Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

PM manda reforço de quatro policiais para Camboriú mas transfere outros cinco

07 de maio de 2015 1

Depois de ter anunciado (e efetivado) o reforço de quatro policiais militares em Camboriú, o comando regional da PM transferiu outros cinco para cidades da região. No fim das contas o município, que tem problemas crônicos de violência e contava com efetivo de 44 policiais, ficou com um a menos.

O reforço de Camboriú havia sido inicialmente anunciado pelo próprio  governador Raimundo Colombo (PSD) quando assinou a ordem de serviço das obras da Udesc, em Balneário, em abril.

Nesta quinta-feira o comandante regional, coronel Reinaldo Boldori, disse que as transferências ocorreram por “necessidade de remanejamento” para outros municípios, como Bombinhas e São João Batista. Mas informou que vai transferir de volta um policial para Camboriú.

Quando isso acontecer, a cidade terá o mesmo efetivo que tinha antes de ser anunciado o reforço. Um retrocesso para uma companhia que tem servido de exemplo para outras unidades da corporação com programas como o Camboriú Mais Segura, que trouxe redução significativa na criminalidade (o município já foi o mais violento do Estado).

Policiamento integrado

Para resolver a falta de policiais, o comandante regional diz que vai mudar a forma de cobertura de Camboriú e Balneário. As mesmas viaturas vão atender as duas cidades simultaneamente.

Questionado sobre a possibilidade do novo modelo deixar as duas cidades descobertas), coronel Boldori disse não acreditar que isso aconteça.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • Augusto Goulart diz: 7 de maio de 2015

    Tá certo, descobrir um santo para cobrir outro…boa política de segurança pública!!! Mas, afinal de contas, o que importa mesmo são os “pelegos” da das SDR’s, polícia não precisa…

Envie seu Comentário