Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ministro da Aviação diz que Aeroporto de Navegantes poderá ser entregue à iniciativa privada

06 de maio de 2015 8
Foto: Marcos Porto

Foto: Marcos Porto

 

Atualizada

O ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Elizeu Padilha, disse nesta quarta-feira ao senador Paulo Bauer (PSDB) que a concessão do Aeroporto Internacional de Navegantes à iniciativa privada pode, de fato, ocorrer.

Durante audiência pública na Comissão de Infraestrutura do Senado, Bauer questionou Padilha sobre a viabilidade de incluir Navegantes no programa de concessão confirmado para os aeroportos de Florianópolis, Porto Alegre e Salvador.

O ministro disse que a possibilidade de concessão existe e afirmou que sua pasta já foi informada, inclusive, do interesse de um grupo local em assumir a gestão do Aeroporto Ministro Victor Konder.

Com 1,3 milhão de passageiros no ano passado, o terminal é o segundo mais movimentado do Estado e o primeiro em movimentação de carga – e tem demanda para alçar voos ainda mais altos. Mas uma possível concessão só será viável após as obras de ampliação. E essas são um entrave.

Segundo o senador, o ministro informou na audiência que deve receber nos próximos dias o estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental e aguarda a conclusão das desapropriações para lançar a licitação em Regime Diferenciado de Contratação (RDC). Mas reiterou que as indenizações terão que ser pagas pelo Estado e pelo município – alternativa à falta de recursos da Infraero que, até agora, não caminhou.

Este ano a prefeitura de Navegantes decidiu não renovar os decretos que declaravam de utilidade pública a área de interesse da Infraero. Sem os documentos, os proprietários ficam autorizados a fazerem uso das áreas da forma que bem entenderem.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (8)

  • Daniel Ramos De Oliveira diz: 6 de maio de 2015

    Penso que o ideal seria o seguinte: Passar a administração para a Iniciativa Privada, e esta em Parceria Pública Privada com a União fizesse a ampliação do Aeroporto como um todo, já que ambos iriam sair ganhando, não têm porque não dá certo.

  • Gean Marco diz: 7 de maio de 2015

    Parabéns a mais esta iniciativa! Parabéns a esta cidade que cresce a passos largos ao lado da Inciativa Privada. Contrários a outras cidades aqui do vale que se enrolam em fazer simples concessões de manutenção de praças ou de monitoramento de ruas.

  • Thiago diz: 7 de maio de 2015

    Gean Marcos deves ta de brincadeira? A passos largos só cresce a conta dos políticos navegantinos… o que deveria ser entregue à iniciativa privada é a administração pública em geral, aí sim!

  • Carlos diz: 7 de maio de 2015

    Sou totalmente contra a privatização de serviços públicos. Afinal de contas pagamos muitos impostos. E pergunto cadê os benefícios! venderam os aeroportos mais rentáveis da infraero. o governo não tem nenhum projeto para remanejar os empregados concursados dos seis aeroportos privatizados. roubaram tanto, e agora vem com esta palhaçada de ajuste fiscal. quem pagará esta conta são os pobrezinhos que batem ponto todo dia. não temos saude, educação nem transporte público padrão FIFA. A infraero foi criada pelos militares e tem sobrevivido sem investimentos do governo apenas pelas reservas dos aeroportos superavitários que exatamente foram entregues a iniciativa privada. e as pessoas não percebem como isso mexe na economia. o valor das passagens não pararam de subir, e os serviços ficaram mais caros. no fim quem paga a conta é mesmo o povo de um jeito ou de outro. este sistema de governo está ultrapassado só que os políticos jamais vão largar o osso. o povo fodasse.

  • Luis Henrique diz: 7 de maio de 2015

    A gestão para a iniciativa privada tem que ser ANTES das reformas. Assim, eles arcam com as obras sem a burocracia do Estado. Além disso, não faz sentido nenhum usar dinheiro público numa obra se depois ela vai ser concedida à iniciativa privada. A vantagem para eles vai ser maior do que para o setor público e para a população em geral.

  • Rafael Fernando Silveira diz: 8 de maio de 2015

    Se for rapido o processo burocratico, pode ser uma boa noticia. Mas nesse empurra empurra que nos encontramos para as desapropriacoes e para a reforma do aeroporto chega a ser dificil de imaginar que a solucao esta ali atras da porta. Gostaria de Parabenizar a Dagmara e o Guarda Sol pelas informacoes atuais do Aeroporto de Navegantes, sem o seu espaco Dagmara e sua boa vontade, sumiremos do mapa.

  • ROBERTO diz: 8 de maio de 2015

    Via Portuária de Itajaí, Ampliação do Aeroporto de Navegantes e PAPAI NOEL, tem gente que acredita. Eu só acredito se trouxer políticos de fora porque, esses que estão aí, são todos atrasados e incompetentes.

  • eduardo diz: 10 de maio de 2015

    TOTALMENTE CONTRÁRIO Á CONCESSÃO, TEMOS OS AEROPORTOS JÁ PRIVATIZADOS ONDE QUEM MAIS PERDEU FORAM OS EMPREGADOS. E SE NAVEGANTES, HOJE É UM DOS QUE MAIS GERAM LUCRO NA REGIÃO, ISSO SE DEVE AO TRABALHO DOS EMPREGADOS. QUANTO AO QUE SE ARRECADOU NAS OUTRAS CONCESSÕES, NINGUÉM VIU ESSE DINHEIRO, OU VIU?

Envie seu Comentário