqueta certamente será contra, assim como petistas e eleitores da Dilma, satisfeitos com esse país Frankenstein e com essa situação deprimente em que se encontra.
    Além da questão tributária, que há um retorno de menos de 20% de tudo o que arrecadamos para Brasília (sim, a 470 poderia ser facilmente duplicada com nossos recursos), temos muitos outros motivos, como a questão cultural, já que diferimos em costumes, tradições e aspirações do “país do carnaval”.
    Quanto aos políticos corruptos, certamente numa nova nação, eles não teriam lugar, muito menos numa nação com identidade como a do sul.
    Sugiro ainda que a blogueira leia o manifesto, para entender melhor a questão, sendo que inclusive seu consultor demonstrou desconhecimento, pois fez uma análise superficial da constitucionalidade, sem levar em conta os tratados internacionais e a ONU.
    Se alguém aqui está satisfeito em ter seu presidente escolhido para sempre por outros Estados lá de cima, como sempre ocorreu nessa “república”, certamente possui algum problema e desconhece o verdadeiro termo de cidadania.
    Abraços.

  • Thiago diz: 12 de março de 2015

    Basta de exploração, dessa aglomeração sem sentido e sem futuro. Liberdade as colônias do sul.

  • Fernando diz: 12 de março de 2015

    Muito justo é o Sul arrecadar 72 Bilhões e receber de volta da União 26 Bilhões.. Só não somos mais prejudicados que o Sudeste.. http://kali.teadigital.com.br/2011/07/09/quanto-cada-estado-paga-e-recebe-do-governo-federal.html

  • Wilson diz: 12 de março de 2015

    Paraná,Santa Catarina e Rio Grande do Sul unidos e sem mandar dinheiro para
    Brasilia,será um País de primeiro mundo!

  • Juan diz: 12 de março de 2015

    As pessoas que pensam contrário é porque estão de acordo com o regime comunista “Petismo” imposto no Brasil, e que também tem medo de o sul deixe de sustentar o resto resto da naçao com alimentos produzidos aqui.
    Minha opinião é que não so sul do pais mereçemos muito mais do que ser apenas bode expiatório de outros estados em temos de crise…

  • Elizeu diz: 12 de março de 2015

    Aos que falaram que o sul não sobreviveria sem São Paulo, é com certeza muita ignorância por parte destas pessoas, uma vez que a região noroeste do RS, meio oeste e oeste de SC e grande parte do PR, são grandes áreas de cultivos de varias especies, grande parte dos grãos são produzidos aqui na região sul, aqui no sul tem 3 grandes portos. Se fosse descrever toda a parte econômica da Região Sul encheria várias e várias linhas. O povo do Sul é hospitaleiro, com uma diversidade cultural espetacular, tem várias cidades turísticas, e um povo que trabalha de verdade. Na verdade a minha opinião é que São Paulo dependeria da região sul uma vez que o estado é superpopuloso é não teria como o estado sozinho bancar toda a sua população e a restante do Brasil.

  • ALEX CHAVES diz: 12 de março de 2015

    Gente eu nunca li tanta bobagens de gente desinformada esses caras que falam em fascismo nazismo e outra bobagem mais olha vai ter sempre esses tipinho mas vamos ao que realmente interessa eu apoio totalmente a separação do sul se eu fosse falar os motivos são muitos e o cara ali que disse que o sul iria passar fome.se separasse eu nunca ouvi tanta bobagem a Dilma e essa tropa de ladrão que ai esta acabarão de descobrir um poço de petroleo aqui em navegantes e ja o governo vendeu pra quem AUSTRALIA aqui debaixo do nosso nariz ai tem uns camarada ai,que nem dis o PRATES não leem jornal uns analfabetos existenciais e veem falar bobagem ai a gente faça-me o favor essa separação já demoro eu sou a favor da separação sim E VIVA O SUL LIVRE DE BRASILIA O SUL É MEU PAIS.

  • Carlos Cruz diz: 12 de março de 2015

    Alguns comentarios acima denotam que o movimento precisa ser melhor explicado, eh historico o desejo dos estados do sul formarem uma nacao, com sua identidade propria, o desejo de libertacao do jugo imposto, antes pelo imperio, depois pela republica no rio de janeiro e agora com brasilia, sendo que essas fases foram piorando atraves do tempo. nao ha qualquer tipo de discriminacao, trata-se do desejo legitimo a nossa autodeterminacao, compreendo os que sao contra e conclamo os mesmo a pesquisarem melhor , podem buscar na pagina na internet do movimento o Sul eh Meu Pais a caarta de principios, os objetivos , ponderem e depois disso emitam vossa opiniao, venham conosco.

  • sidney diz: 12 de março de 2015

    Já faço parte do movimento há algum tempo, acompanho os jornais na televisão tá feia a coisa gente… Vamos separar ontem!!!!! O SUL É MEU PAÍS.

  • roseli baratieri diz: 12 de março de 2015

    Com todo respeito, sou a favor. Nos sentimos lesados e deixados de fora por Brasilia.

  • Leila Cezar diz: 12 de março de 2015

    Olha ainda bem que temos pessoas que pensam na exploração que nós do Sul sofremos, temos capacidades econômicas, políticas e administrativas para sermos independentes, pois a atual presidente aumento várias tarifas entre elas a luz o Sul que tem produção vai pagar 13% mais caro quanto o Nordeste onde tudo falta só 3 %, acredito que estamos na grande maioria cansados de pagar pelos outros, a política administrativa federal é voltada para a região Nordeste a famosa indústria da seca, vejam a transposição do São Francisco, quanto dinheiro? até hoje não está pronta uma obra com mais de 8 anos.As demais regiões são vistas como mantenedoras da politica suja e corrupta que instalou no Brasil mais benefícios não temos nenhum. Vamos molhar a semente para que ela brote e dê frutos. O povo do Sul é um povo de muito trabalho e luta não merce ser tratado como mercadoria que dá lucro para sustentar o resto do país. É hora de virar o jogo ou nos tratam com respeito e nos valorizam ou deem nossa independência.

  • Pedro diz: 12 de março de 2015

    Com certeza, estou dentro!
    O Sul é o Meu País!!!

  • Alexandre diz: 12 de março de 2015

    Sou gaúcho e acho isso ridículo e vergonhoso. Essa movimentação toda de Direita é perigosa e maléfica. E o pior que muitos ignorantes embarcam nesta onda. O sul é meu país é o caramba. LAMENTÁVEL.

  • Tiago diz: 12 de março de 2015

    Eita Zé povinho….
    Não eh preconceito bando de idiotas, “ahhh, a constituição não permite” então continue trabalhando seis meses por ano pra sustentar bandido é vadio.mente burra…

    SIM
    SIM
    SIM

  • jose carlos schultz diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente a favor. Seremos um País fortíssimo. Com uma Economia forte e equilibrada. E feliz!
    Vale a luta.

  • Dinho diz: 12 de março de 2015

    Minha Nossa…quanta gente favorável.
    Pensei que tivesse sozinho .
    Só totalmente favorável.
    Precisamos urgentemente reduzir o tamanho do Brasil…
    Política e Geograficamente. Vamos nos livrar de Brasília e do Distrito Federal.
    Chega !!! Basta !!!
    Brasil do Sul …todos seremos SULBRASILEIROS.

  • Roberto Wrzesinski diz: 12 de março de 2015

    Primeiramente quero parabenizar Dagmara Spautz,pela matéria,falo do Sul pois já morei nos três estados onde tenho raízes,sou totalmente a favor da total autonomia ou separação,não da mais pra viver em um país hipócrita com governantes imbecis e ladrões!Sul livre agora!!!!!voto sim!!!

  • Gerson Huttl diz: 12 de março de 2015

    Boa noite,

    Pelo visto de tao rapida resposta, pois somente neste dia 12, ja existem mais de 343 comentarios, chama bastante atençao este assunto, tanto por pessoas a favor e contra, digo aos que sao contra por suas razoes , desconhecem a verdadeira historia do Brasil, e alguns daqueles a favor desvirtuam suas razoes, pois nao separamos por ser melhores ou piores, ou por sustentar( e é verdade , uma corja de politicos corruptos, ladroes no sentido mais literal da palavra). Mas tudo isto vem de muito longe, de um pais formado peloaignorancia de seu povo, e pela falta de hombridade de seus politicos que se aproveitam desde o tempo do imperio a fazer como bem entendem sobre o destino deste país, e na atual conjuntura, nao vejo outra soluçao, que venham os militares para tomarem o poder, pela falta completa de integridade de comamdo deste país chamado Brasil, o problema nao é os militares tomarem o controle, e sim na sequencia pois nao existe, nem conhecimento do povo e nem homens e mulheres honestos o suficiente para repudiar a corrupçao. Vendo este cenário, a soluçao viável seria controle e autonomia para pequenas regioes ou seja país, em nosso caso ” o Sul é o meu país”, pois teriamos um maior controle dos destinos economicos, políticos, educacionais, na saúde, segurança, etc.
    Ja tenho meus 50 e poucos, e como exemplo, faz mais de 40 ANOS escuto que o nordeste necessita de recursos para projetos e melhoria de vida de seus habitantes, e creio realmente que ELES necessitam e sempre estive disposto a ajudar, pois bem alguem sabe de algum projeto social, economico, educacional,para os habitantes desta regiao que deu certo???, sim o dinheiro sempre existiu como disse antes em mais de 40 ANOS, mas nunca foi parar para aqueles que necessitavam, e nao me digam que outros partidos que governaram o Brasil fizeram diferente, obrigado!!!!!!

  • Gerson Huttl diz: 12 de março de 2015

    Boa noite,

    Pelo visto de tao rapida resposta, pois somente neste dia 12, ja existem mais de 343 comentarios, chama bastante atençao este assunto, tanto por pessoas a favor e contra, digo aos que sao contra por suas razoes , desconhecem a verdadeira historia do Brasil, e alguns daqueles a favor desvirtuam suas razoes, pois nao separamos por ser melhores ou piores, ou por sustentar( e é verdade , uma corja de politicos corruptos, ladroes no sentido mais literal da palavra). Mas tudo isto vem de muito longe, de um pais formado peloaignorancia de seu povo, e pela falta de hombridade de seus politicos que se aproveitam desde o tempo do imperio a fazer como bem entendem sobre o destino deste país, e na atual conjuntura, nao vejo outra soluçao, que venham os militares para tomarem o poder, pela falta completa de integridade de comamdo deste país chamado Brasil, o problema nao é os militares tomarem o controle, e sim na sequencia pois nao existe, nem conhecimento do povo e nem homens e mulheres honestos o suficiente para repudiar a corrupçao. Vendo este cenário, a soluçao viável seria controle e autonomia para pequenas regioes ou seja país, em nosso caso ” o Sul é o meu país”, pois teriamos um maior controle dos destinos economicos, políticos, educacionais, na saúde, segurança, etc.
    Ja tenho meus 50 e poucos, e como exemplo, faz mais de 40 ANOS escuto que o nordeste necessita de recursos para projetos e melhoria de vida de seus habitantes, e creio realmente que ELES necessitam e sempre estive disposto a ajudar, pois bem alguem sabe de algum projeto social, economico, educacional,para os habitantes desta regiao que deu certo???, sim o dinheiro sempre existiu como disse antes em mais de 40 ANOS, mas nunca foi parar para aqueles que necessitavam, e nao me digam que outros partidos que governaram o Brasil fizeram diferente, obrigado!!!!!!

  • Marcela diz: 12 de março de 2015

    Tem gente que parece que não acompanha as notícias… Nos não viveríamos sem SP? Por favor… Já pesquisaram quantos bilhões mandamos anualmente para Brasília? E o que nos retorna? NADA!
    Orgulho desse país?
    Só se o sul fosse meu país!!!!
    A maioria de nós sulistas estamos pagando pela besteira que o resto desse país fez deixando o governo atual no poder… Pois devem ter visto que aqui no sul o PT não ganhou em nenhum dos estados… Tá mais que na hora de criarmos vergonha na cara e fazermos algo por nós mesmos!

  • Rodrigo cirio diz: 12 de março de 2015

    A minha pergunta é: ” o brasil vai sobreviver sem o maior celeiro do brasil, vão comer oque????” Então esta questão se o sul vai sobreviver sem SP, é comedia né!!!

  • Flavio Santos diz: 12 de março de 2015

    166 BILHÕES ENVIADOS EM 2014,
    33 BILHÕES NOS VOLTARAM,

    Apoio essa ideia!!.. chega de receber migalhas….

  • Geraldo Neto diz: 12 de março de 2015

    EU CONCORDO, NUNCA VI ESTE PAIS FUNCIONAR COMO DEVERIA, A MELHOR COISA É SEPARAR MESMO PORQUE OS TROUXAS DO RS, SC PR ESTAMOS SUSTENTANDO O RESTO DO BRASIL, ACORDEM POR FAVOR VAMOS TOCAR ADIANTE ESTA IDEIA. NÃO DEIXEM MORRER NA PRAIA.

  • Ademir Fagundes diz: 12 de março de 2015

    Eu concordo com a separação. Acredito que o sul pode se autosustentar. Não seriamos uma potencia mundial, mas com a separação, o povo sulino teria uma qualidade de vida melhor. Pois, o dinheiro recolhido no sul, seria investido no sul… Claro que há o lado negativo… Pois tudo depende ainda de quem nos representará no poder. Mas, acredito que é melhor começar do ZERO, sem PT, PMDB, PPT.. BLABLA…Pois, o Brasil não é uma grande potencia porque quem nos representa no poder, só pensa em roubar… A separação tem meu voto…. Melhor qualidade de vida ao povo, somente isso que os sulistas estão pedindo… DESENVOLVIMENTO… chega de corrupção…

  • altemir diz: 12 de março de 2015

    Moro na grande porto alegre e sem duvida sou a favor de fazer uma grande mudança, pois
    seria um grande passo para o sul ser uma grande nação.

  • marcio diz: 12 de março de 2015

    totalmente a favor !

  • Cristiano diz: 12 de março de 2015

    Totalmente A Favor

  • Jeder coelho diz: 12 de março de 2015

    Eu concordo com a separação, porque o problema maior do Brasil é o território, é grande demais possibilita e facilita a corrupção, ´comparado com a Europa que os países tem um território pequeno, acredito que separar o Sul com leis mais severas e rígidas em todos os aspectos principalmente políticos acabaríamos com estes problemas e dando mais poder aos estados, como nos estados Unidos dai com os três Estados a governabilidade ficaria mais ética no ponto de vista de controle econômico financeiro e territorial

  • Felipe diz: 12 de março de 2015

    Tem muita coisa para mudar enquanto Brasil. Esse ano deve ocorrer mais uma safra recorde no Rio Grande do Sul e que vai ajudar muito o Brasil. No entanto o Brasil pouco tem ajudado o Rio Grande do Sul em suas dificuldades. Esse movimento sulista pode gerar espaço para uma solução alternativa. Apoio sim.

  • cleomar hugen diz: 12 de março de 2015

    primeiramnete quero dizer q sou a favor da separaçao do sul aqui em santa catarina a maioria apoia sim qero dizer q ninguem aqui é racista como estao dizendo por ai ou ate mesmo q somos nazistas simplismente estamos em nosso pleno direito de qerer independencia e pra quem dizer q n teremos estrutura economica para separaçao aqui vai alguns dados bom temos um territorio do tamanho da frança somos 27 milhoes de pessoas temos um pib de R$535 bilhoes equivalente a polonia temos um pib per capita de R$20 mil um idh elevado de 0,82 possuimos os melhores indicadores na area de educaçao saude e em qualidade de vida no brasil somos os maiores exportadores do setor do agronegocio do brasil possuimos um superavit da balança comercial em 12 bilhoes qem disse q temos q importar somos auto suficientes em energia possuimos a maior hidreletrica do mundo possuimos parques eolico e fotovoltaicos alem das maiores reservas de carvao do brasil estamos exatamente no meio do bloco do mercosul possuimos um parque fabril diversificado com grandes empresas principalmente no setor de alimentos, textil,automobilisticos, metal mecanico e turismo possuimos a maior qtidade de hoteis e pensoes do brasil possuimos 5 dos principais portos do brasil possuimos a maior porcentagem de populaçao economicamente ativa q esta trabalhando possuimos as menores taxas de desempregos n dependemos dos outros estados para sustentar nossa economia nossa economia é voltada a exportaçao e claro concerteza o brasil seria um grande importador dos nossos produtos sulista viva ao sul pensem e falem somente depois de verem os dados

  • Alexandre S. diz: 12 de março de 2015

    É claro que a constituição não vai permitir a separação, mas assim que a raiva dos que tarjaram a idéia de “ridícula” e “sem cabimento”, leiam mais sobre desobediência civil ( link: http://pt.wikipedia.org/wiki/Desobedi%C3%AAncia_civil ).

    Já chega de viver em país que vive de exportação de commodity e não quer investir em educação! O sistema político atual já foi sustentado por 30 anos desde a queda da ditadura e cada vez nossas leis e educação ficam piores. Impostos que não voltam em forma de serviços pro cidadão, burocracia, pessima qualidade dos serviços públicos, corrupção, roubos… Já deu! Se pros nossos pais a qualidade de vida estava aceitavel pois viveram em periodos de guerra e fome, pra nós não faz sentido ver tanto potencial de capital humano e riquezas naturais ser desperdiçado pelos delírios de Brasilia.

  • Felipe Eduardo diz: 12 de março de 2015

    Seu a favor, o sul e meu país!

  • Silvia diz: 12 de março de 2015

    Totalmente a favor, já passou da hora de hora de nos separarmos. Sul é meu país.

  • orlando borges diz: 12 de março de 2015

    só vamos perder 5 titulos mundiais de futebol

  • Iwerson diz: 12 de março de 2015

    Inconstitucional é se calar…

    VIVA O SUL

  • Eliane alves diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente a favor. Ao contrário de muitos comentários. O sul tem cultura e tradição diferente do resto do Brasil e temos condições de bos sustentar e produzirvo que precisamos. Comprovadamente. Países menores são mais fáceis deadministrar como na eEuropa. Não nos fara falta nada do Brasil. Alias, historicamente nunca fizemos pate do Brasil com exceção do Paraná, que pertencia a SP. O rio Grande do Sul e Santa Catarina. Foram roubados pelo Brasil. Eu sou sulista, sou gaúcha nunca brasileira.

  • X diz: 12 de março de 2015

    Todo ano bilhões são levados do Sul,dinheiro arrecado aqui desse povo,que é levado para Brasilia e não volta.
    O Sul recebe de volta apenas uma pequena parte do que foi enviado,como no ultimo ano apenas 20%. E não se trata de pequenas quantias,um,dois ou dez milhões de reais,no ultimo ano,133 bilhões de reais foram para Brasilia e não retornaram.
    O direito de todos os povos de decidirem seu próprio caminho,deve ser respeitado,e finalmente o povo do Sul ter o seu país,finalmente sua terra,uma pátria…(Pela definição da palavra pátria,o povo do sul é um povo sem pátria.)

  • ANTONIO ELOI DE AZEVEDO CARDOSO diz: 12 de março de 2015

    Totalmente á favor chega de pagar contas do nordete o exemplo é agora da energia pro nordeste 5.5% de aumento e sul 39%, isto é uma vergonha nós trabalhas pra pagar as contas deles, nossos impostos não vem nada pra nós tudo pra eles, seria um pais muito bem formado poderiamos por sudeste junto por exemplo são paulo e deixar Brasilia pra eles fizemos nossa capital em outro lugar do sul, seria um país de primeiro mundo, sou totalmente a favor, vamos levar esta bandeira em frente.

  • patrícia diz: 12 de março de 2015

    concordo com toda certeza! quem não concorda com o movimento, provavelmente é. do norte e ta grudado nas tetas do governo recebendo algum auxilio pra onde vai o valor de nossos impostos, e pro sul só os restos. não. é. certo que carregamos. oo nordeste nas costas.

  • Edvandro diz: 12 de março de 2015

    Viva O SUL livre! E que fique bem claro não tem nada haver com nazismo, uma pitada de preconceito de quem fala isso ein!?
    E que assim seja liberdade enfim feita!

  • ANTONIO ELOI DE AZEVEDO CARDOSO diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente a favor seria um sonho, e um país de primeiro mundo, vamos em frente com esta bandeira.

  • Carlos Zatti diz: 12 de março de 2015

    Sulista com muito orgulho!
    Separatista, porque não sou nazista. O nazismo queria unir nações, nós queremos separar.

  • Alberto diz: 12 de março de 2015

    A idéia é ótima. É claro que os petistas e a extrema esquerda já perceberam que o movimento tem consistência… tanto é que já infestaram o blog com pseudo-argumentos contrários à separação. Que venha a consulta pública. Vamos quebrar a cara da petralhada comunista e safada deste país.

  • Leonel diz: 12 de março de 2015

    Bueno,se for falar em constituição,so nos pobres mortais a cumprimos e somos condenados por ela,Stedile,Lula<e Dilma infringiram varios artigos,Então O SUL É MEU PAÍS,Assim como a Catalunha e a Escócia nos também podemos votar e escolher se queremos continuar a pertencer a essa bandalha,e que alguns corruptos gaúchos fiquem pra eles lá

  • Leonardo diz: 12 de março de 2015

    Sou contra, acredito que para tomar uma decisão dessa teríamos que ter um embasamento muito grande, não apenas com suposições de que será melhor se separarmos. São muitas questões que devem ser levantadas e analisadas.

    No Sul temos os mesmos problemas que as demais regiões do Brasil, corrupção, desvios de recursos, sonegação de impostos, pessoas incompetentes. Como exemplo podemos ver a greve dos funcionários públicos no PR, os professores de SC que deram um ultimato ao governo para não entrar em greve. Diversas estradas estaduais em péssimas condições, falta de hospitais, insegurança.

    Como ficariam os funcionários públicos federais do sul hoje? Seriam demitidos e onde iriam trabalhar?

    Como seriam escolhidos novos funcionários públicos do “país”? Quais critérios?

    Como ficariam os hospitais/clinicas particulares e os funcionários das mesmas? já que segundo os defensores teríamos excelente área da Saúde, que não iriamos precisar de plano de saúde.

    Como ficariam os atletas que participam de competições nacionais (Ex.: futebol, vôlei, basquete, handebol, entre diversas outras modalidades)?

    Como ficariam as indústrias que compra ou vendem para as demais regiões do Brasil? Ou acham que não sofreríamos sanções fortes do Brasil.

    Sem contar
    Sugiro que os defensores desse movimento primeiramente vão conhecer o Norte, Nordeste e Centro Oeste a fundo.

    E só para lembrar aos esquecidos que 40% dos votos do 2o turno da eleição de 2014 foram para a presidente Dilma.

    E para fazer um plebiscito decente, tem que explicar as pessoas as vantagens e desvantagens, nesse caso muito mais desvantagens.

    Por fim, assistam e analisem as informações do vídeo com algumas informações sobre RS e SC do excelente jornalista Luiz Carlos Prates

    https://www.youtube.com/watch?v=kHSRqrkhxM0

  • Eroni Souza diz: 12 de março de 2015

    Já faz algum tempo que tenho o adesivo O SUL É O MEU PAÍS, no carro, antes achava isso utopia, mas depois de ter conhecimento dos propósitos do movimento e ler um livro até o fim, ai sim, pude concluir: que vale apena e não tem nada ilegal, na verdade é muito legal. Vale apena conhecer o movimento para poder: discutir, refletir, analisar e debater. Se você não gostar saia…Não paga nada para entrar e muito menos para sair. Mas sejamos inteligentes vamos dar opiniões com conhecimento de causa.

  • Luiz Fernando diz: 12 de março de 2015

    Sim totalmente a favor. Seremos nos cuidando dos nossos.

  • Fernando diz: 12 de março de 2015

    Essa idéia de separação do sul ja nao é de hoje
    Sou a favor da separação sim pois o sul está cansado
    de tanta impunidade governamentais e de facções criminosas
    Onde nada se resolve, Políticos são presos e depois soltos
    Facções crimosas colocam fogo matam e nada se resolvem
    Com o sul livre do Brasil hipócrita novas leis serão selecionadas
    Ja demorou ser livre, mas pergunto a todos os separatista
    Vocês acham que Brasília vai querer perder o pote de ouro?
    Então acho que se não for por amor tem ser pela dor.
    Temos que nôs separar já.

  • Léia diz: 12 de março de 2015

    Apoiado! E pra quem ta falando ai que e inconstitucional, vale lembrar que a constituição é do Brasil e não internacional.

  • Luís Bulek diz: 12 de março de 2015

    Já morei nos três estados do Sul, nasci em SC e atualmente moro em Curitiba-PR.
    Acho esse ideia separatista tão ridícula. Digna que tem o cérebro atrofiado.

  • Luciano diz: 12 de março de 2015

    Vejam…. 99% dos comentários contrários à este movimento… São apoiadores do atual governo……. Lógico que são contras…

    Sobreviver sem São Paulo???? Não vejo problema…

    O Sul do país já é quase um país atualmente

  • laudelino diz: 12 de março de 2015

    Sou de Santa Catarina, e sou favorável à idéia, chega de mandar milhões de reais a Brasília, sustentar milhões de bolsa família. Além disso temos de ter um governo mas próximo do povo, afinal Brasília é muito longe pra fazermos manifestação.

  • Anna Henneberg diz: 12 de março de 2015

    Tudo de bom. Quer ser independente… Manda ver, mas garanta-se para não voltar pro PTRASIL com rabo entre as pernas. Perfeição seria São Paulo se separar de todo o resto do Brasil… Ficar livre de sustentar o bando de mentecaptos, preguiçosos, vagabundos que querem a Bandeira Vermelha substituindo o nosso lábaro estrelado. Nós manteremos o verde louro da nossa flâmula em riste, sustentando a paz de espírito dos têm a consciência do dever cumprido, de trabalho duro, de estudo priorizado, de amor a família, respeito à propriedade, bom uso do etário publico. Quo vadis?v

  • rita de cassia correa diz: 12 de março de 2015

    completamente a favor,sou sulista e tem mais é que separar mesmo. chega de carregar o resto do pais nas costas.
    o sul já é conhecido no Brasil e fora dele como a Europa brasileira. Já passou da hora de separar.

  • Eduardo de Vargas diz: 12 de março de 2015

    SUGESTÃO: para tornar possível, considerando nossa constituição e todos os outros graves problemas que terão que enfrentar, sugiro que façam esse mesmo trabalho mas com o objetivo diferente, ter como meta conquistarmos a autonomia total dos Estados. O Brasil funcionaria como uma grande empresa dividida por federações, onde cada uma teria suas leis, seus impostos e um único imposto federal, cuidariam cada uma das Federações da saúde, educação, segurança e previdência privada. Um dos grandes problemas hoje no Brasil se chama CONCENTRAÇÃO EM BRASILIA, aquilo lá é uma podridão só, e é esse nosso primeiro grande problema.

  • Marcos ribeiro diz: 12 de março de 2015

    Eu sou totalmente a favor ,pois um pais com o tamanho do nosso sul seria muito mais organizado do que essa vergonha que acontece nos ultimos meses no brasil.E mais qualquer lei que brasilia oficializar nos teremos que acatar.Nos pagamos mais imposto e temos muito menos verbas repassadas!E contrario de alguns comentarios medrosos de sugadores s nos temos condiçoes de nos mantermos sem SP!Leia as materia do movimento sul é o meu pais!

  • Jeferson Luís Noremberg Scotto diz: 12 de março de 2015

    Concordo, se todos conhecerem a história do Rio Grande do Sul verão a razão do movimento.

  • Dino Gaúcho diz: 12 de março de 2015

    Totalmente a favor da separação, pois O Sul é o Meu País.

  • Orli Juliano diz: 12 de março de 2015

    Respondendo ao Eduardo do dia 12/03/2015. Tu precisa estudar um pouco mais a respeito de Nazismo, para depois querer comparar.
    Respondendo ao Marcelo do dia 12/03/2015. Comedia ? O retrato do Brasil, naõ parece comédia, parece mais um filme de terror. não sou de direita nem de esquerda, sou a favor de começar do zero, tudo novo, constituiçaõ, codigo civil, codigo penal, sistema tributário. E se tu é de esquerda, deveria lamentar o que se passa no país.
    Respondendo a Regina do dia 12/03/2015. Primeiro que não somos meia duzia, não somos instrumento de zombaria, temos muito o que fazer,somos uma multidão e cresceremos cada dia mais. Orgulho de ser reconhecido como um povo sem vergonha na cara, que não reage a tanta corrupção, que orgulho este este ? E acho melhor tu estudar um pouco mais a Constituição, moça.
    Respondendo a Joana do dia 12/03/2015. Não desprezamos o estado de SP, de forma alguma, mas temos potencial de crescimento, industrias, comercio, agricultura privilegiada, tecnologia, etc. Precisamos somente liberdade e nos livrar dos parasitas políticos de Brasília.
    Respondendo ao Alex J. do dia 12/03/2015. Não somos preconceituosos, países com muito menos estrutura sobrevivem e são independentes. Temos potencial de desenvolvimento sim. Em relação as famílias, muitos possuem familias no exterior e nem por isso deixaram de ser familia ou foram separadas.
    Respondendo ao Edgan Cortez (12/03/2015). Quem planta, colhe !!! Podemos morrer de qualquer coisa, menos de fome !!! E Alem do mais, não estamos pedindo união com São Paulo, é vc que está se oferecendo.
    Respondendo ao Adriano Angst (12/03/2015). Ela não é gaúcha, é mineira, nascida em 14/12/1947 em Belo Horizonte. Vai estudar um pouquinho, depois tu dá opinião.
    Respondendo ao Jean (12/03/2015). Quem disse que as regras vão ser as mesmas. Não vamos colocar remendo novo em roupas velhas. Afinal, os políticos do Sul, nem dão parecer algum, são uma turma de maricas.
    Respondendo ao Evandro Neiva. Por que tanta agrecividade em palavras, não somos racistas nem preconceituosos, não somos refugiados de guerras e nem expulsos de país algum, nossos bisavos já dormem na sepultura !!! O contigente de adeptos ao movimento são trabalhadores, profissionais liberais, acadêmicos, pessoas com fundamentação, não somos pessoas sem conhecimento como vc diz. Defendemos uma causa justa, legal, humana. Em relação ao restante do país, tomem nosso exemplo. Apoiamos a cada estado que assim deseje. Somente a decentralização de Brasilia, pode liberta a todos. E pra finalizar, ja saimos de nossos estados, ou pensas tu que estamos encerrados em alguma prisão, acima de tudo somos livres !!!
    Respondendo ao Macho Velho Baiano. Desculpe-me por não poder falar diretamente a sua verdadeira pessoa,ao vulgo “Macho Velho Baiano”. Estamos muito mais para uma Ditadura Comunista ao invés de República, de Federativa menos ainda, uma Federação centralizada em Brasília, não é Federação, é uma Exploração Centralizada. Indissolúvel ? Somos um resto daquilo que nunca foi. Não precisa dissolver o que ja sofreu estado de decomposição. E mais, somos seres racionais, e capazes de fazermos mudanças ao nosso redor, o que não é caracteristicas das antas. Um pouco de respeito faz parte daqueles que estudam !!!
    Respondendo Thiago. Primeiro volta pro Brasil e veja a situação lastimável. Estamos defendendo o chão que nascemos, não queremos nada que não é nosso por direito.
    Respondendo ao Marco. A Ocasiao gera o ladrão. Com uma nova constituiçao, isto deve ser evitado. Proponho vida Publica vocacionada, por amor a nação, não por salários e benefícios, ou por facilidades de corrupção. O atual sistema brasileiro é o gerador de corruptos.
    Respondendo ao Carlos Recoba. Os Soldados da Revolução Farroupilha, foram aqueles que pensavam séculos a frente de sua época. Almejavam a República a mais de 54 anos antes desta ser proclamada no Brasil, lutaram pela abolição da escravatura até mesmo antes dos Estados Unidos desejarem isto em seu país.Em relação ao se ferrarem igual aos farroupilhas, não alcançamos exito, por causa de traidores como você.
    Respondendo ao Marco. Todos os povos tem cultura, isto é primordial a qualquer povo, por mais simples que sejam. Ninguem sustenta as vaidades de nós, catarinenses. Se formos voltar todos as nossas origens, toda América, voltará a ser habitada somente por indígenas. Quanto a reforma política, somos impotentes, todos são pois os legisladores fazem leis defencivas a si mesmo. Não queremos reformas, queremos novo.
    Respondendo ao Alexandre Freitas. Não somos o capitão de nada. Quem ocupa tal posto, não agem como tal, são mercenários, se assemelham a gafanhotos, querem despojar tudo, como têm feito. Infelizmente educação e saude são promessas eleitoreiras, se isto melhorar ficam sem propostas para enganarem o povo. Outra questão é que povo doente e ignorante ou analfabeto vota, e vota errado, são faceis de persuadir e para o governo isto é suficiente. Outra coisa amigo, 500 anos não é um longo prazo ? Não acha que tá na hora de mudar ?
    Respondendo ao Gilson. Viva mesmo !!! É multiracial, Não preconceituosa, Cristã sim, e defensora da instituiçaõ da família, e não somos hipócritas porque defendemos aquilo que cremos.
    Respondendo ao Lucas. Quando compramos produtos importados, quem cobra os impostos axagerados, não é o importador e sim o Brasil. Os rombos estaduais, derivam da arrecadação federal, se esta for decentralizada dá pra pagar a conta e investir ainda. Na pior da hipóteses, como catarinense, nao me importaria que nossas receitas fossem para ajudar nossos irmãos gaúchos, é por uma causa maior !!!
    Respondendo ao Joel Bento Carvalho. Se Jaime Caetano Braum estivesse vivo, certamente empunharia a bandeira O Sul é o meu País, pois a fibra farroupilha guerreira estava presente em seus versos, deixo alguns versus de um de seus poemas.” pois assim como tu lutas, frente a frente, peito nú, lutou também o chirú na conquista deste chão”….”e só me resta o conforto como a ti, galo de rinha, e se alguem me dobrar a espinha, há de ser depois de morto. Viva a Republica Sulista!!!
    Respondendo ao Rafael. Somos um povo pacífico e queremos as vias da paz, mas ninguém pense que temos “sangue de barata”, pode até ser que os brasileiros de modo geral não tenham esta coragem, mas não pensem quem somos todos covardes, temos vergonha na cara, temos sendo de dignidade e somos dignos cidadãos de uma patria Brasil engrata. Pode ser que não seja breve a nossa conquista, mas um dia a Bandeira da Pátria Sulista há de estar presente em cada município desta nova Nação.
    Respondendo ao “Zóio”. É facil entender. Num montante total de impostos, usando uma referência 100, retorna 20, dá para viver sofrendo, respondo que 100 para retornar 100 dá pra viver bem melhor. Será que estou errado ? Ou fugi da escola ? tenho certeza que não fugi.
    Respondendo a Shika. Estamos irmanados a este ideal. Somos catarinenses e grande parte de meus amigos paranaenses aderem ao ideal. Se o Rio grande do Sul se retirar deste país falido, nos retiramos juntos. Viva a Nação do Chimarrão.
    Respondendo ao Maurício de Lucca. Porque nos querem tanto assim ? Não estamos pedindo para fazermos parte de um grupo, estamos pedindo para nos retirar, não é assim segundo o provérbio popular:” os incomodados que se retirem” e se, hipoteticamente, todos os cidadãos dos três estados sulinos fossem embora para outro país, o que vcs fariam ?
    Responder ao Marcelo. Já estamos avisando.Pode ir. Vai fazer farra com os teus companheiros. RSRSRRSR.
    Perguntando ao Germano Streese. Qual a proposta que o digníssimo propõe ? Mostra alguma coisa de útil. Não estamos de brincadeira, não. Ridículo é não ter uma proposta melhor, proponha algo melhor.
    Responder ao Eligioluis. O que o PT quer é sugar o maior numero de cidadãos.
    Responder Elivelton. O problemas nos recursos dos 3 estados, atualmente esta vinculado aos cortes de recursos do governo federal. voltemos a matemática, para Cada 5,00 reais que contribuímos, recebemos de retorno apenas 1. se continuar assim,vamos afundar mais ainda.
    Conclusão: Queremos um NOVO país, não um reformado. Nova constituição federal, não precisamos de uma cópia da atual do Brasil. Novas leis,democráticas e práticas. Vejam o exemplo da Islandia, o povo mudou o cenário do país em uma verdadeira democracia.

  • Salu Iglesias diz: 12 de março de 2015

    Sim O sul è meu Pais

  • Harley Vidor diz: 12 de março de 2015

    Sim, a favor.

    Devo salientar para os que aqui se julgam detentores de uma inteligência superior ao explanarem rudemente suas contrariedades ao direito incontestável, que qualquer povo deve ter para decidir sobre o que é melhor para os seus. Esse tipo de argumentação sem embasamento e com tons de fúria e intolerância nos remete ao cenário do fascismo, onde opiniões contrárias e descordantes são de pronto rechaçadas e violentadas sem que possam ser ouvidas e estudadas para melhor serem entendidas na sua intensão e procedência. Fico triste em perceber nas respostas uma falta total de senso democrático, o peso que carregamos por termos sido mutilados por anos de autoritarismo político revela suas sequelas profundas na áurea da nossa gente. Uma mistura de medo e sentimento de posse sobre algo que não os pertence. Se tivessem a boa vontade de se familiarizarem mais pela causa, seus motivos e pelos resultados que trariam num todo, talvez mudassem de posicionamento em relação ao separatismo. Uma mente aberta para o novo é a minha sugestão. O mal que temem pode já existir em volume muito maior e por conta de uma cegueira teimosa não a percebem. Brasilia centraliza tudo, arrecada tudo, e esse montante nunca chega para quem precisa, Pois se chegasse, tenham certeza, não existiria estado pobre neste país, pensem nisso. A União a que defendem com até admirável amor, pode não ser real, e a imagem da verdade esteja no descontrole administrativo que nos lesa a todos, e esse excesso de poder deve ser extirpado é divido para com todos os responsáveis. Os Estados.

  • Marcelo diz: 12 de março de 2015

    onde eu assino?? sou Curitibano e digo sim …. força SUL …

  • Adel Nei Debiasi diz: 12 de março de 2015

    Totalmente a favor, já demorou. Basta lembrar que na greve dos caminhoneiros o governo disse que não passava de uma manifestação (zinha) de interior.
    Para aqueles que não querem, tudo bem, é só pegar a malinha e mudar pro nordeste, vlw?

  • rubem diz: 12 de março de 2015

    leiam nossa historia ,o Rio Grande do Sul já lutou para separar do brasil hoje temos outra oportunidade de separar vamos logo nos livrarmos de sustentar esta corja de sugadores Sul é meu Pais

  • Anna diz: 12 de março de 2015

    Simplesmente ridículo, pura hipocrisia !!!

  • Gib diz: 12 de março de 2015

    Tá na hora de nós do Sul parar de sustentar o resto do Brasil. ficou claro nessas eleições; quem depende de nós! claro que é o resto do Brasil um País sem uma origem ou sem uma história, como foi de fato sua independência? Nós do sul lutamos por liberdade de opressão pois pagamos impostos para sustentar o Brasil. E você que é contra não sabe o que é sustentar um povo sem honrar.

  • irami diz: 12 de março de 2015

    além de ser inconstitucional,é um fato desagregador,os povos precisando de união,paz,caridade e harmonia,vamos pensar e refletir a nossa vida é bastante curta para se preocupar com essas asneiras,ninguém leva terra pro além,amor ao semelhante é o que importa.e minha gente,RAÇA só existe uma;HUMANA,o restante das divisões são etnias. glória a DEUS.independente de qual for sua religião,vamos amar o próximo.abraços

  • Fernanda dos Santos diz: 12 de março de 2015

    DE ACORDO!!!

  • Robson diz: 12 de março de 2015

    A prova da falência da Republica esta mais do que clara …..O Brasil já mais poderia ser uma Republica e sim uma Repubicaconfederativa é um pais de dimensão continental…..

  • Isaac pereira diz: 12 de março de 2015

    Sou paulista , apoio inteiramente a separação, os três estados são auto suficiente sim,
    se faltar alguma coisa lutaremos para conseguir, com muito trabalho e esforço.

    Tem muitas pessoas dando opiniões ,sem conhecimento de causa .
    AVANTE REPUBLICA SULISTA AGORA OU NUNCA.

  • Gustavo Krauss diz: 12 de março de 2015

    Apesar das várias (porém poucas) manifestações contrárias à secessão, percebi, após ler todos os comentários, que aqueles que se manifestam contra a separação dos três estados não levam em consideração um fato pequeno, mas de suma importância: o Sul não mais se regeria pela legislação brasileira.

    Quando a independência for proclamada (não se iludam, isso IRÁ acontecer), o novo país já terá, no mínimo, uma constituição pronta ou em vias de.

    Um dos comentários que mais se repetiu foi de que somos, aqui no Sul, racistas. Não há como estar mais longe da verdade. Claro que, como em todos os cantos do Brasil, existem casos de discriminação racial, sexual, religiosa e política. Mas isso não nos faz nazistas ou racistas. Falaram tanto da torcedora do Grêmio que chamou o goleiro Aranha de macaco, mas se puxarem pela memória, lembrarão que a torcida do próprio clube dele, o Santos, fez exatamente a mesma coisa.

    Outro comentário que se repetiu inúmeras vezes foi o da inconstitucionalidade. Este foi rebatido não uma, nem duas vezes com referências legais. Leiam de novo.

    O Brasil comporta neste momento, no mínimo, 3 países dentro dele: Sul, Sudeste+Centro-Oeste e Norte+Nordeste. É grande demais para ser administrado como deve. Havendo a separação, uma nova e menor carga tributária nos seria imposta. Obras que há anos aguardamos, como por exemplo as preventivas contra os deslizamentos frequentes de Santa Catarina, finalmente poderiam sair do papel. A malha ferroviária seria recomposta, aliviando a carga das nossas estradas, que seriam muito mais bem cuidadas. Nossa saúde ganharia o incremento de qualidade que há tanto tempo buscamos.

    Falam das dívidas dos estados. Durante quantos anos o Brasil ficou devendo a credores internacionais? Sem ter que repassar quantidades absurdas de impostos para o governo de Brasília, seria muito rápido e fácil quitar estes débitos.

    Falaram dos corruptos do sul (como se não houvessem corruptos no Brasil), mas esquecem que seriam feitas novas leis para o novo país. Leis que realmente sirvam ao povo de bem e não aos interesses de minorias políticas. Um novo código penal que punisse exemplarmente TODOS os envolvidos em corrupção. Neste momento somos ainda brasileiros e como tais, sabemos da legislação penal que temos e que não nos serve em absolutamente nada.

    Não haverá nem um canto dos Três Estados que não participasse de quaisquer decisões do governo. Todos serão sulistas, inclusive o oeste, ao contrário do que um comentário disse.

    Quanto aos produtos que não pudessem ser adquiridos do Brasil, principalmente os de tecnologia, poderiam facilmente ser comprados de nações parceiras, pagando tributos muito mais baixos do que os praticados hoje pelo governo brasileiro.

    Falo que os tributos, impostos e taxas seriam mais baixos simplesmente porque não seriamos mais um país de tamanho continental. Poderiamos nos manter, crescer e progredir com apenas uma parcela do que é pago hoje.

    Não haveria disputa pela capital da nova nação. Só fala isso quem não conhece os sulistas ou quem tem medo de uma possível batalha, que não acontecerá. A capital será escolhida legalmente pelo povo do Sul. Particularmente, mesmo sendo gaúcho, eu votaria em Lages ou Chapecó, pela posição geográfica destas cidades.

    Não apenas é viável do ponto de vista legal, como também o é por qualquer outro prisma que se use para observar a possibilidade.

    Apesar da secessão, os brasileiros continuarão sendo nossos irmãos, queiram ou não. Jamais os veremos como inimigos. Apenas companheiros que ficaram do outro lado da fronteira.

    Para os que usaram ofensas, palavras de baixo calão e, em alguns casos, mentiras, para se referir ao povo do Sul, desejamos que consigam, com base no nosso exemplo, lutar pelos direitos que tanto merecem em seu país. Não nos queiram mal por buscarmos justiça e uma qualidade de vida melhor. Queiram apenas que suas vidas melhorem e que seu país seja mais justo.

    PELA LIBERDADE E INDEPENDÊNCIA DO SUL!!!

  • PEDRO BUS. diz: 12 de março de 2015

    Sou muito favorável com a separação, deixo minha opinião com respeito alguns comentários, dizer que o Sul vai passar fome, esse cara não sabe oque é passar fome, Por Deus no meio desse assunto, acho que ele deu inteligencia ao ser humano e sabedoria para termos nossas opiniões.Se isso é um mixo de poder, o que dizer de um município que não tem 2 mil eleitores, almejarem sua independência. Vejo que tem gente que não conhece o sul mas paciência. Alguns comentários é de se tirar o CHAPÉU. Valeu a ideia vomos nos separar!!!

  • Simone U diz: 12 de março de 2015

    Acredito que quem é contra deve estar mamando nas tetas do atual governo às custas do Sul. E quem acha que é bom assim, não fique aqui, suba e fique com a parte de cima, boa sorte.

  • Hugo diz: 12 de março de 2015

    Sim, sou a favor. E digo mais: sou a favor que cada estado ou região se torne independente também. O Brasil é muito grande em extensão territorial e seus péssimos administradores políticos corruptos o fazem ficar pior ainda.

  • Jean diz: 12 de março de 2015

    Concordo, quanto menor o estado, mais fácil de controlar e administrar.

  • Renato diz: 12 de março de 2015

    Poderíamos “exportar” água para São Paulo. kkkkk

  • GERSON diz: 12 de março de 2015

    SEPARAR PORQUE ?? TA BONITO DE SE VER O POVO SAINDO NAS RUAS PARA PEDIR MAIS UM IMPEACHMENT … E ASSIM VAMOS DE 20 EM 20 ANOS …

  • Isac diz: 12 de março de 2015

    Sou a favor. Mas se for separar, tem que fazer da forma certa, tudo renovado, senão vira mais um Brasil.

  • José Roberto diz: 12 de março de 2015

    Concordo plenamente sou de SP e se separar, arrumo as malas e mudo para o sul…

  • Neivor Kuhn diz: 12 de março de 2015

    Sou totalmente a favor da independência dos três estados do sul brasileiro. Não é justo o sul ficar sustentando o norte e nordeste do Brasil. Se o PIB (produto interno bruto) que sai do RS, SC e PR, retornasse para o sul do país, sem sombra de dúvida seria um país de primeiro mundo.

  • cassiano diz: 12 de março de 2015

    Seria otimo. Apoio totalmente, acredito fortemente que podemos montar um grande pais, temos mtas pessoas trabalhadoras que faram a diferença. Na pratica ja somos um pais diferente, outra cultara, outro valores. Tenho pena do sudeste que tera que sustentar sozinho o bolsa familia no nordeste.

  • Alexandre Costacurta diz: 12 de março de 2015

    Com certeza é uma ótimo ideia. Em primeiro lugar, o Brasil é um país muito grande e, como todos nós sabemos, é quase impossível contentar todo mundo, imagina em um país desse tamanho. Creio que com o SUL, as opiniões serão mais próximas uma das outras, facilitando a tomada de decisão.
    Outro ponto positivo é que no SUL tem-se de tudo, agricultura, indústrias, multinacionais. E pode-se dizer também que aqui o povo tem vontade de prosperar e ter uma qualidade de vida cada vez melhor, diferente de muitos estados do Brasil, onde quase metade da população vive da Bolsa Família e não pensa em melhorar de vida. Se as pessoas não prosperam, a nação também não.

    Amamos a nossa terra e não queremos mais que ela seja fuzilada pelo resto país, com a corrupção, bandidagem e falta de escrúpulos dos comandantes dessa ZONA!!!

    E mais um motivo bastante relevante, a maioria dos estados das outras regiões falam muito mal dos estados dos sul, principalmente do Rio Grande do Sul, portanto, se não gostam da gente, a gente sai. Com muito prazer pode-se dizer!!!

    Vamos lá sulistas, vamos fazer nossa própria nação!!!!

    O SUL É MEU PAÍS!!!!

  • Marco diz: 12 de março de 2015

    Eu voto sim a separação, estou cansado deste Brazil corrupto e sem vergonha.

  • andressa taron diz: 12 de março de 2015

    Já passou da hora … SEPARAÇÃO JÁ !!!

  • Dimas diz: 12 de março de 2015

    Boa noite, muitas ideias e sentimentos diferentes, separar em minha opinião não resolve a corrupção que é o estopim para o termo separar que esta sendo analisado, por outros caminhos estilo os EUA ou seja federalizar cada estado para que tenha mais poderes e políticas diferentes, sem no entanto fragmentar nosso belo e imenso pais, nos esquecemos que NÓS somos os empregadores e eles os empregados, para o mal vencer, basta o bom não fazer nada, abraços.

  • Marineusa diz: 12 de março de 2015

    Eu apoio…. Os estados do Sul são os que mais produzem e os que menos recebem retorno do governo federal…..Vamos fazer o Sul virar a Suiça brasileira….Eu tenho vergonha de ser brasileira, não tenho orgulho nenhum de carregar essa nacionalidade que onde vc vai as pessoas te reconhecem por carnaval, praia e mulher pelada….

  • Lauri diz: 12 de março de 2015

    Apoiado vamos separar!!!!!

  • Fernanda diz: 12 de março de 2015

    O sul é o meu país.

  • Ana diz: 12 de março de 2015

    O que se vê pela maioria dos comentários aqui é que 80% não conhece o Sul. Sim ele se sustentaria sozinho. Falta ir dar uma volta e ver como funciona. É sem duvida a região brasileira mais bem estruturada e evoluída. Quem perde é o resto do pais se a ideia der certo. E não o contrario.

  • Ed diz: 12 de março de 2015

    O motivo está no site abaixo…impostos. Os estados do sul pagam pra poder participar dessa “federação”, enquanto outros muitos recebem, e recebem bem! Não é corrupção nem racismo, é indignação! E por favor paulistas, vocês não são a tábua da salvação de ninguém.
    Mas antes de “vomitarem” aqui, pelo menos leiam o que diz o site!
    http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=682

  • José Albino Fraga diz: 12 de março de 2015

    Sempre fui a favor e estou com vocês, pois sou Gaúcho e tenho a convicção que esta na hora,o Sul é meu Pais. adelante se precisar luto de novo. como a musica de Cleiton e Cledir, Pampa amarga, que herdei de meu Pai.Se for preciso volto a ser caudilho. .

  • Pedro Schneider – Maior cidade de SC diz: 12 de março de 2015

    Mansfield,

    Menos 3 estados pra SP sustentar? Temos auto-sustentáveis em tudo. IDH maior do Brasil, fantásticos destinos turisticos, parque industrial de 1º mundo, etc. Pelo que consta quem está vivendo uma crise hidríca são vocês paulistas que se sempre se acharam os fodões do Brasil.

    Aumentaram até nossa tarifa de energia elétrica pra compensar a crise que é vossa e não nossa. Então, quem sustenta quem? Caia na real e responda pois a decadência de vocês só está começando. Ah, pra terminar, enquanto eu digitava esse texto, mais um gol da auto-suficiência da economia joinvilense e catarinense. Esse trocadilho te faz lembrar alguma coisa? Haha

  • Edson diz: 12 de março de 2015

    Se essa ideia vigora hoje e, já aconteceu antes… é porque muitos acham que o sistema no sul funciona melhor do que nos demais estados…

  • BRUNO KOPS diz: 12 de março de 2015

    Não sou uma pessoa que possui o pleno conhecimento da constituição e acredito que este professor possa estar equivocado.

    Se fizermos uma breve análise, podemos observar que o Sul do país é extremamente independente e sempre paga a conta dos outros estados que na sua maioria NÃO produzem nada a não ser despesas e mais despesas para que sejam pagos com o dinheiro do Sul. Isto porque nosso governo não dá o devido valor aos recurso naturais existentes no país. A Região Norte poderia ser extremamente desenvolvida se fosse dado o devido valor para a extração do NIÓBIO(quem não sabe o que é, procure saber)

    O fato de dividir o país nao será o fim do mundo… muito pelo contrario, uma nação com menor extensão territorial será mais fácil de administrar e fiscalizar os recursos públicos, e ainda, colocar em prática as leis que no BRASIL não funcionam.

    Sem falar que o PY e ARG vendem a gasolina produzida pelo Brasil a R$1.80 que aqui no MS custa R$ 3,70.

    O SUL É O MEU PAÍS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Leonardo Spielvogel diz: 12 de março de 2015

    Somos o celeiro do Brasil, produzimos tudo o que precisamos,seriamos um país de primeiro mundo, chega de sustentar o nordeste que suga tudo o que produzimos e nada volta para o sul.Sou a favor sim…Aonde eu assino?

  • Douglas diz: 12 de março de 2015

    Sou do sul do país e só para esclarecer, não complexo de superioridade, “nazismo” ou qualquer outro dos termos utilizados – mas a separação é vista como uma saída de um conjunto que desfavorece a região sul, onde muito dinheiro daqui sai mas pouco retorna.
    Quando questionei a um professor o porque disso acontecer e ela me respondeu ” Bom, como lá a rendar é menor primeiro eles querem evoluir as regiões menos avançadas em saúde,educação, moradia…”, até ai eu concordaria que a idéia de separar é coisa de mal intencionados mas o que é tirado de nós para erguer outras regiões e desviado para políticos daquela região ou políticos de Brasília , Rio, São Paulo, (claro que político do sul também faz o mesmo mas alimentamos e damos Ferraris para mais mil vagabundos que se chamam “políticos,a voz do povo “). Cansei disso, prefiro o sul livre destes políticos, livre da opressão, enquanto nos lutas, fechamos estradas, o que os outros fizeram ” NADA” .

  • Thomas diz: 12 de março de 2015

    quanta falta de informação e ignorância… Procure se informar antes de postar asneira… Concordo plenamente com a separação do sul.. Não se trata de ser preconceituoso e muito menos de ser melhor que outros estados! Isto quem impõe é a oposiçã para quêm só está de passagem no assunto… Quanto menor o estado mais controle, melhor distribuição das rendas e menos escandalos como os que o Brasil está cansado de ver…
    Sou completamente a favor! Nem sempre divisão significa subtração!

  • Fabricio diz: 12 de março de 2015

    Tem meu total apoio!

  • rogerio diz: 12 de março de 2015

    não precisa separar o pais, é só criar uma lei onde quem recebe qualquer assistencia do governo fica impedido de votar, duvido que os petralhas venceriam sem os assistidos pelo bolsa vadiagem

  • Sonic diz: 12 de março de 2015

    Você sabia?

    Que a cada R$ 100,00 que Santa Catarina arrecada para o Governo Federal, só R$ 2,00 é devolvido? E sabia que esses R$ 2,00 devolvidos, são emprestados?

    Não sabia? Pois agora sabe!

  • Jorge diz: 12 de março de 2015

    VLADIMIR PUTIN por favor anexe os três estados do sul assim como você fez com a Crimeia, não aguentamos mais vivermos as margens de corruptos de Brasília e nossa presidenta que nada sabe chamada Dilma.

  • Bruno diz: 12 de março de 2015

    claro que sou a favor. não tenho nada a ver com brasileiro. e o governo então, que fica tudo em brasília, e está favelizando o meu sul. Sou do Sul!

  • Ivo Stahlhofer diz: 12 de março de 2015

    Melhor ideia temos ficar livres mesmo dos sangue sugas dos outros estados. …..

  • Carlos Eduardo Gomes diz: 12 de março de 2015

    Já não era sem tempo. Um movimento honesto e politicamente correto. Vamos mostrar a força do sul sem diminuir ninguém, mas sim mostrando que nós respeitamos demais para prosseguir sendo escravizados pelo resto do Brasil. Vcs acham que professor ganha mau, no sul temos a menor média salarial de todas as regiões.

  • Otavio Guimarães diz: 12 de março de 2015

    A favor. Não é racismo… O próprio movimento prega o respeito. E morei em outros estados do Brasil e fiz grandes amigos. Apenas motivo racional que realmente unidades menores são mais fáceis de gerir. Tenho experiência como gestor, não público, mas empresarial e é fato que quanto mais estratificado for a unidade a ser gerida, mais fácil você de entender e atender suas necessidades e particularidades. Importante ter em mente que não é um movimento discriminatório e sim separatista, são 2 coisas muito diferentes.

  • Tobias diz: 12 de março de 2015

    por que todos comenterios que são contra esta em cima, tão querendo induzir as pessoas, por algum tempo achei que estavamos perdendo forças, mas era só estrategias da oposição, e para esclarecer aos paulistas, somos autosuficiente e ainda exportamos alimentos, SP também é um bom produtor, mas não como nós, seu PIB é mais alto por causa da grande população e concentração de investidores.

  • Lélia Cardoso diz: 12 de março de 2015

    Sou a favor!!! Quantos gaúchos aqui comemoram a Revolução Farroupilha mas não aceitam os ideais desta luta? Sempre amarei o Brasil, mas estou determinada a viver minha própria história, independente. Para quê insistir em administrar um país tão grande? Por questões econômicas e administrativas, EU VOTO SIM! A cultura não vai mudar, a bandeira do RS não vai mudar e teremos possibilidade de crescer economicamente. Quem acha que não vive sem São Paulo, mude-se para lá. A propósito, São Paulo também tem movimentos de separatismo…tendência mundial para resolver conflitos.

  • Rubens Antonio diz: 12 de março de 2015

    Totalmente a favor… e Rubens Antonio para Presidente!!!!!

  • Silmar Rodrigues da Silva diz: 12 de março de 2015

    Sou a favor do Sul, livre! Eu voto sim! O Sul é meu País ou melhor “nosso país”

  • Regis Dias diz: 12 de março de 2015

    Ridículo é enviarmos 84% do que produzimos de impostos para Brasília financiar seus escandalos. Inconstitucional? Claro, nenhum país vai querer perder parte de seu território, principalmente se for uma das mais ricas. Um país onde tudo é centralizado, como no caso do Brasil, tem a tendência a se esfacelar, na verdade é uma tendência mundial. Se Brasília desse autonomia aos Estados, tal como ocorre nos EUA, certamente não existiria esse sentimento, mas essa autonomia nunca virá, pois aí acabam-se as mordomias, diminuem-se as possibilidades de corromper, sem contar no menor poder. A independência é o único caminho que resta para o Sul não se tornar um mero fornecedor de dinheiro para financiar a corrupção brasílica. Sou 100% a favor

  • Joao Mendes diz: 12 de março de 2015

    Quem não gostar dessa separação tem o direito de ir lá para o Brasil (afundando com Dilma e PTrolão).

  • Airton Carini diz: 12 de março de 2015

    Sou a favor sim de nossa independência, essa idéia já longos anos,agora com mais organização. Quanto maior um Pais, em termos territoriais,mais difícil de atender suas regiões com justiça. Eis aí já um bom motivo para ser favorável a criação /separação da pátria mae. Nossa produção e riqueza eh maior de dezenas de Países existentes. Democraticamente,se a maioria da população for favorável, ótimo. Rumo a novos tempos.

  • Darlan A. Machado diz: 12 de março de 2015

    Inconstitucional é o PT governar o Brasil pelo Foro de São Paulo,totalmente ilegal, e ninguém vê isso está aí há 12 anos com corrupção escancarada. Apenas para começar meu comentário.
    Dizer que os três Estados do Sul não tem condições de sobrevivência sozinhos é no mínimo uma ironia ou falte de conhecimento. Estas três federações se comparados a Países Europeus são muito mais ricas e estão muito a frente: Portos, Aéroportos, Universidades, produção agrícola, pecuária, têxtil, calçadista, madeireira,o maior polo pesqueiro é aqui, rios, a riqueza do nosso turismo, etc, etc. Se for prosseguir em dizer sobre o potencial que temos de nossas riquezas são infinitamente grandiosas. Sou favorável SIM. O Sul é o Meu País.

  • Romolo Brognolo diz: 12 de março de 2015

    O Sul é o meu País ::: PR. SC. RS. ( CHEGA DE HIPOCRISIA )

  • Maria de Lourdes Kohler diz: 13 de março de 2015

    Totalmente a favor, inconstitucional é ver meu país se desmantelando dia após dia.

  • Fabiano diz: 13 de março de 2015

    Sonho com esse dia a muito tempo.
    quem sabe poderei realizar!
    Com certeza APROVADIIIIIIIIIISSIMO!!!!

  • André Rolim de Moura diz: 13 de março de 2015

    Sou totalmente a favor, bora lá

  • Daniel Oliveira diz: 13 de março de 2015

    Totalmente a favor. Voto Sim. Separação total

  • Mauricio diz: 13 de março de 2015

    O SUL é meu País. Chega de carregar esse peso que esta acima de nós.
    Quem acha que não conseguimos dar conta de cuidar um novo país está enganado.
    Nós temos os melhores índices de qualidade de vida, os lugares mais bem cuidados e conservados desse tal Brasil’.
    Nós carregamos esse ‘trambolho’ nas costas.
    Ou muda essas merd@s chamadas de leis ou o Sul é NOSSO.
    O Sul é meu País. EU APOIO!

  • sebastião diz: 13 de março de 2015

    algumas pessoas talvez não tenham entendido , que para o sul essa ”constituição” não tem validade alguma, nem mesmo o presidente eleito , que aliás aqui não foi este que esta ai,se da pra chamar isto de presidente. separação já

  • rafael suzano diz: 13 de março de 2015

    Apoio essa ideia, e digo mais, não se trata de preconceito, se somos tão ruins, preconceituosos e etc, pq fazem questão de vir para o sul? pq não nos deixam se foder em paz, já que não vamos sobreviver sem o resto do brasil?? hahah simples! pq no fundo vcs sabem que sem nós, vcs não serão 70% do que são agora! hahah

  • Katherine diz: 13 de março de 2015

    Só uma pergunta: estamos no período do Brasil imperial? Por favor que idéia mais ridícula, vão estudar um pouco a história do RS antes, de como nossa cultura foi forjada e tem outra o plebiscito com um milhão de pessoas? Ta doido.

  • Alessandra diz: 13 de março de 2015

    Sou a favor, mas vou ter q imigrar pro sul, pq nao quero ficar na merda que sobrar nao!

  • Luciano Gago diz: 13 de março de 2015

    Brasília é um verdadeiro vampiro que consome toda a arrecadação da nossa Região sem oferecer o mínimo de retorno sobre ela, comportando-se descaradamente como uma ralo das nossas riquezas, e dispensando tratamento de mera colônia para todos nós. Que se consulte a população por um Sul Livre já!

  • fabio wolff diz: 13 de março de 2015

    Eu apoio acho que até demorou , outros estados ja nos olham diferentes dos demais , pra nós eles fazem nem uma falta.

  • Ramiro diz: 13 de março de 2015

    Absurdo. injustificável. Os países onde isso acontece ė porque tem história atrás disso..ou já era de etnias diferentes ou povos diferentes anos ou seculos atrás.. O que não é o caso do sul. Acho de wxtewma intolerância essa proposta na minha opinião passível ate de processo e entrada do MP nessa questão.

  • Renan Luigi Baruffi diz: 13 de março de 2015

    sou a favor com certeza!
    separação ja!!!

  • luis diz: 13 de março de 2015

    onde eu assino !! Um exemplo é O uruguai q é menor q o RS e vivem melhor q nós , e olha q lá só tem pecuária , o resto é tudo importado inclusive do Brasil . Tem gente q acha q Sp é tudo . morei e conheci o estado inteiro . Lá tem muita indústria e cana . Para comer dependem de MG e o Sul .

  • Rodrigo luiz diz: 13 de março de 2015

    ESTAMOS CANSADOS DE LEVAR O PAÍS NAS COSTAS! os caminhoneiros deram a cara a tapa
    Caminhões do **** sendo escoltados pela força nacional até o porto de joinville
    Tem que para mesmo! Em casa, pra ver oque acontece…. QUEM MANDA A CARNE, QUE PRODUZ O FRANGO, A RAÇÃO, a carne quase tudo que tem no mercado
    O país devia ser com estados independentes, com sua própria legislação. O país é muito grande, não funciona
    Hoje a exportação se torna a melhor opção
    ESQUEÇA QUE VAI VENDER CARROCPRA SEMPRE!

  • Diego Penalver diz: 13 de março de 2015

    É impressionante que os que são contra o separatismo só utilizam ofensas como argumento. Claro, não possuem qualquer justificativa válida para a manutenção da “união”. Viva o Sul. O Sul é meu País.

  • Everton diz: 13 de março de 2015

    Creio ser interessante este dialogo, pois pela unificação do poder na União, deveria ter uma certa organização dos direitos e deveres de cada estado. Deveria ter uma divisão coerente dos recursos arrecadados. Mas a politica brasileira com seus “compra lá da cá”, anda favorecendo regiões com migalhas, e penalizando outras.
    Se invertesse o poder, concentrando-se nos municípios, e não no governo federal, o impostos (dinheiro arrecadado), no máximo 20% iria para a União, e não mais, mais de 50%, fazendo os municipios que geram renda para o Brasil, ficar jogado as traças porque o governo quer ajudar os coitadinhos dando dinheiro, mas não criando formas de criar uma sustentabilidade na região de defit!
    Se o gooverno não se posicionar de forma a usar a merda do “ministro das cidades” para inverter esta situação, a unica solução real que o povo está vendo é a a separação, pois a União não dá outra solução real que favoreça os estados geradores.

  • PEDRO GUIMARAES diz: 13 de março de 2015

    Eu apoio a separação. Antes de vir morar em Santa Catarina, não entendia as razões do movimento. Eu nasci no Mato Grosso do Sul, que lutou muito para separar-se de Mato Grosso. Nós sabemos como é difícil fazer parte de uma estrutura que sugava os nossos recursos e que não devolvia investimentos necessários. O Sul é o meu país.

  • Edson diz: 13 de março de 2015

    Nada como um ataque aéreo com os novos caças super faturados nas capitais revoltosas para amança os separatistas de facebook. kkkk

  • Diego Penalver diz: 13 de março de 2015

    Mais uma coisa, me alegra muito saber que a maioria dos vários comentários daqui aprovam a idéia. Isso aí sulistas, esse ideal pode se tornar uma realidade se a população se unir. O separatismo não tem relação com preconceito ou sentimento de superioridade, mas sim com o desejo de autodeterminação do povo do Sul. Conheço milhares de preconceituosos que são “brasileiros com muito orgulho”, o preconceito é um problema social, não uma característica exclusiva de determinado segmento. Quando ignorantes como os que postaram aqui dizem que o movimento tem conotação preconceituosa, só transparecem a mentalidade pequena e o simples desejo de criticar um movimento legítimo do povo. Finalmente, destaco que o direito de autodeterminação dos povos é princípio supraconstitucional, ou seja, está acima da constituição.

  • André Peres diz: 13 de março de 2015

    Sou à favor da separação, MAAAAAAAAAS….
    Devem ser estabelecidas regras diferentes das que hoje vigoram no Brasil.
    Menos políticos, menos cargos de confiança, menos auxílios para políticos. De nada adianta separar e manter os padrões políticos e econômicos.
    Para os “novos políticos”, carros populares, hospital público, ensino público… para quem serve ao povo e suas famílias, entre tantas outras coisas, afinal, se são funcionários do povo não devem andar melhor que seus patrões.
    Penas mais severas para corrupção, de preferência de morte.
    E o Político que receber o salário mais alto, NÃO PODE receber mais do que “X” (eu sugeriria 5) vezes o salário mínimo.
    Maioridade penal de 16…15…13 anos. Quem comete crime TEM que ser responsabilizado. E as prisões, que sejam fazendas onde essa gente capine, puxe arado se for o caso, mas não pode ser colônia de férias.
    Somos 3 estados que MANDAM mais do que recebem, nada mais justo do que investirmos um pouco mais em nós mesmos!

  • Sergio diz: 13 de março de 2015

    PENSO QUE JÁ DEMOROU ISTO ACONTECER,MAS É PRECISO JUNTAR PELO MENOS MAIS DOIS ESTADOS COM O SUL,PENSO ATÉ EM FAZER OUTRA SIGLA,POR EX:O SUL E SUDESTE É MEU PAÍS,AÍ ACREDITO QUE DARIA PARA SER UM PAÍS FORTE,E TERIA TAIS CONDIÇÕES DE TRANSFORMAR ISTO EM REALIDADE.PENSEM NISTO. OBS:SE NA ALEMANHA JÁ CONSEGUIRAM DIVIDIR O PAÍS,NO BRASIL SEPARANDO DO SUDESTE PARA BAIXO NÃO VAI SER DIFERENTE.

  • Garibaldi diz: 13 de março de 2015

    Apoiado,

    Está na hora do Sul tomar as rédeas.

  • Sandro diz: 13 de março de 2015

    Inconstitucional é óbvio. Mas quem disse que não pode acontecer. É assim que a mudança começa, com a expressão da vontade popular. Quem diz que o sul nao se sustenta é porque nunca leu as estatísticas acerca do que aqui se produz, se exporta, etc em comparação com o restante do país. Definitivamente o sul é nosso país, querendo ou não. “É só olhar e ver…”

  • Nazareno silvestri diz: 13 de março de 2015

    É meu sonho desde muito criança, é viável em todos os sentidos, e só para exemplificar, aqui nas Américas temos países que seriam bem menores do que nos,tanto territorialmente, quanto economicamente. ex: Uruguai, Paraguai, Bolívia, Equador, Peru,alem dos pequenos países centro americanos.Peru e Bolívia tem território na casa do milhão de km², mas perdem em população e riqueza (pib), portanto o meu sonho de criança é perfeitamente factível. O SUL É O MEU PAIS. Abraços a todos.

  • Juninho diz: 13 de março de 2015

    A doida ali comentou: O Sul vai sobreviver sem SP?
    Eu é quem pergunto: SP vai sobreviver sem O Sul?

    #OSulÉMeuPaís

  • Luiz diz: 13 de março de 2015

    Meio utópico, mas sou a favor sim desde que coloquem Curitiba de capital. (rsrs)
    Movimento esta crescendo vamos ver no que vai dar. Me lembro da república do Pampa que não vingou, pois bem não tinhamos internet como na atualidade. Vamo vê…

  • Eder diz: 13 de março de 2015

    Separar? Utopicamente é lindo! Vislumbrando um país justo, valorização da educação como em países europeus, impostos justos, politica sem 2ª intenção, etc… Mas quem Lidera esse movimento? Quem está por trás? Quais vão ser as diretrizes? Quem vai compor os 3 poderes? Como vai ser escolhidos essas pessoas? Poque tratando de pessoas tem muita gente boa aqui no Sul como em todo o Brasil, como tem muita pilantragem tanto aqui como em todo Brasil. Separar pra ver no que vai dar? Tem uma coisa que vale muito mais a ser levada em consideração; “A Liberdade!” Estamos a mercê de um governo podre, corrupto? Sim, mais ainda podemos sair nas ruas reivindicar nossos diretos, podemos abrir a garganta aos sete ventos… Aí vamos separar o Sul… Contando que muitas famílias BRASILEIRAS são formadas por pessoas do Sul+Sudeste+Norte+Nordeste.. Em fim Brasileiros.
    Você apoia o movimento separatista? Mas que movimento é esse? Por quem ele está sendo conduzido? Você que é favorável sabe? Você que é contra, sabe? Eu não sei!
    Vou pesquisar, vou ver se tem estatuto, vou procurar quem está por trás, aí sim volto aqui e volto para ser favorável ou não. Quantos que são favoráveis ou não, fizeram isso?
    Esse é o real problema….. do Brasil.

    São-bentense, catarinense e brasileiro!

  • Rodrigo diz: 13 de março de 2015

    Eu sou a favor, mas não sei se nossa região é realmente auto sustentável. Uma boa solução seria tentar nos anexar com Uruguai. sairíamos todos ganhando

  • Rubi Rolf diz: 13 de março de 2015

    Acho válido, sou e sempre fui favorál a separação do sul do restante do país.

    Fiz parte do antigo movimento que tinha o mesmo objetivo.

    SUL LIVRE, SUL RICO.

    Abraços

  • Rubi Rolf diz: 13 de março de 2015

    Acho válido, sou e sempre fui favorável a separação do sul do restante do país.

    Fiz parte do antigo movimento que tinha o mesmo objetivo.

    SUL LIVRE, SUL RICO.

    Abraços

  • Jorge diz: 13 de março de 2015

    Concordo plenamente, só que não vamos criar um novo país unindo os 3 Estados do Sul, mas criaremos 3 novos países independentes e com um mercado comum: A Republica dos Pampas, a Republica Federativa do Paraná e a Republica Confederada de Santa Catarina. Estou elaborando a Constituição da última. Viva os confederados catarinenses!

  • eng. Baiano que mora no Sul diz: 13 de março de 2015

    A Bahia já tentou o separatismo algumas vezes.
    Uma delas foi dentro do próprio território quando o cacau estava bombando. Bem… Veio a vassoura de bruxa e acabou a alegria.
    Atualmente o oeste baiano tb da seus gritos já que é a região que produz mais frutos e grãos. Tipo exportação. Sabe aquela manga? aquele mamão, melão… que vc compra no supermercado? então…
    Lembro que quando teve as enchentes em SC a galera arrecadou alimentos no festival de Verão de Salvador para mandar para o Sul.
    Bem… cabe cada um refletir.
    Mas cuidado pq seu desejo pode se tornar realidade.

  • guizo diz: 13 de março de 2015

    Se o sul separar, em 10 anos estará mais rico que o resto do brasil.

  • jean dos santos diz: 13 de março de 2015

    Para isso acontecer, haverá guerra de separatismo mas sou a favor!!!

  • eduardo diz: 13 de março de 2015

    Demorou.

  • Eduardo diz: 13 de março de 2015

    Aliás, o que é constitucional nesse país de merda. Acho que só a roubalheira.

  • José Antonio diz: 13 de março de 2015

    O Sul é totalmente auto suficiente, haja vista que os impostos arrecadados aqui não retornam na forma de obras e serviços. São encaminhados aos Estados deficitários, como Maranhão, Pará, Bahia, etc. Vejam os valores abaixo com base na arrecadação de 2012:
    - Paraná pagou R$ 38,5 bilhões e recebeu R$ 9 bilhões;
    - Santa Catarina pagou R$ 23,5 bilhões e recebeu R$ 5 bilhões:
    - Rio G. do Sul pagou R$ 32 bilhões e recebeu R$ 5 bilhões.
    TOTAL arrecadado: R$ 94 bilhões – recebidos R$ 18 bilhões.
    São valores expressivos que não são aplicados nos Estados. Se pelo menos 50% voltassem às origens a realidade seria outra.
    Além do mais o Sul teria um Congresso realmente representativo e não seria a minoria que hoje é no Congresso Brasileiro.
    O novo país precisaria, inicialmente, de uma Assembléia Constituinte, e nasceria com uma Constituição democrática. As reformas políticas, fiscais e legislativas, que nunca saem, seriam imediatamente implantadas com a promulgação da nova Carta.
    O resto do Brasil ficaria com os Estados que possuem as maiores arrecadações, que são os que integram a Região Sudeste (SP, RJ, MG e ES) que juntos arrecadam R$ 462,2 bilhões.
    Portanto, o Brasil do Sul seria mais justo com seu povo e não precisaria de tantos impostos para achacar o bolso de seus cidadãos. Seria um país passado a limpo, sem os vícios e defeitos do Brasil atual.
    É o que eu acho!

  • Tisa Jaques diz: 13 de março de 2015

    Sou totalmente a favor…

  • jorge diz: 13 de março de 2015

    Concordo plenamente e apoio. Sul é meu país. Com certeza passaremos por dificuldades no começo. Só que político corrupto no sul vai pensar mil vezes antes de roubar, pq aqui temos força e honra, e pau vai quebrar caso isso aconteça. Chega de sermos hipócritas, nossa cultura é outra, trabalhamos com honra e somos auto sustentáveis, jamais vou desprezar alguns poucos dos outros estados brasileiros. Más ja passou da hora do sacrifício, esta na hora de nós do sul nos darmos valor e parar de sustentar ladrões do Pt e corruptos. E se tiver alguém aqui do sul que seja contra, é bem facil de resolver, venda suas coisas e vá embora pro norte junto com aquela tropa de vagabundos . Mas depois não se arrependa e não volte mais. VIDA NOVA PRO SUL, NÓS MERECEMOS.. EU APOIO

  • Susan diz: 13 de março de 2015

    Minha nacionalidade? Sulista, com muita honra!

  • JERRY ADRIANO BOSA diz: 13 de março de 2015

    Elisandro. Concordo plenamente. E para aqueles que acham que famílias serão separadas, isso não tem nada a ver. O que vai ser separado são os estados da região Sul e não as pessoas. Não vai ser construído um muro entre o Sul e o resto.

    SOU TOTALMENTE A FAVOR!!!!!!!!!

  • Luiz Henrique diz: 13 de março de 2015

    O Movimento “O Sul é Meu País” é contra qualquer tipo de preconceito, querer separar o Sul não significa q sejamos preconceituosos, pq se fosse assim então todos movimentos separatistas são também preconceituosos, lembrando que existe movimento separatista em todo Brasil, como Nordeste e SP. Sei que existe Sulista preconceituoso, mas não é a intenção do movimento aceitar esse tipo de coisa, e outra os contra só falam que é inconstitucional, mas movimento se basea na lei Autodeterminação dos povos garantindo pela a ONU, Brasil como membro da ONU, deve aceitar essa lei.
    O Sul tem um PIB quase equivalente ou maior do que da Suíça (que é considerado uns dos melhores lugares de se morar e é exemplo de democracia), tem uns dos maiores IDH da America do Sul, nivel de analfabetismo é menor do Brasil, queremos aplicar um modelo político que é praticado na Europa, na qual dinheiro arrecadado nos municípios 70% ficariam no município e outros 30% ficara pro governo cuidar do parlamento e as forças armadas.

    O movimento o Sul é Meu País existe deste 1992, e o desejo de separar o Sul existe desde século 19, então esse sonho é legítimo.

  • JJ diz: 13 de março de 2015

    Vai ser Monarquia o Republica?

  • Diogo diz: 13 de março de 2015

    Esses comentários ridicularizando o movimento separatista só pode ser de gente patrocinada pelo governo federal. Pena ter acabado a munição senão os farrapos teriam conseguido se separar dessa gente oportunista e sem raízes do resto do BRASIL. Não é por nada que na bandeira do Rio Grande do Sul já consta uma boa idéia:
    ” REPÚBLICA RIO-GRANDENSE”

  • Carlos diz: 13 de março de 2015

    Acho que o sr. Deucher esta de ma fé na resposta que deu acima sobre o comentario do professor da Univale. Nem criou um pais ainda e ja esta mentindo para a população. Além de uma estupidez sem tamanho, de propor uma ação inconstiticional e ilegal que, espero, os leve logo para a cadeia, o movimento não tem absolutamente nada a ver com a UNPO. Vejam o que diz o site deles:

    “The Unrepresented Nations and Peoples Organization (UNPO) is an international, nonviolent, and democratic membership organisation. Its members are indigenous peoples, minorities, and unrecognised or occupied territories who have joined together to protect and promote their human and cultural rights, to preserve their environments, and to find nonviolent solutions to conflicts which affect them.”

    Ou seja, o Sul do Brasil não é uma população indigena, não é uma minoria, não é uma popualção não reconhecida (são brasileiros como o resto do pais), não vivem em territorio ocupado e não consitituem uma sociedade cultural independente que esteja sob opressão de um estado ou população e cujos direitos humanso e culturais estejam ameaçados (como explicou o professor). Portanto, façam o favor de cair na real e não façam gente séria perder tempo com essas bobages.

  • silvio ostrowski diz: 13 de março de 2015

    os petistas ai postando estao de cabelo em pe, imagina sao paulo unir-se ao projeto?
    ai ninguem mais segura, veremos o que os vagabundos sustentados pelo bolsa miseria vao fazer para sobreviver
    um corte de 75% do orçamento da uniao ser perdido
    tai
    uma potencia sul americana ganhando força, fazendo nosso dinheiro ser distribuido onde ha necessidade de investimento, e lugares que nao necessitam saberiam sobreviver com o que produzem… bom se isso acontecer, o brasil fica dividido em dois: uma populaçao que trabalha e sera um polo de desenvolvimento e outra naçao que buscara apoio de onde apoiam… venezuela, cuba, africa…..
    talvez assim muda a qualidade de um pais
    sou a favor…..

  • Blaus diz: 13 de março de 2015

    Sul e meu pais, onde assino?

  • Jefferson Pyc Hartmann diz: 13 de março de 2015

    Vai separar para quê? Para continuar sendo um “País” de terceiro mundo, que cobra horrores de impostos, onde tudo é caro e o acesso a bens é difícil, onde o serviço público não existe portanto quiçá funciona? Onde a corrupção continuará a existir e haverá uma separação de classes ainda maior!!! É para isso que querem dividir? Se for pra dividir e acabar com tudo isso, pois penso que riquezas nós possuímos, até concordaria!! Abraço meu povo.

  • Carlos diz: 13 de março de 2015

    E evidente que é inconstitucional. O direito de autodeterminação dos povos não se aplica aqui pois o Sul não é um povo reconhecido como tal. O Brasil foi colonizado nos seculos 16, 17, 18 e 19 e todos os brasileiros são originarios deste mesmo fluxo imigratorio. Quem poderia recorrer ao direito à aurodeterminação são os povos indigenas, não os “sulistas”.

    Se fizerem um plebiscto vao passar vergonh. Pois que o façam para ver quanta gente não aceita essa estupidez de separar o Sul. Mesmo sendo ridiculo até de imaginar as consequências, economicamente seria uma catastrofe para o Sul. Quem ia ser o presidente, o Pizzolati? Estão querendo uma nova Guerra do Contestado? Se uma utopia dessas se tornasse realidade, eis as consequencias: a moeda do novo pais iria sofrer uma desvalorização forte imediata face ao Real, Dolar e Euro. Isso iria encarecer assutadoramente as importações, principalmente de combustivel pois o “Sul” nao seria capaz de produzir petroleo suficiente. Não ha refinarias suficientes também então seria preciso importar gasolina. Não ha agricultura intensiva no Sul então provavelmente seria preciso importar muitos alimentos. A industria têxtil do sul esta quebrada, não ajudaria muito na balança comercial. Esse deficit seria crônico e levaria muita empresa a falência. A corrupção seria a mesma ja que muitos dos corruptos de hoje são do Sul. O resto do mundo não iria reconhecer diplomaticamente o pais certamente, o que iria deixa-lo como paria mundial, sem acesso ao credito internacional. Para resumir, o resultado final seria um pais falido, corrompido e dependente do vizinho Brasil.

  • Jose marcos p. castellain diz: 13 de março de 2015

    Sabemos que é inconstitucional,qual Pais no Mundo quer ver seu território dividido, mais não aguentamos mais o descaso do Governo Federal com o sul do Brasil.

  • Jackson Felipe diz: 13 de março de 2015

    Já está mais do que na hora da separação não votei no aecio nem na Dilma, não sou PT pmdb psdb qualquer partido que seja só quero um país bom digno com menos roubo e menos impostos para meu filho, nesse paísinho chamado de basil não dá mais, tá tudo aberto para roubos fronteiras pra vim qualquer merda pra cá, então temos que formar SIM UM país forte e não dependemos de nenhum estado acima podemos sim ser auto suficiente à países que tem menos PIB como a Suíça e lá funciona porque aqui não funcionaria, VAMOS SULISTAS À INDEPENDÊNCIA DO SUL É O MEU PAÍS! !!

  • Dinarte Ferreira diz: 13 de março de 2015

    Na década de 90 este movimento tomou grandes proporções, eram feitas reuniões, confeccionava-se camisetas, broches e etc… ficou tão forte que a policia federal entrou na investigação e começou a rastrear os grupos, na época um colega de meu irmão chegou a ser chamado para depor, fiz parte do grupo e até ajudei a disseminar a ideia, depois o movimento começou a ser reprimido por autoridades e perdeu força; Não sou contra este ato, mas entendo que vários blocos de estados deveriam se emancipar, não consigo ver no horizonte uma solução para os problemas políticos do nosso país, não vejo um político capaz de colocar este país nos eixos, não vejo uma população empenhada em mudar seus ideais de eleitor, não consigo ver uma perspectiva de uma nação com auto conhecimento, alfabetizada e civilizada, por isso entendo que um desmembramento traria uma maior facilidade de conter custos, investir em coisas básicas como saúde, educação, saneamento, moradia, infra instrutura em geral, governar um país do tamanho do Brasil não é para qualquer um e infelizmente não temos ninguém no horizonte para concedermos este direito… não vejo políticos novos com perfil de grandes lideres, não vejo seriedade na politica jovem. Logo entendo que não se pode dar algo para alguém cuidar se não tem aptidão para isto é como dar uma sala de aula com 40 alunos para um professor recém formado, ou um carro de fórmula 1 para uma pessoa recém habilitada; mas se der um sala com 15 alunos o professor recem formado dará conta com certeza. Bem mas isso não deve ser feito a ferro e fogo e sim com sabedoria e muita aptidão, formando um bloco econômico como mercosul e zona do euro. Mais ou menos isso é minha opinião, se fosse expressar tudo ficaria muito mais extenso.

  • Matias diz: 13 de março de 2015

    Exemplos pelo mundo:
    Quebec – Canadá (51/49% – perdeu a secessão)
    Escócia (55/45% – perdeu a secessão)
    * a máquina de propaganda do estado é muito forte contra a separação
    Catalunha – Espanha

    Veneza – Itália (89% a favor), região que “sustenta” a Itália, o governo não aceita perder a teta.

    Exemplos que segundo alguns acima seriam “impossíveis”:
    Hong Kong, Cingapura, Mônaco, Andorra, Bermuda, Liechtenstein, URRS…

    mais info: http://www.mises.org.br/Subject.aspx?id=48

  • Rpgerio diz: 13 de março de 2015

    Deve separar, a historia ja revela que esse desejo não é de agora. Será melhor para todos, inclusive para os brasileiros. Não dá mais para continuar.

  • gw diz: 13 de março de 2015

    Sou totalmente a favor, chega de ficar sustentando vagabundos…um exemplo é no carnaval, enquanto aqui trabalhamos, a maioria lá de cima fica pulando essa festa dias e dias. O SUL È MEU PAÍS.

  • Fernando diz: 13 de março de 2015

    A constituição afirma que o estado não pode ser dividido. OK. Isso quer dizer que se a constituição falasse que todos tem direito a educação então nosso índice de analfabetismo seria basicamente 0, mas pera, nossa constituição diz isso… Já pensei muito sobre a separação, de fato não seria o mar de rosas que muitos pregam por ai, as dificuldades, principalmente iniciais seriam grandes, porém seria um estado muito menor, então mais fácil de gerenciar, conseguiria sim se reerguer e se tornar uma nação forte.
    O que mais me preocupa seria com o resto do país, até onde a diversidade cultural e de opiniões dos estados restantes iria atrapalhar a reestrutura do Brasil restante? Será que iria se levantar ou iria acabar se separando ainda mais?
    Como alguns comentários que li, sim gosto do meu país Brasil, mas a diferença entre culturas é insustentável, então sim, sou a favor da separação.
    Voltando a falar da constituição, é fácil se esconder atrás de algo que foi escrito e definido em um momento muito diferente do que vivemos, faz mais de 25 anos, a realidade mudou. Outro ponto é que isso inflige os direitos das pessoas de serem independentes. Se realmente a maior parte da população está insatisfeita de fazer parte de algo maios chamado Brasil, elas não podem ser obrigadas a se manterem afiliadas a isso. Isso é democracia. (PS: o Reino Unido passou por algo semelhante, onde a Escócia[?] optou por permanecer neste.)

  • MAGNO JUNIOR diz: 13 de março de 2015

    Caros, pedimos apenas respeito a democracia! Não quer separar? vote não e pronto.

  • carlos santos diz: 13 de março de 2015

    ja passou da hora de separar.. nao temos nada a ver com vcs.a nao ser a lingua.. heheh e olhe lá . se querem tanto que separem.. tirem o peso das costas dos sulistas…. criem de fato um pais de homens probos acima da moral dos demais que permeiam o pais do norte… o que deixa mais triste é que ainda tem gente nesse “pais” lá de baixo que ainda acredita que leva todo o resto nas costas.. nunca cruzou a fronteira de seu “pais” e fica falando de questoes que nem sequer conhece.. separem duma vez.. e vamos ..sejam felizes…

  • carlos diz: 13 de março de 2015

    E tem que ser exigido o passaporte para entrar no sul. hehehehe

  • rogerio rech diz: 13 de março de 2015

    Totalmente a favor…..
    Ou separamos do restante do Brasil, ou que cada estado possa legislar sobre suas leis,
    como é feito no EUA.
    Tanto a minha resposta quanto os que me rodeiam serias “SIM”
    Não podemos mais ver uma capital tão distante e tão inchada, que nos dilacera financeiramente mensalmente, e nossos “representantes” não fazem nada.

  • Everton Iensen diz: 13 de março de 2015

    Sou totalmente a favor, uma ótima iniciativa, vamos lutar juntos por um futuro digno, porque do jeito que ta não da mais.

  • gerson jose moschetta diz: 13 de março de 2015

    Apoio…estou morando em Portugal. Sou Paranaense, mas si separar…tou voltandoooo

  • Daniel diz: 13 de março de 2015

    Concordo. Chega de sustentar os outros estados.

  • everton diz: 13 de março de 2015

    Chega de exploração ao povo sulista, viva o sul livre!!!!

  • Valmor diz: 13 de março de 2015

    O pessoal adora repetir a palavra inconstitucional… PQ? Sabem que isso significa?
    A constituição é algo que rege as regras impostas pelo governo desgostoso sob o qual vivemos e já estamos saturados. No momento que nasce o sentimento de virar as costas para um pais/governo que nos rouba, menospreza, é logico que viramos as costas para essa mesma constituição, afinal não queremos separar e manter o mesmo governo. Então é simples, ou mudam toda a corja que reside no poder transformando o Brasil em um país descente ou sim, clamaremos por separação.

  • Adencio João Marques diz: 13 de março de 2015

    Totalmente a favor. Onde assino??

  • DORLI PEDRO LEHMKUHL diz: 13 de março de 2015

    Sou a favor, pois um PAÍS menor é muito mais fácil de fiscalizar e muito mais difícil de se roubar!

  • DORLI PEDRO LEHMKUHL diz: 13 de março de 2015

    SIM, SIM, SIM TOTALMENTE A FAVOR!

  • Stela diz: 13 de março de 2015

    Totalmente a favor!!
    Plebiscito já! O Sul é o meu país!

  • Marcos diz: 13 de março de 2015

    Pode até ser Inconstitucional, porém, não seria má idéia, e quanto a sobre viver sem São Paulo é perfeitamente possível, veja o quadro abaixo:

    Arrecadações dos Estados do Sul:

    Paraná: Paga ao Gov.Federal 21.686.569.501,93 – recebe de volta do Gov. Federal 9.219.952.959,85 e o Prejuízo que o Gov. Federal dá – 12.466.616.542,08;

    Rio Grande do Sul: Paga ao Gov.Federal 21.978.881.644,52 – recebe de volta do Gov. Federal 9.199.070.108,62 e o Prejuízo que o Gov. Federal dá – 12.779.811.535,90;

    Santa Catarina: Paga ao Gov.Federal 13.479.633.690,29, recebe de volta do Gov. Federal 5.239.089.364,89 e o Prejuízo que o Gov. Federal dá – 8.240.544.325,40.

    Fonte: http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=682

    Mais de 30 bilhões de reais fica no Poder do Governo Federal, só com os estados do Sul.

    Sou a favor sim, mas infelizmente vejo que é quase que impossível isto acontecer.

  • Claudio Woltmann diz: 13 de março de 2015

    Tem que separar sim, os 03 estados juntos tem maior chance de se tornar um pais de 1º mundo. Começar do zero um pais novo, não deve ser fácil, mas vale a pena se for para se livrar do resto do Brasil.

  • Fernando diz: 13 de março de 2015

    se o sul não tivesse sido colonizado pelos europeus JAMAIS teria se desenvolvido desta forma. Somos ELITE perto do resto do Brasil e mesmo assim de TUDO O QUE ARRECADAMOS FICAMOS COM 20%. Agora imaginem se toda a riqueza gerada fosse investida 100% nas nossa terras.
    De fato, quem discorda da separação está com os olhos vendados!
    SEPARAÇÃO JÁ!

  • Alan diz: 13 de março de 2015

    Existe sim, uma desigualdade de recursos naturais e econômicos em varias regiões do Brasil atualmente. Se houver Separação acredito que poderá ocorrer algum tipo de deficiência de alguns produtos e mercadorias. Mas em contra-partida a auto- suficiência em alguns países é utópico, dependem de muitos recursos de vários lugares. Porém aqui no Sul seria mais controlado e bem distribuído. Sou a Favor.

  • André Roldão diz: 13 de março de 2015

    Interessante os comentários não aludindo à matéria. A matéria é sobre o plebiscito e, nesse sentido, não é motivo para discussão. Uma consulta deve ter 100% de apoio.

  • rodrigo a cescon diz: 13 de março de 2015

    Já esta muito tarde, deveria ter feito essa separação muitos anos atraz….APOIOOOOOOOOOOOOOOO

  • Paulo Bourscheidt diz: 13 de março de 2015

    isso já deveria ter acontecido na era COLLOR… … de Toledo- PR .

  • João diz: 13 de março de 2015

    Sou totalmente a favor da separação, o sul é usado como “cofrinho” do governo a tempos… só falta a parte de devolver o dinheiro.
    O Brasil é muito grande para ser administrado nas coxas e desse jeito.
    Separar já.

  • anderson diz: 13 de março de 2015

    Sou a favor sim porque o Brasil esta perdido

  • Alexandro da Silva diz: 13 de março de 2015

    Cara, parece que ninguém percebe que os países da Europa são tudo países pequenos do tamanho dos nossos estados? Tem que separar, pois assim conseguirá controlar melhor seus recursos e combater os desvios.

    Alemanha, Itália, são todos países que eu gostaria de ser o exemplo aqui, o próprio EUA só da certo pq a lei do estado vale mais que a lei no país, assim vale como se fosse vários países pequenos.

    Essa é uma das soluções pra todo mundo melhorar de vida, e penso que não devia só o sul de separar, deviam dividir todas as regiões, isso pelo mesmo motivo que disse acima, quanto menor o país ou a empresa, mais controle dos gastos conseguimos ter, e tratamos o “erro” de modo mais eficaz.

    Prefiro viver em um país bom pra se viver do que continuar tendo o “orgulho” de ser brasileiro.

  • Flávio diz: 13 de março de 2015

    Não concordo com esta ‘suposta’, divisão, pois acredito que seremos mais fortes unidos, mas gostaria de que o sistema político fosse mudado, que a cultura popular fosse mudada, nosso sistema financeiro e politico és falido e corrupto, não concordo com este falso congresso de ladrões e charlatões.

  • Carlos Alberto diz: 13 de março de 2015

    Li alguns comentários a favor e outros contra a respeito da consulta pública. Salve a democracia. Aos que acham que este movimento é efeito colateral das eleições de outubro/2014, ou que o sul depende de São Paulo, ou tantos outros disparates que li, precisam ficar um pouco mais antenados. Estão errados. Não é ser contra ao governo atual. Ser contra o Brasil. Ser ou não comunista. É ser a favor de uma região livre. O sul é estável economicamente. Nosso setor primário é detentor de 18% da população de bovinos, 42% de ovinos, temos o maior parque agroindustrial do Brasil onde processa aves e suínos para o Brasil e para o mundo. A agricultura é diversificada nossos campos produzem milho, soja, arroz, trigo, café, cana de açúcar, além de termos uma agricultura familiar apoiada pela agroindustrial. Nosso produto interno bruto é responsável por 18,5% do PIB brasileiro. Industria secundária forte, setor terciário em expansão. A pergunta, podemos viver sem Brasilia ou São Paulo? Leia os resumos do IBGE sobre a economia e população do Sul e encontrará as resposta. Para mim. Fica livre não de partido, mas ficar livre de um governo central ineficiente, e estou dizendo aqui de PT, PSDB ou PMDB que já estiveram no planalto, é uma possibilidade real. A questão aqui não é diminuir o Norte/Nordeste ou o Centro Oeste e Sudeste. A questão é se podemos POR QUE NÃO?

  • JANDIR CARDOSO diz: 13 de março de 2015

    demorou pra sair do Brasil,queremos nosso pais!

  • Marcos diz: 13 de março de 2015

    desde a primeira vez em que ouvi falar nesse movimento, já achei uma causa justa, como trabalhador, pagador de impostos, vejo cada vez menos um retorno adequado para o que geramos, tudo bem auxiliar os que necessitam, mas se gastar recursos para amenizar o sofrimento do próximo , sem oferecer-lhe condições de se auto sustentar, ao invés de investir onde é possível se gerar mais recursos , eu creio que seja a maneira menos eficiente de se ajudar alguém, assim fica quem pode gerar recursos desamparado, e o desamparado que necessita de auxílio, fica mais dependente, sem uma visão de um futuro. Sou a favor sim, de que seja criado um novo país, eu gosto do Brasil, mas gosto mais ainda do SUL, mas se a situação não estivesse tão insuportável, não haveriam descontentes.

  • JAIR PINHEIRO diz: 13 de março de 2015

    SIM DE PLENO ACORDO. VAMOS NOS MOBILIZAR PELOS NOSSOS FILHOS E NETOS .ISSO NÃO E PRECONCEITO

  • Gilson Justino da Rosa diz: 13 de março de 2015

    A idéia da separação é baseada no preconceito de que o sul é melhor que o norte, que o povo do sul é menos corrupto que o do norte, que o sul sustenta o norte, etc. Os estados do RS/SC/PR são estados agrícolas principalmente, a indústria sulista nem se compara a de São Paulo, Minas e Rio de Janeiro. O sul não tem petróleo, o sul não tem riqueza mineral. Quem alimenta o sul nestes itens é o norte. A história nos dá exemplo do que é ser pequeno. Quando o Brasil conseguiu sua independência, o Uruguai fazia parte do Brasil, era a província cisplatina, que logo se rebelou, porque sua identidade era mais castelhana que portuguesa. Em 1827 adquiriram sua independência. Hoje o Uruguai é um pequeno pais, talvez seja bom morar lá, mas é de uma pobreza enorme. Sua população é menor que um terço do RS, visitem o Uruguai…Entre 1830 e 1835 estouraram várias rebeliões no Brasil, todas sufocadas pelo império. A maior delas foi a revolução farroupilha, que começou em 1835 e encerrou em 1845, com o desfecho dos mais felizes, onde despontou a sabedoria de Caxias, patrono do nosso exército. A revolução farroupilha era na sua maioria separatista. Já durante a revolução, nossos hermanos argentinos tentaram aproximação. Em 1851, quando Rosas governava a Argentina, entramos em guerra com eles, queriam o sul. Em 1865 foi o Paraguai, uma forte nação na época, queria saida para o mar. Se o RS tivesse se separado, hoje seríamos Argentinos ou Paraguaios. O Brasil é grande, o conjunto de seu povo e território ainda ocupará o lugar que merece entre as nações. Pela primeira vez na história está se tentando limpar a corrupção e o que se observa em algumas pessoas é que elas são cegas. Por outro lado, como já foi dito por muitos, isto é inconstitucional. E cabe lembrar ainda que as forças armadas brasileiras são constituídas por pessoas de vários estados, e desde o tempo do império os militares são transferidos de um estado para outro. A identidade das forças armadas é com o Brasil, não é com os estados, então nem à força aconteceria um desmembramento.

  • Gian diz: 13 de março de 2015

    Façamos a consulta e veremos o que acontece!!!

  • Mário diz: 13 de março de 2015

    Não tem outro jeito que não ser o de o Sul virar um País independente. Somos muito diferentes do resto do Brasil economicamente e estamos sucumbindo em razão dos outros estados não terem a mesma capacidade de desenvolvimento e educação. Vai nivelar por baixo.

  • Régis Quintanilha diz: 13 de março de 2015

    Um erro recorrente é dizer que x não vai sobreviver sem y… Ora meus caros… os acordos comerciais continuaram a existir, só passarão de negócios nacionais para internacionais.. para ser bem sincero com a tributação brasileira, será mais barato exportar para o brasil do que vender para outros estados devido a substituição tributária. Outra coisa com uma reforma consistente dos tributos, nossa economia crescerá muito e nossos produtos serão muito mais competitivos… Sou paulista e moro a 17 anos em Curitiba, e o SUL É MEU PAÍS!!!

  • Wilson Roque diz: 13 de março de 2015

    O Brasil já comprovou que não tem como sobreviver democraticamente com o tamanho e a diversidade cultural que tem. O único país que prosperou com as nossas dimensões e população foram os Estados Unidos que, com os defeitos que toda nação pode ter, oferece o melhor padrão e qualidade de vida aos seus cidadãos. A separação é a única saída democrática para uma região do país que demonstrou ser capaz de trabalhar e produzir riqueza e ser auto-sustentável economicamente. Não impede, como dizem alguns, “viver sem SP”. Com os impostos massacrantes que pagamos hoje para tudo o que se produz no sul ou que importamos do resto do país, inclusive o petróleo e seus derivados, não fará diferença se a República do Sul tiver que importar carros, gasolina e todo o resto que necessitar, do Brasil ou de outro país. Países menores e com muito menos produção, conseguem viver com uma qualidade de vida de primeiro mundo (vide Chile, República Checa, Eslováquia, etc.).

  • Rafael Brambilla diz: 13 de março de 2015

    Eu apoio! Separa logo… o resto da pais só atrasa o desenvolvimento do sul!!!

  • Orlei diz: 13 de março de 2015

    O sul só tem a ganhar com isso! tendo em vista que os recursos daqui vão para outros estados que produzem mt menos e não expectativa de crescimento.

  • Cleiton diz: 13 de março de 2015

    Incostitucional como? Nem temos o país ainda, então não temos constituição. Respeitaremos a constituição do nosso novo país! Quem não apóia a idéia, ou é porque não mora no sul, ou porque desconhece as justificativas do movimento. É muito dinheiro saindo do sul, e quase nada voltando.

  • Régis Quintanilha diz: 13 de março de 2015

    Ah li sobre alguns dizendo da inconstitucionalidade da ação, só digo uma coisa:
    Nenhum, NENHUM país no mundo vai colocar em sua constituição que uma região pode se separar da união. Salvo se tratar de uma confederação. O Estado que admite esta possibilidade, está decretando a incompetência e falência… um estado incompetente como o brasileiro só é uno ainda pelo golpe getulista, e a máquina de propaganda do getúlio, e depois pela ditadura militar. Caso contrário, RS, SP, PE já seriam outro país faz tempo….
    Portanto é natural que qualquer movimento independentista do mundo, tenha dificuldades de separação, não estamos falando que será fácil, pois chegará a hora que a propaganda do estado contra a emancipação do sul será covarde, falará mentiras, bradará que é facismo, termo da moda que a maioria nem sabe os pormenores facistas… que está muito mais próximo do comunismo do que da direita conservadora como a esquerda gosta de falar… Nos chamarão de nazistas e racistas… será uma batalha psicológica enorme, tentando manipular novamente nossas mentes para que nada mude… E inevitavelmente a desobediência civil acabará ocorrendo. Mas espero que seja pacífica a vitória. Não sei se estarei vivo para ver, mas espero que meu filho viva para ver o Sul Livre

  • Hilton diz: 13 de março de 2015

    As opiniões aqui são indiferentes. A favor ou não, que se faça um plebiscito e que, com os resultados, tomem-se as devidas atitudes.
    Se a maioria do povo sulista quer se separar, é direito deles. Ainda mais quando se pensa que levaram quase 100 bilhões de Reais ao poder central, mas receberam de retorno menos que 25% desse valor.

  • Pedro diz: 13 de março de 2015

    Neste momento, milhares de pessoas em todo o Brazil estão “protestando” em favor do governo, as mesmas organizações que ganham milhões usurpados dos nossos bolsos, como pode? Simples, o dinheiro vai todo pra Brasilia, se alguém quiser ir lá reclamar, é só pegar um ônibus e passar 3 dias na estrada viajando 24h. por dia.

    Pelo menos se a capital fosse por aqui, e o presidente eleito pelo povo daqui, teríamos com quem e onde reclamar.

  • Bruno De Souza diz: 13 de março de 2015

    O SUL É MEU PAÍS ! CHEGA DE CARREGAR O NORDESTE NAS COSTAS !!!
    SOU A FAVOR À DIVISÃO !

  • Ricardo diz: 13 de março de 2015

    Totalmente a favor!!! Não se trata apenas de diferenças culturais ou de bairrismo. E por que o Brasil nao consegue se governar, grande demais e corrupto demais e falta fiscalização então que seja repartido e melhor governado!

  • Rafael Albrecht diz: 13 de março de 2015

    Inconstitucional, considerando o Brasil como união. Ninguém pediu pra nascer nesse país… Mas acredito que a nenhum povo deve viver oprimido por algum regime…
    Se o povo sulista é a favor da separação, e quando falo povo falo em grande maioria, acredito que seja possível sim.
    O Brasil é muito grande para ter adm centralizada, ainda mais esse governo injusta.
    O povo do Sul merece ter seu país melhor, e se o Brasil não o faz… que façamos o nosso!
    “Siravam nossas façanhas de modelo a toda terra!”

  • Adriano Silva diz: 13 de março de 2015

    Sim, o problema é o resto do país.
    Santa Catarina terá grandes representantes no “Senado do Sul” como Raimundo Colombo, Luiz Henrique da Silveira e João Paulo Kleinubing. O policiamento vai ser top e as estradas serão um tapete (negro).
    Os deputados Federais serão Napoleão e seu choque de gestão (rimou), Pizzolatti e seus percentuais.
    Como prefeito Jovino e centenas de irmãos pendurados em carguinhos.
    Deve sobrar vaga de deputado estadual para nossos vereadores cassados.

    É o fim da corrupção … Que beleza.

    Lembrete : Alguém que falou do nosso alto nível cultural escreveu “alto sustentável”.
    “Auto sustentável” meu filho.

  • Evandro diz: 13 de março de 2015

    Totalmente a favor. Não vejo um único bom motivo pra não separar.

  • vinicius diz: 13 de março de 2015

    Acho isso uma maravilha sou nascido e criado em Curitiba e o sul so ta do jeito que esta
    Pela corrupcao e os desabrigados fugindo aki pro sul. Nao precisamos de sao paulo pa merda nenhuma e acredito que nosso sul podemos muito mais sou um o
    Apoiador dessa ideia . tenho orgulho de ser brasileiro mas do jeito que as coisas estao andando a unica coisa que olho e tenho esperanca e meu sul onde mesmo com isso ocorrendo no nosso pais o sul ainda consegue se manter estavel comparado a outros sem contar de nossa organizacao e respeito coisa que voce sabe logo quando alguém nao e do sul. Acredito que podemos e vamos pra frente meu sul

  • Aloizio diz: 13 de março de 2015

    Petistas, beneficiários ou cúmplices da zona que está o país hoje tem arrepios com notícias desse tipo. “De onde virá nosso sustento?”

  • Marcelo diz: 13 de março de 2015

    É, dizer que o ato é inconstitucional já abre jurisprudência, pois a maioria das ações dos nossos políticos são inconstitucionais.
    É um direito do povo se manifestar e querer o seu melhor, o plebiscito apenas confirmará esta tese, e este é o grande medo dos chefões de brasília e da mídia local que depende das verbas federais para rodarem seus jornais.

  • mikros6 diz: 13 de março de 2015

    Por uma Santa Catarina independente…! Porque juntar com gauchos…!,
    nem Obarrista.com concordaria com isto….kkk
    Mais uma lenda urbana.

  • Joscley diz: 13 de março de 2015

    Eu concordo. Creio que seria bom para os dois lados.

  • sidney diz: 13 de março de 2015

    melhor coisa que poderia acontece é a gente do sul se separar do RESTO….. a região sul é a que mais PAGA IMPOSTOS, e nos somos os que menos ganhamos retorno do que pagamos….. nossa diversidade pode tranquilamente nos manter…. ao contrario do que tem gente falando… NÃO PRECISAMOS DE SÃO PAULO…. temos aqui no sul todos os recursos necessários para nosso desenvolvimento…..

  • Sido diz: 13 de março de 2015

    Eu apoio totalmente!
    E tem mais uma; em 10 anos seremos uma nação de primeiro mundo.
    Só tem um detalhe nossa classe politica terá que ficar em Brasília.

  • Marcos diz: 13 de março de 2015

    Claro que é impossível isto acontecer, o Brasil é uma nação unida e indissolúvel.
    Isso é idéia de quem não tem o que fazer. Isso já foi feito uma vez e acabou em morte de pessoas que se deixaram levar por meia dúzia de imbecís. Amo o Brasil e a todo o povo que nele reside !

  • Rafael diz: 13 de março de 2015

    Mas quando tem calamidade, pedem ajuda de todos… Entendi…

  • Marcus diz: 13 de março de 2015

    “O Rio Grande do Sul lidera o ranking de políticos citados na Operação Lava-Jato, conforme lista divulgada na noite desta sexta-feira pelo Supremo Tribunal Federal (STF).” segundo o mesmo artigo do site Sul21, dos 43 nominados, 10 indicados são do RS, PR e SC, +- 25%! E o pior é que o congresso, os políticos que colocamos a frente do país, por definição, nos representam, o que podemos concluir?
    Quem mora aqui no Sul, principalmente nas cidades menores, vê a compra de votos, conchavos e outras corrupções correrem soltas nas gestões municipais e estaduais, mas descaradas em ano eleitoral!

    Sinceramente, não acredito que o país vá melhorar enquanto nós, cidadãos de forma geral não mudarmos, para podermos ter representantes mais dignos, tão pouco acredito que um movimento separatista trará benefícios que o sustente, principalmente pois o Sul anda mal representado, por seus políticos!

    Mas é apenas minha opinião.

    Marcus

  • Guilherme diz: 13 de março de 2015

    Concordo com a separação! Quem acredita que Brasília terá uma reforma política descente meus pêsames.. Sejam do sul ou do norte a corja de políticos “mamando” é enorme. A separação se executada corretamente significaria uma oportunidade de reestruturação para todas as regiões. Não sou contra nenhuma região deste país apenas acredito que o modelo adotado não deu certo e não vai ser com A ou B no poder que as coisas irão se acertar.

  • Kelvi diz: 13 de março de 2015

    Acho uma excelente idéia e tem meu total apoio. Quanto menor é o poder do estado, quanto menor é seu território, quanto mais próximo ele tiver da população, melhor terá mecanismos de controle para distribuição justa e correta do dinheiro público para as áreas que realmente necessitam. Obviamente que se criaria uma grande estrutura de nação, mas tudo seria compensado com o passar do tempo. Diferente de alguns comentários, temos sim uma proposta cultural diferente de outras unidades da federação, temos uma visão diferente de politica, os números estatísticos e geoeconômicos mostram isto, e temos sim o direito de autodeterminação, segundo resoluções da ONU. Acho inclusive que outras regiões brasileiras mereceriam também sua independência, para o bem do povo e da nação.

  • allan chrystian diz: 13 de março de 2015

    As pessoas não entendem essa grande idéia e ficam puxando o saco de ladrão,o Sul por sua vez possui grandes indústrias além das grandiosas produções agrícolas,grande produção de leite e muita mão de obra,e muitos outros grandes meios de geração.
    Por sua vez esse grande trabalho trabalho aqui produzido no sul,grande parte não volta de Brasilia,vai para o Nordeste,abastecer aonde não existe infraestrutura alguma,vai encher a barriga de baiano que não esta nem ai para trabalhar,a independência do sul requer valorizar o nosso suor,para recebermos o que merecemos abastecendo nós mesmos.

  • Luiz diz: 13 de março de 2015

    Muita gente falando em Constituição e até uma besta perguntando se o Sul vai viver sem SP. Eu moro em SP e sei que o melhor para o Brasil e principalmente para o povo do Sul é a secessão.
    Isso não tem nada haver com separar famílias ou criar barreiras, parem de radicalismo, trata-se de independencia economica e política, coisa bem simples.
    E como já dizia Renato Russo: “Que país é esse… ninguem respeita a constituição, mas todos acreditam no futuro da nação”. Que futuro? Que nação?

  • matheus diz: 13 de março de 2015

    Esse movimento teria como base aumentar a qualidade de vida pessoal dos sulistas pelo que eu entendi nos sites e páginas da web. Temos portos e aéreoportos, agropecuária, agricultura, cultura, comércio, turismo tudo isso em nosso território. Somos autosuficientes sim, pela roubalheira que se vê nesse país, tudo os impostos que são pagos por esses 3 estados nem a metade volta para ser aprimorada as infraestruturas, a saúde é um caos, chega a um momento que é hora de dizer basta, e porque esses impostos ficam tanto em Brasília e mesmo assim não se vêem no que aplicados? Porque em Brasília cada deputado quer tirar o seu, só por isso! sou super a favor desse movimento sim já que nada que vai volta!!

  • Jaison diz: 13 de março de 2015

    Eu gostaria de apenas uma resposta e que fosse convincente o suficiente para mudar nossa ideia no meio de tantas perguntas escolhi duas delas.
    Gostaria de saber em que momento os outros estados sustentam os 3 estados do sul? Por que é que nós somos os que mais arrecadam em todo o Brasil e somos roubados descaradamente, e tem gente de outros estados dizendo que nós não iriamos sobreviver sem eles?
    Se souberem responder estas duas perguntas que sejam convincentes mudarei minha opinião. Caso contrário o SUL É O MEU PAÍS !

  • Fabiano Uesler diz: 13 de março de 2015

    Pelo jeito CUT, SINTRASEB e a esquerda já veio fazer o seu trabalho nessa matéria tentando desmoralizar um movimento legítimo. Nos chamam de preconceituosos mas os impostos pagos por nós não tem preconceito não é? Os impostos que pagamos e os empregos que geramos são úteis pra estes políticos cafajestes de esquerda e de direita. A corrupção no Brasil é endêmica e não tem somente um lado não. Ela assola todas as filosofias político partidárias que existem atualmente. Somente uma ruptura com este sistema pode mudar algo.

    A autodeterminação não é sinal de preconceito. Temos sim motivos econômicos e políticos pra nos separar do restante deste país que tende cada vez mais a um bolivarismo sem precedentes.

    Alguns sujeitos aí dizem que isso é coisa que inventamos aqui não é? Mas estados como o Acre, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e agora Pernambuco registraram seus movimentos separatistas do Brasil. Não somos os únicos a querer independência.

  • Rodrigo diz: 13 de março de 2015

    kkkkkkkkkkkkkk quanta gente ignorante juntas……….
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    só rindo mesmo….

  • Cleberson diz: 13 de março de 2015

    Vejo que tem muitas pessoas nos comentários se equivocando, as pessoas favoráveis ao movimento separatista não é xenofóbica, nem nazista e muito menos se acha melhor do que ninguém.
    Eu sou a favor da separação, eu adoro a diversidade da cultura do Brasil, porém nós do Sul, principalmente nós aqui no Paraná e Santa Catarina, somos muitos boicotados pelo governo Federal! Vemos grandes obras sendo realizadas em outros estados pelo governo Federal e o repasse que temos é ridículo para nós, o Paraná por exemplo apenas 2,2% dos impostos que contribuímos é repassado novamente para nossa população… E o Paraná é o quarto estado que mais contribui! Agora Acre, Tocantins e Roraima são os três estados que menos contribui e são os que recebem mais de 100% de repasse de seus impostos!
    A separação não é questão de preconceito, é questão do futuro de nossa crianças aqui do Sul, eu quero meu filhos e meus netos recebam os benefícios de meus impostos pagos durante anos de trabalho e não uma esmola do governo federal!

  • Fernanda diz: 13 de março de 2015

    Algumas pessoas pensam que viveram a vida inteira sendo brasileiras e se o sul se separar elas vao deixar de ser o que sao. O problema nao e o deixar de ser brasil, o problema e que nos votos e protestos fica muito claro a diferença de pensamento de opiniao sobre o resto do pais, nao tem mais como esconder que o proprio brasil nos exclui do mapa, a nossa cultura nao se perdera, os nossos amigos ficarao, mas o governo e o nosso dinheiro a gente corre atras e nao teremos o problema de os outros estados nao concordarem e aceitarem o Brasil como esta, tres estados nao mudam um pais mais 3 estados podem formar o melhor pais que ja vivemos…. pensem bem… e se nao gostarem voltem para o BRASIL da corrupcçao.

  • Diogo Mück de Oliveira diz: 13 de março de 2015

    É uma ótima solução para os sulistas, temos todas as condições para sermos um país altamente desenvolvido, nos últimos anos oitenta por cento de tudo o que produzimos tem indo para os ralos infinitos e corruptos de Brasilia, e o que recebemos em troca ? Hospitais sucateados enquanto nosso povo padece nos corredores nas situações mais precárias que um ser humano pode ser submetido. Educação, está totalmente precária, sem investimentos sem as mínimas condições para funcionar nas suas condições mais básicas. Enquanto tudo isso acontece nosso dinheiro está sendo desviado por corriluptos, ou sendo investido em outros países a exemplo da fortuna gasta em portos no país do ditador Fidel e nossos portos enquanto isso ? Itajai precisa de investimentos também porém, não tem. É esse país que querem continuar integrando? É nesse tipo de coisa que querem que os impostos de vocês sejam investidos ? Ou melhor desviados. Eu apoio totalmente essa idéia.

  • Marcos Pucci diz: 13 de março de 2015

    Sou a favor. Tratando-se do estado antidemocrático brasileiro, a palavra Inconstitucional não significa nada pra mim. O salário minimo é inconstitucional. Alguém é preso por isso? Nenhuma constituição pode passar por cima da vontade de um povo. E cláusulas pétreas são polêmicas… Para aprisionar cabras. Não sou cabra. Gente apaixonada virtualmente pelo Brasil deveria estudar mais e deixar de ser autoritária. Sul independente! São Paulo independente e nos ajudando mutuamente. O resto, se quiser nos boicotar…. Que o façam. Viva o direito humano da liberdade! Plebiscito já! Não sou brasileiro, sou Paulista, como Inesita Barroso.

  • Rodrigo Rausch diz: 13 de março de 2015

    Aprovo sem sombra de duvidas, chega de sustentar a corrupção, chega de ter que sustentar bolsas. Seriamos um país de ponta, com índices de países de primeiro mundo!
    Viva ao sul !

  • kleber mariano diz: 13 de março de 2015

    Rio Grande do Sul lidera ranking de políticos investigados na Lava-Jato
    http://www.sul21.com.br/jornal/rio-grande-do-sul-lidera-ranking-de-politicos-investigados-na-lava-jato/
    Deixem de besteira, separar nada. Concordo que boa parte do pais deve melhorar e muito para ficar perto do sul no tocante a educação, forma de trabalho, mas se acharem o ultimo biscoito do pacote é demais, olhem o umbigo antes de falar mal do resto do pais. ( NORDESTINO COM ORGULHO ). Moro aonde você vem passar férias.

  • vilmar diz: 13 de março de 2015

    Onde assino? Outra tem um Monte de IDIOTAS preocupados, fiquem com as sobras e com o PT

  • Nilto diz: 13 de março de 2015

    Voto SIM! chega de brasília roubando 80% do que é nosso…

  • Luciano Seibel diz: 13 de março de 2015

    Acho ótimo. Não interessa como se sobreviverá, não vai mais ser problema do Brasil mesmo. Uma constituição que proíbe o próprio modo de muda-la não é constituição e sim regimento ditador. Aliás, vivem mudando as leis cfe. a necessidade do roubo… to nem aí se consideram inconstitucional. Não tenho nada contra nordestino nem este nem aquele, é questão de diminuir o âmbito de atuação destas pragas chamadas CLASSE POLÍTICA BRASILEIRA e pelo menos aqui … controlá-los de perto.

  • Carlos diz: 13 de março de 2015

    O SUL É MEU PAÍS!

    FIQUEM COM ESSES CORRUPTOS PRA VOCÊS!
    CHEGA DE SUSTENTAR VAGABUNDOS!

  • Marcelo diz: 13 de março de 2015

    Gente do céu… Eu amo o Sul do Brasil, já morei por lá e tive a felicidade de conhecer muita gente do bem que nasceu e vive por lá… Mas como em todo lugar do Brasil, ali existe uma parcela de gente sem noção, viu? Poxa, moçada! Um pouquinho de história não faz mal a ninguém, né?

    Não tenho nada contra esse tal MOVIMENTO SEPARATISTA que visa a valorização da cultura catarinense, paranaense e gaúcha… Não, péra… Que cultura? Santa Catarina e Paraná não tem cultura própria! São oriundos da Alemanha e Itália e parte dos litorâneos de SC vem dos Açores! Os gaúchos até tem lá a sua cultura formada por bugres, que são os autênticos gaúchos, mas são poucos, porque a maioria atual também é oriunda da “Zorópa”, e os poucos legítimos gaúchos são contra esse tal de movimento separatistas… ops… “separa-étnicos”, porque estão sugerindo até uma separação étnica!

    Para esses “separa-étnicos” vai a minha indignação:
    Ora, se não estão satisfeitos com o atual MAPA DO BRASIL, que recebeu tão bem os seus descendentes, vão embora para os países de suas origens (ALEMANHA, ITÁLIA, POLÔNIA) e não me venham com esse papo de querer dividir o país formado pela minha etnia parda e miscigenada que já foi e ainda é, até hoje, humilhada e discriminada pelos seus avós e bisavós desde antes de vocês chegarem!

    ESTUDEM A CONSTITUIÇÃO ou VÃO CARPIR UM LOTE!
    Mas deixem a porra do mapa do Brasil quieto!

    Ah! Só mais uma coisinha: A maioria dos envolvidos na atual operação “lava-jato”, são do Sul do país… E para meia dúzia que quer pregar moral de anti-corrupção e bons costumes vai o recado: Concluam a obra da Ponte Hercílio Luz, acabem de vez com a atrocidade da Farra do Boi e expulsem a pequena parcela racista e preconceituosa que aí existe! Depois venham falar de separatismo e Constituição!

  • Anderson weber diz: 13 de março de 2015

    Apoio sempre.nao quero mais ser brasileiro. ..

  • Renan Santos diz: 13 de março de 2015

    Completamente A FAVOR da independência!!! Com certeza é a única solução!

  • Suzel Belmonte diz: 13 de março de 2015

    Apoio totalmente! E temos o direito de manifestar nossa posição. Quem é contra, simplesmente diz “não”. Porque tanto medo???

  • valmor diz: 13 de março de 2015

    Sou a favor. E os políticos corruptos mandaríamos para o lado de lá e a Capital do Sul poderia ser Florianópolis porque fica bem no centro dos três Estados.

    O SUL É MEU PAIS!

  • GV. Picciani diz: 13 de março de 2015

    OLHA ESSE COMENTARIO ACIMA DE UMA PESSOA QUE ESQUECEU DE TOMAR —-O REMEDIO “Prozac”( pra esquizofrenia) ANTES DE ESCREVER HAHAHAHAH—-
    —-NEGO ALBINO VC EH UMA FIGURASSA– LENDA DA COMEDIA HAHAHAHAHA —-UM GENIO VC SERIA SE VC nao TIVESSE atrazado em 200 ANOS HAHAHAHAHHA !!!!GRANDE GRANDISSO! ISSO SOH PODE +++SER UMA SATIRA HAHAHAA! MUITO BOA Nego Albino VC EH UM FANFARRAO HAHAAH TE AMAMOS HAHAHAHAHA!
    ====
    Nego Albino diz:
    12 de março de 2015
    Olha, eu acho um absurdo esses brasileiros quererem se separar de Portugal. Eles acham que são melhores do que a gente? E digo mais, a constituição claramente diz que o Império Português é indissolúvel e governado pelo Rei, cujos poderes foram concedidos por Deus. A argumentação contra a secessão aqui aprensentada é análoga a essa grande bobagem ;D
    =====

  • Gilson Rodrigues diz: 13 de março de 2015

    Apoio o movimento separatista, e vejo em meu convívio social uma unanimidade de apoiadores desse movimento, o que gera um pouco de desconforto na população sobre o assunto é não haver liderancas politicas mobilizadas nesta causa, posso imaginar os motivos, muitos por acharem pouco provável uma mudança dessa magnitude na sua realidade de vida, outros por puro medo de revolta, etc, mas acredito ser esta uma das melhores medidas para combater a corrupção, quanto menor mais fácil de fiscalizar, acredito que as pessoas que postaram comentários totalmente contrários a este movimento nao moram no sul, não nasceram no sul, respeito todas as opiniões, porem acho que quem esta assim totalmente contra esse movimento é também contra a democracia, e um escravo de leis que servem para favorecer a minoria…

  • michel bergmann diz: 13 de março de 2015

    uma separação seria a salvação,alem de acabar com o governo porco,iriamos enriquecer em vez de empobrecer como esta acontecendo.

  • Augusto ely diz: 13 de março de 2015

    mas com certeza! os carros aqui de casa já estão adesivados, nada contra nordestinos e nem o resto do pais, só que gostamos de coisas diferentes, e pagamos muito caro por sermos trabalhadores, a luz aqui aumentou 39% e lá pra cima tem estados q aumentou 5% por isso????? podemos nos virar sozinhos! O SUL É MEU PAIS!!

  • Andréa diz: 13 de março de 2015

    só queremos ter a nossa igualdade ecanônica. Chega de produzir e exportar para que o dinheiro seja gasto nos outros estados acima.

  • Eron Ferreira diz: 13 de março de 2015

    Até parece que aqui no sul não existem um monte de político podre e corrupto. No mínimo este idealizador que é ser presidente. E hora, sim, de aprender a votar. Votar com responsabilidade. Tem muita gente que vota em corrupto de carteirinha e depois fica reclamando pelos cantos.

  • JULIANO diz: 13 de março de 2015

    Apoiado totalmente!!

  • Idelcio diz: 13 de março de 2015

    Olha só, não seria a melhor coisa do mundo, mas por quê pagamos bandeira vermelha se aqui não está com crise de água? Por quê o sul e sudeste pagam mais que norte e nordeste? Por quê aqui tem mais impostos e nenhuma empresa de grande porte como tem em São Paulo vem para cá? Sou gaúcho eternamente e sou a favor da separação em certos pontos, mas também sou contra em certos pontos. Vamos eleger o Guri de Uruguaiana para presidente! kk

  • Bruno Marschner diz: 13 de março de 2015

    Olá, é preciso entender o nucleo do movimento antes de simplismenta chamar o movimento de nazista ou algo assim. O direito à autodeterminação é algo imune e não deve ser cogitado. Não poder sequer fazer uso desse direito – por exemplo através de um plebicito – é algo que fere um dos mais altos direitos segundo a Charta da ONU. Infelizmente a União provavelmente não vai permitir um plebicito não fácil. O que faz sentido pois qualquer sulbrasileiro sabe que a chance de um processo de segregação seria muito grande o que representaria uma perda territorial enorme para o Brasil. Alem do mais outros estados e regiões provavelmente logo fariam o mesmo.

    Eu acredito que seja crucial no momento mover o foco do movimento para uma maior autonomia estadual! E isso todos os estados do Brasil podem de fora legal requerer da União – se agirem juntos. A maior autonomia estadual esta diretamente ligada com a autodeterminação de qualquer região do pais e seria uma grande passo. E a todos que não apoiam deixo a pergunta: Sera que os casos de corrupção teriam alcançado as atuais dimensões se cada região tivesse a oportunidade de administrar de forma mais intensiva o seus recursos e opinar com maior autonomia em relação ao que a união decide?

    “O Brasil é a única Republica Federativa sem Federações. É como se fosse um gigante que tem sérios problemas cardíacos e por isso os membros mais distantes do “coração”, por exemplo os pés, vivem cronicamente gelados e mal abastecidos de sangue.”

  • Joel diz: 13 de março de 2015

    Sou totalmente a favor da separação do sul, demorou. Ha quem diga que não vamos sobreviver sozinhos e eu pergunto, como o Uruguai sobrevive e muito bem sendo um país tão pequeno? O povo aqui luta pelos seus ideais, metas, objetivos, com certeza seríamos um país bem melhor do que este q está aí.

  • Renato Rosa diz: 13 de março de 2015

    Sou totalmente A FAVOR, chega do sul bancar $$$$ outros estados, somos totalmente auto sustentáveis, somos a região com maior nível de desenvolvimento nas áreas de educação, saúde e economia, chega de sustentar o nordeste. Somos mais desenvolvidos que a maior parte do brasil, chega de termos nossa economia freada pelos outros estados que não conseguem nem se manter sozinhos sem a ajuda federal.

    Já passou da hora de abandonar essa política nacional falida, juntos do brasil somo pais de 3 mundo, sozinhos teremos chance de ser um pais de 1 mundo super desenvolvidos.

  • Engler Cruz diz: 13 de março de 2015

    É questão de tempo para que esse ideal tome corpo e se torne imperioso. O Brasil é uma conha de retalhos culturais entre outros e, portanto, nunca será uma nação. Brasilia asfixia o federalismo que, na pratica, não existe. A redistribuição dos impostos arrecadados não é equânime, pelo contrário, “interésses” políticos se sobrepõem. Há também um perfil étnico, cultural que aproximam os três estados nesse sentido. No meu circulo de relações, funcionários públicos igual a mim, a maioria esmagadora pensa que seria muito bom o sul tornar-se um país. Sou gaúcho de Porto Alegre, criado na fronteira, em Livramento, e moro atualmente em São Francisco de Paula, na serra gaúcha. Opiniões superficiais, vazias, fulgazes e “achômetros” me fazem sentir pena, pela mediocridade, e nojo, por expressar arrogância erguida pela bandeira da ignorância. Abraço a todos.

    Engler Cruz

  • Carlos diz: 13 de março de 2015

    Não acho boa idéia, visto que somos dependentes de SP pra uma serie de produtos/serviços. No meu caso por exemplo, grande parte dos insumos, embalagens e medicamentos que adquiro vem do sudeste; se separasse ficaria mais caro que ja é, devido a taxa de importação que passaria a incidir.
    Se a questão for política então cabe menos ainda, vide lava-jato e deputados do sul envolvidos, e nossas “boas escolhas” nas eleições.
    Só resta como argumento a questão cultural, que cai por terra, pois não há cultura/costumes/etc melhores ou piores; apenas diferentes, e cada um com suas riquezas.
    Se houver plebiscito, voto contra.
    Menos ódio e segregação, mais amor e união!
    Estamos precisando…

  • Ricardo Prévidi diz: 13 de março de 2015

    Com ser tesa nosso sul é feito por gente honesta e principalmente trabalhador. temos estrutura para independência e é nosso direito.
    Chega de sustentar brasília!
    Sou totalmente a favor da separação desde que tenhamos punições exemplares contra a corrupção política.
    Chega de vagabundo vivendo nas costas do povo enquanto nós trabalhamos e a carteira esta sempre vazia.
    Forte abração e contem comigo.

  • Natan Guarda diz: 13 de março de 2015

    Sou a favor sim, mas deveríamos levar São Paulo junto, seriamos o pais mais rico deste planeta, hoje a população brasileira não chega a 50% que trabalha, não podemos mais sustentar tanta gente, podemos sim ajudar o povo do sul, para melhorar ainda mais a qualidade de vida, o Brasil tem um potencial enorme, mas infelizmente não esta sendo usado, se todos juntassem as mãos para fazer esse pais melhor, eu seria contra, mas ver o meu povo, o povo gaúcho pagar mais impostos que os outros estados, mais pela luz, mais pela agua, não esta certo, e Santa Catarina, São Paulo e Paraná tem um belo povo trabalhador e lutador pelos seus ideais, não devemos ter vergonha do Brasil, é um belo pais, uma pena que mal aproveitado!

  • Vagner diz: 13 de março de 2015

    Sob o aspecto economico seria ótimo. Sob os aspectos políticos e organizacionais também e outros estados deveriam seguir o mesmo exemplo. É muito mais fácil administrar e inibir a corrupção em uma nação menor.

  • Leandro Carpenedo diz: 13 de março de 2015

    Favorável.
    Li alguns comentários dizendo que não sobreviveriamos sem SP e que os 3 estados do sul estão falidos. Lógico que ter SP conosco seria melhor, mas temos sim capacidade produtiva para progredir. Quanto ao “falido” , esse é justamente o motivo de querermos a autodeterminação, pois quase toda a riqueza que aqui é gerada é enviada ao governo federal e praticamente nada retorna em benefícios.
    O que gostaria de verdade, seria ver um país formado por RS SC PR SP MS e MT. Mas é lógico é utopia, além do que, não sobraria muito de onde o governo federal MAMAR.

  • Ricardo diz: 13 de março de 2015

    Apoio 100%, nem a metade dos recursos gerados no sul voltam para a região. Não se trata de bairrismo ou preconceito (as pessoas que dizem isso falam sem conhecer o movimento). A maior parte das pessoas com que falo aqui na região noroeste do RS apoiam o movimento.

  • Osmar diz: 13 de março de 2015

    Sim/concordo em nome da idoneidade, honestidade, que é de praxe do povo do sul.

  • Sr.Koch diz: 13 de março de 2015

    Ah como seria bom, sem sombra de dúvidas seriamos 1 mundo,temos portos,itaipu,praias,campos férteis e agricultura forte,grande potencial industrial,povo educado e trabalhador e uma cultura sem igual,entre outras qualidades que poderia nombrar.o Sul e meu País…Força

  • João Luiz Zoellner Lopes diz: 13 de março de 2015

    Totalmente apoiado, vi muito idiotice nos comentários, do tipo “esse movimento é nazista” ou falando que são meio duzia de pessoas, mas isso é normal, brasileiro não pode ver algo dando certo que já vem querendo estragar, PS: o fundador do movimento é judeu e não são meia duzia de pessoas mesmo. E os meus principais motivos são econômicos e políticos, políticos porque quero escolher o político que ira me governa(sem passar pela autorização de políticos de outros estados) e o meu estado o PR que paga cerca de 200 bilhões de impostos recebe em media apenas 13. Tenho outros motivos, não são apenas esses dois.

  • Daniel Eduardo Koch diz: 13 de março de 2015

    Sempre sonhei em morar num país onde a preocupação com o povo fosse o foco dos governantes, que infelizmente aqui no Brasil só governam e manipulam as leis em benefício próprio e a situação só piora a cada ano que passa. O Sul praticamente sustenta o resto do Brasil e sempre foi ridicularizado. Sempre serei a favor da separação do Sul do resto do Brasil, não por sermos melhores que os outros, nem por preconceito nem qualquer outra bobagem, mas por que somos desfavorecidos na repartição dos tributos, pagamos e geramos muito mais impostos que os estados do nordeste e recebemos muito menos de volta. Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná tem sim condições de se manter e ser um país de primeiro mundo, é só não nos inspirar no modelo político vigente atualmente no Brasil.

  • João diz: 13 de março de 2015

    Fuck the King!

  • Suelen C. B. Miotto diz: 13 de março de 2015

    Ideia completamente aprovada. Há muitos anos ouvi falar da formação do país do Iguaçu, que seria formado pelos 3 estados do Sul mais o estado de São Paulo. Seria ótimo, mas também se ficar somente nos 3 estados do sul tudo bem. É preciso fazer alguma coisa a respeito, chega de sustentar o Brasil inteiro e ainda ouvir que temos obrigação de pagar a energia mais cara que os demais estados porque produzimos mais capital para o país. Acho isso um absurdo, completamente contraditório. Acho que deveriam abrir para a eleição em mais cidades do estado.

  • Karine diz: 13 de março de 2015

    Acho de tamanha soberba e preconceito achar que o Sul sobrevive sem o restante do país. O Sul não é autosuficiente, se separassse, teria que importar MUITA coisa do Brasil, pagar taxas, imposto… SP, MG, RJ tem o PIB BEEEEEEEEEEM maior que do sul inteiro… Se o sul separar, vira uma republiqueta de merda, pobre… E não adianta separar se a mentalidade política continuar a mesma…
    Tem questoes governamentais, a Caixa economica financia MUITA coisa aqui no Sul, e ela é federal, ou seja do Brasil, como ficam os financiamentos em andamentos? Da onde que viria dinheiro pros financiamentos futuros? Affe, é assim que nasce as guerras civís, gente escrota que “luta” por ideal desnecessário ao momento… Se o Brasil tá ruim, a CULPA É DE TODOS, desde o padeiro que sonega imposto, ao menino que fura a fila e ao governante que rouba…
    Sou catarinense, e se um dia separar, vou morar em SP de novo. Affe

  • César diz: 13 de março de 2015

    Sugestão aos separatistas brusquenses: Agreguem a Bahia ao movimento

  • ivandel diz: 13 de março de 2015

    sou a favor da separação do sul do pais sim, a gente trabalha feito um condenado p/ o governo investir td nos outros estados onde ñ se sustentão
    tem um monte de revotadinho ai pq a teta deles vai secar, então bola p/ frente , “o sul é meu país”

  • Patricia diz: 13 de março de 2015

    Penso sinceramente que seria o melhor para nós. Com certeza precisaríamos de alguns estados momentaneamente. Mas somos Trabalhadores, inteligentes…Não votamos em Dilma…pelo menos não em nossa totalidade. E podem ter certeza eles também sentirão nossa falta gauchada maravilhosa! Um novo país sem corrupção, sem bolsas esmolas e o raio que parta estes 13 malditos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Nunca vi o país tão quebrado, uns com tanto e o resto sem nada e uns com bolsas esmolas. \não possuo partido. quero meu pais livre da corrupção só isso.

  • CHARLES diz: 13 de março de 2015

    Estou a favor ta separação o governo federal deve 2 bilhões de dolares pro sul chega de ser troxa pra brasilia SEPARAÇÃO JÁ SOU GAÚCHO COM ORGULHA não ta morto que beleia!!

  • Victor diz: 13 de março de 2015

    Nunca li tanta besteira juntos. Querem separar? Uai, mas isso já aconteceu: Argentina, Paraguai e Uruguai. Vão pra lá, separatistas.

    E, tem um idiota aí em cima que disse “sustentar vagabundos no carnaval”. Ora, quem vai pro Nordeste pular Carnaval são basicamente sulistas e o pessoal do sudeste. Os “vagabundos nordestinos” vão pra rua vender cerveja, água, refri e comida.

    Vão estudar um pouco de história antes de falar e pensar besteiras.

    Ou, melhor, vão para o Uruguai, Paraguai e Argentina. Estes devem ser o país desses separatistas.

  • ivan luiz diz: 13 de março de 2015

    eu apoio totalmente !!! por que na verdade somos nos do sul que sustenta o resto DO pais inteiro ! principalmente o nordeste onde o PT destribui o bolsa familia que somos nos do sul que paga tudo isso!ESSSA SEPARAÇAO DEVE ACONTECER JA NA MINHA OPNIÃO !

  • CARLOS diz: 13 de março de 2015

    O JOANA……GRANDE BOSTA ESSE S.PAULO QUE VOCÊ ESTA SE REFERINDO, PARANÁ, SANTA CATARINA E RIO GRANDE DO SUL SÃO AUTO SUFICIENTE E ESTOU TORCENDO PARA QUE O MATO GROSSO DO SUL ADERE A ESTE MOVIMENTO.

  • Marcelo diz: 13 de março de 2015

    Num país que amargura hoje uma doutrina política demasiadamente voltada para o poder de poucos, tudo deve ser levado em consideração e no mínimo discutido. O Sul é assim auto suficiente, seria um belo país….assim como o Sudeste, Centro Oeste, Norte e Nordeste……cada qual com suas vantagens e desvantagens. Se não sabemos lidar com toda essa grandiosidade, ou melhor, se os líderes se aproveitam de toda essa grandiosidade apenas para suprir seus interesses próprios, porque não separar as regiões??? Porque não revisitar conceitos básicos de administração que hoje nos fazem tanta falta. O momento é sério e exige maturidade, sensatez……vamos discutir sim !!

  • Luis Alipio diz: 13 de março de 2015

    sou totalmente a favor pois já esta comprovado que a região Sul o pais e alto sustentável e não depende do restante do pais pois enviamos muito mais verbas para a união do que é repassada de volta pelo governo federal, sei que a constituição não nos permite, mas é assim mesmo que as coisas andam com boas ideias e gente disposta a lutar por elas.

  • Jefferson diz: 13 de março de 2015

    Sou a favor da descentralização do poder federal, da criação de estados quase totalmente independentes.

  • Del diz: 13 de março de 2015

    Também sou a favor da separação. Conheço o país inteiro e posso assegurar. Deixemos o PT pra quem votou nele. E para quem tá falando se seríamos auto-suficientes em tudo….não se preocupem, o que precisarmos, nós importamos, assim sendo ainda estaríamos ajudando o outro lado.

  • Matheus diz: 13 de março de 2015

    Engraçado o professor mencionar que é inconstitucional o movimento, já que a própria constituição federal traz como fundamento do estado democrático de direito a auto determinação dos povos. Ora, o povo é soberano na democracia, portanto deve ser autônomo para tomar as decisões que entender melhor. Por princípio deve-se autorizar sim o plebiscito, mesmo que contrarie algum dispositivo legal. Outro ponto intrigante que vejo nos comentários da mídia e aqui, inclusive, é quando o movimento separatista do Sul é visto como um grupo racista e preconceituoso. Quem afirma isso com certeza não se deu ao trabalho de fazer uma pesquisa de meros 5 minutinhos antes de cagar pela boca, ou pelo teclado nesse caso, já que o movimento não é, de forma alguma, motivado por questões superficiais como a cor da pele ou origem geográfica de um indivíduo. Estamos cansados desse sistema “federalista”, entre aspas porque de federação só o nome, falido em que o Brasil se encontra, onde apesar de ter uma das economias mais fortes do globo, ainda nos encontramos em situações deploráveis de saúde e educação. E pelo que tudo indica, esse cenário não irá mudar com o atual sistema e forma de governo brasileiro. Independência ao Sul, meus amigos.

  • marcelo diz: 13 de março de 2015

    bom… é fácil dizer que é um movimento nazista… é fácil dizer que é um movimento sem sentido… é fácil dizer que ser brasileiro é ter orgulho… é fácil dizer que não vivemos sem o estado de São Paulo…

    Perguntas: quanto dinheiro (arrecadação de impostos) o sul não envia para Brasilia?? Quanto dinheiro do Sul e também de outros estados retornam como beneficio (investimentos) para o Sul?? Você, que faz criticas, que dá boa parte de seu salário para pessoas que estão administrando mal o seu dinheiro… pense que os impostos gerados no SUL são suficientes para autonomia do novo país!!! Não precisamos de São Paulo para sobreviver… com o novo país, vamos exportar para São Paulo!!! Com o novo país, vamos exportar para outros países… Não vamos ficar isolados… Vamos continuar a trabalhar e gerar mais riquezas!!!!

    Evidencias claras: tem muito ignorante que paga seus impostos e não pensa que estamos alimentando pessoas que não merecem!!

  • marcelo diz: 13 de março de 2015

    É fácil dizer que é um movimento nazista… é fácil dizer que é um movimento sem sentido… é fácil dizer que ser brasileiro é ter orgulho… é fácil dizer que não vivemos sem o estado de São Paulo…

    Perguntas: quanto dinheiro (arrecadação de impostos) o sul não envia para Brasilia?? Quanto dinheiro do Sul e também de outros estados retornam como beneficio (investimentos) para o Sul?? Você, que faz criticas, que dá boa parte de seu salário para pessoas que estão administrando mal o seu dinheiro… pense que os impostos gerados no SUL são suficientes para autonomia do novo país!!! Não precisamos de São Paulo para sobreviver… com o novo país, vamos exportar para São Paulo!!! Com o novo país, vamos exportar para outros países… Não vamos ficar isolados… Vamos continuar a trabalhar e gerar mais riquezas!!!!

    Evidencias claras: tem muito ignorante que paga seus impostos e não pensa que estamos alimentando pessoas que não merecem!!

  • Kiko Mello diz: 13 de março de 2015

    Inconstitucional ???? Os homens de terno de Brasília rasgam nossa constituição todos os dias, que constituição seletiva é essa?
    O Sul gera mais de 160 bilhões em impostos federais e recebe 30 bilhões disso. Se nossos impostos fossem para contribuir com o combate a desigualdade social e a riqueza do país seria ótimo, mas só servimos para financiar um sistema falido e corrupto (independente de partidos).
    O Sul é meu país !!!

  • Giovani diz: 13 de março de 2015

    Sou favorável.
    O Brasil é muito grande, e o governo federal não dá conta das coisas.
    O sul tem diferenças culturais e históricas que também “justificam”, de certa forma, a ideia de constituir um país independente.

    Acho que seria bom para ambas as partes.

  • Paula diz: 13 de março de 2015

    Sou gaúcha, somos sim sulistas e peleadores natos!!! Engraçado ver o pessoal que não faz parte do que hj é a Região Sul, falar “somos brasileiros”, “que bobagem”, “gente desocupada”. Fala sério, não somos os mais prejudicados, pq imagino a situação do Acre abandonado, por exemplo, porém dependem de nós pra se manterem na vadiagem!!! Somos nós que trabalhamos na roça, na racha do sol pra fornecer comida de qualidade enquanto uma boa parte do país vive de carnaval, de praia, de sacanagem e nós somos sérios, não trabalhamos pra manter os outros, e sim pra crescer e manter nossas familias!!! Salvo os paulistas e os belo-horizontinos, que é uma pena que geograficamente seja impossivel unir-los a nós!!! Ai queria ver esses outros estados viverem sem seus mantenedores!!!

  • Jackson André diz: 13 de março de 2015

    Totalmente a favor!! O Sul é o meu país!

  • Gustavo diz: 13 de março de 2015

    Apesar do governo brasileiro costumeiramente não levar em consideração plebiscitos populares (como ocorreu no Estatuto do Desarmamento, onde maioria votou NÃO e mesmo assim foi aplicado), vejo como uma luz no fim do túnel pra um país melhor.

    E aos desinformados de plantão:

    – Não se trata de preconceito;
    – Não se trata de nazismo
    – Não se trata de xenofobia.

    O único objetivo claro é de reforma política e prosperidade na região, já que praticamente todo dinheiro arrecadado com o NOSSO trabalho vai pra Brasilia, onde nem precisamos entrar em detalhes, que se tem uma coisa que eles não sabem fazer, é aplicar nosso dinheiro.

    TODO cidadão tem direito de ir e vir, assim como você tem direito de se deslocar pra outros países. Então ao povo preconceituoso chamando de nazista e preconceituoso acima, antes de falar asneiras, recomendo umas leituras a respeito das causas ;)

  • william diz: 13 de março de 2015

    Eu apoio, acho uma boa saida para o povo do sul, precisamos de gente competente no nosso governo. Viva o sul.

  • Tiago Henrique Batista diz: 13 de março de 2015

    Apoio a separação, os estados unidos do sul!

  • Gustavo diz: 13 de março de 2015

    Pessoal, vamos sair do berço da ignorância? Que tal lerem um pouco sobre os fundamentos do movimento antes das acusações de preconceito?

    Agindo dessa forma ignorante e cega sem conhecimento da causa, nem preciso dizer onde que está o preconceito não é?

    Pra facilitar, vamos ao significado da palavra:

    Preconceito = Pré Conceito = Conceito formado com base em julgamento que precede a avaliação fundamentada. ;)

  • OLIGOFRENICO diz: 13 de março de 2015

    CHAMA SP….VAMOS SER UMA POTENCIA!

  • rubia diz: 13 de março de 2015

    Eu sou a favor. Creio q um país mto grande é ruim pra governar. Seria bom pra ambos os lados. Por mim poderia ser SP,PR, SC, RS.

  • Günter Heinz Ewald diz: 13 de março de 2015

    INCONSTITUCIONAL???!!!!!! E a autodeterminação dos povos onde fica?! Comentários estúpidos como esse ou “tem nazismo aí” mostram a ignorância dessas pessoas! Só porque houve uma colonização alemã forte no sul (é o meu caso) agora o sul é nazista por estar cansado de ser espoliado?! Isso sim é preconceito e racismo!!!! Se não querem separar tudo bem, mas pelo menos deixem-nos ficar com nossa riqueza, façamos como os EUA onde os estados fazem suas leis. Eu preferiria continuar com o país inteiro se ele funcionasse, também não sei se a separação resolveria (seria um desafio enorme), mas do jeito que as coisas vão…
    Quanto a se achar melhor que o restante do país é só olhar como aqui as coisas AINDA funcionam apesar da forte migração para o sul e ver o caos que impera no restante do país! O sul é perfeito? NÃÃÃÃO!!! Mas somos trabalhadores!

  • adriana tosze diz: 14 de março de 2015

    alguém disse que o Sul não sobrevive sem SP??? kkkkk , meu estado produz muito mais que o resto Brasil!!! sou Gaucha e completamente a favor do separatismo!!!
    Que venha o plebiscito logo e vamos ver a opinião da maioria!!!!

  • Túlio diz: 15 de março de 2015

    não há constituição que resista ao poder da velha pólvora da ordem!
    é muita vantagem a separação sulista, diante do fato que o que é arrecadado aqui no sul de imposto, possa ser revertido totalmente no sul! essa razão, ao meu ver é mais do que suficiente para a separação, a não ser que mudassem a constituição federal nesse quesito. É bonito em poder ajudar outros estados mais distante, com o imposto que você paga, mas só depois que o lugar em que você vive está mais próximo do que deseja, antes disso, em hipótese alguma deve-se pensar em outra coisa, pensamento meio egoísta? talvez sim, mas que no decorrer do tempo é possível ver que não.

  • Eduardo diz: 15 de março de 2015

    Sou contra a separação, pois o mundo caminha para a união das nações. Sou a favor da descentralização do poder, isso sim. Maior autonomia para os Estados (todos eles) para que possam definir leis e tributos. O sistema canadense funciona particularmente bem nesse sentido.

  • Evandro diz: 16 de março de 2015

    Voto SIM!!!!
    Chega de mandar dinheiro para esses vagabundos de Brasilia.
    Provavelmente quem não é a favor deve ter algum vinculo com essa corja.

  • elias diz: 16 de março de 2015

    AFAVOR E CONTEM COM TODA MINHA FORÇA.

  • Ricardo diz: 16 de março de 2015

    Este sentimento, esta ânsia de liberdade faz anos que ferve dentre de nós… Podemos sofrer um pouco no início, até as coisas pegarem rumo e no tranco, mas com toda certeza podemos sim não só nos sustentar, mas ter conforto, vida digna e direitos igualitários… Nosso povo faz isso acontecer, basta querermos e acreditar mais neste movimento, temos força sim, devemos saber da força que temos…

    E acredito que o próximo passo, seja mesmo um plebiscito, deste modo verão o povão que é adapto ao separatismo e desta forma o movimento tomar mais corpo…

    E outra, se este movimento é inconstitucional, é sinal em que vivemos em um país que só se diz democrático e que possui liberdade de expressão!!!

    Vamo que vamo meu povo, VAMOS ACREDITAR NA NOSSA FORÇA!!!!

  • Northonn diz: 16 de março de 2015

    SIM!
    É inconstitucional? Claro o governo adora mamar na tela de Sul!
    O Sul está cansado de pagar a conta!

  • Marilene diz: 16 de março de 2015

    Depressa antes que não possamos mais nos separar. Sim O Sul é meu País.

  • João Fuchs diz: 16 de março de 2015

    POR FAVOR! SEPAREM-SE DO RESTO DO BRASIL. NINGUÉM AGUENTA ESSA GENTE QUE SE ACHA ALGUMA COISA, MAS PRODUZ MICHEL TELO, ENGENHEIROS DO HAVAI E OUTRAS MERDAS. DANÇAR VANEIRÃO E SE VESTIR COMO PALHAÇO. O BRASIL ESTÁ FORA DISSO! SEM O SUL, FARÃO UM FAVOR A QUEM NÃO SUPORTA VER GAUCHO SE ACHANDO ARGENTINO E URUGUAIO, MAS SENDO DESPREZADOS PELOS DOIS. CATARINENSE ACHANDO QUE ESTÁ NA ALEMANHA NAZISTA E PARANAENSE FAZENDO ARRANCADÃO., PUTA LUGAR BREGA. VIVA O SUL SEPARADO. E NÃO VENHAM ENCHER O SACO DOS PAULISTAS E CARIOCAS QUANDO QUISEREM TRABALHAR OU VER GENTE DE VERDADE. PUTA MINA QUE DEVERIA FAZER ALGUMA COISA MELHOR NA VIDA, O DOSPAUS

  • Ricardo diz: 16 de março de 2015

    Primeiramente por razões políticas e econômicas, depois pela vontade de viver em um local que se possa chamar de lar, aonde as pessoas sintam-se seguras, felizes e respeitadas. Essa nova nação não é apenas uma ideia é um ideal de justiça, liberdade e democracia, política, social e econômica. O que as pessoas favoráveis ao movimento querem é se livrar das torpezas , insanidades e retrocessos que o Brasil significa. Culura, educação, liberdade, justiça, progresso e respeito é isso que nós do Sul queremos e sabemos que enquanto fizermos parte do Brasil nunca teremos isso.

  • Paulo diz: 16 de março de 2015

    Os comentários contrários, como sempre, são de pessoas totalmente despreparadas e que morrem de medo que a independência ocorra. De fato a Região Sul sofre bastante com a falta dos impostos que não retornam. Separar não é nenhum bicho de sete cabeças. O resto do país não irá quebrar sem nós, e nós tbm não iremos quebrar sem o resto do país. Num país que se diz “democrático” deveria no mínimo aceitar a discussão sobre o assunto e autorizar um plebiscito.

  • JR diz: 17 de março de 2015

    “Sudeste tbm quer … Vamos unir sul e sudeste e separar do resto !” “Como são as duas regiões com o maior Pib do pais seria o certo ! Unir os grandes e dispensar os fracos!”

    Algumas frases que encontrei dos que se dizem ‘separatistas’. Enquanto houver ideologias como essa, o Brasil vai continuar na merda…

  • Jr. Leal diz: 17 de março de 2015

    Totalmente a Favor !!! Isso é um passo pra se tornar um país de primeiro mundo… O Uruguai é exemplo, e o Sul não será diferente.

  • Sérgio J. Machado diz: 17 de março de 2015

    Neste link tem a historia da mudança das fronteiras dos paises na Europa nos Ultimos 1000 anos, o preconceito não é de quem quer se separar, a mudança no mundo é constante, e deve ser encarada como normal, se uma população sente a necessidade deve correr atrás disso, ser representadada de uma outra forma, não vejo mal algum nisso. As fronteiras acredito que não serão fechadas muito pelo contrário. Eu sou a favor de parar o financiamento de presidentes corruptos eleitos por outros estados. Com menos gente e menos políticos para sustentar será mais facil de governar e de exigir os nossos direitos, para todos os estados não só para o sul. Em 500 anos provamos que somos incopetentes, e de nada adianta esse sentimento de apego a uma bandeira e a uma nacionalidade que não dá valor algum para seu próprio povo. Assista o video que mostra a mudança das fronteiras na Europa e veja como a vida é uma constante mudança. – https://www.youtube.com/watch?v=WFYKrNptzXw

  • André diz: 17 de março de 2015

    Para mim, só há duas opções : ou a secessão ou tornar os estados praticamente independentes de Brasília.
    A favor da separação, temos vários pontos a favor :
    - países menores são melhor administrados
    - países com populações menores também são melhor administrados
    - países uniformes são melhor administrados

    De todos os países com boa qualidade de vida, quase todos são pequenos. As exceções à regra são EUA, Canadá e Austrália. Canadá e Austrália têm uma população bem pequena em comparação ao território. E os EUA poderiam ser considerados 50 países distintos unidos mas bem independentes do órgão nacional. Além do Brasil ser grande, populoso, muito centralizado em Brasília, ainda temos problemas sociais. É muito difícil uma entidade só ( mesmo que subdividida em municípios e estados) conseguir cuidar do bem estar social de 200 milhões de pessoas, espalhados em um país de tamanho continental e ainda conseguir fazê-lo de forma homogênea. E esse é o caso que está ocorrendo : o governo vem colocando esforços para promover a qualidade do nordeste e do norte, mas o sul acaba sendo deixado um pouco de lado. E como se uma mãe tivesse vários filhos e só alimentasse bem os que estivessem mais fraquinhos. É lógico que isso não funciona a longo prazo.

  • Diego E. diz: 17 de março de 2015

    Moro em Curitiba e acho que uma consulta publica seria um passo muito importante para que as pessoas possam ver todos os lados dessa separação, mas acredito que se tivesse uma possibilidade de acontecer, a maioria votaria sim.
    As pessoas precisam aprender a respeitar o ponto de vista de cada um, afinal não vivemos em um país democrático?
    Separar o sul do Brasil não teria grandes consequências para as outras regiões, mas para o sul seria uma possibilidade de conseguir o tão sonhado desenvolvimento e se tornar um país de primeiro mundo, livre da inacabável corrupção que cresce a cada dia no Brasil.

  • Júlia de Oliveira Brandão diz: 17 de março de 2015

    Moro em Mato Grosso do Sul, também estamos fartos e cansados desta roubalheira que se instalou em Brasília; Qual a possibilidade de incluir nosso estado neste novo país?

  • Felipe diz: 18 de março de 2015

    Continuar fazendo parte do Brasil pra quê? Eu quero é que façam logo o plebiscito (o oficial e não essa pesquisa de opinião) pela independência do Sul. Só digo isso: sulistas, por favor, quando o plebiscito for realizado não cometam o mesmo erro dos escoceses (que, amedrontados com as ameaças do Reino Unido voltaram a atrás e votaram não), votem sim pela independência (e nessa pesquisa de opinião também votem sim pela independência). Aproveitem que estão na internet e por favor assinem essa petição no Avaaz: https://secure.avaaz.org/po/petition/Congresso_Nacional_do_Brazil_Queremos_que_o_Congresso_Nacional_permita_um_plebiscito_consultivo_no_Sul/?pv=7

  • Oto Muller Alexandre diz: 18 de março de 2015

    Não vejo muitas perspectivas para o Brasil do jeito que está… Se as Forças Armadas não intervir, esse país vai sofrer rachaduras de todos os tipos e possivelmente pode haver guerra civil…. Bom, pelo menos o Sul já está se preparando para demarcar a primeira rachadura.. O sul tem grande poder econômico, pode tranquilamente cortar o cordão umbilical e sobreviver sozinho. SOU A FAVOR SIM.

  • vilmar diz: 19 de março de 2015

    bom tarde.

    Claro que a capital federal , não quer separar, porque mandamos tudo que e arrecado para aquele bando de corja, que maioria votou, inclusive nos três estados teve boa votação.

    Porque não separar o resto do País? Eu aprovo E APOIO ESSA IDEIA. mas os leitores desta pagina não contra!!!

    Então o momento que o BRASIL vive, esta maravilha!! que otimo!!!

    Temos saúde, excelente estradas nos três estados,hospitais, creches sobrando, otimo, uma presidente inteligente, guiado por bebum. estamos muito bem!.

    viva esse país corrupto, lotado de sanguessugas.

    basta, chega, minha paciência terminou em 26/10/2015, ta na hora de mudar!!!

    SUL E O MEU PAÍS

  • Alexandro Ademir Barros diz: 20 de março de 2015

    Acredito que temos que buscar alternativas para a maneira de gestão do país. A corrupção está no sangue e na cultura não só dos políticos, mas em toda a sociedade Brasileira. A melhor maneira de se mudar a cultura da nação é começar de novo, uma nova constituição, novo código penal, novo código civil, novo código tributário, novas leis… enfim, buscar a justiça com os que realmente fazem a coisa acontecer não é ser revoltado ou preconceituoso, é ser correto com quem é correto. Sou a favor sim, e faço questão de ajudar dentro da lei o que for possível para escutarmos a opinião do povo Sulista e debatermos o assunto.

  • daniel manoel da silva diz: 20 de março de 2015

    Tem que separar sim sustentar vadios e corruptos já foi o tempo, nos não precisamos trabalhar para sustentar Brasília, u sul terá muitos mais recursos se for separado do restante do país. Burro de carga nunca mais.

  • moacir antunes diz: 20 de março de 2015

    Irton marx voltou , seria bom , mas não tem como fazer isso

  • Rafael diz: 20 de março de 2015

    Tudo é democrático neste País do qual as pessoas sérias não aguentam mais fazer parte, até roubar, colocar advogado de partido para julgar delitos do mesmo partido canhoto…ter aeroporto para os familiares…não acredito em nenhum dos dois lados, Quem acredita em algum é tão bobo, quanto o que briga pelo outro. O povo á vagabundo e só quer direitos…já viram alguma passeata pedindo para trabalhar? Movimento dos que trabalham em passeatas tem aos montes….
    Seos sulistas de verdade, que trabalham e fizeram regiões mais educadas e prósperas ainda não se renderam a malemolencia brasileira vão votar SIM. Quem gosta da vagabundagem vao votar NAO. E como sempre os que trabalham e prosperam serao elite e estarao na mira da inveja e do confisco para sustentar a geracao nem nem nem que soma 10 milhoes de pessoas que so mamam e nao fazem nada, mas assim que mudar de cidadania vou manter meu voto para que o PT e o PSDB continuem a babar o ovo do PMDB enquanto os brasileiros afundam nesta pocilga de paizinho….SEPARACAO JA!

  • Alex diz: 22 de março de 2015

    Faço votos para que o movimento ganhe força e consiga se emancipar do Brasil. Sou carioca e considero que o Sul possui características peculiares que o destaca do restante do Brasil. Estas são tão marcantes que justificam a emancipação administrativa com a criação de novo Estado Soberano. Na condição atual, é de brilho solar que o Sul materialmente é uma nação autônoma subjugada pelo Estado Brasileiro. O mundo civilizado não pode admitir tamanho atentado contra a Liberdade de uma nação.
    A Constituição formal da República Federativa do Brasil não pode atentar contra seus próprios princípios, dentre os quais podemos citar a dignidade da pessoa humana e autodeterminação dos povos. O Brasil deve reconhecer que o povo sulista, por possuir características culturais bem determinantes, território bem delimitado e capacidade de determinar seu próprio status político, constituem uma nação que necessita construir seu próprio Estado Soberano. Não é admissível, no século XXI que o Brasil se comporte como Estado Colonizador, negando o direito de autodeterminação do povo Sulista, se assim for a vontade da maioria dos Sulistas.
    Acordos entre o Brasil e o Novo Estado podem ser estabelecidos a fim de tornar possível a dupla cidadania por aqueles que assim optarem no momento da separação, de modo que nenhum indivíduo possa se sentir prejudicado. Mas impedir que o Sul se autogoverne é uma decisão abusiva e arbitrária do Estado Brasileiro.
    O movimento deve esclarecer à população do Sul sobre a proposta, então fazer uma consulta pública. Caso seja constado que a população do Sul quer se autogovernar, as lideranças devem até mesmo levar a situação para a ONU, caso o Governo Brasileiro insista em não reconhecer o Novo Estado.

  • Tiago Henrique Stangherlin diz: 25 de março de 2015

    O sul é o meu país….

  • Rodrigo diz: 27 de março de 2015

    separa logo,para nos livrarmos dessa corja de ladroes!

  • Pedro diz: 27 de março de 2015

    sul inteiro = 18% do PIB
    D E Z O I T O
    kkkkkkkk
    essa bosta seria só uma bolívia

  • maria josé diz: 27 de março de 2015

    Legal ou Ilegal é assim que surge os grandes movimentos, além do mais somos ós do Sul que levamos o resto do Brasil na frente

  • Brun diz: 27 de março de 2015

    100%, F-A-V-O-R-A-V-E-L. Querem que eu desenhe. O Sul e Meu País. Os descontentes que se mudem para o Brasil, cuba, Bolívia ou Venezuela.

  • Luiz Carlos Cunha de Almeida diz: 28 de março de 2015

    FAVORÁVEL!!!!!!! Onde eu assino?

  • Daniel diz: 30 de março de 2015

    Até mais Brasil, Sou A Favor!

  • Cleiton diz: 30 de março de 2015

    Manipulação dos comentários à vista…( lógico que pelo menos 99% quer separação do sul)

  • wagner lopes diz: 30 de março de 2015

    Se o poder emana do povo, o povo deve escolher seu caminho. Quando um povo decide seu caminho não existe lei nem constituição que o possa impedir. Existe uma constituição, porém ela existe por que existe um povo para referenda-la. ABRAM CAMINHO PARA QUEM QUER IR PARA O OUTRO LADO, OU CERTAMENTE CHEGARÁ O DIA NO QUAL ELES IRÃO DO MESMO JEITO, E PASSANDO POR CIMA DE VOCÊ….

  • Erico diz: 30 de março de 2015

    criticam, opinam, debocham, escrevem as maiores asneira sem ao menos saber, entender ou se informar a respeito do que é o Movimento. O pior São comparações com regimes ou esquerdistas ignorantes definindo como algo de “direita”.

  • Israel Fraga da Silva diz: 30 de março de 2015

    Eu sou completamente a favor. E não é questão de racismo ou preconceito. Quem usa esse tipo de argumento contra um movimento pacifico e legítimo como esse é um ignorante e intolerante e isso sim, não deve ser aceito. A questão é econômica e de justiça social e cultural. E sim, poderemos viver muito bem sem São Paulo e o resto do país. Estão todos muito desinformados sobre a região que moram e subestimando nosso potencial. É um sonho distante, mas possível, basta querermos.

  • Rômulo Ramalho diz: 30 de março de 2015

    Concordo plenamente, esta na hora de pararmos de sustentar o restante do país…

  • CLÉDER KLERING DA SILVA diz: 30 de março de 2015

    O SUL É MEU PAÍS!!! MENOR TAXA DE ANALFABETISMO, DE MORTALIDADE INFANTIL, E DE DESEMPREGO E O MELHOR EM DISTRIBUIÇÃO DE RENDA E SEGURANÇA E O 2º MAIOR PIB!! E A MAIOR PRODUÇÃO DE ENERGIA!! OS MAIORES EM INDUSTRIAS ALIMENTÍCIAS!! E AINDA TEM UNS IGNORANTES QUERENDO DIZER Q SÓ OS 3 ESTADOS Ñ SOBREVIVEREMOS????? PRECISAMOS DO Q MAIS??? CHEGA D SERMOS SUGADOS PELO RESTO!!! EM MENOS DE 2 ANOS ESTAREMOS LIVRES E SEM DÚVIDAS SEREMOS UM PAÍS DE PRIMEIRO MUNDO!!! ATÉ 2 DE OUTUBRO E (UM BAITA QUEBRA COSTELA) A TDOS!! QUEM É DO SUL ENTENDEU O RESTO NEM SABE O Q EU QUIS DIZER COM UM BAITA QUEBRA COSTELA!!!KKKK SÃO DE CULTURA DIFERENTE OUTRO PAÍS!!!!kkkkkkkkk

  • Sulista diz: 30 de março de 2015

    O SUL É O MEU PAÍS!!!

  • Vanessa diz: 30 de março de 2015

    GOSTARIA DE SABER O QUE VOCÊS TEM CONTRA A SEPARAÇÃO DO SUL?VAI FAZER ALGUMA DIFERENÇA PARA VOCÊS SE NOS SEPARARMOS DO BRASIL?
    VIVA O SUL LIVRE!!

  • ADELAR BITENCOURT ROZIN diz: 30 de março de 2015

    http://www.blogdorozin.blogspot.com.br/2015/01/blog-post.html.abiamente o colega Advogado Lelio Basso( fundador do Tribunal dos Povos ) dizia: – “As necessidades de uma consciência pública podem se tornar uma fonte de direito reconhecido e um tribunal surgindo diretamente da consciência popular reflete uma ideia que vai ir longe: os poderes institucionais e o povo, cujos primeiros invocam sua legitimidade, tendem na realidade a divergir, e somente uma iniciativa verdadeiramente popular pode superar a diferença entre o povo e o poder”….Considerando que alguns teóricos de plantão defendem a existência de clausulas pétreas(=imutáveis), mas por certo são princípios de outros regimes do passados( aristocracia, oligarquia, ditadura, dinastia) bem diferentes dos princípios basilares e universais da democracia( liberdade e autodeterminação ). Portanto, é ignorante, superficial e comprometida aquela pessoa que pensa restritivamente sobre a indivisibilidade=indissolubilidade( independência) de um território nacional ou de um continente ao longo do tempo………………………Já tivemos de fato e de direito institutos consagrados de liberdade e autodeterminação do povo sulista( republica guarani, republica Piratini=riograndense, República Juliana, Guerra do Contestado, etc… )……………Portanto, em 2016 a meta deveria, por certo ser focada no processo legislativo, ou seja, as caravanas para arrecadação de assinaturas, atendendo o percentual constitucional para o exercício da iniciativa popular, apresentação de projeto de lei federal que autoriza a realização de plebiscito na região sul do Brazil.
    Entretanto, em caso de boicote a este iniciativa popular, ou obstrução ao processo eminentemente democrático estará a República Federativa do Brazil cometendo infração ao regime democrático e deverá ser parte Ré em ação apresentada pelo Movimento(associação ) perante o Tribunal Permanente dos Povos.
    Entretanto, em um hipótese remota do Tribunal dos povos não der guarida ao pleito, ainda restará o tempo infinito, os registros históricos e a imortalidade das idéias.
    Por outro lado, se o congresso nacional brazileiro autorizar o plebiscito teremos a certeza de que o regime democrático existe, é bom e merecer de crédito.
    Realizado o plebiscito com a vitória do sim, da criação do novo país, União dos Estados Sulistas( nome exemplificativo ) teremos uma excelente e longa política externa de boa vizinhança com os vizinhos Brazileiros.

    Diante de todas as considerações e premissas verdadeiras, com certeza a democrata Dilma Presidente da Republica Braziliana apoia a realização do Plebiscito no Sul do Brazil( RS, PR, SC ) !
    Adelar Bitencourt Rozin – Diretor Jurídico do Movimento O Sul é meu País

  • dirlei luisa da silva diz: 30 de março de 2015

    Sou totalmente a favor, Eu sou do sul !!!!
    O SUL É MEU PAÍS!!!!!!

  • Gabriela diz: 30 de março de 2015

    O movimento tem meu total apoio! Já que o país do Sul seria menor, mais fácil de governar e fiscalizar. Além do mais com toda certeza seríamos desenvolvidos.

  • Jonas diz: 30 de março de 2015

    Sou absolutamente a favor da separação, nunca imaginei que esse ideal pudesse chegar a algum lugar, porém essa ideia tem meu total apoio e participação.
    E os que não estiverem de acordo por que não se mudam pro outro lado, bando de frouxos.

  • Alexandre Homercher Mariani diz: 30 de março de 2015

    Eu penso que a separação do Sul do país seria benéfico tanto para o Sul quanto para os estados restantes pois seriam necessárias reformas profundas em ambos os lados e o Brasil teria que se adaptar à nova realidade de não contar mais com a grande parte da renda interna que o Sul gera. Torço pra que isso aconteça.

  • sulista com muito orgulho diz: 30 de março de 2015

    Sou a favor da separação do sul , ja deveria estar separado a muito tempo !!!!!!
    Este Brasil é muito grande para ser administrado por politicos que so pensam em roubar não estando nem ai com o povo . Assim serão criadas novas leis que realmente funcionem, não leis que protegem os poderosos e so ferram com os menos favorecidos
    leis que sejam iguais para os dois lado . CANSADO DE VER TANTA IMPUNIDADE NESTE PAIS CHAMADO BRASIL .

  • Nilson diz: 30 de março de 2015

    Sou a favor da separação do sul , ja deveria estar separado a muito tempo !!!!!!
    Este Brasil é muito grande para ser administrado por politicos que so pensam em roubar não estando nem ai com o povo . Assim serão criadas novas leis que realmente funcionem, não leis que protegem os poderosos e so ferram com os menos favorecidos
    leis que sejam iguais para os dois lado . CANSADO DE VER TANTA IMPUNIDADE NESTE PAIS CHAMADO BRASIL . VIVA O SUL

  • Alexandre Homercher Mariani diz: 30 de março de 2015

    Constitucional ou não, isso é irrelevante. Li alguns comentários a favor outros contra. O caso é que se der certo ou não, se for viável ou não o povo do sul quer essa separação e isso é o mais importante. Qualquer esperança desta possibilidade faz crescer, no coração do povo, o desejo de ser uma nação e estamos cansados de ver o fruto no nosso trabalho esmagado no chão por quem não sabe valorizar as raízes. Atualmente moro em Minas Gerais e até gosto de viver aqui, mas o meu chão é o meu Sul e isso não vai mudar nunca. Em nenhum lugar do Brasil tem um povo de ama e que tem orgulho da própria terra como o nosso Sul. Se houver essa separação (e tomara que haja), vai benéfico para os dois lados pois tanto o Sul quanto o restante terão que fazer adaptações muito profundas no modo de viver e o Brasil terá, também, um novo começo. Às vezes cirurgias (cortes) são necessários para salvar o corpo inteiro. SE EU PUDER VOTAR, VOTO SIM com muita convicção. O Sul é o Meu País!!!

  • O SUL É O MEU PAÍS diz: 30 de março de 2015

    É claro que o resto do Brasil acha isso um absurdo! Mas eu apoio e não vejo a hora disso acontecer… Eu como Paranaense que pago R$ 42,60 em tributos à União tenho R$ 1 de retorno em obras federais! Isso tem que mudar. BASTA!

  • DANIEL SANTOS diz: 30 de março de 2015

    Eu penso da seguinte maneira, é compreensível que as pessoas a primeira vista fiquem espantadas com a ideá de separarmos os estados do sul do resto do pais; mas já pararam pra pensar que com a atual politica que ai esta haverá ainda um pais???
    por que foi pessoas como essas que se opõem ao separatismo que entregaram nosso pais a esses parasitas que hoje infestam Brasilia e que regem nossas vidas pois só fazem o que lhes convêm, ou seria! tudo que lhes traga enriquecimento enquanto temos reajuste nos aluguei eles são agraciados com auxilio moradia enquanto nossos salários são achatados eles votam aumento em seus salários que já são deveras mente alto! ai eu pergunto! sera que só acordaremos quando o comunismo estiver implantado no pais e seremos escravos desse governo que ditara o que você pode ou não pode fazer,comer,assistir,falar comprar etc etc acorda povo se alguém tem solução melhor que nos mostre, pois para mim já quase não se pode ver a luz no enorme túnel que se chama Brasil!

  • Wellington P. Marques diz: 31 de março de 2015

    Hoje em discurso em Capanema/PA, a presidente disse:
    “O Sul e Sudeste já tem infraestrutura por demais, agora cabe a nós garantir que a parte de cima do Brasil tenha as mesmas oportunidades de infraestrutura que a parte Sul.”
    Depois disso faço minhas as palavras de Celso Deucher:
    -Esta mulher (presidente Dilma) quer acabar com o Sul… De 2011 a 2014 ela levou do Sul R$ 499 bilhões e devolveu apenas R$ 118 bilhões. Agora, pelo jeito, vai nos roubar ainda mais. As três Colônias do Sul, segundo a visão de Dilma, tem que pagar caro para continuar sendo brasileira.

  • claudionei diz: 31 de março de 2015

    No inverno comeríamos pinhão e maçã, importaríamos o resto dos alimentos do antigo Brasil, até o petróleo importaríamos do nosso desafeto Brasil, a policial federal já deveria ter tomada alguma atitude contra esse pessoal, ai nasce o ódio a guerra!

  • Irineu diz: 31 de março de 2015

    Acho que é muito saudável qualquer pensamento. Não vejo nada de mal e querer se separar ou não se for a vontade de toda a população que seja. O que não vale é depois querer ajuda do outro brasil, tipo impostos de São Paulo, petróleo de não sei onde. Até onde sei o sul é pobre e também sobrevive da ajudinha de São Paulo.

  • VAGNER diz: 2 de abril de 2015

    Sou a favor, pois a região Norte tá crescendo economicamente. mas INFELIZMENTE para isso estão destruindo aqui a Amazônia. Sou de Juruti – Tapajós.

  • joao batista diz: 3 de abril de 2015

    Este movimento separatista nasceu das desilusões políticas administrativas que é centrada principalmente em Brasília. Então vamos imaginar que há sucesso neste movimento e o sul brasileiro é uma nova nação americana… com os impostos gerados por aqui, e aqui ficariam… e depois… qual projeto de política administrativa; projeto de educação; projeto de saúde; projeto de segurança interna e externa; projeto de nova divisão do mapa político; projeto de leis básicas para uma boa organização social: código penal, maioridade penal, lei previdenciária, entre tantas outras… Será que o movimento já tem tudo isso planejado… ou esse novo país terá os mesmos moldes do grande Brasil, sendo o sul governado pelos mesmos políticos atuais: Colombo, Luis Henrique, Ronaldo Benedet, Eduardo Moreira, Edinho Bez, entre outros.
    RESUMINDO… separar vai continuar tudo como está, devemos é lutar por uma educação de qualidade, código penal evoluído e que tenha “peso” ha todos, independentemente do saldo bancário, e muitas, mas muitas instituições fiscalizadoras independentes… Este é o Brasil q devemos sonhar… o resto é papo furado.

  • Das banda da capital diz: 4 de abril de 2015

    Já teve uma tentativa de separação, a questão não é separar ,sou curitibano, observe: nós não inventamos nada, nós não temos apoio de ninguém para progredir alguma ideia, falta humildade por parte de quem pode investir em ideia dos outros, falta takar o fodas2e e ver o que dá, nunca seremos nada nem juntos e nem separado enquanto a cultura não mudar, enquanto nós ficar sem atividade não vai da em nada esse país, falta a nós se divertir com ciência, criar competições e chamar a comunidade ou qual quer que seja a participar e levar sua invenção, falta criar desafios e oferecer premio, falta atividade, falta estimulo e humildade.

  • edu diz: 5 de abril de 2015

    Creio que no mínimo, cabe uma maior autonomia dos estados.
    Movimento apoiado.

  • Gerson diz: 7 de abril de 2015

    Não adianta os babacas da “elite branca” acharem que vão “branquear” o novo país. Ser contra qualquer partido que existe hoje no Brasil não pode nem deve e não se aceita como motivo para alimentar o separatismo sulino. Não é o racismo que irá sustentar o novo país.Não é cristão, não é democrático. Todo aquele que for a favor deverá buscar nos seus mais caros motivos de liberdade e cultura mas nunca por discriminar partidos ou pessoas e bastar-se com isso como motivo para esse mui grandioso ato. O novo país deve manter a sua tradição de liberdade e justiça. Pessoas que não aceitam divergências não podem conviver em sociedade plural. “Esses” da elite branca que agora está “magoadinha” e que não querem este ou aquele partido, que não sabem perder eleição com honradez ou que acham que pertencer a esta ou aquela grey partidária são como dizem “tudo ladrão”, “tudo vagabundo. ou outros impropérios são os mesmos que pegam em armas quando contrariados seja no que for. São “esses” desvairados mentais que incendeiam índios nas rodoviárias do Brasil. Passam por cima de ciclistas em rodovias urbanas e assim por diante. Não opinem por vaidade. Opinem pela convicção dos mais sinceros desejos de viver com dignidade. Mas viver em meio aos nossos semelhantes, mesmo que sejam contrários aos nossos interesses políticos. Respeito é um dos pilares da convivência. Ninguém poderá ser contrariado na sua manifestação ordeira e democrática por liberdade! Mas com argumentos . Não com circunstâncias alheias aos princípios do separatismo gaúcho e sulino e que não coincide com essas pequenezas de desafetos partidários ou perdedores de eleição inconformados com a vitória do oponente.

  • Henrique Cardoso Pereira diz: 8 de abril de 2015

    Com um professor de Direito que não entende de Leis, depois não sabem o por que a nossa educação é de 3º mundo, e o pior o cara se acha um intelectual.
    Brasil sendo Brasil.
    Vejam a arrecadação de impostos por estado (no site da Receita), só isso já explica se temos a capacidade de se separar ou não.
    O Sul não é um país, MAS PODERIA SER.
    Contra fatos não há argumentos.

  • Caio diz: 8 de abril de 2015

    SEPARAÇÃO JÁ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Estou de saco cheio de brazileiros. Tchê, que povo burro! É um povo que não raciocina … isto lhes dá dor de cabeça! Não analisa nada. Só acredita no que ouve no rádio ou vê na TV. Agora uma novela diz que dar o c# é bonito! E o brazileiro ACREDITOU!!!
    Entre muitos outros motivos eu não quero esta cultura para mim, para meus filhos e principalmente para minhas netas!!!

  • Edmilson diz: 8 de abril de 2015

    Atras dessa ideia a muito preconceito e algo mais..!.Mas não se esqueçam de levar o peso pesado junto(presidAnta Dilma) Assim o Brasil se livra só de gente boa…..kkkk

  • Rodrigo Dondé diz: 9 de abril de 2015

    APÓIO! Um país grande, nas condições em que estamos, é muito difícil de administrar e distribuir benefícios.
    Realmente é inconstitucional, pois a Constituição prevê que os estados não podem se separar. ÓBVIO! Que país vai querer que seus estados/províncias se separem.
    Não sejam TOLOS… esta pode ser a vontade do país, mas pode não ser a da maioria destes estados.

  • Gerson diz: 9 de abril de 2015

    Não adianta os babacas da “elite branca” acharem que vão “branquear” o novo país. Ser contra qualquer partido que existe hoje no Brasil não pode nem deve e não se aceita como motivo para alimentar o separatismo sulino. Não é o racismo que irá sustentar o novo país.Não é cristão, não é democrático. Todo aquele que for a favor deverá buscar nos seus mais caros motivos de liberdade e cultura mas nunca por discriminar partidos ou pessoas e bastar-se com isso como motivo para esse mui grandioso ato. O novo país deve manter a sua tradição de liberdade e justiça. Pessoas que não aceitam divergências não podem conviver em sociedade plural. “Esses” da elite branca que agora está “magoadinha” e que não querem este ou aquele partido, que não sabem perder eleição com honradez ou que acham que pertencer a esta ou aquela grey partidária são como dizem “tudo ladrão”, “tudo vagabundo. ou outros impropérios são os mesmos que pegam em armas quando contrariados seja no que for. São “esses” desvairados mentais que incendeiam índios nas rodoviárias do Brasil. Passam por cima de ciclistas em rodovias urbanas e assim por diante. Não opinem por vaidade. Opinem pela convicção dos mais sinceros desejos de viver com dignidade. Mas viver em meio aos nossos semelhantes, mesmo que sejam contrários aos nossos interesses políticos. Respeito é um dos pilares da convivência. Ninguém poderá ser contrariado na sua manifestação ordeira e democrática por liberdade! Mas com argumentos . Não com circunstâncias alheias aos princípios do separatismo gaúcho e sulino e que não coincide com essas pequenezas de desafetos partidários ou perdedores de eleição inconformados com a vitória do oponente.

  • Gerson diz: 9 de abril de 2015

    Mandei um comentário. no dia 08/04. Hoje 09/04 repliquei e dessa vez gostaria de vê-lo publicado.Não foi publicado porquê? Será que é mesmo censura ? O que foi? não suportam a verdade de cada um ou para ter a opinião publicada precisa ser contra o status quo? É apenas uma opinião. Não ofendi ninguém. Se chamar alguém de “elite branca” que é uma auto denominação pois o autor é o Sr. Cláudio Lembo que todos sabemos ter menos do que nada de simpatia pelo atual governo federal. Deixem de manha e publiquem, queridinhos.

  • Francisco de Lima Silva Vascaíno diz: 12 de abril de 2015

    A três anos acompanho os acontecimentos ligado ao movimento O Sul É O Meu País ,acho uma luta justa espero ver um dia não só o Sul soberano independente ,mais também ver o separatismo se alastrar pela América Portuguesa . Lembrando que a constituição brasileira não da brecha para a separação ,diz que é indissolúvel a união dos seus estados ,mais isso e uma conveniência ou uma pratica de intimidação por isso quem ficaria pra decidir essa causa seria a ONU e não o Brasil que seria visto como parte envolvida diretamente no processo .

  • Jonas diz: 13 de abril de 2015

    Irineu você é um ignorante. Não conhece o sul do Brasil.

  • anderson diz: 13 de abril de 2015

    Não vejo nada de errado nesse movimento de separar o sul. A maioria das pessoas julgam já antes de conhecer o movimento e a cultura do sul, julgam com uma opinião baseada em achismo e com preconceito, formado muito pela mídia nacional nos anos 90 que difamou o movimento e ate hoje. O Brasil sem a região sul vai continuar andando, o sul sem o Brasil vai andar igual, e cada região do Brasil é capaz de também andar com as próprias perna, basta querer. A coragem e a determinação dos sulista em formar sua própria nação é fruto na maior parte de um pacto federativo que não representa e muito menos atendem as necessidade do sul. Parabéns a todos os sulistas engajado nesse ideal.

  • Maria Salete dos Santos diz: 13 de abril de 2015

    Isso deveria ter acontecido a muito tempo.. Chega do Sul arcar com esse bando de ladrões de outros Estados. O Sul deve ser livre, um país com sua própria cultura.. Amamos a Cultura do Sul. Queremos respeito e dignidade..

  • claudio diz: 18 de abril de 2015

    Venho acompanhando o movimento e acho mais do que necessário isso. Estados que produzem mais com uma fatia menor que outros. Temos tudo, agricultura, pecuária, turismo dos mais belos, indústrias…
    SERIAMOS UMA NAÇÃO COM MUITO MAIS RECURSOS, SE NÃO NOS FOSSEM TIRADOS POR UMA NAÇÃO COM UM GOVERNO CORRUPTO E CORRUPTOR.

  • Vandir Vandir diz: 29 de abril de 2015

    Boa noite.
    Felizmente vivemos em um país democratico. Mas parece que algumas pessoas nao reconhecem isto. A Constituição Cidadâ ao mesmo tempo que proibe a separação territorial e politica do país afirma que é livre a manifestação, vedado o anonimato. Então todos devem ter seus direitos garantidos e tambem o de se manifestar formar um Estado independente por um grupo integrante de um Estado ma
    ior. A demais, outros estados do Brasil não querem perder os tres estados do sul, pois sabem que o prejuizo para eles sera enormemente maior do que pra nos, do sul.Sou olenamente a favor de se conhecer o que o povo do sul deseja para suas gerações futuras.

  • Luiz Osni Miranda diz: 17 de maio de 2015

    Venho ha muitos anos acompanhando de perto o movimento, o Sul é meu País, que inicialmente começou de forma radical o que não é benéfico para o regime democrático. Sou favorável a ideia apresentada pela regional de Brusque, pessoal Ética é vergonha na cara, chegou o momento de varrer essa pouca vergonha que está assolando nosso País. E os Estados que querem conviver com essa pratica, fique a vontade, vão em frente

  • wlady diz: 21 de maio de 2015

    precisamos de politica municipalista, pois é nos municipios que vivem as pessoas. É muito mais facil cobrarmos o prefeito de nossa cidade do que o presidente da nação. os impostos devem ficar nas mãos dos governos municipais, e não serem dissolvidos em brasília. sim a separação!

  • Carlos diz: 22 de maio de 2015

    Moro em SC e tem muita gente por aqui que é a favor da separação.

  • Juliano diz: 25 de maio de 2015

    O SUL É MEU PAÍS. Sim, estamos enguerdo nossas bandeiras e indo a luta para criar nosso País. E creio que os demais Estados ou Regiões que tenham potencial para se tornar independentes devam fazer o mesmo.
    Não da mais para viver sob um regime politico corrupto, que não segue os princípios basicos de sua constituição, onde seus politicos se acham Deuses e pensam apenas e exclusivamente neles mesmo.
    Sou de Pinhais/PR, região metropolitana de Curitiba, e estou difundindo esta causa para todos os meus conhecidos, e todos ja estão apoiando. Isso não quer dizer nos acharmos melhor ou não que os demais…mas essa foi a forma de querermos seguir outro rumo do que o Brasil esta seguindo.

  • Clayton SP diz: 28 de maio de 2015

    Não sou só a favor como também o Movimento São Paulo Independente!

  • Marino Menin diz: 6 de junho de 2015

    é claro que sempre haverá a alegação da inconstitucionalidade….afinal que país quer perder a galinha dos ovos de ouro? Mas se individualmente, você reconhece que um povo tem o direito de decidir sobre seu futuro, para esse novo País, a inconstitucionalidade de Brasilia, de nada vale. Mas infelizmente, apesar de ser favorável, não creio que Brasilia deixaria isso acontecer, mesmo que 100% da população fosse favorável, pela força Brasilia faria uma GUERRA CIVIL para evitar isso.

  • Elias Theodor Spencer diz: 16 de junho de 2015

    Se os sulitas se acham tão poderosos e fortes o bastante para ter um PAÍS, então por que não calam com essa baboseira de separação e MARCHEM com vontade até Brasília e cobra as mudanças necessárias no Brasil, Parem de ficar latindo….

  • Lucio diz: 26 de junho de 2015

    Pensei que ia morrer e não ouvir e presenciar esses movimentos. Sou a favor. E se ainda estiver vivo quando isso acontecer apesar de pertencer a um estado do sudeste que também esta entregue a esse governo de corruptos, que afundaram esse país com a antiga política de pão e circo se mantém no poder graças aos estados que nada produzem e ainda por cima levam praticamente todas as riquezas geradas pelos estados do Sul. Morei por cinco anos no Rio Grande do Sul e muitos amigos e lembranças boas lá deixei. É por ser esse gigante que não existe controle e fiscalização. Por isso todos os setores do Estado e da sociedade se corromperam. Talvez assim seja melhor para o desenvolvimento dos estados do norte e nordeste. Chega de sustentar corruptos e gente que não produz absolutamente nada. Parabéns estados sulistas.

  • André Nascimento diz: 15 de julho de 2015

    O Brasil é.nosso país nao esses politicos e esses oportunistas deste movimento

  • Felipe diz: 25 de julho de 2015

    Gente, por favor: menos enrolação e mais ação. Aproveita que está na internet e assine agora mesmo a petição para a realização do plebiscito (o plebiscito de verdade): https://secure.avaaz.org/po/petition/Congresso_Nacional_do_Brazil_Queremos_que_o_Congresso_Nacional_permita_um_plebiscito_consultivo_no_Sul/?pv=7

    Independência do Sul já!!!!!!!

    O Sul é:

    O meu país,
    A minha nação,
    A minha terra,
    O meu lar doce lar.

    Independência do Sul já!!!!!!!

  • Everson diz: 29 de julho de 2015

    Esta na hora de criarmos vergonha na cara e tomarmos atitude de trabalhador como somos e parar de sustentar esta corja que reside no governo,estas pessoas estão afundando nosso país,sou de total apoio a esta decisão, temos Refinaria ,temos Itaipu e varias industrias e empresas de potencial para chegarmos a um nível de primeiro mundo. O SUL É NOSSO PAÍS

  • Liberaldo Moro Nardão diz: 12 de agosto de 2015

    Resido em Ijui RS,sou totalmente a favor , precisamos nos mobilizar de forma organizada, buscando meios legais, com força maxima. Independencia do SUL já.

  • William diz: 16 de agosto de 2015

    Quanta ignorância. É óbvio que pelo tipo do site, a maioria que aqui visita será a favor.

    Em vez de lutarem por melhorias no país preferem só reclamar e por a culpa nos outros, como se não fizessem parte também.

    Quanta ignorância !

    Qual seria o próximo passo depois que não desse certo? – Afinal, infelizmente no sul também tem corruptos – depois de uns 20 anos separar os três estados e cada um por si? e depois de mais uns 20 anos sepatar a capital deste estados do interior??

    Quanta ignorância!!

    Um recado aqui:
    (Só para entrar na brincadeira também, beleza?)

    Pessoal que não é a favor da separação…. vamos fazer um plebicito para expulsar do País esse tipo de gente ignorante, que são os primeiros a ficar com a bunda na cadeira só colocando a culpa nos outros e não cooperam em nada com o País??

    Quem concorda?? levanta a mão por favor que já vai fechar, um, dois, três e já..

  • Gabriel diz: 19 de agosto de 2015

    Eu também sou separatista, defendo a independência do meu Rio de Janeiro, e apoio muito a ideia. Parabéns pela matéria, pelo blog e por ser tão linda Dagmara.

  • julio cesar de avila diz: 21 de agosto de 2015

    eu preferia uma grande mudanca na constituicao nacional, dar mais autonomia para os estados da uniao, a exemplo dos estados unidos da america, tambem uma grande reforma politica, acabar com esses montes de partidos sem ideal algum. Mas sei q e mais facil a separacao dos estados do sul q as mudancas q sitei, pois nao vejo ninguem protestando a favor disso, o brasil so tem um governante, o presidente. O grande problema e se essa nova nacao sulista tambem nao seguira o exemplo do brasil com essa quantidade absurda de politicos recebendo salarios absurdos

  • Jorge diz: 26 de agosto de 2015

    Bom! Sou do nordeste e não vejo problema em relação ao separatismo sulista até porque não é de ontem que eles querem a separação. Aqui no nordeste também possui alguns movimentos e também não vejo problema, pois ninguém quer mais esse nome de “Brasil”.

  • Ramon Heerdt de Souza diz: 29 de agosto de 2015

    Sou totalmente contra ao Sul e ao Brasil.
    Sou a favor de criar um único país na América do Sul. Anexar todas as as nações sul-americanas, comprar as colônias da França, da Inglaterra e Holanda que estão ao nosso redor e anexar o Panamá para termos controle no canal do Panamá. Seriamos a maior potência mundial. Acabar de vez com essa pilha de presidentes, deputados e senadores que temos no continente. E seguir o padrão americano na prática que tenhamos estados federados. Acabar de vez com esse poder central que continua desde os tempos do Brasil Imperial.

  • João diz: 30 de agosto de 2015

    eu me pergunto … De onde eles pensam que irão tirar dinheiro para cunhar uma nova moeda? Criar um banco central?
    Eles tem portos? Gasolina? Tem industria? Acham que terão mesmas condições de preço para exportar? Como irão competir com o resto do Brasil? Parecem aqueles jovens adultos que querem morar sozinhos mais os pai paga o aluguel e mae vai uma vez por semana para lavar a roupa.
    Enquanto isso ele faz uma faculdade pensando no futuro.
    Erquer um pais é um esforço colosal. Que voces nao fazem ideia

  • Felipe Rech diz: 3 de setembro de 2015

    01 – De 2011 a 2014, Brasília arrecadou na região Sul, exatos R$ 501.052.046.092,91. Sabe quanto retornou? R$ 119.130.653.471,86.

    02 – “Todos os povos têm o direito à livre determinação; em virtude deste direito, determinam livremente o seu estatuto político e orientam livremente o seu desenvolvimento econômico, social e cultural”.

  • Augusto diz: 4 de setembro de 2015

    Complementando o que o colega Felipe Rech falou, essa diferença de quase R$ 400.000.000.000,00 que foi “doado” à outros estados, poderiam estar sendo utilizados para pagar os salários que agora o governo está atrasando. Não culpo o governo do estado atual, mas não defendo, porém acredito que o sul não precisa sustentar o resto do país como acontece com as “bolsas tudo”, e por conta disto ficar com nossas contas no vermelho. Espero que as pessoas contra a independência do sul utilizem sua força primeiramente para lutar por um país onde o político deva ter Graduação e não tenha vantagens sobre os demais; que deva ser punido como qualquer outro cidadão; que não tenha renda vitalícia sob nossa responsabilidade; que pague impostos e caia na malha fina igualmente; que possa ser demitido a qualquer momento; que não existam “partidos políticos”; e que pelo menos tenha vergonha na cara!

  • Josué Mota Luiz diz: 6 de setembro de 2015

    Sou absolutamente a favor da criação de “região autônoma”, como existem diversas pelo mundo a fora. Com leis próprias, orçamento próprio.

    Quanto à ser um país independente, penso que daí já é outra história …

  • Clau diz: 7 de setembro de 2015

    MAto Grosso do Sul se uniria ao movimento.

  • seredo gartner diz: 8 de setembro de 2015

    Olha nosso SUL SERA UMA PAIS RICO….CHEGA DE NOS ROUBAR. VAMOS PRAS URNAS, DAI VEREMOS…..QUEM É MAIS FORTE…

  • Davi diz: 10 de setembro de 2015

    Sou totalmente a favor… claro que tem razões prós e contras… mas mais prós….

  • Flavio diz: 10 de setembro de 2015

    Sou a favor! Historicamente Estados se fundem e se separam…..e o Brasil é muito mais uma formação jurídico-militar como Bolívia, Congo e outras porcarias que sócio-econômico como EUA, França e outros desenvolvidos.

  • Jacson diz: 11 de setembro de 2015

    O perdoa a dívida e nos de maior autonomia ou separa.
    O movimento é valido e importante e conta com grande aprovação nos 3 estados.

    Teve um que questionou se o sul sobreviveria sem São Paulo, eu ri foi dela kkkkk
    Ficaríamos muito bem obrigado.

  • Edenilson de Menezes Hoch diz: 13 de setembro de 2015

    Eu apoio totalmente.
    Precisa ser feito aqui no RS também.

    Eu sou de Santa Maria e totalmente insatisfeito com a política atual que apenas extrai as riquezas do nosso estado e que em troca bloqueou as contas deixando o estado sem o mínimo para saúde, segurança e deboixando do povo gaúcho.
    Se não for assim.
    Que seja assim República Riograndence. #republicariograndence

  • Mauricio diz: 14 de setembro de 2015

    Entendo os motivos dos sulistas em relação à emancipação do Sul. Mas as coisas não são simples. No final a situação pode ficar pior do que já está. Sou do Rio de Janeiro e por muitas vezes já desejei ver o Brasil livre do Nordeste, a região que mais produz políticos corruptos. Por outro lado nunca vi políticos e empresários indo pra cadeia como está acontecendo hoje. Penso que as instituições estão se consolidando e o país se tornará mais forte no final. Por outro lado o novo país que se estão pretendendo contaria com políticos como: Afonso Hamm-RS, José Otávio Germano-RS, Jerônimo Goergen-RS, Luiz Carlos Heinze-RS e Renato Molling-RS, ex-deputado Vilson Covatti-RS, João Pizzolatti-SC, Dilceu Sperafico-PR,
    Nelson Meurer-PR e Gleisi HoffmannPR. Todos na lista da Lava.

  • jociane ramos diz: 23 de setembro de 2015

    Diante do que estamos vendo em nosso país Meu voto é sim!

  • roberto diz: 27 de setembro de 2015

    Incrivel oque as pessoas escrevem sem ter nem ideia de como o movimento funciona e seus principios, se nao conhece nao comente falando bobagens….

  • Nina diz: 27 de setembro de 2015

    PERAÍ,deixa eu ver se entendi?Vocês se dizem descendentes de italianos,alemães,etc,se julgam superior ao resto do país,se dizem em sua maioria NÃO BRASILEIROS…daí eu pergunto?O que estão fazendo no Brasil ainda?E que esperteza é essa de garfar uma parte do NOSSO TERRITÓRIO?Pq sim,esse território é NOSSO,do BRASIL e dos BRASILEIROS.Para quem conhece a historia então e sabe que esse território foi conquistado por Portugal e distribuído depois para os imigrantes.Como já foi muito bem dito por uma pessoa o nome disso é USUCAPIÃO. Meus queridinhos,vcs são livres para sair do Brasil a hora que quiserem,tá cheio de aeroporto país afora.Voltem pra terras dos seus descendentes e deixem o nosso país e nosso território em paz.Não existe o menor motivo para que o POVO BRASILEIRO abra mão de um TERRITÓRIO QUE É SEU desde o Brasil Império.Um plebiscito tal como vocês querem teria que ter no minimo a participação de todo o povo brasileiro coisa que vocês não querem neh?E outra,tenham um minimo de descendência e honestidade e não se comparem com a Catalunha uma vez que o povo catalão já existia enquanto povo e habitava aquela região antes dos castelhanos formarem a Espanha.Caso bem diferente de vocês.Não pense que vamos permitir um grupinho de gente tomar a nossa terra afim de construir um novo país porque não vamos.Vocês querem guerra?Então terão!!Era só o que faltava o Brasil perder suas terras afim de satisfazer a vontade de um grupinho de gente preconceituosa e estúpida!

  • Nina diz: 27 de setembro de 2015

    OS comentários aqui são moderados?Só quero ver se o meu não vai passar e outros tantos preconceituosos passaram tranquilamente!

  • arthur a. c. montoito diz: 27 de setembro de 2015

    dinheiro do sul tem que ser empregado no sul, olhem a situação atual , não temos que sustentar brasilia e sua quadrilha do governo. O SUL ESTÁ SENDO ESTORQUIDO,EXPLORADO E ROUBADO. Nós não precisamos de brasilia é só o povo se concientizar da força que tem, eu voto SIM

  • Nina diz: 27 de setembro de 2015

    Só quero deixar claro aqui que tudo que falei é direcionado às pessoas pertencentes ao grupos separatistas.Não aos sulistas como um todo.Conheço vários que não concordam com o separatismo além de serem excelentes pessoas.Nada contra ao Sul ou aos sulistas ,apenas contra os separatistas.A guerra é contra eles,apenas.

  • Gilmar Cavalli diz: 14 de outubro de 2015

    Meus Patrícios, entrem em qualquer site que divulgue o que o Sul ´paga de imposto e o que retorna para nós, só aí verão uma enorme injustiça para quem paga imposto aqui no sul.
    Em um País geograficamente menor, teremos mais chance de monitorar e cobrar nossos representantes

  • Maicon Marcelo diz: 15 de outubro de 2015

    Muito conveniente. Assim políticos não poderiam sugar nas tetas do sul, e o que estão aqui não teriam a mesma facilidade.

  • Fáb diz: 24 de outubro de 2015

    Quantos comentarios ignorantes….
    Pois bem,

    Não tenho preconceito algum, sou apartidario… mas defendo absolutamente a separação da região sul do restante do país…

    Por que o Brasil precisa de nós?

    Eu, como cada um de vocês, trabalho praticamente 6 meses só para pagar impostos… e o que volta para minha cidade? Meu bairro?

    Chega!!!

  • diego diz: 25 de outubro de 2015

    A favor, da independência. Chega de sustentar o nordeste e não receber nada em troca

  • jian alexandre lehmann diz: 27 de outubro de 2015

    eu concordo temos que mudar pois somos tres estados muito desenvolvidos,chegou a hora de mudar sou a favor de mudar.

  • Mario Costa diz: 27 de outubro de 2015

    Totalmente a favor, precisamos dar mais autonomia aos estados, se não a separação, pelo menos mais autonomia. Mas ainda penso que o melhor caminho é a separação. Países menores são mais fáceis de administrar.

  • Bruna diz: 1 de novembro de 2015

    Como catarinense que sou concordo com a separação, pois o sul produz muito e recebe muito pouco de volta, o sul é totalmente altosustentavel , chega de sustentar os outros estados. O SUL É MEU PAIS SIM!!!

  • Wanderson diz: 5 de novembro de 2015

    Aqui fica uma dica a todos, leiam o livro CARREGANDO O ELEFANTE. Abaixo esta o link para baixar gratuitamente.

    Tenho certeza que muitos passaram a pensar melhor sobre as politicas de governo do Brasil.

    http://www.carregandooelefante.com.br/

  • Guilherme diz: 8 de novembro de 2015

    Absurdo é sustentar outros estados com a nossa economia. Nem a metade da nossa arrecadação total no ano passado voltou para nós. E para os que dizem que o sul não seria autossuficiente, façam uma pesquisa. De quebra, aproveitem e vejam quais são os estados com a melhor qualidade de vida.

    O SUL É MEU PAÍS

  • Guilherme diz: 9 de novembro de 2015

    sou totalmente a favor da separacao pois assim a regiao sul teria toda a sua arrecadacao de imposto dentre outras coisas para investir em si propria

  • rocha diz: 17 de novembro de 2015

    Sra, Nina, não estamos brigando pela terra, ela já é nossa! Aqui não temos italianos, alemães, portugueses etc, temos brasileiros nascidos aqui e que fizeram essa terra crescer e prosperar e que agora estão vendo suas riquezas serem dividias injustamente. Não é mais possivel acreditar numa política justa e austera.

  • Fernando Alessandrini diz: 19 de novembro de 2015

    Sou a favor de um plebiscito sim… toda questão é analisada, quanto as opiniões de que esse é nosso território e blá, blá blá… O Uruguai era nosso e detínhamos o controle brasileiro sobre a região, durante 13 anos. O Uruguai conquistou a independência do Império do Brasil graças ao movimento separatista local, que proclamou em 1828 a República Oriental do Uruguai, e praticamente está perdendo a amazônia para os estrangeiro…pelo menos o sul será de sulbrasileiro.

  • Pedro diz: 21 de novembro de 2015

    Sou de São Paulo e pra mim não irá fazer falta alguma. Só que depois não venham procurar de empregos ,terras pra agricultura, produtos industrializados, medicina, e por favor apartir de agora não migrem mais pro nosso país. Fiquem à vontade pra se individualizarem mais por favor: “criem vergonha na cara e parem de depender de nós “.

  • Andreo Vieira diz: 21 de novembro de 2015

    Pelo Amor de DEUS e pela nossa TERRA pessoal !!! Vamos cada um de nós procurar divulgar de todos os meios, possíveis e impossíveis sobre este plebiscito e porque a necessidade de libertar a nossa TERRA, o nosso POVO de toda pobreza e dificuldades que nos é imposta, por aqueles “DE LÁ” que não nos representam !!! Levam oque é nosso e nos humilham, riem da nossa cara, quando devolvem as migalhas de tudo que não deveria sair daqui !!! Separatismo JÁ !!! “O SUL É O MEU PAÍS” !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • fernando diz: 22 de novembro de 2015

    É ridículo esse pensamento de separatismo. Isso é coisa de preconceituosos e surge exatamente depois das eleições presidenciais, e o pior, tem um monte de idiotas que embarcam nessa ideia. se criou aqui no sul por parte de pessoas que tem no mínimo complexo de superioridade achando que o sul sustenta o Brasil e principalmente o nordeste. Acho que essa gente tem que estudar mais, se informar. Na realidade a unica região que poderia fazer isso seria o sudeste, principalmente São Paulo. Sem São Paulo o Brasil não existe essa que é a verdade. Agora o resto do país não tem a mínima condição de virar sozinhos. E também não existe dados históricos que possam sustentar essa hipótese. Se fosse uma região que tivesse um dia sido independente e por uma anexação ilegítima aí sim teria base para um pensamente desses, mas não é o caso. E a constituição do Brasil não permite.

  • Jonas diz: 22 de novembro de 2015

    Quero trocar São Paulo Por esse país novo. Onde coloco meu nome? Não sou vagabundo, contribuo mundialmente em projetos de codigo livre na internet e sou profissional referencia no mercado mundial. Infelizmente não estou morando no Brasil, estou de férias essa semana aqui nessa merda, mas gostaria de poder voltar para esse país ai caso algo aconteça de errado por aqui. Onde assino?

  • Anderson diz: 7 de dezembro de 2015

    Parece que vcs não entende nada de politica. Tem gente acha que separar do sul do brasil faremos pior que sao paulo e rio e minas. Pra nos aqui interessa a economia politica e cultura. A situação do Brasil nao ta boa com vemos hj em dia. Se o sul fosse um pais, pode melhorar mas com nosso imposto precisa mudar, melhora geracao de empregos, melhora economia, educação, crescimento urbano. Se o pessoal não quer isso é pq tem muito malandro nao quer estudar, outro preocupa com emprego porque ganha pouco, outro nao quer pagar porque acha caro demais, certas pessoas nao querem respeitar leis, é conhecido tambem habeas corpus, se matou alguem um dia coitadinho NAO vai Conversar com pra cadeia !!!!

  • Joao diz: 10 de dezembro de 2015

    Meu apoio a separação, não pelas diferenças culturais, mas sim, pela independência de cada estado, como penso ser pouco provável uma reforma política, a única maneira de dar autonomia aos estados é essa.

  • EU SULISTA diz: 13 de janeiro de 2016

    Tem que separar!

  • Miguel Duarte diz: 16 de janeiro de 2016

    O único engano dos separatistas é incluir SC e PR neste processo legítimo. O Rio Grande nasceu para ser livre e independente, mantendo com o mundo uma relação de soberania e paz. Ou seria melhor continuar sendo espoliado pela União e seus ilegítimos interesses?

  • Rafael diz: 31 de janeiro de 2016

    Moro aqui no Sul a 8 anos, sou do sudeste. Em partes acho que o retorno em impostos não é justo para o Sul, mas o que tem de corrupto aqui não está no Gibi, a maioria dos concursos para prefeitura já tem denuncia de ilegalidade antes de acontecer a prova, tudo aqui funciona na politicagem, eu só acho que o separatismo criaria um país mais rico, mas com o mesmo câncer da corrupção (acho que até maior do que é agora). Isso sem contar que o Sul não é assim tão auto-suficiente como muitos acham, aqui depende e muito do resto do Brasil. Na verdade acho que teriam vantagens e desvantagens, de certa forma ficaria tudo na mesma. Essa ranço de corrupção veio nas caravelas a mais de 510 anos atrás, quanto tempo acham que levaria para acabar com isso?

  • Ali diz: 7 de fevereiro de 2016

    sou filho de imigrantes arabes da decada de 50, novinho não!? bem, eu conheço “mesmo” e morei e trabalhei e trabalho por esse brasilzão de meu Deus a mais de 30 anos, feito mala de loco, morei em belem, salvador, rio, são paulo, floripa, nasci e vivo em curitiba, morei na australia, ja estive na europa, e digo uma coisa, não tem povo melhor e país melhor que o nosso, só falta uma coisa, o povo ser unido e pluralista, e o momento não é de pular fora do barco, de fugir, de ser covarde como muitos aqui propõem ser, o momento é de UNIÂO, porque UNIÂO não faz só açucar, faz a força…o Brazil precisa de reformas, na conciencia popular, nos critérios, em tudo…e não temos liderança para isso, porque somos um povo individualista e egoísta….o povo do sul não é melhor que nada, nem do norte e nem do nordeste, somos todos melhores em tudo juntos, unidos, tem uns loucos ai que dizem que o nordestino é vagabundo etc e tal…nunca vi povo mais sério e trabalhador e humilhado pela burguesia que inclusive nos explora e fode com a gente dia e noite e quer separar tudo para dominar melhor, a consciência é sua meu amigo e o livre arbitrio tmbm! por exemplo, se houvessem ferrovias singrando todo o pais teríamos uma logística eficiente e pessoas interagindo mais e falando menos bobagem e menos racistas, conheça o ser, não venha com papinho de coleira, tem muito nego ai que fala merda e posa de bom moço que nunca saiu da sua cidade, nunca tomou um choop num boteco no rio, um cafezinho na ipiranga, ou um peixe em belem no ver o peso, vá e faça sua lição de casa, vaza meu!

  • Leandro diz: 22 de fevereiro de 2016

    Não Coloquem o estado do Parana nessa votação ridícula !! Como já falei minha família por parte de mãe são todos paranaenses e na virada de ano fiz questão de tocar nesse assunto para minha família (que não e pequena) e adivinha só ?? A grande maioria esmagadora achou essa ideia ridícula não satisfeito sempre que tinha oportunidade tocava nesse assunto com amigos também do Parana e os mesmos também acharam essa ideia idiota. Aposto que a maioria dos que disseram sim pra separação são la do RS.

Envie seu Comentário