Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Petrobras adia transferência de funcionários da UO-Sul para Santos

04 de maio de 2015 0
Foto: Lucas Correia

Foto: Lucas Correia

 

Depois de os funcionários da Unidade de Exploração e Produção Sul da Petrobras (UO-Sul) em Itajaí terem anunciado greve, na semana passada, a empresa adiou para semana que vem a transferência dos empregados para Santos (SP).

Os trabalhadores da UO-Sul compareceram hoje à unidade, mas estão se recusando a executar trabalhos que digam respeito à unidade de Santos. Desde 1º de maio a UO-Sul passou a ser um Ativo de Produção subordinado à unidade santista.

A expectativa agora é pela reunião que o governador Raimundo Colombo (PSD) prometeu marcar com a presidência da Petrobras, no Rio de Janeiro, para pedir a permanência das atividades de pesquisa e exploração no Sul do país.

Na quinta-feira, véspera do feriado, o senador Dário Berger (PMDB) manifestou-se no Senado a favor da UO-Sul. Disse que a notícia da extinção da unidade foi recebida em SC com “surpresa, indignação e revolta” e classificou a medida da empresa como “intempestiva e inconsequente”.

O senador afirmou acreditar que se trata de um primeiro passo para desativação de todas as atividades exploratórias no Estado e destacou que a permanência da UO-Sul é “vital para desenvolvimento de SC”.

::: Leia mais sobre o fechamento da UO-Sul

 

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário