Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Decisão judicial faz consórcio assumir dívidas de rescisão trabalhista de fornecedora da Petrobras

08 de abril de 2015 0

O consórcio Integra Offshore assumiu os pagamentos da rescisão trabalhista dos operários da prestadora de serviços MBS, que foram demitidos em fevereiro. A informação é do Tribunal Regional do Trabalho em Santa Catarina (TRT-SC).

O juiz Leonardo Fischer, da 1ª Vara do Trabalho de Itajaí, havia determinado o bloqueio de contas do consórcio, que foi quem contratou a MBS para a construção de tubulações para as plataformas P-67 e P-70 da Petrobras.

O pedido de liminar foi apresentado pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas, Material Elétrico e de Construção Naval de Itajaí e Região, que entrou com ação cautelar no TRT-SC.

Na audiência de conciliação o representante da MBS alegou que a empresa não tinha como garantir o pagamento. O valor das rescisões chega a R$ 1,8 milhão.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário