Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Transportadora Dalçoquio é vendida para empresa paulista

28 de maio de 2015 3
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

A Transportadora Dalçoquio, de Itajaí, uma das empresas mais conhecidas de Santa Catarina, não pertence mais à família que lhe deu o nome. Foi adquirida pela Tomé Transporte, empresa de São Bernardo do Campo (SP) conhecida por ser uma das gigantes do segmento no país – líder no transporte de cargas superdimensionadas.

A transição foi feita em sigilo e começou há pouco mais de um mês. No início do processo a presidência permaneceu no posto. Recentemente os Dalçoquio saíram de cena e o comando passou para as mãos do executivo Claudio Neto, que veio da unidade de São Paulo da Tomé.

Apesar da mudança na alta direção, não houve demissões ou alterações no modelo de atuação da empresa, que continua com o nome Dalçoquio. Nesta quarta-feira, até o fechamento da edição, o escritório da Tomé em São Bernardo do Campo não havia informado quais são os planos da transportadora para Itajaí. Aparentemente, a empresa manterá aqui um escritório avançado.

Os valores envolvidos na negociação não foram divulgados. Extraoficialmente. as informações são de que não houve crise na empresa, mas uma boa oportunidade de negócio oferecida pela transportadora paulista.

 

A venda atinge apenas a Transportadora Dalçoquio, que era presidida por Emílio Dalçoquio. Há quatro anos já haviam sido desmembrados os negócios de armazenagem e o terminal Trocadeiro, que continuam sob comando da família.

A Transportadora Dalçoquio nasceu em 1968 e fazia o transporte de derivados de petróleo e óleo combustível pela Petrobras Distribuidora. Com o tempo, expandiu os negócios e a atuação: tem hoje filiais e centros de distribuição em 11 estados no Brasil, e está entre as maiores empresas de transportes do país.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (3)

  • “A Dalçoquio vinha num processo de desgaste”, diz o novo comandante da empresa | Guarda-sol diz: 1 de junho de 2015

    […] ::: Leia mais sobre a venda da empresa […]

  • Deputado pede que registros de veículos da Dalçoquio continuem em Itajaí | Guarda-sol diz: 9 de junho de 2015

    […] em Itajaí, a Dalçoquio foi vendida a um dos sócios da Tomé Transportes, empresa de São Bernardo do Campo (SP) que é líder no […]

  • vilson diz: 4 de julho de 2015

    Acho pouco ,só explora os funcionários.

Envie seu Comentário